História "Amor Proibido"- Imagine Jung Hoseok - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, TWICE
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jihyo, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Jungyeon, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, Tzuyu, V, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 122
Palavras 1.549
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii, turu bom? Boa noite, vim postar o capitulo que terminei de escrever agora, espero que gostem.
Vamos ao cap❤

Capítulo 15 - Mudança e pedido de namoro.


Fanfic / Fanfiction "Amor Proibido"- Imagine Jung Hoseok - Capítulo 15 - Mudança e pedido de namoro.

Capitulo anterior.

"Posso me acostumar com isso"

Capitulo atual.

Eu sorrio a ele cansada o mesmo faz cafuné em meus cachos e me da um beijo em minha testa.

Hobi-Boa noite, pequena.-sorri e deita no sofá com um lençol.

Maia-Boa noite, Oppa.-adormeci.

(*******)

8:00 AM-Coreia.

Acordo, olho em volta e Hoseok nao esta comigo, me sinto bem, a muito tempo não tenho uma noite bem dormida assim. Olho do lado de minha cama e vejo as flores do TaeTae e o ursinho que Jin me deu, ele... é minha nova Omma. Meus olhos se enchem de lágrimas ao lembrar dela, lembro que hoje é seu velório e enterro. Mas agora, tenho que por em minha mente que ela esta melhor, viver com as duas pernas quebradas seria super dificil. Escuto passos vindo do corredor que quebram o silêncio daquele quarto, era o Hobi, ele adentra o quarto com uma bandeja e um café da manhã que pelo cheiro parecia estar maravilhoso, e tinha junto a bandeja uma caixinha preta de veludo.

Hobi-Bom dia Florzinha.-diz com um enorme sorriso em seu rosto e põe a bandeja em cima de uma espécie de mesinha que se coloca sobre a cama nos hospitais.

Maia-Bom dia Hobi.-Me sento e ele se aproxima, dou um beijo em sua buchecha.-O povo daqui deixou entrar com isso?

Hobi-Sim, não são prejudiciais a você.Bom... temos aqui sanduíche de frango com salada de cenoura com maionese e um suco de manga bem preparado, acredito que esteja delicioso, minha Omma que fez pra você.

Maia-Nao tenho tido notícias de sua mãe, ela esta bem?

Hobi-Sim, ela Esta bem, ela não sai muito de casa, nem gosta muito na verdade, ela esta com um papo de voltar ao Brasil. Maia-Hobi, não tem vontade de voltar?-questiono.

Hobi-Maia, vamos viver aqui, por que não? Faria isso por nos? E outra que as férias estão acabando, eu amo aqui.-sorri de lado.

Maia-Claro que sim-Sorrio.-Mas como sua mãe vai reagir a isso?

Hobi-Nao sei, Mas não se preocupe, saindo daqui vamos em sua casa pegar tudo que é seu e de Gabi, vocês vão se mudar para a casa dos Hyungs, e ai depois vamos ver minha mãe para dar a ela a nova noticia. E além de falar que vamos ficar por aqui, ela também vai saber que...-pega a caixinha, a abre e tem duas alianças de compromisso.-... que minha Mulher com traços asiáticos é Brasileira e se chama Maia. Quer namorar comigo?-Paraliso e coro ao mesmo tempo, eu pensei que ele não faria isso, pelo menos não tão cedo.

Maia-E-esta falando s-serio Hobi?-pergunto sem cair a ficha do que esta acontecendo.

Hobi-Mais é claro que estou. Nao quero mais ninguém além de você.-ele passa seus dedos em meu rosto-Aceita?

Maia-É Claro que sim.-Levanto e o beijo, calmamente e cheia de desejo. Estava tudo bem, eu estava no braços daquele que amo, esperei tanto por esse momento

Enfim posso acreditar no amor novamente...

Separamos do beijo por sermos atrapalhados...

-Kof kof.-entra o médio e nos ficamos super sem graça, ele entrega uns papeis.-Estes são os remédios que tem que tomar, não pode esquecer deles de jeito nenhum. Moço, -se refere a Hoseok-Voce tem que assinar o documento de alta dela, ela esta bem e já pode ir pra casa, não esqueça de pegar os exames, podem precisar futuramente.

Hobi-Claro, estou indo. Maia, tome um banho, se vista e vamos pra casa, vou ligar pro Jin.

Maia-Tudo bem, não demore.-Mando um beijo no ar. (Viadagem kkk) e ele ri corado.

Maia Off

Hoseok On

Saio do quarto de Maia e sigo o médico para assinar os tais documentos, os assino na mesa da recepcionista, pego uma sacola de papel, ponho os documentos, os papéis de exames e as receitas dos remédios, estou indo ao quarto de Maia e no caminho ligo ao Jin.

Ligação *

-Alô, Jin Hyung?

Jin-Fala Hobi.

-Pode vir nos buscar por favor? Maia teve alta esta se arrumando para voltar para casa.

Jin-Tudo bem, em 15 minutos estou ai.

-Pode fazer um favor também?

Jin-La vem... fala logo.

-Ela e Gabriella pode morar na casa dos Hyungs? Estamos planejando nao voltar mais ao Brasil.

Jin-Nossa Hobi, pergunta besta, claro que pode, trago as coisas delas hoje.

Hobi-Obrigada, tchau.

Jin-Tchau.

Ligação Off*

Adentro o quarto e Maia esta se vestindo sem perceber minha presença ali, ela estava cantando alto, alto demais pra quem estava num hospital. A analiso e não tenho dúvidas, ganhei na loteria, olha essas curvas, essa mulher maravilhosa que tenho ao meu lado agora. Ela esta tão despercebida que quando me viu ali tomou um susto.

Maia-Credo Hobi, nem avisa.-põe a mão no peito.

Hobi-Avisar? Estava tão fofa, não queria atrapalhar.

Maia-Fofa? Estava me Vestindo, moço!!

Hobi-Voce fica fofa de qualquer jeito, até roncando que nem essa noite, Meu Deus Maia.

Maia-Para de me zoar.-cora,-estava cansada.

Hobi-Ei, estamos namorando, não precisa ficar corada.-te dou um selinho.

Maia-Aprendo a me acostumar.

Hobi-Vamos, jin esta nos esperando.- entrelaço meus dedos ao dela e saímos do hospital. Caminhamos até o carro do Hyung, colocamos algumas coisas que estávamos carregando dentro do mesmo e entramos, passamos na casa do grupo e chamamos todos para ajudar a por as coisas que as meninas precisarem levar. Uns ficaram com o Jin na casa do Grupo pra arrumar o quarto delas e fazer um almoço enquanto os outros foram ajudar a pegar as coisas das meninas.

Quando chegamos ainda estava tudo destruído, elas foram nos quartos e puseram em dois sacos pretos, roupa, calçado, objetos em caixas, tudo que é de mais importância e o que sobrou das coisas da mãe de Maia. Por fim, colocamos placa de venda no terreno da casa. Estava destruida em algumas partes, mas era um bom espaço, dava pra reconstruir. Estava carregando o carro eu, Maia, Gabi, Namjoon, Suga e Jimin, nos colocamos por fim o último saco no carro e fomos pra casa.

Chegando lá, tinha um cheiro maravilhoso da comida do Jin empestiando a casa, isso fez meu estômago embrulhar de tanta fome, nos entramos, lavamos as mãos e sentamos a mesa para comer. Conversávamos sobre como ia ser divertido, todos morando juntos, eu fiquei meio "assim", eu ainda morava com minha mãe e Isa tambem, Aliás, foi Isa quem arrumou os quartos das meninas, ela tem um grande potencial com duas coisas designe de moveis e psicologia, tem um futuro muito bom se seguir qualquer um dos caminhos. Bom, continuando, nos ainda temos que falar para minha mãe que estamos juntos. Foi ai então que me lembrei que disse a Maia que íamos lá em casa vê-la, terminamos de comer e Maia disse que ia se arrumar pra causar boa impressão.

Hobi-Sabe que simplismente sua beleza e caráter ja da uma boa impressão ne.-a olho e mordo os lábios.

Maia-Por mais que impressione, tenho que tomar um banho, aquela sensação de hospital vai sair de mim.

Hobi-Tudo bem, nao demore.-ouço apenas um "Ok " de longe, sorrio e espero por ela cerca de 30 minutos... ela... estava encantadora, estava com um vestido preto colado e um salto preto, seu oculos da um toque de intelectual e a maquiagem básica. Estava perfeita, aliás, ela é!-Esta linda, amor.

Maia-Pra você.-me da um beijo de língua rápido.-podemos ir agora Oppa.

Hobi-Ta bom.

Fomos andando, afinal, eu não morava longe, iamos brincando e de mãos dadas. Eu estava cansado porque acordei cedo, mas a alegria que Maia me passava, me deixava muito animado.

Hobi-Chegamos.-Abro a porta e ouço um grito de minha mãe.

Yohana-Quem é? Hoseok é você?

Hobi-Sim, mãe! Vim trazer uma pessoa que queria vê-la.

Yohana-Serio? Quem?-quando ve Maia se espanta.-O que esta menina esta fazendo aqui jung Hoseok?

Hobi-ela veio pra ver como estava e eu quero falar uma novidade a senhora. 

Yohana-Qual?-beberica um copo de cha.

Hobi-Nos dois, eu e Maia estamos namorando.

Yohana-Nao, não pode simplesmente chegar e falar isso. Olha Maia, eu sinto muito pelo falecimento de sua mãe, mas não venha usar meu filho se fazendo de coitada. Ele é um bom menino.

Hobi-Nao, Omma, ela não esta se fazendo de nada, eu a conheço e sei que não vai me magoar.

Yohana-Filho eu já disse que não.-Neste momento, Maia sai e fica na porta de casa, ela parecia estar triste.-Deixe ela ir embora.

Hobi-Nao, mãe, por que fez isso? Ela é uma mulher muito especial.

Yohana-Hoseok ela é rica e vai querer ser uma princesa, não vai dar certo e outra que você vai voltar pro Brasil comigo.

Hobi-Nao, Omma Nao vou. Eu e Isa queremos ficar por aqui e vamos. Eu já tenho 18 anos, sou responsável por Isa se ela concordar, então não pode nos levar a força.

Yohana-Nao se atreva Hoseok.

Hobi-Estamos decididos. Vou falar com ela, até mais Omma.

Yohana-Suma Hoseok, esta trocando quem te pos no mundo por uma brasileira e uma paixonite de ferias. Cade a Juliana?

Hobi-Foi presa, Maia foi sequestrada, lembra, hu? Juliana ajudou.

Yohana-Voce gosta da moça ne...-Assinto coma a cabeça.-busque-a pra ca.

Hobi-Tudo bem.-levanto e saio dali, vou até a porta e a chamo.

Yohana-Olha moça, talvez eu tenha começado errado, quero que entenda uma coisa, namorar o hobi? Tudo bem, mas vc não acha que seria melhor se voltassem para o Brasil?

Maia-Sinceramente, dona Yohana, eu não quero voltar, eu me apaguei aqui, eu Prometo cuidar dele...

Yohana-Nem pensar... 


Notas Finais


Espero que tenham gostado e perdão pelos erros, amo voces pandinhas. Bj
Ate o próximo capítulo😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...