1. Spirit Fanfics >
  2. As crônicas do anoitecer >
  3. O Balanço

História As crônicas do anoitecer - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - O Balanço


Fanfic / Fanfiction As crônicas do anoitecer - Capítulo 1 - O Balanço

Lá estava eu, às 3:28 da madrugada, olhando pela janela. Estava uma neblina densa, a única coisa que eu conseguia ver, era uma menina brincando no balanço, parecia ser uma menina normal, mas vi que a coloração de seu olho estava diferente, seu olho era completamente preto. Fiquei fúrioso, pois não dava para dormir com aquele ranger idiota. Decidi ir até ela, mas hesitei, quando vi que outra pessoa estava fazendo isso, esta pessoa estava muito irritada, estava gritando para que ela parasse, mas não adiantava, ela estava ignorando-o. Num passe de raiva, ele decidiu puxa-la do balanço, grave erro, a última coisa que vi antes de fechar a cortina, foi ela pulando para cima dele, esfaqueando-o com o que parecia ser uma faca de cozinha. Tentei resistir a curiosidade, mas acabei olhando pela fresta da cortina, o homem caído no chão tentando gritar por ajuda, mas não era só isso, percebi que ela estava olhando em minha direção, vi que ela estava andando até mim, seus passos foram ficando mais rápidos. A primeira coisa que pensei, foi me certificar de que as portas estivessem trancadas, logo fiz, mas em um momento de Adrenalina, lembrei que eu não tranquei a janela, a janela cujo eu a observava. Um silêncio surgiu junto da escuridão que estava minha casa, não tinha ideia de onde ela poderia estar. Pensei seriamente em sair de casa, mas não pude, meu filho Henry estava em seu quarto dormindo, eu não poderia abandona-lo. No momento que eu ia para seu quarto buscá-lo, ouvi uma porta ranger, desesperado, fui correndo ver se meu filho estava bem. Chegando lá eu não encontro nada, corri de volta para o meu quarto, e vi que a janela estava escancarada.

Dias se passaram, prestei meu depoimento a polícia, mas ninguém acreditou em minha história maluca. Mandaram um grupo de busca atrás de Hanry, mas não encontraram nada.

7 meses se passaram, eu mudei de casa, ela era do lado de um parque infantil, eu tentei procurar por outra, mas não encontrei. Estava tudo normal, até que em uma noite, eu novamente ouvi o ranger, olhei pela janela e percebi que novamente, um balanço rangia, espantado fiquei quando vi que era meu filho brincando, demorou um pouco, mas quando eu o reconheci, corri tão rápido em sua direção que nem percebi que uma neblina densa surgiu em minha volta, fiquei surpreso, mas continuei meu trajeto, até que vi que seus olhos estavam totalmente pretos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...