História Better Summer - Capítulo 34


Escrita por:

Visualizações 45
Palavras 2.285
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi desculpaaaaa eu sumi, mas voltei, seguinte a escola ta muito difícil pois 2 bimestre é onde ou vc tira notas boas ou vem recuperação e bom, recuperação é uma péssima opção então me dediquei esse tempo pra dar uma adiantada em trabalhos pra ter um tempinho livre. Gente eu to meio triste, ando me dedicando tanto pra escrever um capitulo bom e vocês nem comentam, estou pensando em apagar a fic, vocês não comentam então nunca sei se está boa, mas enfim fiquem com esse capítulo bezos

Capítulo 34 - Acayes


Acabo de passar o gloss e vou para a sala mexendo no celular, Nash iria me buscar, nós não temos absolutamente nada além de amizade (apesar de ele ser um deus grego, mas é muito meu amigo pra eu me envolver) e com o Cameron é a mesma coisa, apesar que as vezes imagino como seria passar um noit... para menina vai rezar euhem queima antes que se reproduza.

Uou não sabia que você ficava tão gata de vestido- Hayes fala, pera que ? Hayes fala ? Então cade o Nash ?

Hum vagabundo, Deus ta vendo você me fazendo andar com seu irmão incrivelmente gat... MEU DEUS O QUE DEU EM MIM HOJE ?

Cade o Nash ?- pergunto de imediato.

Eu to bem sim obrigado por me perguntar- ele finge estar ofendido- Ele goi buscar a Taylor e me pediu pra te pegar aqui- ele fala, opa pegar rs... jesus o que ta acontecendo, para de pensar isso do grier

Ah entendo, vamos ?- pergunto e ele assente- AQUI EU TO INDO, A GENTE SE VÊ LA E NÃO TRAGAM PESSOAS PRA CÁ- berro e eles falam um "Okay" em unissono.

Deixa eles se divertirem- Hayes murmura e eu o lanço um olhar mortal o fazendo rir.

Eu não to afim de escutar a trilha sonora de 50 tons de cinzas na minha casa versão vida real- falo.

Nem se for com você a versão- ele fala enquanto entravamos em seu carro e eu engasgo e ele começa a rir.

Talvez eu goste- falo baixo olhando pra rua que parecia ficar cada vez mais movimentada.

Interessante, quer escolher a musica ?- ele fala prestando atenção no transiton, nossa senhora protetora dos briocos me ajuda aqui.

Quero- falo e coloco Rae sremmurd Come get her pra tocar e cantarolo baixo e ele canta alto animado- Eu quero ter minha audição boa pelo menos ate meus 79 anos então se quiser colaborar- o zoo e ele faz uma cara chorosa fingindo chorar.

Eu sei que você ama minha voz e é minha fã, ADMITA- ele fala e eu começo a rir.

Mas é logico que isso- falo e ele sorri convencido, esse negocio de ter ego grande é de familia então... humm bom saber

Chegamos princesa- Hayes fala e eu me assusto um pouco com o apelido que eu havia recebido mas sorrio involuntariamente e minha vontade e de bater a cabeça em um tijolo por me sentir uma tola apaixonada por um menino que pode ter quem ele quiser e ainda por cima de uma melhor amiga linda.

Não conhecia esse seu lado cavalheiro- falo depois de um tempo em que entramos na fila da boate.

Tem muitas coisas que você não conhece em mim, e poderia muito bem conhecer- ele fala e da uma piscadinha, okay safado achei bacana, vou entrar no jogo porque hoje eu to um perigo rs.

Com um perigo eu quero dizer, fiz 4 tatuagens e falei 2 palavrões hoje e acho que sou rebelde e radical

Isso foi um convite ?- falo perto do seu ouvido por eu estar atrás dele na fila.

Sim, você é convidada v.i.p e pode vir me conhecer melhor quando quiser- ele fala e sinto seu alito quente de menta chocar-se contra meu rosto e eu sorrio de lado.

Merda para de sorrir

Droga ele sorriu de volta

Olha pra frente e finge ser plena

Droga ele ta te analisando

Okay chegou nossa vez na fila, ufa

Duas entradas no nome de Hayes grier e Acassia alvanger- ele fala e o cara confere em seu ipad os nomes e logo libera a passagem, hayes segura minha mão e eu sinto meu corpo ficar gelado.

Que merda é essa ? P-por que eu to assim ?

Se concentra mulher, ele so quer te dar uns beijos e como você não é boba, você também so quer isso, hunf.

Matthew espinosa- falo assim que o vejo na area reservada onde iriamos ficar.

Acassia alvanger- ele fala e fingimos ser cultos- Ta cansei de ser culto, me abraça- ele fala me puxando do Hayes e me abraçando fortemente- Desmancha essa cara de bunda porque eu e ela temos um romance a mais tempo- ele fala.

Bromance- hayes o corrige revirando os olhos.

Olha ele ficou com raiva cuidado- falo e hayes revira os olhos- To brincando, sem graça- falo levantando as mãos pra cima e Nash e Taylor chegam.

Eae gatinha- Taylor namorada do Nash fala, eu adoro essa garota.

Eae segunda molier da minha vida- falo.

Segunda ?! Como assim você ta me traindo ?!- ela fala se fingindo de ofendida.

A primeira é o Hayes- falo e começamos a rir e os garotos também riem e o Hayes desmancha a cara de bunda.

Desculpa não te buscar- Nash fala me dando um abraço e eu retribuo.

Sem problemas, a gente nem se matou então ta tudo certo- falo olhando pra Hayes e Nash ri.

Então ta bom- ele fala.

NASH- hayes berra e nash faz um sinal pra ele falar- Ce acredita que ela teve a coragem de falar do meu belo tom pra musica ?- Hayes fala indignado e Nash poem a mão no peito fingindo estar indignado.

Mas é uma debochada mesmo- Nash fala e joga o cabelo e sai andando e nós rimos.

 Cade o cam ?-pergunto.

Não sei, por que ta tão interessada nele ?- Hayes fala, senti um tom de ciumes.

Ciumes dela comigo Grier ?- Cameron aparece me abraçando de lado.

Talvez, por que ?- Hayes arruma a postura lançando um olhar mortal pra mãp de cameron que se encontrava na minha cintura.

Porque pelo que eu saiba vocês não estão juntos- Cameron rebate.

Ainda não estamos- Hayes fala dando enfase no ainda e os meninos todos observam a discussão.

Vou ir dançar- falo mundando de assunto e saindo do abraço sentindo olhares em mim, ingnoro-os saio pra pegar um suco, não estava afim de beber.

Odeio ser causa de brigas, não que eu já tenha sido mais alguma vez mas eu me sinto mal porque quando isso acontece normalmente são amigos que brigam, e eu so sou uma menina enquanto aquilo é uma amizade e tanta, não quero ser motivo de uma briga futil. 

O que vai querer bela donzela ?- o barman loiro pergunta, "donzela" ? Eu não assisti tanto filme de super heroi pra ser chamanda de dozela.

Suco de laranja- falo simples e ele ri- O que foi ?- pergunto.

Serio ? Sem alcool ?- ele pergunta rindo.

Idiota- rio fraco- Okay pode por um pouco de voodka- falo e ele assente- TA BOM eu não quero morrer de cirrose no meio de uma boate- falo e ele começa a rir.

Sou luke- ele estende a mão.

Sou acassia- aperto a mesma.

Essa é por conta da casa, gostei do seu humor- ele fala e eu rio.

Me sentindo uma fazedora de stand up- falo e começamos a rir- Ou se você não se importa eu vou ir dança porque se não eu fico despressiva- falo.

Ta falando que meu papo é ruim ?- ele fala, dramatico ne ? Parece alguem... CANIFF

Não é isso pinguim é que eu realmente quero dançar, eu disse pros meus amigos que ia dançar- falo e rio.

Ah sim, me passa seu numero ?- ele é gato pra caralho nãp vou negar, mas meu coração já tem dono- So amizade se você quiser- ele fala, gostei dele, não é um pé no saco como os outros.

Isso, amizade- falo e rimos e eu passo meu número- Até outro dia- falo- Obrigada pela bebida- agradeço e ele acena e eu vou ate a pista.

Boucin on my dick, SIM era isso que estava tocando e eu amo essa musica, pena que estava no final mas mesmo assim eu dancei.

A musica muda e começa a talking body do Jason Derulo e eu começo a dançar obvio, sinto duas mãos na minha cintura e me assusto, coloco minhas mãos nas mãos da pessoa e já adivinho quem é, Hayes grier.

O dono das mãos grossas, dos olhos azuis profundos e da boca que me faz delirar...

Me viro pra ele o puxando pra um beijo e bom que BEIJO QUENTE MEU BRASIL, calma se controla, nossas bocas se encachavam perfeitamente e suas mãos exploravam meu corpo, paramos o beijo por falta de ar e ele vai ate meu ouvido e fala:

Quer mesmo continuar aqui ?- ele pergunta.

Não mesmo- falo e sorrimos e ele pega na minha mão e saimos da boate indo ate seu carro- Se você me levar pra algum motel eu juro por todos os meninos que eu te mato- falo e ele ri divertido.

Você acha que eu te levaria pra um motel ?- ele pergunta.

Sim- respondo.

Okay quebrou meu coração, vamos pro meu apartamento- ele fala.

E o nash ? Não mora la ?- pergunto.

MEU apartamento- ele fala, ui taca mesmo na cara que tu é rico e tem apartamento proprio.

Okay então- falo.

Sinta- se lisonjeada porque eu nunca levei nenhuma menina pra lá- ele fala e eu rio.

Mais que sua obrigação- falo e ele ri.

A é ?- ele fala.

Sim- falo rindo e ele estaciona o carro.

Boa noite charles- ele fala pro porteiro e eu aceno e entramos no elevador- Me segue- ele fala e eu o sigo ate o apartamento e ele destranca me deixando passar vindo atrás e trancando de novo.

Bem melhor a sós- falo ele ri, tiro meus tenis e minhas meias e ele faz o mesmo vindo ate mim me beijando ferozmente e eu retribuo na mesma intensidade ele me ajuda e eu entrelaço as pernas ao redor de sua cintura.

Você não sabe o tempo que eu esperei por tudo isso- ele fala me colocando delicadamente na sua cama e logo eu tiro sua camisa e ele faz o mesmo com o meu vestido.

Você so quer sexo ?- pergunto com medo da resposta, ele é bem transparente entao eu saberia se era verdade ou não.

Não, eu quero você comigo no meu dia a dia, não sei se como namorada, eu to confuso, mas não gosto de ficar sem você- ele fala e eu sorrio e inverto as posições ficando por cima sentada no seu membro ainda coberto- Quer que eu va devagar ?- ele pergunta e eu assinto- É virgem ?- nego.

So não quero que nos apressemos- falo e ele assente e começa a me beijar, suas mãos apertavam minha bunda e seus labios se direcionavam aos meus seios, ele tira meu sutiã atacando os mesmos me fazendo gemer baixo enquanto eu ficava desinquieta em cima do mesmo.

Pega a camisinha pra mim ?- ele fala e eu assinto- Ta na gavetinha- ele fala e eu me estico pra pegar e volto e vejo ele me olhando- Eu tenho muita sorte de estar com você- ele fala e eu sorrio.

Digo o mesmo- falo o empurrando fazendo o mesmo deitar na cama e eu tiro a calça e a cueca do mesmo e ele poem a camisinha logo tirando minha calcinha e me estimulando um pouco.

Se doer me fala- ele fala, era minha segunda vez então, sim eu estava com um pouco de medo, ele fica por baixo de mim e manda eu sentar em seu membro e eu faço, ergo um pouco e ele começa a estocar devagar enquanto ele segurava a minha mão e eu a gemer e logo ele aumenta a velocidade e finco minhas unhas cortadas em seus ombros e mudamos de posição- Fica de quatro- ele fala e eu faço- Colocs por favor- ele ate nessas horas consegue ser um amorzinho, pego em seu membro e coloco na minha intimidade e ele começa os movimentos lentos e quanto mais ele ia rabido mais eu empinava a bunda, ele deu uns tapas na mesma e bom confesso que eu gostei rs- Você não sabe o quão bravo eu fiquei quando você perguntou pelo Cameron e ele te abraçou- ele estocava mais forte e eu gemia e ele também- É horrivel ver alguem abraçando a minha garota bem na minha frente- ele fala e acerta mais um tapa em minha bunda e eu gemo, logo chegamos ao nosso apice juntos e ele se deita ofegante e eu me deito em seu peito.

Sua garota ?- pergunto.

Sim, minha garota- ele fala e me da um beijo na testa- Dorme bem baby girl- ele fala e eu nem consigo responder direito e ja durmo.

.                    .                  .

Acordo  enrolada em alguns lencois pretos e olho para os lados, me lembro perfeitamente da noite passada e bom, não me arrependo, sempre sonhei com isso.

Bom dia- ele fala aparecendo so com uma calça de moletom preta e os cabelos bagunçados- Como sei que você não gosta muito de clichés eu fiz o café da manhã na cozinha mesmo- ele fala e eu rio.

Bom dia- respondo e ele tenta me beijar mas eu desvio- Eu ainda não escovei os dentes- falo e ele revira os olhos- Me empresta um blusao ?- pergunto e ele sorri.

Claro, sempre quis te ver com uma blusa minha- ele fala e busca um verde água escrito Grier 00 atrás e eu sorrio colocando a mesma colocando minha calcinha.

Vou no banheiro e ja vou pra cozinha- falo beijando sua testa e indo no banheiro, pego uma escova e escovo meus dentes e depois faço minhas higienes e lavo minha mão e meu rosto- Cheguei- falo entrando na cozinha prendendo o cabelo em um coque- Não colocou veneno ne ?- brinco.

Droga me descobriram-ele fala e eu ponho a mão no peito fingindo estar ofendida.

Vamos ver se está prestando- falo e como um pedaco da panqueca- Casa comigo ?- pergunto.

So se for agora- ele fala.

Vem- falo.

To indo- ele fala e começamos a rir, acabamos de tomar café e eu mando mensagem pro Theo que nem visualiza e ajudo Hayes a lavar a louça- Assistir Teen wolf ?- ele pergunta.

Claro, você ainda pergunta- falo e ele ri.

Game of thrones é bem melhor mas ok- ele fala.

To nem ai, cê vai assistir teen wolf- falo e nos jogamos no sofa deitando abraçados e ficamos maratonando....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...