1. Spirit Fanfics >
  2. Casamento forçados - you will regret taking from me what >
  3. A visita na empresas do futuros maridos

História Casamento forçados - you will regret taking from me what - Capítulo 10



Capítulo 10 - A visita na empresas do futuros maridos


Fanfic / Fanfiction Casamento forçados - you will regret taking from me what - Capítulo 10 - A visita na empresas do futuros maridos

E vem o dia e se passou as amigas não se via, a um dia nada de mensagem ou algo do tipo mas elas precisavam de tempo pra poder pensar, em menos de uma semana o mundo delas já tinham virado de cabeça pra baixo, não era comum isso pras três, todas estavam exausta, Yanne tinha se trancado dentro de seu quarto o dia inteiro não saiu nem pra mesmo para ir caçar não tinha ânimo pra nada, mas só tinha um pensamento em sua cabeça era "o 'quê foi que eu fiz da minha vida?"

A mesma não sabia como ia ser daqui pra frente,estava ansiosa pro futuro chegar, mas também tinha medo no que podia vir nele.


Dona Hemilly ao contrário de suas amigas, ficou o dia todo fora só voltou no dia seguinte a mesma usou todo tipo de droga ou entorpecente das mais pesadas até as mais leve, não queria se lembra por um dia o'que rumo tomou em sua vida, não estava pronta para ser responsável afinal como dito antes, não era uma meta ter um casamento em seu planos, até por que foi informada que irai assumi a empresa de seu pai por ser a mais velha de seu pai, e também iria ser a grande mais nova alfa, claro já estava perto de fazer seus 23 anos e como grande filha de uns dos CEOS mais respeitado iria ser a primeira mulher a se tornar dona de um império grande.


E agora nossa pequena Letícia bem, ela foi solta das correntes logo no dia seguinte, mas é obrigada a andar com quatro guardas costas ao seu lado, passou o dia todo escutando sua irmã falar de suas amigas, não gostava então mandou sua irmã mais nova calar a boca, então na hora do almoço foi se encontrar com sua mãe, ajeita as coisas do casório como decoração e outras coisa, chegou em casa cansada, foi diretamente para seu quarto, mas só trocou de roupa e pulou a janela e foi até a floresta, a mesma ficou em cima de uma grande rocha deitada em forma de lobo ainda, tudo que tinha pra chorar chorou naquela bela noite que se fazia alí.



Mas logo na manhã seguinte, mas na manhã seguinte as três iriam conhecer a empresa de seus novos maridos, então novamente não daria para as três amigas se verem, então vamos começar pela pequena Letícia e ir até a nossa protagonista Yanne. 



  




          ○Letícia○ 





Acordei cedo como todos os dias,mas hoje foi diferente, fiquei na janela de meu quarto ver o sol nascer ouvia os uivos na floresta, mas depois ajeitei a temperatura do quarto já que ele estava em uma boa temperatura que era quente, mas fui pro banheiro, tomar uma bela ducha de água gelada rezava no chuveiro pra aquilo tudo ser só coisa da minha cabeça ou que estava em um sonho mas não adiantaria de nada o pesadelo só se prolongava.


Ontem minha mãe disse que eu ia passar o dia inteiro com o Yoongi, em sua empresa que foi passado para ele a poucos meses, e só de pensar que ia passar o dia todo com ele meu estômago se revirava, nunca fui com a cara do mesmo sempre sendo tão infantil como sempre é, odiava a ideia de morar com o mesmo bem parece que foi cancelado o termo onde dizia que iríamos morar todos juntos, bom vamos só que não na mesma casa e sim no mesmo condômino.


Queria ter notícia das meninas mas meus pais me tomaram meu celular e tudo que pudesse fazer eu entrar em contato com as mesma, Termino meu banho e vou até meu closet pegando uma roupa social bom era uma calça solta e um blusa de renda que vai até a barriga com um blazer preto também e um salto grosso na sola de trás, e tão desci e vi meus irmãos tomando café da manhã, apenas comi uma panqueca bem recheada com tutela e comi um pote de frutas vermelhas e roxas escuras, então terminei e peguei um dos meus carros uma Lamborghini Urus SUV preta com umas listras vermelhas na frente do carro, então entrei no mesmo e já dei partida indo até o endereço que me deram ontem, então cheguei em frente de uma empresa bem grande fui até o estacionamento e vi vários paparazzis tirando foto de mim.


Então um monte de seguranças vieram até mim me escoltando até dentro da empresa, entrei no elevador com dois seguranças e então vi a secretária do mesmo me olhar dos pés a cabeça então fiz o mesmo com ela.


Secretaria/Soomin - O Yoongi está em sua sala a aguardado Letícia - quem ela achava que eu era pra poder falar assim comigo, a vadia vai fazer a cova dela e eu vou fazer ela fazer isso com ela mesma - 


- Acho bom que comece a me chamar de Sr. Min, nunca da sua vida me chame por meu nome não temos intimidade para essa informalidade, e se não quiser perder seu emprego acho melhor me trata melhor - a mesma estava espantada com a minha atitude até eu mesma afinal agora tenho que mostrar que não sou apenas filha de papai rico e sim uma grande gostosa do caralh* e eu faço oque quero e quando eu bem entender - 


Então fui até a porta que era a última no corredor extenso, então bati na porta e escutei um entre abafado, os segurança ficaram na porta e eu logo adentrei a sala, olhei bem a mesma e tinha um jeito meio rústico e moderno, olhei até a mesa que ficava em frente de uma grande janelão de vidro que mostrava quase a cidade inteira, o mesmo olhava minhas roupas então fui em sua direção e me sentei de frente pro mesmo.


Yoongi - Vou logo avisando, não gosto de gente atrás do meu pé principalmente pessoas como você - o mesmo nem sequer olhava pra mim, bem concentrado em seu computador - 


- Não se preocupe não irei ficar correndo de um lado pro outro atrás de você ok!?  Igual sua secretaria faz ou outras mulheres que dormiram com você e afinal oque quer dizer com gente como eu em? - ele para por um momento e me encara por um breve momento - 


Yoongi - Pessoas mimadas, e que pensam no seu primo ego e que o mundo só girar em torno delas, acha que não sei que você sempre teve uma queda por mim - então dei uma risada nasal, e o encarava com um sobrancelha arguida - 


- Acha mesmo que eu gostaria de uma pessoa tão patética com você, a sua ignorância me faz ter pena de você kkk como pode se achar o último biscoito do pacote em?? - então o mesmo sorria pra mim cínico e se encosta em sua cadeira com sua cabeça em apoio nela - 


Yoongi - Olha tenho muita coisa pra fazer então não fique me enchendo de lorota - fala voltando sua atenção a tela de seu computador - 


- Então vou avaliar sua empresa, afinal vai mudar muitas coisa por aqui com a minha chegada - e vejo o mesmo revira os olhos, e saiu de sua sala indo avaliar cada canto daquela empresa mixuruca -


-Só espero que o dia delas esteja melhor que o meu - solto um sorriso sem nem mesmo perceber -


Vou primeiro na área de administração e RH da empresa, afinal é bom começar por lá, todos que me via fazia uma breve reverência e via aqueles que também só ficavam cochichando para os outros. E vais ser bem horrível trabalhar com um tipo de pessoas como essas, depois do casório que aconteceria nesta quinta e hoje ser terça me assombrava só de pensar que estaria ao lado dessa pessoa e que irei herdar as empresas dos meus pais, afinal sou a mais velha então teria que assumir ela algum dia.



Estava agora na contabilidade da empresa, e olhei uns papéis e tem grandes gastos na mesma dívidas com algumas empresas e bem vi a minha empresa alí o mesmos deviam 4,5 bilhões de dólares para a minha e a mais alta que ultrapassa os 2 bilhões de dólares, uau devem ter feito com certeza a maior merda possível afinal meu pai odeia pessoas que não cumpre parte do acordo.


Bom, logo chegou a hora de almoço e fui aguard o mesmo, já que uns de meus seguranças disseram que ele ia me levar em um dos restaurantes. Esperei ele por uns 15 minutos mas vejo ele sair de seu elevador particular, como tinha boa visão vi ela com a sua gravata mais frouxa do que estava quando nos vimos é uma marca de batom e uma gola sua na esquerda.


Yoongi - Vamos meu Amor, vou te levar né uns dos meus favoritos restaurantes - dava pra perceber seu tom sarcástico em sua voz mas entrei em seu teatro - 


- Vamos sim meu Querido, estou com bastante fome - saímos de mão dadas a cada segundo que passava rezava pra ele soltar logo minha mão da sua, seu carro para em nossa frente uma Mercedes Benz GLA style, uma preta -


O caminho inteiro foi só o puro silêncio, e não me incomodava nem um pouco estava mais era amando isso, ele estaciona em frente de um restaurante bem chique, odiava esse tipos de lugares. 


Entramos no estabelecimento e um dos garçom nos guiou até a parte de cima do restaurante onde ficavam as pessoas mais "ricas" assim por dizer, a nossa mesa ficava de frente pra uma janela de vidro onde se dava pra ver uma boa parte da cidade.


Sentamos um de frente pro outro e nos encaravamos sem ném mesmo desviar os olhas um do outro então o mesmo olha pra uma garçonete vem até nos seus peito faltavam pular do seu sutiã que também estava amostra e ela faltava esfregar eles na cara do retardado a minha frente.


- Bom eu vou querer Cavaquinha Grelhada com molho de escargot e de entrada um mix de rolinhos do Carlota - parecia que ela tinha notado minha presença só agora, porque me olhou com uma cara - 


Yoongi - Eu quero filé de costelas com batatas raspadas e de entrada o mesmo da minha NOIVA - ele dá um ênfase em "noiva" e a garçonete me olha com desdém e o mesmo a encarava com umas de suas sobrancelhas arqueadas pra mesma -


Garçonete - Sim Senhor irei trazer logo os seus pedidos, vão querer algo pra beber - a mesma parecia um pouco envergonhada com aquela situação toda - 


- Vocês tem o vinho Francês Rosé Gem Pays - olho pra mesma e ela concorda - quero uma garrafa dessas por favor - 


Yoongi - Uns de seus melhores Whisky pra mim está ótimo - a mesma sai e olho pra cara do sonso a minha frente -


- Olha se você for me trair, diz para a vaquinha da sua secretaria não deixar uma mancha de batom em sua roupa e eu nem estou usando um - olho pro mesmo e logo desvio olhando pra janela ao nosso lado -


Yoongi - Ciúmes? Pode deixar que disso eu cuido está bem - logo sua bebida chega e ele dar um gole generoso de sua bebida -


- Eu prefiro que me atirem pedras do que sentir isso por você querido - um garçon alto bonito vem deixar a minha garragar me servido em minha taça -


Pego a mesma e começou a beber de seu líquido maravilhosos não é atoa que é uns dos mais falados, cruzo minhas pernas olhando pra grande janela.


Yoongi - Na quarta feira iremos ir ver nossa casa para poder comprar então não se atrase, odeio atrasos - fala comendo uns dos mix de enroladinhos apenas reviro os olhos suplicava aos céus que aquele dia acabasse logo de uma vez por todas - 


A garçonete veio e trouxe nossa comidas, e comemos sem trocar nem um tipo de palavra vi que já tínhamos terminados e o mesmo pagou a conta e então fomos pra frente do restaurante e voltamos a sua empresa, sua secretária me deu um sorriso irônico mas vamos ver quem vai sorrir por último. Fiquei olhando os seus funcionários até que tinha uns competentes mas outros que parece nem mesmo sabia o'que fazia, mas depois fui olhar suas planilhas e até que estavam bem planejadas, mas logo cansei e fui pra sua sala e me sentado em umas dos sofás que tinha na sua sala, peguei uns de seus livros na estantes mas a horário passou bem rápido e logo o dia foi indo embora deu 19:00 e fui pra minha casa.


Chegando em casa meus pais já estavam falando varias merda mas apenas dei de costa avisando que não queria papo com nem uma deles e apenas entrei no quarto e fechando a porta e não queria falar com ninguém não tinha nem cabeça pra isso minha cabeça faltava explodir, tomei um banho e fui me deitar estava pensando em uma e mil coisas, mas logo peguei no sono...






Hemilly........ 





E parece que mas eu tento nas coisas, mais elas dão erradas sabe, por um momento eu queria esquecer quem eu era e o'que eu estava fazendo, odiava tudo do que tava acontecendo comigo e com as meninas. Ontem minha mãe me avisou que teria quer ir ver a empresa do meu futuro "marido", e passar o dia todo e no outro ir ver a nossa casa já que eles decidiram colocar a gente separadas e odiei isso tudo ontem, passei o dia e a noite toda hora afinal tinha ido pra outra cidade que tinha perto mas era bem pequena fui em uns dos bar que mais costumo frequentar por lá, bom sentir falta das minhas amigas e claro que nunca fui de ficar sem um dia de falar com ela mas as pessoas que moram comigo e se moralizam e ser chamados de "pais" quebraram na minha frente e, é Família vou ter que comprar um outro celular pra mim infelizmente.


Estava andando transformada em lobo e vaga pela a floresta, comecei a escalar umas das árvores maior alí e via o lindo amanhecer do dia meus cabelos voavam ao sentido Noroeste da lí e como era lindo a vista do mar e o lindo nascer do sol, adorava a brisa fresca pela amanhãs. Fiquei mas alguns minutos alí mas vi em meu relógio de braço que já era umas 6h e pouco da manhã, então desci dar árvores e começo a correr pelas árvores pulava em uns galhos ou em umas grandes rochas afinal, não só em forma de lobo tínhamos também nossas habilidades também em forma humana, então logo cheguei em uma pista onde já dava pra ver os prédios mas peguei um atalho e cheguei em casa as 06:45, subir pela minha janela.


Entrei no quarto e fui pro banheiro e lá tomei um belo banho de manhã lavei o cabelo, terminei escovei os dentes saí do banheiro, fui pro closet pegar uma calça bege e um casacão bem de frio bem grande e uma blusa que vai até metade da barriga, e vestir uma bota de cano curto. Sequei meu cabelo, fiz uma trança e deixei metade dele solto.


Desci vi todos na mesa, mas passei reto e fui a chaves do meu carro, e fui pra garagem logo tirei o mesmo da garagem e fui pra empresa do Jeon, bom pelo que eu vi é uma empresa de marcas como, Nike, Puma, Fila, e como roupas também como Chanel e Prada, o faturamento deles por ano e de quase 79 bilhões por ano, como sei disso pedir pra uns dos meus advogados pegar uma ficha inteira dos Jeon's afinal não vou me casar com quem eu não sei sobre nada.


Antes de seguir para empresa parei em uma cafetaria, e só peguei um café caramelado mesmo e um pacote de biscoito e fui comendo no painel de music passava "barefoot in the park" umas das minhas preferidas, e bom fui cantando de repente vejo pingar gotículas de sangue em meu café olhei no retrovisor e era meu nariz sangrando pelo espelho do retrovisor e peguei uns lenço no carro e limpar peguei um não 4 lenços secos pra quando isso acontecer eu poder limpar e não passar vergonha.


Parei o carro em frente a empresa veio o manobrista e o leva pra garagem estava com minha bolsa na mão e fui entrando logo onde ia passando todos me olhavam, veio uns 6 seguranças me escota até o elevador, 4 entrou comigo no elevador e os outros dois ficaram lá na porta do mesmo.


Entrei na andar do mesmo e vi que a secretaria do mesmo não estava alí, não liguei vai que não deu o horário de chegada da mesma então vi a porta encostada e ouvir gemidos abafados dentro da sala, fui entrando devagar e vejo a cena que já estava prevendo, o filha da put* estava fodendo a secretaria em cima de sua mesa e ele estava de costa pra mim e ela sorrir com seu sorriso cachorra no cio, solto um pingarreio e o mesmo me olha espantado fui pra fora da sala já que o cheiro de sexo me enjoava alí na grande sala dele, fiquei sentada ate que a mesma aparece ajeitando sua saia e olha pra mim, mas desvio pra porta e vejo ele na porta da sala.


Jungkook - Quando for entrar na sala de alguém, bata antes de tudo - fala assim que passei por ele - 


- Então tranque a porta quando for fazer isso, e ai irei me lembrar para não me depara com aquela cena ridícula, ou me depara com você fudendo com alguém em cima da mesa - pego uns dos lenço e coloco no nariz, já que tinha cheiro se sexo, por toda a sala -


Jungkook - Olha não tem nada pra você fazer aqui, então se sente e fique quieta tenho vários negócios pra fazer hoje - se senta em sua mesa, mas penso e se ele tiver trepado em qualquer lugar dessa sala eu tou fodida - 


O mesmo se concentra em seu computador e eu vou até o lado de fora da sala e chamou uns dos seguranças. 


- E poder ir chamar uma funcionária da limpeza pra mim rápido - ele concorda e vai e depois uma mulher volta com ele - 


Fun/limpeza - No que posso ajudar senhorita? - fala assim que me veja pego em seu braço e a puxo dentro da sala e mostro o grande sofar e a sala pra ela -


- Quero que limpe aquela janela do lado esquerdo dele e que limpe novamente essa sala - falou mostrando tudo pra ela, que logo concorda -


Fun/lim - Mas senhorita preciso que todos saiam da sala - ela me olha e também pro Jungkook - 


- Nois vamos na cafeteria aqui em frente então tera tempo pra poder limpa a sala e tira o cheiro de sexo da sala - ela concorda e o outro olha pra mim com uma cara -


Jungkook - Eu não tenho tempo para bobagens, vá sozinha não vou e pronto - ele estava vidrado no computador a sua frente -


- Engraçado que tem tempo pra foder sua secretaria e não pra 5 minutos para a mulher da limpeza limpar a sala, querido não seja modesto a gente vai sim, então querido a gente só vai tomar um café vai ser rápido não vai ser nem um uma hora do seu tempo "precioso" - pego em seus ombros dando um beijo em sua bochecha esquerda logo pegando em sua mão e indo pra fora -


- Da próxima vez que me contraria irá sair daqui com um olho roxo - passo minha mão em meus lábios em uma tentativas de tirar seu resíduo de sua mão -


Jungkook - Acho que está muito confiante em si mesma, da próxima vez vai ver oque vai acontecer com você - ele me prende com brutalidade na parede fazendo bater minha cabeça contra a parede -


- Pois vamos ver oque o alfacinho poder fazer da próxima vez - empurro o mesmo e vou em direção ao elevador, vejo a secretária e vou e sua direção -


Secretaria - Oque posso em te ajudar em? - ele me dá um sorrisinho no rosto, então a encaro bem nos fundo -


- Ou em nada, mas escuta aqui sei que não é a única prostituta daqui que o Jeon deve comer aqui, mas da próxima vez irei te matar e acabar com a sua raça e da sua mísera família também - Meus olhos muda para cor azul claro forte em sua frente - 


Saio e vou até o elevador onde o outro estava me esperando, então descemos calados afinal estava retocando minha maquiagem e então quando as portas se abrem saímos de mãos dadas, claro já tenho quer mostrar que o embuste ou meu lado e meu não é?


-Vejo que não é só a secretária que você come, vai ver que todas essas mulheres todas ou só da empresa mesmo - andava e estava com um sorriso cínico no rosto - 


Jungkook - E você deve ser o mesmo com você na empresa do seu pai não é? Afinal não é atoa que leva a fama da a mais pegadora do mundo não é mesmo - sentia minha mão ser apertada em sua mão grande, o mesmo demonstrava raiva -


- Olha aqui eu sou virgem em, e não vem com isso que se duvidar você já pegou até mesmo a sua meia-irmã não é mesmo, e chegar a engravidou só que o bonitão mando ela aborta e depois de alguns meses colocou a culpa nela não - pensei que o mesmo ia me dar um tapa, ele simplesmente parou do nada na rua e me encarava -


- O'Que achar que eu não sei, cara vocês são o assunto do momento na Korean, que foi o gato comeu sua língua - eu ria de sua cara, claro que eu lir seu pensamento só que não vou dizer isso pra ele, logo entramos pela a loja que sou o sino e fomos até o caixa ele faz o pedido dele depois eu, então fomos nos sentar numa mesa vazia


Estava olhando pra janela e via o movimento dos carro quando percebo que o mesmo me encarava e odiava isso, quando começo a tossir e pego uns dos lenços no bolso do casaco, então começo a tossir de novo só que agora havia sangue no lenço umedecido só que voltei a olhar a janela.


Jungkook - Pensei que não ia funcionar e olha, me surpreendi agora como tá lidando com isso em? - O mesmo se apoia em seus braços na mesa me encarava com um sorriso cínico em seu rosto -


- Muito bem afinal, não e o primeiro que tenta me matar, mas o bom e que logo vou poder me livra de você prefiro arder na chamas das profundezas do inferno do que passa e minha imortalidade com você - Olhava no fundo de seus olhos, com anciã de sua cara -


Jungkook - Ela estava...grávida e...você os tirou de mim e agora vai morrer da pior forma possível - pensei que ele ia chorar na minha frente, seus olhos ficaram vermelhos -


- Então quer dizer que você ia ter um bastardo da IU não é mesmo...uau além de corno manso é ser papai que maravilha kkkkk - sou uma gargalhada de sua cara - Sabe o'que eu estava me lembrando? O gosto do sangue dela em minha boca meu Deus seus gritos em meus ouvidos era como músicas, saber bem que eu senti que ela estava grávida por um momento pensei em deixar ela ir mas ai a fome falou mais alto, e bem kkkkkk acontecer que os matei sem pena e sem ressentimento nem nenhum, afinal só retribuir o'que você fez por mim quer que eu te lembre em? - via o mesmo bufar de raiva, sei que ele não a amava, duas das atendentes dar um papel pra ele que sorrir, mais veio outra e deixar nossa bebidas em cima da mesa -


Jungkook - Estou farto desse tipo de comportamento, quero que você notifique seu superior que eu não venho aqui pra poder pegar o números de umas qualquer, por favor tenham respeito por minha noiva em minha frente - ele dizia pra atendente que nos atendeu no caixa e ela concorda, e eu falto engasgar com o líquido da bebida - 


- Pensei que gostava de ser tratado assim, não é o comedor de casadas e de solteiras? - olho pra ele e ele revira os olhos -


Jungkook - Sei que sou lindo e atraente, mas não gosto desses tipos de comportamento - fala bebendo seu café com leite e 3 cubos de gelo, com calda de chocolate e chantilly por cima com raspas de chocolate -


Rio negando com a cabeça e tomo minha bebida tranquila olhando pra rua quando vejo um carro que eu conhecia e do dia da perseguição. Terminamos nossas bebidas e ele que pagou, tô nem aí eu em, fomos até a empresa e ele voltou me mexendo em seu celular então entramos no elevador pro seu andar.


Chegando em sua sala vi a mulher no outro corredor levando uns utensílios de limpeza da sala do Jeon, então entramos e fui me sentar afinal não vou ficar andando pra lá e pra cá não é mesmo. Fui e peguei meu celular e fiquei mexendo nele até eu encontrar uma mensagem no meu celular de um estranho, abrir a mensagem e vi uma foto minha e do Jeon nois dois na frente do café dois outra dentro e outra de eu tossindo e outra da gente discutindo e outra da gente entrando na empresa de volta.


- Olha seu babaca se for coisa sua isso, poder para odeio esse tipos de brincadeira - levanto indo até o mesmo que estava sentado em sua cadeira -


Jungkook - Para com o'que sua maluca endoidou de vez foi - Fala olhando em minha direção -


- Então tá me dizendo que não foi você que fez isso - mostro a tela do celular pra ele que pagar de minha mão olhando as fotos -


Jungkook - Eu não fiz isso, pra que vou fazer esses tipos de coisas comigo mesmo em o cabeça - então corro pra umas de sua janela e procura o carro que tinha visto mas cedo pela a janela só que estava muito alto para o ver do último andar -


Volto pro sofá e fico pensando quem poder ser, não fiz novos inimigos a mais de uns 2 anos então quem será? Fiquei pensativa a tarde inteira chega dormi no sofá espaçoso, mas continuava com aquilo na cabeças fui embora às 17h já que ele tinha terminado cedo desci primeiro e fui direto pra casar estava tão pensativa que não percebi o carro que estava vindo em minha direção e só vi uma luz branca em meus olhos e um pi agonizante em meu ouvido zumbindo e pisquei os olhos e vi que estava de cabeça pra baixo e a as cores da ambulância em meu rosto mas logo apaguei, não estava mais conseguindo me manter acordada.......


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...