1. Spirit Fanfics >
  2. Ao som do Coração >
  3. "Saúde mental"

História Ao som do Coração - Capítulo 85


Escrita por:


Notas do Autor



Capítulo 85 - "Saúde mental"


Fanfic / Fanfiction Ao som do Coração - Capítulo 85 - "Saúde mental"

Olho para a garçonete que não tira os olhos do Naruto.

- Bom, o principal é que agora você vai ser uma estrela do rock, você está empolgada?

- Eu estou meio em pânico, mesmo que eu ainda não tenha percebido. – Falo olhando para o meu amigo.

- Por causa do Sasuke, ou por tocar na frente de um monte de gente que está lá por sua causa?

- Estou começando a me acostumar em tocar em barzinhos, mas quando o álbum for lançado, as coisas mudam de figura e eu vou cantar.

O Naruto arregala os olhos.

- Cantar? Sério?

- Sim, o Sasuke me fez uma surpresa. Ele gravou a gente quando ele cantou pela primeira vez minha música, e ele tinha perguntado se eu podia cantar com ele nos shows.

- Isso é incrível, estou tão feliz por você. - Ele me abraça novamente, me dando um beijo na bochecha. – Mas você tem certeza de que não se arrepende de nada?

- Como o que?

- Eu!

Eu reviro os olhos e empurro ele.

- Eu não quero você, você é muito irritante, fala demais, você é muito... você!

Ele dá risada, antes de dar um gole na sua cerveja.

- Você não sabe o que está perdendo! Preferindo um metaleiro ao invés do meu encanto natura... Eu fico pensando, para onde o mundo vai?

Eu caio na gargalhada

- Me promete que você nunca vai mudar. – Falo o abraçando.

- Seria uma tragédia para as mulheres. – Ele fala com seu sorriso zombeteiro. O que eu faria sem o Naruto? - A propósito, você vai ao festival com eles, nesse fim de semana?

- Sim, vai ser um exemplo de como será a turnê. Eu vou ver se eu consigo ficar no mesmo quarto que a Karin sem que nós arranquemos a cabeça uma da outra.

- E ver se as coisas se encaixam com o Sasuke?

Ele faz um gesto obsceno com os dedos, me fazendo dar risada. Eu sou uma fraca com o Naruto, ele sempre me pega no fim das contas.

 

...

Eu estou super animada. Sentada ao lado do Sai, que está dirigindo a Van. Nós estamos indo para um enorme festival de heavy metal.

Um fim de semana inteirinho com o Sasuke!

O Sasuke está sentado atrás do banco do motorista, com o pé no banco em frente a ele. Ele está brincando com o isqueiro, acendendo e apagando. Eu ouço o barulho da tampa, fascinada pelas veias salientes do seu braço.

Eu não sou muito discreta. Na verdade, eu não estou tentando ser discreta. Por que eu seria? Eu vou aproveitar, já que a Karin foi dormir no fundo da van. Ela estava exausta.

Aparentemente ela foi para uma festa noite passada. Ela entrou na van mal humorada, de ressaca, o que não agradou ao Sasuke.

O Sasuke cantarola uma antiga música do Eminem que preenche a van e o Sai batuca no volante no ritmo, como se ele estivesse na sua bateria.

Eu finalmente estou no meu lugar. Eu vou tocar e ouvir música por dois dias, o que mais eu poderia querer?

- Vocês normalmente vão a esse tipo de festival? – Pergunto olhando para os meninos simultaneamente,

- Sim, é bacana. Não dá muito dinheiro, mas ao menos nós aparecemos um pouco. Inclusive, nós pensamos em um negócio eu e o Sasuke.

Eu levanto a sobrancelha curiosa. Eu não notei o sorriso torto do Sasuke logo em seguida.

- O que?

- Nós pensamos que já que você vai cantar sua música com o Sasuke, você poderia usar uma roupa um pouco diferente no palco. – O Sai me lança um sorriso.

- Uma roupa diferente?

Eu repito suas palavras com cuidado. Ele confirma com a cabeça e sorri cada vez mais maliciosamente.

O Sasuke olha para mim significativamente, detalhando meu corpo com ambiguidade.

- Não, mas de jeito nenhum! Vão se danar vocês dois!

- Mas eu ainda nem disse nada! – O Sai me olha surpreso.

- Você não precisa, eu posso ver o que você está aprontando.

- Ah qual é, só uma coisinha sexy. Vai vender!

Quando eu estou a ponto de falar para ele esquecer, lembrando que eu não sou uma garota de companhia, o Sasuke se aproxima de mim.

Ele ergue a mão para pousar na minha coxa.

- Você ficaria divina com um vestidinho. Você tem pernas tão lindas.

O Sai concorda com a cabeça em aprovação, examinando minhas coxas.

- Se você não voltar a olhar para a estrada, eu juro que minhas pernas serão as últimas coisas que você verá.

- Ah vai Sakura, é legal mostrar seus atributos! – O Sai sorri.

- Eu vou matar você.

O Sasuke continua olhando para mim, seus olhos ainda estão sorrindo, o que eu ainda não estou acostumada. Ele vagarosamente tira a mão da minha coxa, escorregando.

Eu observo as árvores passando. Nós deixamos a cidade e penetramos no campo. O festival é num campo no meio do nada.

Sou tomada por um turbilhão de emoções que me sobrecarrega, enquanto seu olhar vaga pelo meu corpo. Ele faz uma gozação dando um tapinha no ombro do Sai.

- Eu não acho que nós vamos conseguir o que nós queremos.

- Que nada, ela não tem escolha! – O Sai fala e eu arregalo meus olhos.

- O que? Mas, não... - Eu olho para os dois. – Você não vai conseguir simplesmente me provocando. Calça jeans e camiseta larga é o que vocês merecem.

Os dois dão risada. Ver os lábios do Sasuke com um sorriso é sempre prazeroso. Eu nunca fico cansada dessa visão.

- Bom, então eu sugiro que... o Sasuke vista algo sexy. – O Sai fala em tom provocador.

- “Eita! De repente a van ficou extremamente quente.”

- Qualquer coisa já é sexy no Sasuke! – Comento e os meninos me olham surpresos.

- “Merda! Eu não acredito que eu acabei de falar isso!”

Eu gostaria de voltar alguns segundos no tempo. O Sai da risada, mas estranhamente o Sasuke fica em silêncio.

Eu não ouso me virar.

Sou uma mulher assustada. Estou com medo da reação que eu poderia ver em seu rosto, ou provavelmente, sua falta de reação.

Eu devo tentar, nem é um risco tão grave assim. Eu viro minha cabeça para olhar para ele. Ele está olhando para mim, e seu olhar está... meu Deus... fervendo.

Meu coração acelera. Meu sangue pulsa nas minhas veias. Ele tem um sorriso nos lábios iluminando seu rosto.

- Você consegue me ver em um vestido?

Eu caio na gargalhada colocando meu cabelo para trás, mordendo meu lábio e balançando a cabeça.

- Tenho certeza de que você tem pernas lindas. – Falo o imitando.

- Eu o quero de sutiã! – O Sai fala rindo e o Sasuke o olha chocado.

- Com seu tom de pele, ficará perfeito. – O provoco.

- E salto agulha.

- É claro que o look não ficaria completo sem isso. – O Sasuke comenta com um suspiro exasperado.

Ele acende seu isqueiro. Seus olhos iluminados causam uma onda de sensações no meu corpo.

Será que ele tem noção do efeito que tem sobre mim?

Considerando o sorriso no canto do seu lábio, ele sabe exatamente o que eu estou sentindo.

- “Sasuke, você é realmente muito perigoso para a minha saúde mental.”



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...