História Amizade Virtual- Seulrene - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Red Velvet
Personagens Irene, Seulgi
Tags Seulrene
Visualizações 225
Palavras 619
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooiihh gente! Sejam bem-vindos a mais um capítulo! Espero que gostem! ❤

Capítulo 14 - Ela se foi....


Paro em um corredor, que se localizava na direção em que a mesma foi, e fico em silêncio. 

Escuto ao longe, barulhos de choro, vindo de uma sala qualquer. A dentro a mesma, encontrando Seulgi escorada em um canto da sala, abraçando suas pernas, de cabeça baixa e chorando baixinho. Confesso que aquilo deixou meu coração em mil pedaços. 

-Seulgi? -digo baixinho-

-Vai embora Bae! Por favor! -Diz com a voz embargada- 

-Seulgi! Olha para mim! -me agacho na sua frente e levanto os seu rosto-

-Bae... Eu já pedi para sair! -Abaixa a cabeça novamente- 

-Seulgi! Nem vem ficar assim! Olha... Você está com Baekhyun! 

-Eu sei! 

-Então! Eu não posso ficar com o Chanyeol? 

-Pode... Só que isso doi! 

-Você acha, que eu te vendo com o Baekhyun, não dói? 

-Não sei.... 

-Pois saiba Seulgi, que dói sim! 

-Desculpa Bae... Mas.. Agora eu preciso ir... Pode ficar com o Chanyeol, ok? Me deixa em paz! -Seulgi diz levantando-

-Cabeça dura! -Reviro os olhos- que você seja muito feliz com ele, ok? 

-Ok! Agora, me da licença! 

-Seulgi, espera! 

-O que foi desta vez? 

-Posso pelomenos, te dar um abraço? 

-Tá.... Pode! 

Me aproximo de Seulgi e lhe dou um abraço. 

-Bom... Agora pode ir! 

-Tchau bae! 

-Tchau Seul! 

Seulgi sai da sala, e eu resolvo voltar para o pátio. 

Caminho pelos corredores da escola até o pátio, assim, encontrando o Chanyeol. 

-Oi Primo! -me aproximo-

-Era a seulgi, não era? -vira a cara-

-Era sim! 

-Sabia.... -revira os olhos-

-Eii! Calma... Eu só fui conversar com ela! 

-Mas Bae, eu te conheço... Você ainda ama ela, se não, não se preocuparia em ir atrás! 

-Chanyeol... Amar eu amo, mas, agora eu estou com você, não estou? 

-O que adianta ficar comigo, se você não me ama? 

-Amo sim primo!! 

Puxo Chanyeol pela gola de sua camiseta, e selo nossos lábios. Depois de um tempo, me afasto. 

-Te amo viu? Mas, agora, vamos para a aula? 

-Vamos! 

......... 

            Quebra de tempo

Estou nesse exato momento caminhando pelas ruas frias de Daegu, indo para a minha residência. 

-Como foi deixar tudo para trás? -puxo assunto-

-Bem Difícil! 

-E sua mãe, como está? 

-Ela estava bem doente, de uma época para cá! -Diz cabisbaixo-

-Por que você veio para cá Chanyeol? Deveria cuidar da minha tia! 

-Por que, eu precisava cuidar de você... A hora dela partir, já está chegando, os médicos disseram, então, eu não tenho muito o que fazer! 

-Ficava com ela nesses últimos momentos! -Digo triste com a situação-

-Não Bae... Eu preciso cuidar de você! Foi a pedido de sua mãe! 

-como sempre ela! -viro a cara-

O celular de Chanyeol começa a vibrar em seu bolso, fazendo o mesmo pegar o aparelho e atender. 

-Alô? 

-Alô Chanyeol? A qui é a sua tia Sook! 

-Ahh... Oi tia! Aconteceu alguma coisa?

-Aconteceu Chanyeol... Infelizmente sua mãe Faleceu! Meus pêsames! 

-Como é que é? 

Chanyeol para de andar e me olha com os olhos cheios de lágrimas. 

-Poderia repetir por favor tia? Acho que eu não ouvi direito. 

-Sua mãe Faleceu Querido... Ela teve que partir! 

-Não... Não é possível! 

Chanyeol desliga a ligação e eu olho nos fundos dos seus olhos, já imaginando o que seria. 

-Ela se foi, não é primo? 

-Foi... 

Puxo o mesmo para um abraço apertado e sinto lágrimas molharem o ombro de minha camiseta. 

-Vai ficar tudo bem... Eu prometo! -sussurro em seus ouvidos, chorando também-

-Minha mãe... E-eu não acredito! -me aperta mais-

-A tia Yang mi foi para um lugar melhor!

-Tomara! 

-Vamos... Vamos para casa, você está mal! 

Caminho lentamente pelas ruas de Daegu... Eu não acredito que a tia Yang mi se foi... Eu devo cuidar de Chanyeol! Esse tempo todo ele cuidou de mim... Minha vez de eu cuidar dele! 










Continua..... 











Notas Finais


Bom gente! Foi isso! Espero que tenham gostado!
Se gostou, continue apoiando a fic, pois me ajuda na inspiração!


Amo vocêsss❤❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...