História Anjo da guarda. - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias 1 Litro de Lágrimas (Ichi rittoru no namida)
Tags Drama Romance
Visualizações 19
Palavras 711
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - Capítulo 13


 Tristeza,  faz parte da vida, sem ela não saberíamos o que é felicidade,  ah por que a felicidade é tão momentânea? ela é um sentimento que encontramos no caminho,  então não desista de continuar, mesmo que esteja triste, a tristeza muitas vezes nos fortalece, momentos ruins servem de lição ou aprendizado, mas sempre haverá felicidade, nem que por pouco tempo, sempre haverá. 

 Queria falar pra ele sobre a Sandy, afinal ela gostava dele a mais tempo, mas que merda, me aproximei dele justamente agora? por que não o conheci antes?como ia olhar pra Sandy no dia seguinte?  Isso estava me atormentando, seria legal falar com Bella, mas deixei de lado, resolvi sair pra nadar um pouco, coloquei um maiõ e fui pra piscina,  afinal, ela serviu mesmo para afundar minhas mágoas,  fico pensando,  muita gente fala que tem muitos por aí que sofrem mais que a gente e ficamos feito bestas chorando,  enquando pessoas passam por momentos piores você chora por besteiras, mas não somos as mesmas pessoas, cada um sofre por algo, e cada um tem sua força,  não quer dizer que uma pessoa passa por um momento pior que o seu que você também tem que aguentar, cada um tem sua forma de sofrer, então,  pra que ouvir palavras que desfamam? Apenas as ignore e tente ser feliz.

 Percebi que passei tanto tempo na piscina quando fiquei congelando. 

 -Assim você pega um resfriado filha.

 -Mãe..

 Me sentei a beira da piscina e ela me acompanhou.

 -O que foi? Por que está triste?.

 -Ah mãe,  coisas de jovens...

 -Me conte, quero ajudar.

 -Vou abrir o jogo mãe,  pois cansei,  de tudo, eu não entendo o por que as pessoas me odeiam, desde o oitavo ano as pessoas me odiavam, a maioria meninas, e faziam bulliyng comigo,  ano passado eles me machucaram muito, eu não estava suportando, e agora... piorou, eu não sei mais de nada, não aguento isso mãe,  conheci um garoto,  e gostei dele, mas tem uma garota que gosta dele também, ela me pediu ajuda para conquista-lo...e eu não paro de pensar nele, que merda mãe! .

 -Se acalme,  mas por que nunca me contou? sobre o bulliyng?  Mas quem cometeria bulliyng com uma menina tão elegante e legal como você filha? .

-Pois é...

 -Vou resolver isso depois, e sobre esse garoto,  quem é? .

-Dean, a senhora não conhece. 

 -Filha, sabe quando você gosta de uma pessoa, a gente tem que se esforçar para conquista-lo, você já se perguntou se esse garoto gosta dela? e se ele gostar de você? Então quer saber,  não ligue pro que essa garota falar, faça o que quiser, ela quer tomar proveito,  então não deixe ela te usar, se gosta dele, coloque-o na sua mão,  e não deixe-o escapulir,  não deixe que ninguém o tome de você. 

 -Nossa mãe. 

 -Está bem...vou contar sobre mim e seu pai...eu tinha uma melhor amiga, um dia fui na casa dela, a gente não se falava a um tempo,  mas queríamos reatar a amizade,  então decidi falar para ela de quem eu gostava,  no caso era seu pai, mas perguntei ela primeiro se ela estava gostando de alguém,  ela falou que sim, gostava do seu pai, quando ouvi isso fiquri pasma, então ela perguntou de quem eu gostava,  menti mostrando um amigo a ela, e não queria acabar com a amizade,  sendo que ele gostava de mim, então comecei a me afastar dele, mas isso é você quem escolhe, ele se afastou também,  por que percebeu que me afastei,  mas dava pra perceber no olhar dele que ele queria explicações,  mas não falava nada, só me olhava de longe, então percebi como isso me afetava,  ela nem falava mais comigo e ele nem ligava pra ela, então resolvi acabar logo com isso, e falei pra ele, e entendi que ele estava magoado comigo e não entendi a por que mr afastei, antes disso ele tinha namorado com outra garota,  por isso fiquei mal, mas acabamos nos dando bem e agora estamos aqui, se eu tivesse escolhido a amizade dela, sendo que nem era amizade mais, depende isso, se a pessoa for realmente sua amiga aconselha a ficar com a amizade,  mas a decisão é sua,  e é isso.

 -Interessante mãe haha.

 -Já está tarde, vá dormir.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...