1. Spirit Fanfics >
  2. Anti heroes. >
  3. It will be the hard way then.

História Anti heroes. - Capítulo 16



Notas do Autor


Oieee.
Espero que gostemmmm.
Boa leitura;-;

Capítulo 16 - It will be the hard way then.


Pov Kirishima.


Confesso que.. ainda sim não to completamente seguro com o Midoriya. To conversando com ele mais profunda e sinceramente com ele sobre isso mas, mesmo assim.


Eu parei pra pensar e.. o Bakugo.. o que eu vou fazer com ele gente...?


Talvez poderia puxar um assunto com ele também. Que mané puxar assunto, isso é papo pra boi dormi. Aqui a gente fala tudo na lata.


HAHA. Teve um dia, ele tava com um moletom neh, ele tava mexendo no celular neh, ai parecia que ele tava excitado, eu virei pra ele e falei assim "carai vei, o porno aí tá bom hein?"


Aqui nois fala tudo na cara, tem medo não. E sim, nossa intimidade já tá nesse ponto. Bom.. pra quem era um estressado do caralho que não queria ter nenhuma amizade.. acho que conquistei bastante com ele.


Hm.. tá decidido, amanhã de manhã eu converso com ele.


Quebra de tempo.


Acordei e ele tinha acabado de levantar, estava se trocando. Aproveitei o momento pra começar a conversa.


--Katchan você acha que seria um bo-... Se bem que.. você não teria nenhum motivo...

--Que?

--Já que sempre teve uma vida muito "maravilhosa" não teria o por que de fazer isso...

--Do que que você tá falando?

--Se bem que talvez.. não! Simplesmente não tem por que.

--...você deve tá dormindo ainda...


Eu não pude começar a falar já que eu percebi uma coisa. Ele não teria motivo algum pra se vingar de alguém e se tornar vilão.. Se ele fizesse isso seria apenas por malvadesas mesmo. Só faria as pessoas sofrere-.. AHAAAA! É ISSO!


Ele seria um vilão por que odeia pessoas e gosta de vê-las sofrendo. Sabia que todos tem ao menos um motivo pra ser assim.


Mas quando fui voltar a falar com ele, já tinha saído do quarto, provavelmente tinha decido pra comer alguma coisa. Quanto tempo eu demorei pra pensar nisso?


Desci pra tomar meu café, logo após de fazer minhas higienes matinais. Dou bom dia a todos e me aproximo do Bakugo. Obviamente não poderia falar sobre aquilo alí, então seria uma conversa normal do dia a dia mesmo.


--Tá acordado de verdade dessa vez?

--Que?

--Você não tava falando coisa com coisa lá no quarto. Parecia tá até de ressaca.

--..ta...


Que conversa mais normal e rotineira viu, pelo amor de Deus. 


Depois que todos estavam prontos, fomos pro Colégio estudar. Tivemos aula de inglês e matemática. Aii... eu não suporto matemática.. Não sei pra que isso, mistura letra com número. É pra isso que a gente tem o português não é não? Pras letras. Aff.


Katchan sempre me ajuda a estudar, quase sempre vamos pra biblioteca nos intervalos pra ele me ajudar nos exercícios. Confesso que ele é um professor muito bom.


Já cheguei a falar pra ele isso, mas ele disse que não faria isso nem morto. Não aguentaria os demônios. Ele falou daquele jeitinho dele que ficou engraçado e charmoso ao mesmo tempo, por isso adoro ele. M-mas.. voltando ao assunto..


Depois da aula voltamos pros dormitórios, e quando subimos pro quarto, o Bakugo tinha se jogado na cama já. Credo nunca vi isso. Oh, saudade viu.


--Katchan...

--Hm?

--Você seria um vilão?

--QUE? CLARO QUE NÃO PORRA? OUSH. FICO DOIDO.

--Ai calma, para de grita. Mas tipo, nem pra sei lá.. ver os cara sofrendo?

--MANO....... Cê tá usando droga é? Sabia que um dia a amizade entre você e o Kaminari não ia da certo vei, puta que pariu.

--Responde logo, aff.

--Eu já disse que não. Credo. Por mais que eu não goste da pessoa, eu não quero ver ela sofr... tá bom eu quero sim... Mas não a ponto de ser um vilão cara!

--Mas por que?

--Uai, eu quero ser um herói. O herói número um, sendo mais expecífico e eu acho neh que não conseguiria sendo um vilão.

--Mas você poderia ser o vilão número um não?

--Não é a mesma coisa. Fora que vilões sempre são derrotados.

--Puxa vida.. O Bakugo disse que se ele fosse um vilão ele seria derrotado.. Caralho........

--EU NÃO DISSE ISSO POUHA!

--Reflita sobre tudo o que você disse a trinta segundos atrás.

--Idiota...

--Mas que preconceito é esse com os vilões hein? Credo.

--Eles são burros, a maioria feios talvez até nojentos, fora que eles fazem coisas erradas. Quer mais o que?

--Nossa.. falou o senhor perfeito neh?

--Dessas coisas que eu falei agora.. sim, eu sou perfeito. *ele fala com um sorriso convencido no rosto*

--Para de ser babaca Bakugo. Eu to falando sério.

--Até oarece que eu to brincando. Eu não seria, e nunca vou ser um vilão. Simplesmente por que é errado.

--Não acha que alguns tenha motivo?

--Fodase. Não se tem razão só por ter um motivinho besta.

--Aiii desgraça... idiota. *jogo o travesseiro nele e viro pra parede*


EU TO PUTO AGORA DOIDO! Caralho amno, nunca achei que ele seria babaca nesse ponto. Eu sabia que ele era mas, já passou dos limites também neh. 


Acabei que fiquei pensando mais ainda sobre o que o Midoriya ficava me falando. Até por que, desse jeito, se eu fosse um vilão eu estaria assinando um contrato de guerra contra o meu melhor amigo. E eu não quero perder o Katchan. Mas confesso que tem hora que ele é insuportável...arg..


Eu acabei dormindo ali em meio ao estresse mesmo. 


Pov Midoriya.


--Gente do céu.. O foda é qu eo Bakugo nem disfarça que eles tão brigando neh? *o Todoroki fala olhando pra parede que fica entra o nosso quarto e o do Kiri com o Katchan*

--Poisé. A arrogância dele não deixa.

--Isso..... é bom......?

--Parece que sim neh.. vou falar com ele amanhã.

--tem certeza que você vai falar com ele? Da última vez não foi muito bom...

--Obrigado pela confiança viu. *reviro os olhos pra ele*

--Eu te confio isso e mais um pouco viu. 

--Saaaaaaaaaaai! Hoje nãaaaao. Hummm.. 


(Mente do Midoriya: Até por que vou torturar os leitores enrolando mais um pouquinho. Essa é a verdadeira excência de um vilão. Hahahahahahahahahahha)


Quebra de tempo.


Hoje o Kirishima acordou bem mais cedo e não parecia tá muito bem. Haha.. desconta daquele dia que eu tava estressado e ele me veio discutindo comigo. 


--Kirishima você tá bem? Oarece bem.. nervoso...

--Hm.. é o Bakugo. Ele é um babaca. Mas bom dia pra você também viu.

--Ha.. bom dia. Vocês brigaram ontem neh. Eu ouvi.

--Então sabe o por que eu to assim...

--Uhum.

--..e o que que tu acho... não me venha com moda que eu ainda não sei não viu.

--Relaxa, só vim falar que concordo com você. O Bakugo é um babaca. Mas o motivo disso, é que ele sempre teve a vida muito perfeita. Nunca sofreu igual a gente pra entender isso.

--É.. talvez seja isso mesmo.. 


Ele ficou um tempo calado até que parece ter uma ideia.


--E se... ele sentisse o que é sofrer um pouco. Tipo sei lá..... tem muitos vilões que sequestrão gente só pra passar medo nelas. E se...

--Você faria isso com seu melhor amigo? Que cruel... Gostei!

--Não eu. Você. Já que queria tanto isso. Talvez eu possa ajudar a chamalo ou coisa do gênero, mas não acho que eu consiga fazer isso com ele..

--Muito bem, depois a gente conversa melhor sobre isso então. 


Saio de mancinho e subo pro quarto.


--Espero que nunca mais duvide de mim viu. Idiota.

--Hm?

--Ele deu a ideia de sequestrar o Bakugo, pra ele entender o que é ter um motivo de vingança. Não foi exatamente o que ele disse mas.. é quase isso mesmo.

--Gente mas que menino agil esse tão de Izuku Midoriya viu. Arruma três pessoas pra equipe quase ao mrsmo tempo uai. Credo. Toma cuidado.

--Issai.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...