1. Spirit Fanfics >
  2. Ciúmes - WinterFalcon >
  3. Conversa

História Ciúmes - WinterFalcon - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Conversa


Sam realmente não me deixou sozinho pelo resto da noite e "me obrigou" a comer ao menos um pouco da comida. E quando nos deitamos pra dormir, ele fez questão de deixar minhas armas em cima da mesa de cabeceira pra me deixar seguro. Ele era um bom amigo, um ótimo companheiro e depois que fizemos sexo, passou a ser bem carinhoso, do tipo que da beijo no cabelo, arruma meu cabelo às vezes, me abraça agora. Tudo bem que os abraços já tem um pouco mais de tempo antes do sexo.

Só agora eu me dei conta de que já tinha bastante tempo, talvez desde Wakanda que Sam estava tentando se aproximar de mim e foi conseguindo aos poucos porque nas manhãs que Steve não pode correr, eu só saio pra correr com ele, já fomos ao cinema e ao teatro juntos. Muitas vezes quando não temos o que fazer assistimos filmes juntos, ou ficamos sentados com Wanda e Visão na pista de pouso e ficamos cantando ou tocando violão. Eu só observo porque desconheço a maioria, mas às que eu gosto, ele me ensina com o tempo e até aprendeu algumas da minha época.

Sam é incrível. Um homem bonito, gentil, dedicado, forte, companheiro, atencioso com todos os amigos e com a família, e o jeito marrento e conquistador somados a cor do pele e o cheiro dele, Sam é o cara perfeito para qualquer pessoa. Principalmente pra mim.

Quando eu e Steve éramos jovens, havia preconceito também com pessoas negras, quando Hittler apareceu principalmente, e no mundo inteiro, mas Steve sabe muito bem que o primeiro homem que eu beijei além dele foi Mourisse, ele era um negro lindo e Sam me lembra muito ele. A cor da pele de Sam é uma tentação pra mim, assim como a de T'Challa também já foi, mas eu não tentaria nada com o rei de Wakanda porque Sam me chamava muito mais atenção.

Foi enquanto estávamos deitados, ele dormindo há horas e eu tentando ao menos cochilar, comigo deitado no peito dele e ele com os dedos enfiados no meu cabelo que eu entendi o porque de eu estar com ciúmes dele. Eu não queria só sexo. Eu queria mais que isso. Quero mais dias dormindo no colo dele, recebendo beijos quentes e carinho, quero poder dizer que eu namoro com ele.

A conclusão chega a me fazer dar um solavanco pra frente. Eu estou assustado com a ideia de amar Sam e ele estar com encontro marcado com alguém dali dois dias.

- Tá acordado, Bucky ? - ele pergunta e eu tenho medo de responder, eu estou inseguro por perceber que eu amo o homem embaixo de mim. Chego a me assustar por ter achado que ele estava dormindo. Eu já amei, vários rapazotes, mas nada que deu certo por causa do meu tempo. Ou ao menos achei que amei, porque eu não pude ficar com eles por ser outra época, mas eu também não sentia ciúmes deles - Tá tudo bem ? Teve um pesadelo ?

- Foi ! - eu minto e ele percebeu que foi uma mentira, ele não disse nada.

Passa alguns segundos e eu sinto ele agitado na cama, tento me afastar, mas ele me pede pra ficar.

- Fica, cabeça de nuvem ! - ele diz e eu ja me acostumei com os apelidos dele e do Stark - Por que você não procurou por mim de novo ? Tipo, o sexo foi ruim ?

- Pelo contrário. Tinham anos que eu não transava, quase um século e foi maravilhoso ! - digo erguendo meu rosto para encontrar o dele. Estava muito escuro do lado de fora e a luz estava apagada, mas eu conseguia ver seu rosto completamente. Seus olhos estavam focados nos meus.

- Achei que não tinha gostado. Você não quis mais nada, não falou nem comentou mais nada ! - disse ele fazendo carinho no meu rosto - Mal mal corresponde meus beijos. São selinhos porque não sei se você quer um beijo de verdade na frente das pessoas, mas ... Eu gosto de estar com você, de beijar você !

- Eu achei que tinha sido só sexo pra você. Não sabia como você queria lidar com isso e a gente estava bêbado ! - eu falei e estava sendo sincero - Vocês de agora fazem sexo naturalmente. Na minha época, mal mal era um de frente. Sexo como você e eu fizemos, eu só fiz uma vez e essa vez foi com você !

- E foi ruim ?

- Não. Foi a melhor que eu já tive e eu adoraria fazer tudo de novo ! - falei com sinceridade e graças a escuridão, ele não podia ver o quanto meu rosto estava queimando.

- Eu queria te dizer tanta coisa naquele dia, mas estávamos altos, você estava um pouco bêbado e eu fiquei com medo de você não se lembrar e não querer nada se eu dissesse ! - ele disse e eu quase ri de Sam Wilson estar com medo - O que você sente por mim, Bucky ? É só tesão ?

- Sam eu ... Eu não sei. Eu gostei de transar com você, mas ao mesmo tempo e eu quero ... Sam, eu não sei lidar porque nunca senti isso dessa forma, mas eu gosto de você ! - falei a verdade porque minha boca foi mais rápida que a minha cabeça - Mas por favor, não se afasta de mim. Não quero perder um dos amigos que esse novo tempo me trouxe !

- Eu estou apaixonado por você. Quando eu pedi ao Steve pra te chamar, eu ia me declarar pra você. Eu queria dizer tudo o que eu sentia e aquele parecia ser o melhor momento, mas você estava bêbado e já foi me agarrando e eu ... Me desculpa, eu também estava bêbado e a gente se excedeu  e eu não queria que nosso primeiro contato tivesse sido só sexo !

- Você acha que eu só transei por está bêbado ? Não, eu não estava bêbado a esee ponto. Eu falo besteira e os dois ... Espera, você está dizendo que gosta de mim e ia se declarar pra mim ?

- Foi o que eu disse ! - ele disse dando um sorriso de lado capaz de roubar minha sanidade.

- Mas eu ouvi você marcando um encontro com uma moça ! - falei me sentando na cama - Eu não queria ficar ouvindo sua conversa, mas eu acabei ouvindo por causa da melhoria que fizeram no meu ouvido !

- Eu vou adorar levar você nesse encontro porque é a minha sobrinha, a Keysha ! - ele disse sorrindo e se sentando a.minha frente - Bucky Cabeça de Nuvem, Barnes, eu sou apaixonado por você e adoraria ficar com você, só que com você sendo meu namorado !

- Você tá falando sério ? Tipo, namorados ? 

- Você gostaria ? - questionou tocando meu rosto.

Não respondi, apenas me joguei não braços dele com rosa a força que eu tinha e passei a encher o rosto dele de beijos e a boca. E foi naquela noite que Sam e eu começamos a namorar.




Notas Finais


Vai ter lemon.
Vai ter lemon Stony.


Obrigada pelo apoio que eu recebi nós comentários do primeiro capítulo. Vocês são a minha alegria.

Eu amo vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...