História Best Mistake - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Dylan O'Brien, Harry Styles, Lily Collins, One Direction, Selena Gomez, Zayn Malik
Personagens Selena Gomez, Zayn Malik
Tags Amor Não Correspondido, Drama, Romance, Selena Gomez, Zaylena, Zayn Malik, Zelena
Visualizações 99
Palavras 2.268
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey hey hey ❤️❤️
Esse capítulo está um pouco maior que os outros, gostei bastante dele, espero de coração que vocês também gostem 💕
OBRIGADA PELOS COMENTÁRIOS E FAVORITOS 💕💕💕

Boa leitura!

Capítulo 11 - Não brinque comigo, anjo.


resto dos dias passaram-se de forma ligeira, chegando então, a tão esperada sexta-feira.

Para Selena, esses dias corridos não tiveram emoção alguma. Dylan aproximou-se cada vez mais, consequentemente, Zayn afastou-se ainda mais. Houve cumprimentos entre ela e Lily, entretanto, nada de interessante havia sido dito. Dylan tivera sido o ponto alto da sua semana, a sua amizade a fazia bem.

Marie encontrava-se sozinha no quarto de hóspedes da cada de sua tia Anne, mãe de Harry. Não estava com a mínima vontade de passar o fim de semana inteiro sozinha em seu apartamento. Em sua concepção, seria um completo tédio.

O tic-tac do relógio era o único som que ecoava pelo ambiente, que era iluminado apenas pela luz da lua que chegava através da janela de vidro.

A garota de cabelos castanhos ondulados estava deitada na cama, seu olhar era direcionado ao teto. Sua cabeça estava sem pensamentos específicos, todavia, também estava atordoada.

Mesmo que tentasse conter-se, ela não gostaria de se afastar de Zayn. Mesmo que o moreno tivesse algumas atitudes um tanto imaturas, quando estavam sozinhos, ela sentia-se bem com ele. As emoções que seu corpo transmitiam eram explosivas, e essa era uma das melhores sensações que Selena já sentira em toda sua vida.

Batidas na porta soaram pelo ambiente, logo em seguida, Harry adentrou no quarto. Em sua fisionomia, existia um leve sorriso.

— Arrume-se priminha, irei animar sua noite – Deu uma piscadela.

Ela riu de maneira fraca, sentando-se na cama.

— Se não fôssemos como irmãos, essa

frase teria soado como algo malicioso – afirmou ela, entre a risada.

Ele sorriu de forma mais larga dessa vez.

As pernas de Marie balançavam, seus olhos estavam um tanto curiosos. Aparentava ser uma moleca pronta para a aprontar.

— Quero você pronta daqui uma hora – alegou em tom de aviso.

Marie arregalou os olhos, teria que ser possuída pelo Flash para que conseguisse ficar pronta em tão pouco tempo.

O relógio marcava 21h. Fazendo-a se questionar se seria melhor ela simplesmente ir dormir, ao invés de sair sabe se lá para onde. Porém não iria gastar mais uma sexta-feira presa em casa. Além do mais, era bem provável que Zayn estivesse presente, de alguma forma, isso deixou-a mais animada.

Ficou ainda mais empolgada quando lembrou-se que havia colocado roupas apropriadas para sair em sua mochila.

Em passos ligeiros dirigiu-se até o banheiro.


 

 ***

 

Selena analisava seu reflexo através do espelho. Seu corpo vestia um conjunto branco de uma saia e um cropped, eles eram colados em seu corpo, destacando suas curvas. A pinta que havia em um dos seus seios estava amostra por conta do decote discreto que havia em seu cropped, dando assim um charme especial ao look. Seus pés calçavam sapatos pretos com saltos altos e finos.

O batom vermelho como de costume, já estava impregnado em seu lábios carnudos, entrando em harmonia com seus olhos discretos, trazendo apenas um delineado bem marcado para destacar a sombra de cor clara que usava.

A morena tentava ignorar os gritos do primo, havia se passado meia hora desde o horário combinado. Mas segundo ela, Harry deveria relevar, não iriam morrer se chegarem um pouquinho atrasados.

Buscou uma bolsa pequena na cor preta que pediu emprestado de sua tia, colocando-a em um dos seus ombros.

Descia as escadas sem nenhuma pressa, mesmo que estivesse acostumada, ainda tinha medo de cair no chão por conta do salto alto.

Sua perna esquerda tremeu de forma leve assim que pôde ver quem estava sentado no sofá da sala de estar.

Zayn estava concentrado em seu aparelho celular, todavia, o barulho de saltos batendo no chão, chamou sua atenção. De forma instantânea, ele analisou Marie da cabeça aos pés, seus olhos traiçoeiros não conseguiram disfarçar o quanto havia gostado do que acabara de ver.

Nos cantos dos lábios de Malik, abriu-se um sorriso um tanto malicioso. Gomez retribuiu com um meio sorriso, mesmo que odiasse, ela deveria admitir que havia ficado um tanto envergonhada.

Os olhares dos dois eram atraídos da mesma forma que um pedaço de ferro era atraído pelos pólos de um ímã. Era algo inevitável.

Sem que antes pudesse perceber que havia “cortado o clima”, Harry veio da cozinha até a sala, esbravejando um “finalmente”.

— O táxi está lá fora, vamos? – finalizou o cacheado, ele estava ansioso, com certeza estava. Selena logo suspeitou que havia alguma garota envolvida nessa história.

Assim que Zayn levantou-se, Selena pôde analisá-lo melhor. Ele vestia calça jeans e camiseta, ambas na cor preta, seu tênis branco ganhava destaque.

Quando Gomez percebeu que os dois combinavam na cor que usavam – elas estavam apenas posicionadas ao contrário – soltou uma risadinha fraca.

— Combinamos até na hora de escolher as cores que iremos usar, Z – comentou ela com humor.

Os dois andavam um pouco atrás de Styles, ambos caminhavam com calmaria.

Ele sorriu.

— Você está linda, Marie. Sabe que está – disse ele olhando-a nos olhos.

O sorriso de Selena apenas alargou-se ainda mais – se é que isso era possível –. Sempre gostou de receber elogios, mas para ela, um elogio de Zayn valia mais que dez elogios de qualquer outra pessoa. Seu cérebro entrava em êxtase.

O garoto de cabelo cacheado abriu a porta da frente do táxi, sentando-se no banco de passageiro. Ele tratava de explicar o caminho para o taxista da melhor forma possível. Zayn e Selena estavam na parte de trás do carro, entretanto, ambos estavam sentados próximo a janela do automóvel, permitindo que o espaço de uma pessoa ficasse entre os dois.

— Isaac já está lá – Harry dissera enquanto digitava algo em seu smartphone.

— Ele vai? – Marie indagou sem conter a empolgação.

Ela pôde sentir o peso do olhar de Zayn sobre si.

— Qual o motivo do sorriso? – Malik questionou de forma ácida.

— Ele é legal, gosto dele – Deu de ombros.

Zayn não dissera mais nada, apenas ajeitou-se no banco do veículo, permitindo que surgisse uma impressão de que ele estava incomodado com algo ou alguém.

O caminho fora feito de forma silenciosa e rápida, Harry pagava o taxista enquanto Zayn e Selena saíam do veículo através de portas diferentes.

A casa noturna tinha a parede da frente na cor preta, ao redor da entrada havia espécies de lâmpadas, algo que servia para chamar atenção de todos que passassem por ali.

Zayn deu três ingressos para o segurança que estava logo na entrada, permitindo assim que o três adentrassem no lugar.

Apesar de ter bastante indivíduos, o ambiente era exageradamente grande, assim não era possível formar aglomeração de pessoas. A música eletrônica era extremamente alta, os jogos de luzes piscavam conforme a melodia da música.

Isaac logo fora ao encontro dos três, ele cumprimentou Harry com um aperto de mãos estranho, em seguida, abraçaram-se de forma rápida.

O loiro sorriu para Selena, abraçando-a com mais delicadeza.

— Você está linda – falou próximo ao ouvido da garota entre o abraço — Como sempre.

Ela sorriu como forma de agradecimento. Tentava disfarçar o quanto havia ficado arrepiada com toda aquela situação.

Zayn passou pelos dois com rapidez e certa ignorância, fazendo seu corpo chocar-se com o de Isaac e Selena de forma proposital.

— Oi pra você também, Malik – vociferou com ironia para que Zayn pudesse ouvi-lo. No entanto, o moreno ignorou-o totalmente. Ele estava a caminho do bar, iria buscar pela bebida mais forte que havia naquele lugar, isso era óbvio para todos os seus amigos.

Selena procurava pelo primo com os olhos, encontrou-o cumprimentando um grupo de garotos e garotas que Marie nunca vira na vida. Assim que aproximou-se, cutucou-o disfarçadamente, fazendo-o virar-se em sua direção.

— Uma pulga está na minha orelha… Por que Lily não está aqui? – questionou ela com uma espécie de inquietação.

— Nós dois sabemos que essa não é a pergunta que você gostaria de fazer – Harry puxou Selena para mais perto de si, para que ela pudesse ouvi-lo, sua boca foi direcionada até o ouvido da morena — E sim, eles “terminaram”. Mas por favor, Sel… Não se envolve com ele, você só irá se machucar, e eu não quero ser obrigado a quebrar a cara de um dos meus melhores amigos.

Ela engoliu o seco e assentiu com certa insegurança.

Seu olhar dirigiu-se até o bar que Malik estava, encontrou-o com um drink azul em mãos, seu corpo estava encostado no balcão, sua postura era relaxada. Seus olhares encontraram-se por míseros segundos, Selena quebrou aquela ligação quando desviou sua atenção para outro canto qualquer. Buscava fazer o que Harry havia lhe aconselhado, não se envolver. Entretanto, ela já estava inteiramente envolvida, e tinha consciência disso. Contudo, preferiu ignorar esse fato.

Uma loira aproximou-se de Zayn, logo Selena pôde reconhecê-la. Era a mesma que ele trocava olhares no corredor da faculdade enquanto a levava até a sala de aula.

Os dois pareciam estar animados, a conversa era trocada acompanhada de vários sorrisos.

Marie pôde sentir seu corpo ferver por conta da raiva que passou a sentir. Ele não poderia simplesmente ignorar a garota oferecida?


 

***


 

Duas horas passaram-se como se fossem minutos.

Selena e Isaac encontravam-se na pista de dança, os dois dançavam conforme o ritmo da música, ou pelo menos tentavam. O garoto de olhos azuis já estava inteiramente embriagado, as luzes que piscavam com rapidez, só o deixava ainda mais zonzo. Quando sentia a tontura chegar, tratava de segurar-se na amiga.

Os olhos de Marie passeavam frequentemente até o bar que Zayn ainda estava. Ele ainda conversava com a loira da universidade, qualquer um que observasse os dois, poderia perceber o quanto eles estavam se dando bem.

De repente, Zayn levantou-se do banco que estava sentado, ele se aproximou da loira, colando seus corpos, em seguida beijou os lábios da mesma.

Marie tivera que piscar seus olhos algumas vezes para ter certeza de que realmente estava vendo aquilo acontecer, apesar das piscadas, a cena continuava intacta, estava realmente acontecendo, faltava apenas a sua ficha cair. A garota que Malik beijava estava de costas para Gomez, permitindo assim que Selena pudesse ver a mão de Zayn passeando por todo corpo da mesma. Sem que percebesse, Marie já não dançava mais, estava desconcertada, parada naquela pista de dança, com seus olhos fixos no “casal”.

Assim que o beijo fora encerrado, Selena pôde ver Zayn sorrindo para a garota que acabou de beijar, até que seu olhar vagou até Marie.

Ela pensou em acabar com aquela conexão, mas estava com tanta raiva, sentia apenas vontade de confrontá-lo. Mostrar a ele que aquele beijo não a incomodou nenhum pouquinho – mesmo que aquilo fosse uma tremenda mentira –.

Em um ato de infantilidade, puxou a nuca de Isaac, que estava em sua frente, beijando-o sem pensar uma única vez. O loiro pegou na cintura da mesma, trazendo-a para mais perto. Gomez não conseguia nem concentrar-se naquele momento que estava se passando, Zayn tomava todo o espaço de sua mente para si, e ela não conseguia nem ao menos controlar isso.

Na mesma hora que o beijo fora encerrado, de forma instantânea, Marie olhou para Zayn. Ele ainda a olhava, sua fisionomia como de costume, era inexistente, entretanto, o mesmo dirigia seus passos até ela.

— Realmente, agora entendo o motivo de Zayn estar fissurado em você – Isaac alegou, falando com um tom alto.

Fissurado?

Assim que o moreno ficou perto o suficiente, puxou o braço de Selena, levando-a para um lugar mais afastado.

Primeiramente, ela tentou libertar-se da mão que a segurava, mas Zayn era bem mais forte, ela não teria chance alguma. Seu olhar direcionou-se até Isaac, no entanto, para ele parecia que nada havia acontecido, estava bêbado demais para se importar.

— Quando você for beijar um garoto, aconselho você a beijar só quando sentir vontade, e não apenas para provocar outro – Malik ainda a segurava pelo braço, ele puxou Selena para mais perto, falando as palavras no ouvido da mesma.

— Você não é tão importante assim – balbuciou, sua afirmação soou mais como uma pergunta.

— Não é o que parece – exalou autoconfiança.

Selena afastou-se um pouco mais, agora seus olhos estavam presos aos de Zayn.

— Pode me soltar? Não irei desperdiçar minha noite com você  – disse ela de forma grotesca, sua intenção era ser superior, mas falhou consideravelmente assim que desviou seus olhos para o nada.

O olhar convencido de Zayn já estava começando a irritá-la.

— Posso sim. Mas antes só me diga que passar essa noite comigo, seria realmente um desperdício.

Ela revirou os olhos.

— Você não respondeu – dissera entre um sorriso debochado.

— Você já sabe a resposta.

Ao invés de soltá-la, Zayn puxou-a para mais perto.

— Eu disse para soltar-me.

Ele balançou a cabeça negativamente.

— Você pode até ter dito isso, mas ambos sabemos que não é o que você realmente quer.

— Você gosta dessa sensação. Está explícito em seu olhar – caçoou ela, a fim de mudar o rumo da conversa.

Ele balançou a cabeça de forma negativa

outra vez.

— Eu gosto de ver a sensação que provoco em você.

Selena riu de maneira fraca, exalava sarcasmo.

— Te deixa excitado? – questionou com a boca próxima a orelha dele, com um sorriso zombeteiro no rosto.

Zayn não respondeu nada, apenas prendeu seu olhar ao de Marie.

— Anjo, não brinque comigo. Você pode sair ferida.

— Estou consciente disso. Mas não irei desistir só pelo medo, não sou de fazer isso, e essa não será a primeira vez. Posso até sair inteiramente devastada dessa relação que estamos construindo, mas tenho plena certeza de que valerá a pena.

 



Nós caímos um pelo outro na hora errada, apenas por um momento, mas eu não me importo [...]  Nas nuvens, sim, você sabe como me fazer querer você. Quando nós descemos, eu sei, sim eu sei, vai estar tudo terminado.”

            — Sober, Selena Gomez. 








 


Notas Finais


Digam o que acharam, por favorzinho 🙏🏼
Façam uma pessoa feliz haha
Espero que estejam bem, um beijão ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...