1. Spirit Fanfics >
  2. Criminal romance >
  3. Amostra grátis

História Criminal romance - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Amostra grátis


Fanfic / Fanfiction Criminal romance - Capítulo 2 - Amostra grátis

Assim que o par de olhos caramelados veio de encontro ao meu senti uma calafrio pelo meu corpo. Ele me olhou de cima a baixo, depois desviou seu olhar pra Khalil.

- Fugindo da reunião para fofocar Khalil? - Ele disse e riu.

- Vocês falam muito! - Khalil disse e todos eles riram. Logo atrás do meu pai tinha mais dois homens, que vieram junto com o Bieber ( Foi assim que meu pai o chamou )

- Quem são as moças Drake? - um dos homens que estava atrás do meu pai perguntou.

- Melanie minha filha, e essa é Samantha sua amiga! - Meu pai nos apresentou. - Meninas, esses são Ryan - apontou para o que perguntou - Chaz, e Justin! - Chaz era mais moreno e Justin era o dos olhos caramelados ele tinha algumas tatuagens pelo corpo também, mas não fiquei reparando muito.

- Então essa e a famosa Melanie ? - Bieber perguntou se aproximando.

- Eu mesma - Sorri fraco.

- E um prazer conhece lá - Sorriu de volta, é que sorriso perfeito. - Bom, vamos nessa! - se virou para meu pai.

- A gente se ve na próxima encomenda velhote! - Ryan brincou com meu pai.

- Vou te mostrar o velhote depois - Deu um soco no ombro dele fazendo Chaz, Khalil e Justin rirem.

- Cuidado para não passar vergonha na frente das meninas Butller! - Justin disse rindo.

- Pega mal pra primeira impressão cara. - Khalil disse e todos riram.

- Vão se foder vocês! - Ryan disse.

- Até mais pessoal - Chaz disse , depois deu um tapa em Khalil e saiu pela porta.

- Vou indo nessa! - Ryan acenou para nós e saiu atrás do chaz.

- Tchau pra quem fica! - Bieber deu uma piscadela pra mim e saiu.

- Oque vocês estão aprontando aqui ? - Meu pai nos olhou.

- Sabe oque é tio... - Sam começou a falar - Vamos ir ao shopping. - Ela riu pra ele

- E você quer meu cartão? - Ele me olhou

- Sim! - Khalil e ele riram da cara que eu fiz.

- Não cheguem tarde! - ele me entrgou o cartão, eu e Sam saímos correndo até a garagem.

- Você viu aqueles homens? - Sam disse assim que entramos no meu carro.

- Eles parecem ser muitos jovens! - Ela me olhou assustada.

- Você está pensando na idade deles ? - Ela quase gritou - Sério Mel ?! Eles são umas delícias! - Ela disse e eu ri - Principalmente aquele Bieber, e aquela piscada que ele te deu ?

- Eles são três pedaços de mal caminho mesmo. - Olhava a rua a minha frente.

- Eles devem ter a mesma idade do Lil - Sam disse.

- Provavelmente. - Disse e encerramos o assunto ali.

(...)

- Compraram o shopping todo foi ? - Khalil disse assim que desci do carro.

- Que exagero! - Ele riu - São so duas sacolas.

- Quer ajuda madame ? - Ele se aproximou.

- Claro, até porque está muito pesado! - Entreguei as sacolas para ele que ria.

- Você e muito estressada! - Lil disse.

- Você  que me irrita muito Khalil! - Disse entrando na sala.

- Estão brigando de novo ? - Meu pai e jonh assistiam um jogo na Tv.

- Eles são piores que dois irmãos! - Jonh disse.

- Talvez seja porque somos irmãos jonh! - Disse e John riu.

- Aqui madame! - Khalil me entregou as sacolas e saiu. Isso foi estranho mas não disse nada.

Subi até meu quarto é quardei as roupas que comprei. Quando ia entrar no banheiro ouvi alguém bater na porta.

- Entra! - A porta foi aberta e meu pai entrou. - Algum problema? - Disse ao ver a cara do meu pai.

- Filha... - Ele se sentou na cama. - Você deveria tomar cuidado com as coisas que fala perto do Khalil.

- Ah? - Oque ele quer dizer com isso.

- Melanie, ele gosta de você filha! - Ele me olhou - E não é só como amigos, ou irmãos.

- Você tem certeza? - Eu e Khalil sempre fomos muito próximos, eu ja tive uma queda por ele uma vez quando tinha 16 anos, mas isso já passou.

- Tenho, ele ja confessou isso pra mim! - Ele riu.

- Ah! - Me joguei na cama - Eu estou ferrada. - Eu não sentia nada por Khalil, não desse jeito.

- Porque você não tenta dar uma chance pra ele ? - meu pai me olhou.

- Sério pai ?! - ele riu - Não tem graça, ele é como um irmão pra mim. É você sabe disso.

- Talvez porque você sempre o tratou como um irmãos. - Me sentei novamente. 

 - E se você o tratar diferente agora, porque não saem juntos ou sei lá! - Ele abriu os braços. - Eu te dou minha permissão. - Ele abriu um sorriso.

- PAI! - fiquei envergonhada - Já chega desse assunto! Vou tomar meu banho. - Entrei no banheiro e ouvi meu pai sair rindo do quarto.

Tomei meu banho e fiquei mexendo no celular até pegar no sono.


(...)


Vesti um vestido branco colado ao meu corpo e calcei um santo bege, deixei meu cabelo solto e fiz uma maquiagem básica.

- Lanie! - ouvi Khalil me chamar do outro lado da porta - Estamos te esp... Nossa! - ele me olhou de cima a baixo quando abri a porta.

- Lil para! - abaixei meu rosto envergonhada.

- Você está incrível! - Levantei meu rosto para olha lo, ele tinha um sorriso nos lábios.

- Obrigada! Você também. - Ele usava uma calça jeans com uma blusa preta, e uma jaqueta também da mesma cor, com umas correntes no pescoço.

- Obrigado! - Riu - Vamos ?

Descemos até a garagem onde Sam estava, vamos a uma boate que está sendo inaugurado hoje.

- Partiu! - Sam entrou na Ranger no Banco de trás, eu e lil fomos na frente.

O som da boate era ensurdecedor, varias pessoas no local era até difícil de passar ali, fomos ao bar e pedimos uma bebida depois seguimos para a pista de dança.

Sam dançava junto comigo e Khalil dançava com outra garota, mas voltou e dançou conosco.

- Levou um fora lil ? - Sam perguntou rindo.

- Ela não faz meu tipo! - ele disse alto devido a música.

- Ah claro! - Rimos.

Khalil começou a dançar comigo mas sem encostar em mim, acho que ele tinha medo ou vergonha de me tocar.

- Vamos pegar uma bebida ? - Ele disse no meu ouvido e eu assenti.

Disse para sam onde ia e a deixei na pista dançando com um cara, Khalil pegou em minha mão e me guiou até o bar.

- Duas dose de whisky! - Khalil pediu ao barman.

- Vai com calma Khalil! - uma voz disse atrás de mim, me virei para ver quem era. - Melanie?

- Oi - sorri para Bieber.

- Tá pegando a filha do Drake ? -Ele olhou para Khalil.

- Não viaja Justin. - Ele negou.

- Vamos lá pra cima, o pessoal está todo lá. - Bieber nós chamou para a área vip.

Bebi a dose do whisky e subimos, tinha alguns seguranças no local além de Ryan e mais um que eu não conhecia.

- Melanie! Khalil! - Ryan disse com a voz embolada.

- Ele está bebado. - Bieber disse.

- Percebi - Khalil ria.

- Eai! - Ryan me abraçou. - Cara! - Fez um toque com lil.

- Lanie, esse é o Christian! - Khalil me apresentou para o outro rapaz. - Chris, essa e Melanie!

- A filha do Drake? - ele me olhou e eu assenti. - Caramba! Prazer em conhecê lá - Me abraçou.

- Igualmente. - Sorri para ele.

- Onde está cait ? - Khalil perguntou para Chris.

- Ela foi pra pista. - Me sentei ao lado de Chris e Khalil.

Vi chaz subir as escadas e ele segurava a mão de Sam. Que safada!

- Bonito vocês dois em - Sam disse - Me deixaram lá e vieram pra área vip. - todos riram.

- Fol mal - Disse

- Mas você achou outra companhia né? - Khalil se referiu ao chaz.

- Ele beija muito bem! - Ela disse baixo.

- Samantha nós poupe dos detalhes! - Khalil disse e eu ri.

Percebi que Bieber me observava o tempo todo e isso me deixou constrangida, evitei o contato visual com ele e fiquei conversando com os outros amigos dele. Uma garota chamada Caitlin chegou, ela era irmã de Christian, ficamos conversando por um bom tempo, até dançamos juntas oque me fez esquecer o olhar de Justin sobre mim.


           

               Pov Justin Bieber  

Eu estava na minha nova boate com os caras, eu vi Khalil com uma mina que eu sabia que era a filha do Drake. Ela é perfeita em todos os sentidos, seus olhos castanhos claros, seu cabelo longo, e sem falar nos lábios carnudos e aquele corpo perfeito.

Ela percebeu que eu a encarava, eu vi pelo seu nervosismo, ela evitava olhar na minha direção. Cait fez amizade com ela rapidinho elas dançava junto com a tal de Samantha, até que Melanie disse algo para as duas e desceu. E agora.

Esperei uns segundos depois fui atrás dela. Ela saiu do banheiro e abaixava a barra do seu vestido que subia conforme ela andava.

- Aí! - Ela colou a mão na testa já que tinha esbarrando em mim. - Me desculpa... - Ela me olhou - Bieber?

- Olha por onde anda Melanie - Ela riu sem graça.

- Oque faz aqui ?

- Estava te seguindo - Ela me olhou assustada - brincadeira! - Ri da sua cara - Como eu sou o dono da boate acho que posso andar por ai, não acha ?

- ah claro! - ela riu tímida - Bom vou voltar lá pra cima. - Ela tentou passar mas a impedi.

- Só passa se me der um beijo! - Ela ficou envergonhada.

- É sério isso ?

- Acha que eu brincaria com isso ? - Perguntei.

- Ach... - antes dela terminar a palavra, selei nossos lábios, o beijo era lento e ela correspondeu.

A coloquei contra a parede e desci minhas mão até sua bunda, o beijo começou a ficar mais rápido e as coisas foram ficando quentes.

- Acho que agora posso subir - Ela disse parando o beijo.

- Mais já ? - Disse - Isso nem chega a ser uma amostra grátis!

- Para a  primeira vez até que chega sim. - Ela riu.

- Então vai ter uma próxima vez ? - sorri perverso.

- Quem sabe Bieber, quem sabe! - Ela riu e saiu rebolando até a área vip.

Ela era diferente, se fosse qualquer outra mulher daria pra mim ali mesmo, mas ela estava me desafiando e me deixou com um gostinho de quero mais.

Quando subi para a área vip  todos ja estavam bêbados, Melanie e eu éramos os únicos sóbrios ali, Ryan pegava umas mina, e o resto do pessoal estava dançando, até Melanie que acabou de subir estava dançando com Khalil que pelo efeito do álcool ele estava bem atacado. 


            

            Pov Melanie 

Assim que subi cait me puxou para dançar, logo depois Khalil veio segurando minha cintura, o efeito do álcool o deixou bem pra frente. Ficamos na boate até as três da manhã, depois fomos embora, Justin teve que pedir um de seus homens para dirigir nosso carro até a casa da Sam depois para a minha, já que ninguém estava em condições de dirigir.

- Cuidado! - Eu ria de Khalil que subia as escadas junto comigo.

- Para de rir você vai acordar seu pai! - ele disse embolado.

- Então para de cair! - disse

- Pronto gata! Chegamos no seu quarto. - Paramos na porto do meu quarto.

- Boa noite! - disse entrando.

- Ei! - me virei, em um movimento rápido Khalil me puxou pelo braço e me beijou eu o corresponde, mas aquilo era estranho para mim, Khalil era como um irmão para mim. - Boa noite! - Ele sorriu e foi pro seu quarto.

Fechei a porta e tirei meu vestido colocando um blusão e me joguei na cama.

Acordei com uma forte dor de cabeça, tomei uma banho super gelado, e vesti um short jeans e uma camiseta preta.

Antes de descer tomei um remédio para dor de cabeça.

- Mais uma da noitada! - Jonh disse rindo da minha cara. Pude ver Khalil deitado perto dele com o braço tampando os olhos devido a claridade.

- Fala baixo viado! - Khalil disse.

- Bom dia pra você também jonh! - fui para a cozinha. - Bom dia! - Beijei meu pai .

- Já e tarde ! - Olhou no seu relógio.

- Eu acordei agora, então e bom dia! - Disse e ele riu. Peguei um pacote de oreo no armário e um suco na geladeira para comer.

- Como foi a boate ? - Meu pai lia um jornal.

- Foi divertido, na verdade não me lembro de muita coisa. - Meu pai riu fraco. - Bieber estava lá com o pessoal dele, nos dançamos e bebemos muito, eles são legais.

- Eles são gente boa. - Meu pai disse. - Apesar de ser o maior traficante Bieber e um bom cara.

- Ei patrão! - Um segurança chegou na porta. - Temos um encomenda pronta para sair.

- Ja estou indo!

- De novo ? - Perguntei

- Essa não e para a casa do Bieber, e um galpão um pouco longe daqui. - Ele se levantou - Vou chegar tarde! -Me deu um beijo e saiu.

Ouvi alguém se aproximar mas não olhei, Khalil passou por mim e se sentou na minha frente.

- Desculpa por aquilo - Ele se referiu ao beijo.

- Tudo bem, você estava fora de si ! - Rimos.

- Achou que o álcool so me deu mais coragem para fazer oque eu queria a muito tempo. - Ele disse.

  - Lil... eu sei que você sente algo a mais por mim, mas eu te considero como meu irmão, então não vamos forçar muito a barra.

- Eu sei, eu te amo muito. - Fiquei envergonhada. - Vou te conquistar aos poucos. - Ele riu.

- Não quero que fique um clima chato ente nós. - Disse

- Que clima ? - Levantou os braços.

- Ridículo! - Rimos.

Fiquei vendo TV com Khalil a tarde toda, Samantha mandou uma mensagem e disse que estava muito mal e não sairia de casa.

" Melhoras ♡ "

Enviei a mensagem e desliguei o celular voltando a assistir o filme. Khalil também mexia em seu celular.

- Ah que fofo! - Disse ao ver seu papel de parede. - Me deixa ver! - Puxei o iPhone da sua mão. Era uma foto que tiramos no meu aniversário, eu estava com um vestido cheio de brilho e Khalil usava uma calça preta e uma blusa branca social com as mangas dobradas, ele tinha sua mão esquerda na minha cintura e nos dois fazíamos caretas para a foto.

- Ei sua ladra! - ele puxou de volta. - Me deixa ver o seu também. - Ele pegou meu celular, a tela principal tinha uma foto da minha mãe que morreu quando eu tinha cinco anos, a tela de bloqueio também foi tirado no meu aniversário, e tinha nós quatro, Sam, Khalil, meu pai é eu no meio dos três.

- Curioso! - Peguei me celular de volta enquanto ele ria.

(...)

- Filha acorda! - me pai me sacudia. Abri os olhos devagar e senti algo se mecher atrás de mim,estava deitada entre as pernas de khalil com as costa no peito dele, que tinha seu braço esquerdo na minha barriga. - Atrapalho algo ? - ele me olha rindo.

  - Você sabe que não pai! - Me levantei e olhei as horas no meu celular, uma hora da manhã. - Boa noite! - Subi as escadas para o meu quarto.


Notas Finais


Esquero que gostem! ♡
Favoritem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...