História Amor Otaku - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Armin, Rosalya
Tags Amor Doce, Referência A Animes :3, Romance
Visualizações 12
Palavras 1.108
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ecchi, Ficção, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


•Obra inspirada no jogo Amor Doce
• Os personagens não tem específicamente esses comportamentos.
•Sem a intuição de ofender.
Autora do jogo: Chinomiko
Espero que gostem :3
\(^•^)/

Capítulo 2 - Capítulo II - Arrumando mais que minha casa


Fanfic / Fanfiction Amor Otaku - Capítulo 2 - Capítulo II - Arrumando mais que minha casa

- Ahhhhh! Que dor nas costas! - Caio deitada na minha cama.

Apesar de ter chegado tarde ontem, eu resolvi arrumar toda a casa para poder finalmente deitar nessa minha cama e dormir junto com a Hatsune Miku, nisso acabei varando a noite em claro

- Banho... Banho.. Banho! É disso que preciso agora. - Saio do quarto e vou para o banheiro, tomo um banho e faço minhas higienes antes de colocar a roupa mais confortável do meu guarda-roupa. - FINALMENTE!! - Digo em um quase grito me deitando junto a Hatsune, meus olhos estão quase fechando e meu corpo entra em um estado de relaxamento que eu nunca tinha visto.

~Ronnnnchhhh

- Fome.... Hmm.... Mas eu não quero levantar...

~Ronnnnchhhh

- Ok.. - Me levanto apenas arrumando o cabelo -Que se dane essa cara de morta e essa roupa, minha roupa da pra ir no mercadinho que eu vi aqui perto antes de chegar em casa.

Me levanto, pego o total de dinheiro que achei nescessário e fui a mercearia.

- Bom dia - Diz um senhor de cabelos acinzentados e com um sorriso no rosto. - Você é nova por aqui não é mesmo? Eu vi o caminhão de mudanças ontem. - Vishi as notícias correm rápido por aqui.

- Bom dia! Sim sou eu, e o senhor.. é o dono dessa mercearia?

- Sou sim! Aqui só tem do bom e do melhor, onde se pode encontrar de tudo! - Dei um sorriso simpatico e fui fazer minhas compras, sinceramente, tava morta de sono.

Andei pelos corredores da mercearia olhando os produtos, não iria comprar muita coisa alí, apenas o necessário para a hoje.. ou seria melhor eu fazer as compras da semana já?

- hmmm... Por onde começar? - disse olhando para alguns pacotes de farinha.

- Que tal olhar sua lista de tarefas? - levo um susto ao ouvir uma voz masculina atrás de mim, quase caio no chão, se não fosse duas mãos me segurando. - Oh me desculpe não queria te assustar!

- S-sem problemas.. - digo envergonhada para um garoto loiro um pouco maior que eu.

- Hmm - ele me olha - Você não é daqui certo?

- Nossa! Tá tão na cara assim?

- Haha! Bem.. digamos que a cidade é meio pequena e quase todos se conhecem neste bairro.

- A sim...

- Meu nome é Nathaniel. Prazer! - Ele diz com um sorriso me estendendo sua mão.

- Misaki - Falo sorrindo também apertando sua mão.

- Precisa de ajuda?

- Pensei que você não iria perguntar - Digo rindo, eu já estava desesperada querendo ligar para qualquer um e perguntar o que eu deveria comprar.

Nathaniel foi super gentil comigo, ele me aconselhou sobre o que era de melhor qualidade e o que valia a pena comprar mesmo sendo mais caro. No final acabei levando bastantes coisas, que provavelmente sem ele levaria bem menos. E o melhor de tudo, o mercado tinha vários descontos e seu preço era bem em conta.

- Obriga pelo bom trabalho! - digo ao senhor que está na minha frente pagando a conta e saindo da loja. - Obrigada Nathaniel.

- Ah que isso, é sempre um prazer ajudar, principalmente se for uma futura colega de sala..

- Ué... Como você sabe? - digo olhando em seus olhos.

- Sou o representante da turma, eu estou sempre a par de todas as coisas na escola, e os papéis de sua transferência foram passadas pra mim na quinta-feira para que te mostra-se a escola segunda.

- Entendi... Bom obrigada! Agora eu vou indo - pego as sacolas de compras e me despeço dele.

- Eu até iria com você, mas minha mãe está esperando por mim. - ele me diz levantando uma sacola de compras, nem vi que ele tinha comprado algo. - Até mais então.

- Até!

Vou diretamente pra casa, ao chegar lá guardo algumas coisas no armário e vou comer um pudim para poder satisfazer a minha fome antes de finalmente dormir.

*Quebra de tempo*

- Hmmm? - acordo com algo tocando - Não lembro de ter colocado algo para despertar.

*Ding Dong*

- Ah é a campainha.. - Olho no relógio do celular e já são 6:00 hrs - Quem será?

Vou me arrastando até a porta, ao abri-la vejo uma garota de olhos amarelos e cabelos brancos com uma roupa bem diferente, mas muito bonita.

- Sim? - digo a olhando.

- AHHHH!!! Eu sabia que era uma garota! - a menina a minha frente diz dando pulinhos de alegria e se jogando em cima de mim contente.

- Aí minhas costas danificadas - digo quando nos duas caímos no chão. - Q-quem é você?

- Ah que falta de educação a minha! Meu nome é Rosalya e o seu?

- Misaki Mihuabi.

- Hmm. É japonês?

- Te digo assim que a gente levantar. - Ela se levanta sorrindo como se fôssemos amigas há muito tempo pessoa estranha.

- V-você é um----

- Eu sou sua vizinha! Moro aqui do lado da sua casa... Eu prepare alguns cookies para você como sinal da boa vizinhança! - não sei porque... Mas me lembrei do chaves.

- Q-quer entrar? - digo um pouco envergonhada sim eu sou bem bipolar.

- CLARUU :3 - A garot-- Rosalya entra em casa e se senta no em um dos sofás da sala.

- Vou buscar alguma coisa para a gente beber...

- Não precisa! Senta aí! Temos muuuuito o que conversar!

- Já é de casa né?

- Sim.

- Não a nada que eu possa fazer né?

- Basicamente.

Me sento de frente com ela, a mesma começa a me fazer várias perguntas para me conhecer melhor, ela age completamente diferente de mim, extrovertida e consequentemente contagiante, em poucos minutos conversávamos assuntos aleatórios que não faziam sentindo algum.. mas quem se importa? Eu estava me divertindo e fazendo uma boa amiga.

~Ronnnnchhhh

- Maldita fome! - digo algo e Rosalya acaba rindo.

- Hahahaha! - ela faz uma pausa dramática por um estante- Hey que tal você vir jantar comigo?

- A não.. eu seria um encomodo e eu nem estou com fome..

~Ronnnnnchhhhh

- HUMMMMMM - Ela me olha com uma cara de quem diz "Cala essa boca vem logo".

- Ok, ok. Eu vou trocar de roupa e já volto.

- Estarei esperando.

Me levanto e vou até meu quarto, coloco uma camiseta preta com o Izuku Midoriya estampado na frente, uma calsa jeans e um tênis azul da vans. Arrumo meus cabelos compridos e ao olhar no espelho vejo o quão sou parecida com minha mãe, morena, alta e com um corpo bonito (apesar de eu ser meio gordinha) me amava daquele jeito, apesar de ter uma mini inveja do meu irmão por ter pegado o lado japonês da família.

- Vamos? - digo descendo as escadas.

- Ainda pergunta? - Ela diz sorrindo me puxando para uma casa do lado da minha.


Notas Finais


Fanfic por: Sabrina-san
Espero mesmo que tenham gostado lolitos.
\(^•^)/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...