História Bruxinha travessa - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Bruxa, Diversos, Drama, Ficção, Imaginação, Mundo Magico, Vampiro
Visualizações 4
Palavras 342
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 22 - A verdade por trás das minhas travessuras noturnas 1


Oie. Eu sou a Luka e hoje estou muito preocupada com a situação aqui em casa, meu pai ta me tratando diferente desde aquele dia e eu não sei o que fazer. Fiquei muito apreensiva, e se eu for um monstro ruim? Aí resolvi conversar com a minha mãe, de alguma forma eu confio mais nela (ou será que é porque meu pai me assusta, não sei). Eu fui até o quarto dela e perguntei o que aconteceu naquele dia que eles foram parar no meu quarto e no outro dia que eu acordei deitada no chão do quarto deles e PASMEM! A história é macabra.

E segundo o que ela me disse foi assim: Minha mãe estava dormindo de boas (meu pai vocês sabem que ele não dorme), de repente meu pai ouviu uns miados lá fora e uns arranhões na janela e foi lá ver, o gato se assustou e correu lá pra fora. Meu pai correu atrás dele e o seguiu até chegarem até a beira da estrada e lá tinha uma pessoa passando (aqui é comum ter pessoas nas ruas de noite), o gato pulou no pescoço do cara e o sugou o sangue dele, meu pai puxou o gato e o cara saiu correndo.  Meu pai levou o gato pra dentro do meu quarto e o jogou no chão, minha mãe ouviu o barulho e foi lá ver. 

Porque ele levou o gato para o meu quarto? PORQUE O GATO ERA EU. (carinha de assustada)

Um detalhe é que o gato estava andando com três patas e uma da frente estava engessada (ou enfaixada) e advinha quem estava com o braço quebrado? Isso mesmo. E outra coisa, quando meu pai jogou o gato no chão do meu quarto demorou uns minutos e ele se transformou na Luka que vocês conhecem, que depois acordou sem saber o que estava acontecendo. 

Como isso aconteceu? Eu não sei. Mas sei que a outra história é ainda mais macabra... 

Vocês não tem noção do que a Lukinha aqui pode fazer (nem eu [risos]).




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...