1. Spirit Fanfics >
  2. Bastard Imagine Jeon Jungkook >
  3. Employment

História Bastard Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Roi leitores né?
Bem vim passa aqui pra avisar, não era pra ter capítulo hoje, mas agora eu vou ver se consigo fazer alguns capítulos nos dias de sábado.
Boa leitura.

Capítulo 7 - Employment


Fanfic / Fanfiction Bastard Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 7 - Employment

                   Jeon Jungkook P. O. V.

Estávamos em meu quarto, já tínhamos começado a fazer o trabalho, quer dizer ela começou a fazer o trabalho porque eu só estava vendo, ela estava um pouco inclinada, bem podemos dizer em uma posição que tava me deixando um pouco excitado, dava pra ver por um brecha da blusa seu sutiã de renda, e eu espero que seja um conjunto, só que começo a sentir umas dores estranhas na minha cabeça, tombei um pouco para trás e isso chamou a atenção da Vermelhinha.

— Jungkook tá tudo bem? ~ ela se levanta e vem até mim, colocando uma de suas mãos nas minhas costas e a outra em meu peito ~ Jungkook?

A afastei, levantando atordoado, fui até a porta, a abrindo ouvia a Vermelhinha me chamando lá atrás, apenas sai de casa a deixando sozinha, andava na rua cambaleando não sabia para onde eu iria, me afastava cada vez mais até que não sinto mais nada, minha vista escurece e eu apago.

____________ P. O. V

— Vamo bora menina acorda ~ me chacoalha na cama.

A não mãe deixa eu dormir mais um pouco ~ resmungo, não era para mim ter ficado acordada a noite toda mechendo no celular.

— "Dormi mais um pouco", você só pode tá brincando, vamo bora acorda, pra se arrumar para ir caçar um emprego, porque eu não vou ficar te sustentando pra vida toda, S/n você já tem 23 vanos.

— Ah mãe eu sei tá, não precisa ficar jogando na minha cara todo dia.

Bem, é isso mesmo que você ouviram, se passaram 2 anos desde que o Jungkook tinha me deixado lá naquela casa.

P. O. V.  Flashback

Ele tinha saído e me deixando no quarto, comecei a segui-lo, chamava, mas ele não estava nem aí para mim, o deixei sair, voltei para o quarto e fui terminar o trabalho. No outro dia, eu já tinha chegado na escola, estava com o carta, na mão esperando o Jungkook.

— Cadê você Jungkook? ~ me perguntava, o esperando na porta da sala, olhando o relógio já iria começa a aula, e nada dele aparecer, voltei paraeu lugar e a aula começou, já estávamos na última aula.

Bem alunos, agora vou querer ver os trabalhos que pedi ontem sobre ~ a sala toda já havia entregado o trabalho, e felizmente Jungkook não tinha vindo pra escola eu achei estrando, então tive que entrar sozinha.

S/n sua dupla não era o Jungkook?

— É sim, só que ele teve que faltar.

— Tudo bem então, sente-se devolta na sua cadeira por favor.

— Ok

Depois que aula acabou, voltei normalmente para casa, e foi assim o ano todo, todo dia eu ia para a escola com esperança dele vim, mas ele nunca veio, me sentia sozinha, por mais que ele sempre ficasse me bajulando me enchendo o saco, eu estava sentindo muita falta, até das safadezas dele, sentia falta do seu beijo que me tirava o ar, me entorpecia, senta falta da sua boca percorrendo meu corpo, sentia falta do seu toque das suas mãos em meu corpo eu estava querendo ele mais que tudo, mas essa era uma das coisas que eu mais temia.

Me apaixonar por Jeon Jungkook, mas foi inevitável, eu não consegui, eu estava ficando louca. Havia terminado o ensino médio estava muito feliz, comecei a fazer a faculdade.

___________ P. O. V

 bem desde de aí eu nunca mais o vi aquele babaca, terminei minha faculdade, mas ainda tenho que arrumar um emprego fixo. Me levanto vou direito pro banheiro, tomo meu banho as pressas por causa de um certa pessoa chamada mãe, me visto e desço para a cozinha.

— Bom dia Laura..

— Bom dia menininha..

— Você nunca vai deixa de e me chamar de menininha não é..

— Com toda a certeza...

— Bom dia meus amores...

— Bom dia mãe...

— Bom dia S/m

— Bem vamos comer então ~ fala se sentando na mesa se juntando a mim e a Laura que distribua o café da manhã, já havia terminado o café, me despedi e fui para o meu quarto pegar algumas coisas.

 Tchau gente, tô indo fazer alguma entrevista.

— Tá bom filha boa sorte.

Saio de casa bem, eu não tinha falado para minha mãe que tinha conseguido um entrevista em uma empresa, não sei como mais eu consegui, o nome da empresa era Jeon's bem coincidência não é.

Chego na empresa sou atendida pela recepcionista, que me conduziu para um sala ela falou para mim esperar um pouco que já iria entrar um pessoa para me entrevistar. Estava voando com meus pensamentos quando ouço baterem na porta e logo entrar um mulher com os cabelos pretos um pouco curtos ela era exatamente bonita.

— Bom dia você é a senhorita S/n certo? ~ fala se sentando na cadeira a minha frente  e cruzando as pernas.

— Sim sou eu mesmo ~ sorrio, vendo a mesma fazer tal ação também.

Prazer me chamo Lisa ~ estende sua mãos.

Prazer, espera você já sabe meu nome então kkkkkk ~ aperto sua mão.

Então, nós já vimos seu currículo, só vou fazer algumas perguntas e você irá responder.

— Ok

— Então vamos começar.

A entrevista já havia terminado, eu já estava saindo da sala qua do ouço me chamarem.

— S/n, amanhã breviamente avisaremos se iremos querei-la na empresa.

— Tudo bem estarei esperando, tchau.

— Tchau.

Saio da sala a deixando sozinhas, saio da empresa e vou em direção a uma cafeteria predileta, sempre como meus cafés la, entro no estabelecimento vendo o cheio de pessoaa, me acomodo em um canto, vendo o atende vindo em minha direção, faço meu pedido e o mesmo sai, olho meu celular para ver se a alguma mensagem, mas não a nada, desligo o mesmo e volto minha atenção a rua vendo os carros passarem, e alunos indo para sua escola, é que dirá que um dia eu iria sentir saudade da escola agora entendo o que aquela pessoa sentiam, sou servida com meu café e logo tomo um gole desfrutando do mesmo sentido o gosto amargo meio adocicado descer pela minha garganta. Termino meu café me levanto para pagar a conta, já havia saindo da cafeteira, estava andando um pouco pela avenida, em direção da minha casa.

Chego, e vou direto para meu quarto indo tomar um banho, estava terminando de me vestir, me deitei na cama estava cansada de que eu não sei porque eu não fiz nada o dia inteiro, estava mechendo no celular, quando sinto meus olhos pesarem então durmo.

Acordo, pela primeira vez sozinha sem ninguém me enchendo o saco de manhã, e meus amigos milagres acontecem, vou olhar meu celular para ver se não caio nenhum mensagem até que me deparo com isso.

P. O. V Mensagem

Olá senhorita S/n, vinhemos lhe avisar, que remos seu currículo denovo, repensarmos e decidimos, que aceitaremos a senhora em nossa empresa parabéns, começará a trabalhar amanhã o chefe falará qual vai ser seu trabalho quando você for, boa precisará responde essa mensagem e mais um vez parabéns.

__________ P. O. V

AAAAHHHHHHHHHHHHHH, meu Deus eu não acredito nisso, eu consegui, eu consegui, me levanto na cama começo a dança e pular, abrem a porta mais eu não paro de dança.

— Menininha, o que aconteceu pra você estar tão feliz logo de manhã?

— Eu consegui um emprego Laura um, eu consegui um emprego ~ a puxo para dançar junto comigo.

Eu não sei dançar menininha, vai tomar um banho, e depois desce para comer ~ me empurrar para o banheiro, me despi e logo tomei meu banho, estava muito ansiosa para trabalhar naquela empresa, me vesti e fui para a cozinha.

Bom diaaaaa ~ estava muito ansiosa era meu primeiro emprego.

Bom dia, vem aqui se sentar pra comer.

— Tá bom, mais cadê a mãe?

— Já teve que sair precisaram chamar ela no trabalho.

— Ah tá bom.

— Então aonde você vai trabalhar?

— Bem eu tinha feito um currículo em um empresa, daí ontem eles me mandaram ir lá, porque queriam fazer um entrevista comigo, eu fui e fiz a entrevista eles me fala que iriam me dar a notícia cedo.

— Parabéns menininha.

— Obrigada.

— Bom dia, gente pra que essa alegria toda em? ~ minha mãe chega na cozinha logo se sentando na mesa sendo servida pela Laura.

Eu consegui um emprego.

— É sério?

— Sim.

— Ah parabéns filhar, quando começará a trabalhar?

— Bem como recebi a mensagem hoje eu vou trabalhar só amanhã.

— Então boa sorte e juízo ~ começamos a comer.

— Está um delícia Laura ~ falo de boca cheia sendo repreendida pela a mesma.

Não fala de boca cheia é feio, e obrigada.

Termino de comer e subo para meu quarto, espero que hoje passe rápido, estou muito ansiosa pra amanhã.





Notas Finais


Espero que tenham gosta do capítulo de hoje.
Vejo vocês no próximo capítulo
Ah e antes que eu me esqueça obrigada pelos 18 favorito, vocês não sabem o quanto isso me deixa feliz
Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...