1. Spirit Fanfics >
  2. Apaixonada pelo meu sequestrador - Ruggarol >
  3. Sequestrada Parte 1

História Apaixonada pelo meu sequestrador - Ruggarol - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura meus amores 😘

Capítulo 1 - Sequestrada Parte 1


P.O.V Karol

Acordei com a droga do despertador ligado, fala sério qual é a dele em? Bom, a dele é que eu programei ele pra me acordar e simplesmente estou revoltada com o despertador

Levantei da cama, fui fazer minhas higienes matinais, depois vesti um vestido vermelho colado no corpo um pouco acima do joelho e calcei uma botinha preta canudo baixo

Só agora que eu percebi que estava super atrasada para uma premiação que teria daqui a vinte minutos, deixei meu cabelos preto soltos e desci correndo pro estacionamento, ouvi minha mãe me gritando pra tomar café, mas se eu parasse pra tomar café, aí sim que eu não chegava hoje naquela bendita premiação

Peguei meu carro, e dei partida no mesmo, quando estava prestes a chegar na premiação, um idiota bateu seu carro na lateral do meu, sai do meu carro furiosa da vida pra saber quem foi o idiota que fez isso

— Mas o que significa isso? - perguntei irritada para a pessoa que estava dentro do carro preto

De repente eu vejo as janelas de vidro abaixar e aparecer o homem mais lindo do mundo, bom talvez eu exagerei no mais lindo do mundo, mas que ele é lindo ele é

— Me Desculpe, eu te garanto que não foi por querer. - disse dando um lindo sorriso

— Ah, tudo bem na verdade a culpa foi toda minha que acabei diminuindo a velocidade do carro fazendo com que o seu acabasse batendo no meu. - disse com um pouco de vergonha

— Não precisa se culpar, como eu disse a culpa foi toda minha. - disse me olhando de cima abaixo. — A propósito, qual o seu nome?

— Ah que falta de educação a minha, eu sou Karol Sevilla. - disse estendendo minha mão para o mesmo apertar

— Muito prazer Karol, eu sou o Ruggero

— Foi muito bom te conhecer

— Igualmente

De repente eu me lembro que agora sim, eu estou superrrrrrr atrasada pra premiação

— Eu tenho que ir, estou super atrasada para uma premiação que vai ter agora. - disse entrando correndo no meu carro

Ouvi a voz do mesmo gritando " Bom sorte então ", apenas acenei com a mão e arranquei com o carro rumo a bendita premiação, cinco minutos depois já estava estacionando o meu carro no estacionamento e saindo correndo para não correr o risco de ser esbarrada, mas acho que não tive para onde correr

— Quem é você? - perguntou o segurança me olhando de cima abaixo

— Como assim quem sou eu? Não está me reconhecendo? - ele balançou a cabeça negando. — Como assim não está me reconhecendo? - perguntei indignada. — Eu a modelo Karol Sevilla

— E por que chegou atrasada? - perguntou sem humor

— Eu tive um contratempo no trânsito

— Lamento muito, mas não posso deixar a senhora entrar. - disse olhando um caderninho que tinha ali perto

— Como não? Olha, eu prometo que nunca mais irá acontecer uma coisa dessas, mas por favor deixa eu entrar

De repente eu ouso uma voz famíliar atrás de me e quando eu olhei pra ver quem era não acreditei

— Frank, deixe a Karol entrar ela está comigo. - disse Ruggero com seu sorriso encantador

— Claro senhor Ruggero, sejam bem vindos. - disse sorrindo pra o mesmo

Nossa, pra esse tal de Frank conhecer ele, Concerteza ele deve ser muito importante por aqui

— Vamos? - perguntou me dando o seu braço

— Sim

Entramos no belo espaço sendo observados por várias pessoas que tinham por aqui, chegamos ao salão aonde está acontecendo a premiação e vimos várias pessoas sentadas em um banco e duas pessoas falando ao microfone, sentamos nos nossos lugares e então a primeira pessoa começou a falar

— É com grande e imenso prazer que apresento o ganhar do prêmio " Melhor da televisão ". - disse mostrando o troféu. — Esse prêmio vai para, Ruggero Pasquarelli

Nessa hora todos aplaudiram o mesmo e ele foi até o palco pegar seu troféu, eu não acredito, então ele também está entre os holofotes? Que interessante

— É com muita honra que eu recebo esse troféu " Melhor da televisão ", mas ele não é meu, ele é de vocês. - disse e todos aplaudiram novamente

Logo ele voltou e sentou do meu lado com seu troféu em mãos

— Então você também está entre os holofotes? - perguntei curiosa

— Na verdade, estava, me aposentei da televisão

— Que pena

— Mas estou pretendendo voltar em breve

Apenas sorri e a segunda pessoa começou a falar

— Agora eu estou nas mãos com o último troféu, o troféu mais importante e mais disputado entre vocês. - disse mostrando o lindo e grande troféu. — Esse aqui é o prêmio " Melhor modelo do mundo " e ele vai para........- disse abrindo um envelope. — Não acredito, deu empate

Nessa hora todos olharam um para os outros

Como assim empate?

— Isso é algo histórico, nunca tinha acontecido algo assim antes. - disse surpresa. — Então isso significa que o troféu será dividido pras duas? - perguntou para a outra mulher que estava do seu lado. — Que interessante, o que vocês acham de no lugar do troféu ser uma viagem para o Canadá para as duas vencedoras? - nessa hora todos disseram que sim. — Então vamos lá, a primeira vencedora é..... Carolina Kopelioff. - disse e a mulher levantou surpresa e foi até o palco. — Parabéns Carolina, você ganhou uma viagem pro Canadá pra passar o final de semana com um acompanhante. - disse entregando um papel pra ela. — Vamos pra segunda ganhadora? - todos começaram a ficar agitados. — É com muita honra que eu digo que a segunda ganhadora é..... Karol Sevilla

Nessa hora todos olharam pra me sem acreditar, algumas me olharam irritadas, mas eu não liguei

Levantei da cadeira e fui até o palco

— Parabéns Karol, aqui está a sua viagem pro Canadá no final de semana com direito a um acompanhante. - disse me entregando um papel. — Vocês querem dizer alguma coisa?

— Eu quero. - disse Carolina pegando o microfone. — Eu quero agradecer a todos vocês que votaram em me para esse prêmio muito importante, vocês são demais. - disse e todos aplaudiram

— Karol? - perguntou a mulher. — Você também quer falar alguma coisa?

— Sim quero. - disse pegando o microfone. — Eu quero dizer Obrigada e que esse prêmio é bastante importante pra me, talvez algumas de vocês não entendam o valor estimado que ele tem, mas eu entendo e eu...... - nessa hora ouvimos gritos vindo do lado de fora e vimos cinco homens entrando com armas enormes

— Aí meu Deus. - disse Carolina desesperada

— Ninguém se meche, ou agente manda bala. - disse um dos homens vindo em direção ao palco

Até que ouvimos pessoas gritando e algumas garotas saindo correndo desesperadas

Vi um dos homens vindo em minha direção e me puxando pelo braço

— Você vem comigo morena. - disse me empurrando para fora do palco

— Por favor não faz nada comigo. - disse chorando

— Perdeu princesa. - disse um homem atrás de me

De repente eu sinto alguma coisa dura batendo tão forte na minha cabeça que eu não vi mais nada



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...