1. Spirit Fanfics >
  2. Conhecendo Nosso Destino >
  3. Naruto Uzumaki II

História Conhecendo Nosso Destino - Capítulo 22


Escrita por: Black_Malene

Notas do Autor


Boa leitura💖

Capítulo 22 - Naruto Uzumaki II


Sétimo Hokage- 7 minutoz.


Ao mesmo tempo em que o telão da sala subirá, o brilho revelou um menino de cabelos amarelos nas laterais e um pequeno símbolo que se assemelhava à uma tatuagem abaixo de seu olho acizentado.


Foi Boruto quem teve a reação inicial e mais relevante da sala como um todo. Kawaki... Seu irmão adotivo com toda a sua postura de bad boy galanteador de boas moças estava ali e se era difícil explicar a sua própria vida e integração naquela sala, a de Kawaki seria duplamente mais.


-O que diabos?- falou a nova figura em alto e bom tom e na mesma hora que ele viu olhos perolados e cabelos negros na sala ele tapou a boca.-Desculpa - ele fala apavorado.


-Ahn... Tudo bem?- disse Hinata* incerta. Por que o garoto estava se desculpando com ela?


-Ei cara, vem aqui rapidão.-disse Boruto rindo nervoso e puxando Kawaki para o mesmo dito canto.


-Onde que é esse inferno?-fala Kawaki olhando ao redor. Que diabos era aqueles mantos fora de moda daquela babosa?


-Ouvindo passado, futuro... Presente? Eu não sei mais! Mas enfim, resumo rapido pra ti. Só sabem que sou filho do Naruto. Eles não sabem da minha mãe, nao sabem que ele é hokage. E não sabem, ainda pelo o menos que você é filho adotivo dele. Então matraca fechada irmão inútil.-fala Boruto com uma falsa forçadamente intimidadora.

Kawaki revirou os olhos e disse:

-Mais fácil você falar, imbecil.

-Essa sala ta ficando pequena demais.- fala Hidan ouvindo toda a conversa dos dois irmãos.

-Shiu, deixa eles pensarem que pra nós da organização é surpresa ja que não nos agrega nada mesmo. Deixa o loiro ter um treco.- fala Deidara revirando os olhos.

-Okay marias fifi, podem se sentar faz favor?- a voz disse fazendo Kawaki pular em susto repetino.

-Que?- fala o agregado da família Uzumaki.

-Eu sou a que está fazendo vocês tomarem um rumo direito pro futuro. -disse a voz feminina.- Eu só falo uma coisa. Segurem o coração essa aqui ta boa.

-A última vez que ela disse isso eu sai desidratada.-fala Ino com uma cara indignada.

-Então acho melhor tomar mais água.- diz Choji ouvindo a melodia melancólica iniciar.

Eu não sou um monstro

-Ah obrigado. Muito me ajuda.- fala Naruto já vendo que isso trilharia para sua história.

-Se orgulhe um pouco mais.- diz sua versão mais velha rindo um pouco.

-De sofrer bullying a vida inteira?- diz Sakura* indignada com o conselho de Naruto* para sua versao mais nova.

-O que não te mata, te faz ter mais vontade de viver.- o uzumaki diz com uma piscadela.

-Ou ter mais sessões de terapia.-fala a rosada com cara de tédio.

Vou provar pra todos
Que mesmo que você seja alguém odiado

Gaara aguçou os ouvidos para este verso, se identificando demais com a vida do garoto barulhento de Konoha.

E o mundo inteiro te trate como escória.

-Ele é apenas... Muito parecido comigo.-fala Gaara baixinho colocando a mão no coração.

- Deixe de ser besta.-fala Rasa com toda a sua arrogância.-Não somos nada parecido com ninguém de Konoha, e você realmente não passa de um impasse. Você sempre foi. Desde que nasceu.

Gaara suspirou em cada facada em que seu coração frustrado e quebrado era atingido. Seu Kazekage (não pai, nunca pai) era complicado e sempre acharia uma alternativa que não o culpasse em determinada situação.

A morte de sua esposa, mãe do Gaara, não seria diferente.


Dá pra dar volta por cima igual ninja lendário


-Eu gostei dessa referência.-disse Jiraiya sorrindo.

-É o que eu sou, não!?- disse Naruto para seu eu mais velha, cada pingo de esperança gritando.

-Lenda... É dificil te colocar apenas nesse adjetivo, na nossa época.-diz Kawaki solene.

-O que é adjetivo?- pergunta o genin.

Kawaki engoliu em seco. Era esse o sétimo hokage? A salvação de uma Pátria e a esperança de nações?


Meu nome é Naruto, e essa é minha história.


-É ISSO AI, DATTEBANE! -diz, ou melhor, berra Kushina Uzumaki ao ouvir este verso.

-Calma!- disse Mikoto após o grito da ruiva ter retumbado em seu ouvido.

-Para de ser chata. Eu to surtando. É o meu menino,Mimi!- fala Kushina feliz.

-Eu... Estou feliz por vocês.-diz Mikoto suspirando.

Suas inquietações sobre o futuro de seus filhos a perseguia. Por que Sasuke era tão amargurado? Por que eles... Não se davam bem e os companheiros de time do seu mais novo não queriam de jeito algum falar sobre isso? Isso puxava um gatilho em qualquer mãe, principalmente nela em que na época estava grávida e seria mãe de primeira viagem.

Tudo isso somado ao estresse dos hormônios gestacionais ocasionaram em uma Mikoto Uchiha rabugente e se irritando com cada grito da felicidade plena alheia.

Hipocrisia, ela repetia em sua mente. Ela sorriu para Naruto um pouco e o loiro filho de Minato a devolveu com o mais encatador de todos.


Eu cresci um garoto sozinho julgado por tantos shinobis da vila da folha


-Eu... Ainda não consigo acreditar. Eu não quero acreditar que ele cresceu... Sozinho e como uma escória.-diz Kushina chorando.
-Nós fizemos o que devia ser feito. Apesar de ter sido o pior para ele, era o melhor para o mundo ninja.-o marido dela fala, tentando acreditar em si mesmo.

-Não ajudou.-disse Kushina soluçando.

-Desculpa.-fala Minato engolindo em seco.

Olham

pra mim, mas não veem um menino

Só veem um disfarce de um demônio raposa

-ISSO... Não é verdade.-fala Kawaki, um pouco transtornado.

-Kawaki se acalme... É difícil pra mim... Ver ele como... Como as pessoas o viam-tenta falar boruto.

-Não... Ele... Não pode ser. Ele é toda a felicidade e... Amarelo e...-tenta falar Kawaki.

-Ei garoto... Por que você está assim?-fala Naruto* assustado com a reação do amigo do futuro filho.

-Porque você tem sido minha luz e esperança desde que nos conhecemos.- o menino, o tal agregado Uzumaki antes, disse desesperado.

-Ele ainda é... Isso... Ele nunca foi isso. Eu e você sabemos disso. Você está se deixando influenciar em poucas palavras sobre uma pessoa que sempre te auxíliou, te acolheu, e escolheu como filho. Te adotou e desde então não te abandonou. Não seja hipócrita e um grande babaca.- fala Boruto irritado.

-Você não estende. Como poderia? Sempre teve tudo aos seus pés!- disse irritado Kawaki.

-É claro! É sempre esse os pensamentos sobre Boruto Uzumaki. Apenas... Um revoltado sem motivos. Sempre.-murmura o loiro mordendo os lábios.

-Deixe pra lá. Depois... Vocês vêem isso corretamente.-sussurra Shikadai para o melhor amigo.

Eu não tive família, ninguém pra enxugar meu choro


Precisei apanhar muito pra aprender a sobreviver


Olhares com ódio já não me machucam


Agora só me dão mais vontade de vencer

-ISSO AI!- fala Naruro feliz da vida com sua auto determinação.

-Eu ainda saio surdo daqui.-fala Sasuke baixo e irritado, mas Naruto nem ligou.

-Eu vou passar por cima.-disse o loiro genin feliz. -Vou superar todos e quaisquer obstáculos.

-Sim você vai. Já passamos por isso várias vezes.-disse Hidan revirando os olhos.

-CALA A BOCA SEU RIDÍCULO.- quem disse foi boruto jogando o sapato de kawaki nele.

-EI POR QUE FOI O MEU?- Fala irritado Kawaki.

-Por que eu quis.-disse Boruto.

Mesmo que eu não tenha nascido um gênio

-Isso definitivamente ele não nasceu.- fala Ino para todos.

-Ei!o que você quis dizer com isso?- pergunta Naruto* com um bico.

-Ela quis dizer que você um tapado.-responde Sasuke*

-Esse tapado fez tu tomar rumo, então me agradeça. -disse Naruto erguendo a cabeça.

-Viu? Eu era prudente desde os meus 12 anos.-fala Naruto com um sorriso travesso.

- Vai se...- Sasuke* olhou para as crianças ao seu redor, principalmente para a inocente Sakura Haruno de 12 anos.- Tens sorte de ter crianças aqui.

-Que politicamente correto. Não combina com sua fama, Sasuke*.- ri Kiba*

Um travesseiro acertou akamaru no mesmo instante.

Mesmo que eu tenha que me esforçar em dobro

"ou triplo..." pensa Naruto* ao lembrar de anos anos de treinamento árduo longe da vila de Konoha e dentro da mesma também. Era uma escala sinuosa que apenas o mais forte dos corações persistiria, e Naruto tinha o melhor deles.

Mesmo que eu seja um amaldiçoado


Eu nunca desisto, porque eu tenho um sonho

Gaara no Sabaku se remexia no seu local inquieto. Ver alguém com uma infância tão... Idêntica a sua, e que não havia sucumbido a um caminho de sangue e ruínas espalhadas era uma novidade amistosa para ele. Nem ruim, e nem boa.

Não era ruim porque trazia um pingo de esperança em seu coração atormentado pela a população de Suna e das nações shinobi como um todo.

Mas também não era boa pois ele não tinha outra razão para continuar existindo nesse mundo caso ele mesmo, Gaara, não fosse um monstro.

Não vou morrer enquanto ele não for realidade

-Naruto Uzumaki! Você não ouse morrer antes disso se concretizar e mais em algum momento posterior a isto, ok?- diz sua mãe fingindo irritação.

-Mas... Se eu morrer, lhe vejo mais cedo no pós vida, não é mãe!?- fala Naruto com toda a sua imaginação.

-O lugar para onde eu vou não é feito para anjos -ela fala pensando em seu destino pós vida.

-Você é uma deusa! A maior delas! Claro que estará em um Jardim florido com flores de rosa que combinam com seu cabelo e um sol brilhante. - diz Naruto feliz para a mãe.

Kushina apertou seu filho contra ela procurando conforto mais para si mesma do que para a criança.

O mundo vai conhecer minha força de vontade

-Claro que irá! Você grita isso aos quatro cantos.- afirma Sakura e Kakashi* concorda com a aluna.

Pode anotar, eu vou fazer virar verdade


Naruto Uzumaki vai ser Hokage

Boruto sorriu amplamente, finalmente encontrando algo de seu pai em meio a àquele mar de ruínas para a mente de duas crianças de uma geração em que Naruto Uzumaki era a paz encarnada.

Kawaki, ainda conectando tudo em sua cabeça, apesar de mais madura que a do irmão, infantil e juvenil. Ele sentiu um conforto em ver o homem leal e bom que o sétimo é e era mesmo quando tinha 12.

Apesar de tudo, não pode deixar de se sentir culpa do pelo o fato de ter desconfiado da integridade da bondade de Naruto*, sua família futura e toda a Konoha.

Então duvida, mas não desacredita

-Eu desacredito.- diz Kiba dando de ombros.

-Está tudo bem. Será muito melhor ouvir seus parabéns quando estiver usando o manto de Hokage de Konoha.- fala Naruto* para Kiba.

-Exibido, presunçoso e mesquinho.- murmura Kiba para Akamaru que concorda.

Todos na minha vila, vão conhecer o meu jeito ninja

-Se eu não conhecer tu nos da uma aula.- fala Sakura para o melhor amigo, que ficou com vergonha disso.

-Você exagera. Eu nem falo taaaanto disso.- fala Naruto* coçando a nuca.

-Fala.-concorda todos os genins.

-Bem pode até ser... Mas... EU ESTAVA CERTO, dattebayo!- fala Naruto* com o maior sorriso de todos.

-Ele não amadurece muito.- diz Shikamaru* para os genins.

Vou me tornar uma lenda viva

-Bem, que bom que não é uma lenda morta.-fala Choji comendo suas batatinhas chips.

Todos olharam para o Akimichi.

-O que? Eu fui o otimista! Além do mais, somos ninjas.  A morte está sempre a nossa porta.- diz Choji* tentando esclarecer a linha de raciocinio de seu eu mais morta.

-Não está ajudando ainda.- diz Temari* para o amigo do atual (ela acha) namorado.

-Mas não era pra ajudar.- fala Choji.

Eu sou a criança da profecia

-Qual profecia?- indaga Kawaki para o irmão.

-O que? Você nunca ouviu falar? Quando eu era mais novo, me falavam disso e eu pensava que era apenas uma lenda urbana para justificar os feitos do meu pai e sua escalada revolucionária até o topo. Mas, a partir dos anos, eu vi que se tratava de uma verdadeira profecia feito pelos os mestres da montanha de onde suas invocações vêm. A profecia era que o mestre do papai, o sanin lendário Jiraiya, treinaria um aluno que iria ou levar o mundo à destruião, ou o salvaria. Papai era ele, meu pai salvou o mundo. Era a segunda opção.

-Bem, acho que vocês estão, talvez adiantando.- fala Kawaki baixo.

-O que? Eu escutei seu paspalho!- diz Boruto irritado.

-Tipo, seu pai, ele pode até ter vencido na guerra mas... Ele teve ajuda, ele teve reforços e a última geração é a mais forte, além do mais. Mas... O mundo não chegou à um caos absoluto em que metade dele estava dizimada. Você... Foi treinado no passado lembra? Pelo o lendário sannin. Rápido, sim, mas foi. E se... E se não for seu pai, Boruto?- diz Kawaki um pouco assustado.

-Não fale idiotices, Kawaki. Não tem a menor possibilidade.- diz Boruto engolindo em seco.

Acabar... O Momoshiki dentro de seu interior.

Salvar... Todos seus ideiais e objetivo de proteger os que ama.

Não. Ele deveria tirar isso da cabeça. Era ridículo. Era seu pai o grande salvador do mundo. Chega.

Eu não sei o que é desistir (Não)


Com mil motivos pra chorar, eu ainda vou escolher sorrir (Sim)


Eu ainda estou aqui (Sim), ainda não me rendi (Sim)

"Espere que continue por muito tempo,pai..."- pensa Boruto aflito ao lembrar da quase morte de seu pai na ultima batalha.

Eu tenho um sonho, e eu não paro até conseguir (até conseguir)

-Bem, vamos confessar. Ele é muito parecido com o Obito.-fala Rin para os dois amigos.

-É... Algo do estilo. -concorda Kakashi para a parceira.

-Eu não sou tão chato quanto ele.- fala o Uchiha com um bico.

-Claro que não Obito. - diz Rin com um sorriso nervoso.

-É pior.- diz Kakashi sério.

E não vão nunca mais duvidar de mim

-Duvidavam de você? Oras essa gente é ridícula, completamente ridícula.- diz Kushina para o filho.

-Obrigado pelo apoio... Ahn... Mãe.- diz Naruto incerto.

-Se duvidavam dele... Pot que não duvidariam de mim?- fala Kawaki com a cabeça baixa.

-Porque Konoha mudou. Eles aprenderam a dar chances e amar mais as pessoas. E também, papai estava errado. Mamãe sempre acreditou nele.- fala Boruto sorrindo.

-Sua mãe tem o melhor dos corações.- diz Kawaki.

-Meus dois pais têm.- concorda Boruto suspirando.

Saberão que eu sou mais que um Jinchuuriki

-Claro que a gente é bem mais, mas... Hoje em dia, a raposa é uma parte minha e não me vejo sem ela.- diz Naruto* para seu eu mais novo.

-Isso... Imagino que seja bom.- fala seu eu mais novo.

Kawaki e Boruto se entreolharam com pesar ao lembrar do leito daçe separaçao de Naruto e Kurama. Era uma parte dele, como disse o adolescente.

Ver uma parte de seu pai sumir era completamente estranho e triste para os dois irmãos Uzumaki.

Pra que a vontade do fogo nunca se apague


Luto até que minha vida acabe

-Vontade do fogo... Vocês falam disso tanto... O que é?- quem perguntou foi Kankuro.

-É complexo... No nosso tempo o significado é há muito perdido realmenre pois começou a ter várias interpretações. Mas é basicamente resiliência.- fala Sakura.

-É... Uma chama de esperança.-fala Choji.

-Proteger quem ama.- diz Ino.

- É um legado que veio de Hashirama-sama, nunca abaixar nossa cabeça.- Diz Boruto.

-Proteção e querer proteger. Mesmo que a pessoa não esteja mais aqui.-fala Sasuke suspirando.

-É o amor de uma família grande, conjunta.- diz Naruto sorrindo.

-É... Konoha.- fala Hinata.

-Vocês são meio dramáticos.- diz Temari com uma careta.

O sétimo Hokage, Naruto Uzumaki

-Kami-Sama... Ele conseguiu.- diz Sasuke

-EU CONSEGUI.- Naruto grita.

-ELE CONSEGUIU.- quem ficou mais extasiada ainda fora Kushina e Minato.

-Óbvio que ele conseguiu. Todo este prestigio e lenda viva e tal, imagina se isso tudo fosse à toa.- da uma brincada Shikadai junto à Boruto que deu um sorriso.

-EU AAA- disse Naruto* chorando abraçado no time 7.

-A gente sabia. Era óbvio.-disse Sakura* no ouvido do amigo.

-Dobe.- fala Sasuke* com um sorriso de meio canto.

Meu chakra


Indo de azul pra um vermelho carmesim


Deixar vocês com medo é tão fácil assim?


Temem o demônio dentro de mim

- Ele... -tenta falar Gaara.

- O que? É muito parecido com você?- fala Gaara*.

-Algo do tipo.- concorda seu eu mais novo.

Não ter razão pra viver


É muito pior do que tá morto

-Então você me entende mais do que eu imaginei. -fala Sasuke suspirando.

-Como?-diz Naruto.

-Depois que meu clã foi dizimado...Eu fui jogado em uma situação em que era ou vingança ou se jogar de um abismo.- fala Sasuke.

-Não literalmente, não!?- diz Sakura mordendo o lábio.

-Na minha cabeça... Sim, literalmente.- desabafa Sasuke. Ele olhou oara baixo e viu uma mão de menina na sua.

-Estamos aqui. Não se preocupe. Está tudo bem.- Ela fala.

-Minha mãe está aqui.- ele fala desconcertado. Sakura o abraçou. Ele precisava disso.

Sangra minha alma de tanto esforço

- E o corpo.- fala Sakura* ao lembrar das inúmeras vezes que curou Naruto*.

-Ainda bem que minha melhor amiga é ninja médica, não!?- responde o loiro sorrindo.

Sasuke*revirou os olhos. Patético.

Mas nada importa, eu tenho um sonho

-A SUA SAÚDE IMPORTA!- grita Kushina.-MENTAL E FISICAAAAA.

-Querida calma.- diz Minato para a esposa.

-ELE VAI É MORRER SE CONTINUAR ASSIM!- fala Kushina.

-Ele não vai. Lembra, ele será Hokage?- diz Mikoto para a amiga.

- Ele vai ser hokage.- ela fala se lembrando e sorrindo.- É ele vai.

-Ela é meio bipolar,não!?- sussurra Konan para Nagato.

-Não se mete não, ela anda tirando sapato não sei da onde.-diz Nagato para ela no mesmo tom.

Provei pra mim e pra todos que eu consigo

-Para mim- diz ele feliz.

-Sim... Para nós mesmos.- concorda Naruto*.- É... O que mais queríamos.

-Exato.- concorda seu eu mais novo.

Eu não tô mais sozinho, agora eu tenho amigos

-Sim.- concorda Sakura.- Você tem. Não merecemos você. Mas estamos aqui pra você.

- Eu não sei nem o que falar.- diz Naruto feliz.

-Não tem o que falar. Somos nós, somos uma família.- Diz Rock lee.

O restante dos 12 de Konoha concordaram.

Naruto sorriu. Ele não estava mais só.

Salvando vidas pelo meu caminho

-Pensei que era a Sakura a médica.-diz Naruto confuso.

-Existem outras formas.- fala seu eu mais velho.- Salvamos a alma de Sasuke, além do mais. Ele... Não almeja mais o que almejava antes.

-Isso é bom mas... O que matou o clã. Ele continua vivo?- fala Naruto frustrado.

-Isso é assunto pra mais tarde.- fala Naruto* suspirando. Não seria ele que revelaria a verdade de Itachi para uma criança de 12 anos.

Decidi escrever o meu próprio destino

-Essa história de destino... Sempre foi ativo na sua família né?- diz Kawaki.

- Era mais do clã da mamãe... Mas papai é e sempre foi uma pessoa que acreditou. Acho que eles se merecem por isso.- diz Boruto feliz.

É que eu nunca tive escolha (Hey)


Pra mim era vença ou morra (Hey)

- Já pedi... Não. Morre.- fala Sakura.

-Eu não vou Sakura! Ou se não, Boruto não estaria aqui.- disse Naruto apontando para o futuro filho.

-Preferia não estar.-  fala Boruto. Aquilo tudo era ruim demais... Ele não queria estar ali.

-Calma. Tome isso como um lição de vida.- diz Mirai para ele.

-Eu ja tive muitas. Ser humilhado na frente da vila, ter um alienígena dentro de mim. Não precisava da minha existência posta em vida. Apesar de que eu queria que isso fosse realmente acontecer.

-O que? - diz Hinata preocupada.

-E que... Eu não quero morrer, mas as vezes eu queria não ter nem nascido.- fala Boruto suspirando

Controlando a raposa (Hey)

- aprendi a controlar ela. Acho que esse é o maior alívio.- diz Naruto.

-Foi difícil. Mas conseguimos. - concorda Naruto*.

O mais brabo de Konoha (Hey)

-Esse linguajar é legal.- diz Kiba feliz.

-Para alguém que parece um cachorro, deve ser.- fala Shino e seu melhor amigo fecha a cara.

Sabem que comigo não tem conversa

-Na verdade tem.- diz Tenten*.

-Que?- fala Naruto*.

-Você sempre tem que dar uma lição de moral no meio da luta.- explica Rock Lee*.

-Discurso no jutsu.- fala Sakura* dando um risinho.

-Obrigado, grandes amigos.- diz Naruto* com uma careta e o restante dos 12 de konoha riem.

Tô sempre preparado pra batalha


Eu nunca quebro as minhas promessas


E não volto atrás com a minha palavra

-Sasuke* que o diga.- fala Sakura*.

-Ei, de que lado você está?- diz o Uchiha* irritado.

-Do lado da verdade.-diz Sakura* e deu uma piscada que abalou todas as estruturas de Sasuke*.

"Obrigado... Naruto*. Você livrou meu irmão de ir para a miséria eterna como o restante de meu clã."- pensa Itachi. "Você será um grande Hokage."

- Ei! Olhem!- fala Ino ao ver o telão descendo novamente.

- E vamos de mais sofrimento.-diz Boruto.

-Para de Drama!- diz Kawaki para o irmão.


Notas Finais


Notas:
Chegueiii! Trago outro capítulo. Ah, vamos! Nem demorou tanto.
O que acharam? Amaram? Odiaram? Detestaram?
Foi informação demais? Espero que tenham pegado o raciocínio da "teoria de Kawaki" de Boruto ser a criança da profecia. Falando nele, imaginaram que seria ele?
Próximo capítulo será especial de dia dos namorados! Então se preparem que terá casal de avalanche. (Acho que o próximo sai até domingo que vem, mas não garanto, desculpem.)
Pessoal do grupo, espero que tenha suprido as expectativas de vocês.
Amo vocês até a proxima💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...