1. Spirit Fanfics >
  2. Arrogante (Gaalee) >
  3. Capitulo três

História Arrogante (Gaalee) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Bjssss!! espero que gostem!

Capítulo 3 - Capitulo três


Fanfic / Fanfiction Arrogante (Gaalee) - Capítulo 3 - Capitulo três

O vôo foi muito longo, eu estava esgotado.

 

Cheguei no aeroporto morrendo de cansaço, e bastante dolorido de ontem, de longe  avistei temari 

 

Temari me parecia muito feliz, estava radiante eu estava morrendo de saudade dela, não nos víamos vai fazer cerca de 6 meses, ela estava linda com um vestido que vai até metade da coxa bem justo de alcinha e uma jaqueta de couro preta da mesma cor do vestido e um salto baixo, estava bem chamativa, nunca lidei bem os olhares cheio de malícia  que os outros a olhavam, ela pode até ser mais velha porém eu sou o mais protetor e ciumento como ela mesmo diz, ela devia ter muitos pretendentes, mas um motivo pra não morar com ela.

 

Ela me abraço com muita força e eu retribuir, eu sinta falta dela, então por hoje resolvi dormir na casa dela, para matarmos um pouco mais a saudade dela.

 

-Que bom que chegou bem. Ela falou ainda me abraçando 


 

-Eu estou com fome. Falei rompendo nosso abraço.


 

-imaginei isso, o que você quer comer?.


 

-Quero analisar o sushi daqui, vamos ver como e as comidas aquí. Falei serio, porem estava com medo da comida mais relaxante e gostosa na minha opinião ser estragada, porém era melhor saber desde já se o daqui é bom ou eu vou ter que aprender a fazer. 

 

-imaginei que você iria querer. Ela disse com sorriso convencido no rosto.


 

---------------------------------------------------------------------------------------------


 

Chegamos no local, muito bonito aliás, a parede branca com uma arvore cerejeira desenhada com uma aparência no fundo de pôr do sol, o espaço era grande, ambiente estável, confortável  aos meus olhos, fomos pegar nossos pratos mas antes pedimos pra um garçom reserva nossa mesa e pedimos um vinho branco suave, ali tinha vinho, se a comida for tão boa quanto o estabelecimento, aquí com certeza seria um lugar muito frequentado por mim.


 

Terminamos de nos servir e sentamos, o vinho estava em uma temperatura ótima, a mesa estava certa, o sushi estava em uma temperatura perfeita o arroz bem cozido o peixe também estava ótimo, a tira de nori muito bem colocada.


 

-Aprovado.


 

-Graças a Deus você tava tão sério analisando tudo que eu pensei que ia rejeitar o lugar, que eu passei semanas procurando. Ela falou aliviada.

 

Sorri com a reação dela, com certeza esse lugar Não foi achado do dia pra noite pois ele é muito bom, ela se esforçou bastante.

 

-Obrigada. Falei dando um sorriso, decidi botar em prática logo o meu plano de ser mais sociável.

 

Ela me olhou assustada 

 

-O que te deram naquele avião??. Perguntou claramente assustada.

 

Tcs- Só estou tentando ser mais educado. Falei sério olhando pra ela, pra ela não achar que é uma brincadeira.

 

-Meu deus isso deve tá te matando, você nunca foi sociável, por que decidiu querer mudar?. Me olhou preocupada.

 

Ela tem razão não me entra na cabeça isso porém é necessário, pelo o que o naruto me disse era melhor eu começar com gestos pequenos como simples pedidos de obrigadas as vezes, e assim eu iria pegar o jeito. 

 

-Chegou a hora de aprender a não ser tão rude, pois possivelmente irei ligar com pessoas difícil de agradar no futuro, e claro que não vou mudar minha personalidade, só quero descobrir mais sobre esse mundo de gentileza, pois no futuro precisarei.

 

Ela simplesmente acenou com a cabeça

 

-se precisar de ajuda, estou aqui. Eu apenas acenei e voltei a comer 


 

-Seu carro chega quarta feira, aluguei um carro pra vc enquanto isso, a chave está no meu apartamento amanhã antes de ir pra sua casa pegue a chave, aluguei um Volvo XC40, espero que goste.


 

-Branco ou preto?. Gostei da escolha dela e um carro muito confortável e com um ótimo gps.

 

-Preto, mas se quiser pode trocar.

 

-Preto tá ótimo, obrigado.

 

-amanhã no almoço você conhecerá alguns amigos meus, não adianta negar aviso desde já. Ela falou divertida claramente feliz com a ideia


 

-Tudo bem mas espero que tenha um bom vinho. Dei meu melhor sorriso pra ela.


 

Logo depois fomos pra casa, eu quis dirigir queria aprender o caminho.

 

Ela estava falando de como e na faculdade dela e como são os amigos dela, falando que o naruto tá parecendo um tarado com Sasuke, o namorado do naruto que eu ainda não conheço, mas tudo indica que vou conhecer amanhã. Talvez não seja tão ruim como eu espero.

 

Uma mensagem chegou no celular dela, ela olhou a mensagem e ficou tão feliz respondeu na mesma hora 

 

Fiquei um pouco que choque com a reação dela por uma simples mensagem logo depois ela soltou uma gargalhada e eu resolvi perguntar o porque do alvoroço.


 

-sobre que são essas mensagem tão empolgantes?.

 

Ela dá um sorriso bem largo 

 

-Um amigo se assumiu para o pai, e o pai dele foi ótimo como sempre, e geralmente o pai dela faz algumas festas e o naruto estava falando que agora que pai dele sabe n a problema em os meninos se pegarem nas festas agora. Ela deu uma gargalhada 

 

-Realmente o naruto tá incontrolável. Disso dando risada junto dela .

 

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

chegando em casa Temari me mostrou a casa muito bonita inclusive, um neutro escuro ´preenchem a sala até a varanda e a cozinha americana bem neutra no andar de baixo.ela me mostrou a parte de cima composto por 3 suítes.


 

 O ap dela é muito parecido com o que eu havia escolhido a diferença e que e um pouco maior e tem uma suíte a mais,bom amanhã vou olhar se aprovo o trabalho da decoradora que a Temari me recomendou, uma amiga dela , Ino eu acho o'nome ,  ela me mostrou o quarto que eu iria dormir e me deixou a sós. 



 

Eu estava morto de cansado, então resolvi ir dormir, precisava descansar, amanhã tenho que me esforçar ser amigável e gentil com os amigos da Temari, não demorou muito eu peguei no sono.


 

*3:30 hora da madrugada 

 

Acordo com o telefone tocando

 

-Alo?. eu odeio ser acordado.

 

-volta pra suna. uma voz claramente alterada 

 

Eu sabia quem era, eu tentei ser gentil em suna porém eu tenho que cortar esse mal pela raiz .

 

-Inoki, não devia me ligar a essa hora. falei curto e grosso.

 

-Você devia ter ficado comigo e não ter ido embora pra Konoha sem e importa com nós .

 

Suspirei cansado.

 

-Nunca existiu um nós, nunca vai acontecer e mesmo  se eu tivesse ficado, nunca iria existir um nós, desde o início sempre deixei claro que era algo casual e sempre deixei claro que eu não queria compromisso nenhum. quero voltar a dormir logo

 

-Se você não fosse tão arrogante, poderíamos ser um casal mas você se importa você não dá uma chance pra a gente, por que ? . Ele  já estava berrando  com a voz chorosa.

 

-Eu não quero uma chance, eu não sinto nada por você, e você tem razão eu não me importo, nunca me importei . 


 

depois disso ele desligou, e eu suspirei aliviado, coloquei o telefone na escrivania e voltei a dormir   

     

 


Notas Finais


Se notarem algum defeito, por favor me avisem, eu aceito criticas construtivas.
Se tiverem alguma sugestão por favor fiquem a vontade!!
Beijinhos, ate a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...