História Antropofobia congelada - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Antropofobia, Aviões De Papel, Jikook, Kookmin
Visualizações 223
Palavras 411
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drabble, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


rs.............toda quarta att kkk

boa noite e boa leitura, pessoal<3

Capítulo 2 - Uma palavra.


Jungkook estava na própria cama, deitado e sorrindo e olhando o teto, corado nas bochechas e com o coração parecendo só animado demais ao que a cena de mais cedo passava na cabeça.  

 

'Lia a resposta do menino bonito com o rosto corado confuso e então parecia distorcer as palavras o bastante, soando triste ao que o loirinho se escondia e ficava só com os olhos pra fora e apertava a borda da janela com força nos dedos gordinhos, parecendo desesperado e Jungkook quase se sentia culpado por pensar que ele parecia só lindo demais até assustado. 

Apertou o avião nos dedos longos com força, pegando a caneta e então, parecendo confiante, sentou na calçada e escreveu soando animado, distraído. 

Jimin, por outro lado, tremia, o coração quase saltava pra fora ao que olhava o menino bonito do lado de fora. Ele é tão novo, pensava, quase feliz, porque aquilo nunca tinha acontecido e então não parecia ser tão ruim. E mesmo assim se encolhia dentro do moletom e corava mais, os cabelinhos bagunçados e os olhos lacrimejando soando tão adoráveis e medrosos como podiam, mesmo que não fosse por mal. Viu um aviãozinho voando e mesmo quando tentou pegar, ele acabou por cair dentro de seu quarto, na cama e correu pra pegar nos dedos gordinhos, com o coração rapidinho. 

 

"Eu posso ser esse alguém." 

 

Os olhos abriram mais na medida que as perninhas tremiam e então ele parecia menor no moletom, as bochechas estourando e o sorrisinho quase que desesperado aparecia mais e então apertou os olhos, lambendo a boca e correndo até a janela, olhando bem nos olhos do menino mais alto e bonito.  

Pegou a caneta de novo, escrevendo rapidinho e vendo a letra sair trêmula e torta, não demorando pra dobrar e atirar de novo. 

E então Jungkook soava desesperado, ainda corado nas bochechas e feliz. Ele é tão lindo, pensava, as bochechas coradas eram só lindas demais e então ele se sentia realizado ao que via o avião voltar para os próprios dedos branquelos, só não demorando pra abrir.  

 

"Eu me chamo Park Jimin."  

 

Sorrindo grande, Jungkook pareceu ver a timidez quase gritante do menino mais baixo e então apertou os olhos, não querendo forçar ele demais e gritou: 

 

"Eu me chamo Jeon Jungkook. E eu prometo voltar amanhã, Jimin-ah!"' 

 

Jungkook pensava, quase que triste por ter saído correndo sem ter tido uma real resposta. Mas tudo bem, ele tinha que confiar em Jimin também. 


Notas Finais


olaola
perDAO QUALQUER ERRODEMORA

obrigada por ler<33
BEJAOSZSZ


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...