História Dangerous Love - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 8
Palavras 2.554
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Violência
Avisos: Álcool, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heyy amorezz, um capitulo bem grande pra compensar a falta de capitulos aqui, espero que gostem, deem favoritos e comentemmm, beijosz

Capítulo 5 - Um descanso??


Fanfic / Fanfiction Dangerous Love - Capítulo 5 - Um descanso??



Fui para o quarto enquanto os meninos foram guardar o corpo no porao, eu ainda nao acredito que se alguem sabe que vai morrer nao podemos fazer nada

Fui tomar banho, entrei no box e fechei meu olhos e nao parava de vir memorias nossas desde que cheguei aqui em casa. Sai do banho e coloquei meu pijama, fui me deitar na cama e nao consegui, pois aqui era o quarto dele, era onde ele dormia

Bati na porta do quarto de Tae e ele nao atendeu, bati novamente e ninguem atendeu, abri um pouco pra ver algo e ele estava dormindo, entrei sem fazer barulho e cutuquei o mesmo

- s/n? Oque houve?- ele pergunta

- eu nao quero dormir no quarto de Jimin sozinha, posso dormir aqui contigo?

- pode, obvio- ele fala se arrumando na cama e dando espaço pra eu deitar

Me deitei e fiquei de bruços, logo sinto ele me abracando e viro para o mesmo e abraço ele, deixando minha cabeca em seu peito e chorei em silêncio

Logo ele se afasta de mim e me ve chorando, ele limpa minhas lagrimas e sela nossos labios

- nao quero te ver chorando, não posso porque eu vou ficar mal

- eu nao consigo Tae, nao consigo, me perdoa por tudo que ja te xinguei- abracei ele forte e chorava

- nao precisa pedir perdao amor, tu nunca precisou pedir perdao porque tu nao faz nada de errado- soltei um sorriso bobo e ele iniciou um beijo, foi um beijo calmo, acho que foi por pena entao parei o beijo

- vamos dormir, amanha tem um dia longo- falei me virando pro outro lado, ele logo se aconchega em mim e beija meu pescoço, deixando meu corpo arrepiado

Acordei, me levantei e fui pra cozinha comer, vi malas espalhadas pela casa, logo entro na cozinha dando de cara com os meninos

- porque tantas malas?- perguntei roubando o pedaço de bolo do Jin

- vamos viajar logo depois do enterro, vamos pra uma ilha, sempre ficamos la quando queremos sossego, arruma tuas malas- falou Tae enquanto guardava as vasilhas que Namjoon estava lavando

- ok, eu vou precisar ir numa loja de roupas, comprar mais algumas roupas- falei

- se for pra ficar la na casa, nao precisa, tem muitas roupas de garotas la, tu vai gostar, bem teu estilo- Jungkook falou

- ta, mas nao e pra isso, e pro enterro

- ah ok, eu vou com você, os jornais e ninguem de Seul me conhece como traficante, nunca sai em nenhum jornal nem nada- falou Yoongi

- ok- subi pro meu quarto e peguei uma mala, coloquei todas as rojpas que tinha no meu armario, tinha bastante ate

Terminei, fechei a mala so deixando uma muda de roupa em cima da cama, me vesti e coloquei a mala no chao, apaguei as luzes e desci, logo vendo Yoongi me esperando, deixei a mala na sala e saimos pra comprar, entramos no carro e ele deu partida

- eu sei como tu ta se sentindo- yoongi fala quebrando o silencio, olhei pra ele confusa- eu perdi minha melhor amiga tambem, eu tinha 15 anos, nos eramos melhores amigos desde os 3 anos, ela tinha depressao, e nao aguentou, acabou se suicidando, eu fiquei mal por meses ate Tae me ajudar com isso- ele falava tentando me deixar mais calma

- Tae? Ele tem sentimentos por acaso?- falei zombando

- ele so nao demonstra, mas ele se importa demais com as pessoas que ama tipo por mais que ele te xingue e brigue contigo sempre, ele ta te protegendo, mesmo nao parecendo

- eu gosto dele, gosto mesmo, nao como ele gosta de mim, ele me ve como alguem que precisa cuidar porque um cara mandou, so isso, eu nao, eu me apeguei a vocês demais

- nao, nao, ele nao te ve como isso, muitos outros caras ja pediram pra ele cuidar de garotas, ele tratava elas como ninguem, ele nao protegia, ele so dava comida e casa, nem se falavam se quer, entao nao fala mais isso, ele fica chateado, ele ja falou pra nós que acha que tu nao tais gostando de viver com a gente

- eu to gostando, vocês sao diferentes do que se passa nos jornais, mas sei la, vocês nem traficam, desde que cheguei aqui

- ainda traficamos, mas nao por enquanto, pegamos duas semanas de folga, começou ontem- ele falava sem tirar os olhos da estrada

- voces tem folga é? Pensei que traficante nao tinha folga

- e nao tem, mas nos cancelamos todas as entregas, isso vai nos prejudicar bastante mas e necessario, precisamos cuidar de ti- ele olhou serio pra mim nesse momento

- aii que cuidadosos meu deuss- apertei um lado da bochecha dele

Chegamos na loja de roupa, entramos e eu fui pra onde tinha roupas pretas, logo uma atendente vem ate nós

- olá, desejam algo?

- sim, eu queria um vestido todo preto- falei em simpatia

- venham comigo- ela nos guiou até uma sessão de vestidos pretos e outras cores- aqui estão

- obrigada, qualquer coisa eu chamo- ela assentiu e saiu nos deixando sozinhos

Fiquei olhando os vestidos, peguei três tipos e fui no provador, eu sai com um e o Yoongi falou que era muito curto. Provei o segundo e ele nao fez uma cara boa, mas quando eu sai do provador com o terceiro vestido os olhos dele brilhavam, ele logo assentiu, ja tinha percebido pelo seus olhos, fomos pro caixa

- qual a forma de pagamento?- a moça perguntou

- dinheiro- Yoongi falou- eu pago pra você- ele deu uma piscada e um retribui com um sorriso de canto

- sem querer sem inteometida, mas vocês namoram a quanto tempo?- a moça perguntava entusiasmada

- nos nao namoramos- falamos em coro- somos apenas amigos- ele falou e logo me abraça de lado

- ba, que pena, vocês dariam um belo casal- ela falou enquanto olhava o preço na tela do computador- deu ₩90,000(R$= 316,50)- Yoongi deu as notas e ela nos deu as bolsas- obrigada pela sua visita aqui, voltem sempre

Ela nos atendeu super bem, na saida da loja tinha uma maquina pra falar o quanto tu gostou do atendimento, votei que gostei demais e Yoongi também

- partiu casa agora- falei colocando o cinto de segurança

Deu dois minutos e chegamos em casa, peguei a bolsa e entramos em casa, tinha malas espalhadas por toda a casa, bem mais malas do que quando saimos, logo os garotos aparecem na grande escada, todos de terno e arrumados, me curvei por educação e fui ao meu quarto, coloquei o vestido com mais um casaquinho que comprei e vesti um tenis preto, passei um lip tint na boca pra dar aquele tom avermelhado e fui a sala

- estamos prontos?- Tae perguntava-
o cemitério e um pouco longe da cidade para nao nos pegarem, S/n tu vai comigo , com o suga e com o Jungkook em um carro e os meninos vao na van- assentimos e fomos ao carro, entrei e coloquei meus fones e botei minha playlist, comecou a tocar a musica que eu e Jimin dançamos juntos e acabei ficando mal

Parei de ouvir musica e me encostei no colo do jungkook ja que so tinha nos dois no banco de tras, ele comecou a fazer cafuné em mim, acabei adormecendo

Acordei com os meninos me chamando, avisando que tinhamos chego no cemiterio, descemos do carro e tinha varias pessoas ate, a gangue do Jooheon estavam no local, nao tinha uma pessoa que nao estava muito abalada com a morte do Jimin

Fomos aos nossos lugares, me sentei ao lado de Tae e Jungkook, logo o Padre começa a falar e vejo um vulto passa rápido, pelo visto foi so eu que vi, olhei para tras e vi Jimin encostado na porta da igreja de terno

- S/n?- tae me chama- vai ali falar algo, estao te chamando- me levantei e fui ate o "palco"

Eu nao conseguia falar nada, eu so ficava olhando para o vulto do Jimin, ele se aproximou e ficou ao meu lado

- fala algo princesa, quero te ouvir

- bem, eu nao era MUITO proxima do jimin, mas o pouco tempo que fiquei na casa com ele e com os meninos, eu me apeguei demais ao Jimin, ele era a pessoa que eu podia desabafar, chorar, rir, brigar, e ele sempre estava ali comigo, eu sei que ele ta num lugar bem melhor, nos acompanhando de longe mas nos acompanhando- sinto uma lagrima descer, virei o rosto e limpei rapido, mas logo outras sairam

- ei, nao chora, tu fica bem mais linda sorrindo, sorri como tu sorria- dei um sorriso fraco e me curvei, voltei ao meu assento e outras pessoas falaram

Terminou, estavam indo enterrar ele, eu resolvi nao ir, ja tinha chorado muito, resolvi dar uma volta pelos túmulos, muitos tinham flores, praticamente todos, eu passei por uns que tinha muitas flores todos os tumulos, ate chegar em um que nao tinha nenhuma

Me agachei e vi quem era a pessoa, Kim Jhyn Nu, me sentei ao lado do tumulo e fiquei pensando nele...

- sabia que tais sentada ao lado do tumulo da Mae do Tae?- olhei para o lado e ele estava la

- nao eis real, por favor para, sai da minha cabeça

- pois e, nao sou real, mas algum problema em conversar com os mortos?

- nenhum problema, mas contigo sim, eu poderia estar conversando contigo real, mas tudo foi um erro- lagrimas cairam de novo- que droga, para de chorar S/n

- isso, eu nao quero te ver chorar, sorri por favor, como tu era linda quando sorria quando eu estava contigo- ele falava com um sorriso

- exato Jimin, quando tu estava, tu era o motivo dos meus sorrisos, agora por qual motivo irei sorrir? Se nao tais mais aqui?- logo o sorriso dele vai embora e ele fica em silencio, minha visao ja estava embacada por conta das lagrimas

- ei, sabia que esse tumulo e da minha mae- Era a voz do Tae

- sim, o Ji... quer dizer... nao, nao sabia- olhei para ele

- eiii, porque tais chorando?- ele se senta ao meu lado- eu sei, ele faz falta pra todos nós- ele poem minha cabeca em seu ombro e faz cafune em mim

- porque com ele? Porque nao comigo? eu sempre irei me perguntar isso, eu deveria ter morrido

- nao fala isso, nunca mais, ele nao gostaria de ouvir isso- Tae falou levantando minha cabeça e olhando serio para mim

- nao gosto de ouvir isso- "jimin" falou

Estavamos nos encarando, estavamos chegando mais perto um do outro, ele ficava olhando para minha boca e lambendo os lábios

- eai? Vamos?- jungkook brotou ali do nada, nos afastamos e tae olhou pra ele e fechou o pulso- vou esperar voces no carro- jungkook sumiu

- bem, vamos?- Tae falou se levantando e esticando seu braço, peguei em sua mao e ele me puxou para ele, logo me abraçando de lado, fomos pro carro e esperamos o resto chegar, eu ja esperei dentro

Eles chegaram, entraram e fomos pra tal ilha, eles falaram que ficava a umas 7 horas de Seul, ou seja, vou mofar em um carro

Tae estava sentado ao meu lado, entrelacei nossos braços e encostei minha cabeca em seu ombro, ele deu um beijo em minha cabeca

- vai ficar tudo bem- ele sussurou e logo encostou sua cabeca na minha, acabei adormecendo com seu cheiro

- TAE, PARA POR FAVOR- eu gritava de dentro do portão da casa, ele ficava parado chorando- POR FAVOR TAE, NAO VAI TAMBEM, TODOS ME DEIXARAM- cada palavra que eu falava era uma lagrima que descia dos nossos olhos

- eu nao posso s/n, nao posso, se eu me mover voce morre, prefiro morrer do que te ver morrer, me perdoa amor

- NAOOOO- uma carro passou com tudo por cima dele, seu sangue respingou em tudo....

- NAO TAE- berrei dentro do carro, assustando os meninos que estavam dormindo

- oque houve s/n?- Tae perguntou passando a mao pelo meu rosto, secando as lagrimas que eu nao sabia que tinha descido- porque tais chorando? Oque houve?- nao falei nada, apenas o abracei

- nao me deixem, por favor, nao me deixem sozinha- eu falei

- nao vamos te deixar- eles falaram em coro- tais segura com a gente meu amor- Tae falou e logo deu um beijo em minha bochecha

- obrigada meninos- me encostei na janela e fiquei vendo a estrada- falta muito?

- estamos chegando, e logo ali na frente- logo vejo uma casa grande pra ser de uma ilha, que ao redor so tinha um lindo mar, a agua cristalina, o carro parou e descemos

- nos vamos nadando?

-sim sim, pode ir na frente- Yoongi debochou

- haha, hilario Yoongi- falei rindo falsamente

-vamos entrar- Jin falou quando terminou de tirar as malas do porta malas e trancou o carro, Namjoon ja estava dentro de um iate

Jhope levou minhas malas pra me ajudar, pois eram muitas, entrei e jin dirigiu ate o meio do mar mais ou menos, descemos e entramos na casa, era enorme por dentro

- os quartos sao os mesmos de sempre, sem brigas criancas- Jin falou dando uma de omma

- S/n, quer ficar comigo? Meu quarto e grande- Jhope se ofereceu gentilmente

- sim, quero Jhope- ele sorriu e levou minhas malas ao seu quarto, eu fiquei vasculhando a casa por alguns minutos..

Cheguei na parte de tras da casa, tinha um tobogã que dava direto ao mar, era linda essa vista, logo sinto alguem me abraçando por trás, olho e vejo Jungkook

- quer nadar??- Jungkook pergunta e logo abre aquele sorrisinho de coelho que amo, mas eu nao tava muito afim

- hummm, mais tarde quem sabe

- eu quero cuidar de ti, nao quero que fique pensando nisso- ele me vira pra ele

- eu sei, mas calma, eu to bem, juro, mas e porque eu não to muito no clima sabe? Vai tu e os meninos, vou pro quarto ler um pouco

- ler serio?- uma voz desconhecida e ouvida de tras de mim- que tipo de garota vem pra uma casa dessa e vai ler?

- dai cara, como tais?- Jungkook fala com o rapaz- essa e a s/n, ela e a nova submissa do tae- torci os olhos, odeio esse "apelido"

- oi princesa- ele se curva e eu tambem- me chamo JB, mas pode me chamar de Meu amor

- JB, menos, ela mal chegou e ja tais dando em cima dela- ouço a voz do tae, viro pra tras e ele ta sem camisa tirando o lixo e pegando um balde com bebidas e gelo e vindo em nossa direção

- estou sendo gentil- ele da uma piscada pra mim, logo tae puxa ele pra fora da casa e ele sorri para- vem com a gente o s/n, a agua ta bem gostosa

- como tu sabe se tu nem entrou?- Jungkook perguntava com um tom de ciumes na voz

- ta, eu vou, mas nao vou entrar na agua- logo JB solta um sorriso bobo...




Notas Finais


Heyyy amorezz
Espero que gostem, me perdoem por ficar inativa aqui, houve uma confusão nessa minha fanfic, ja estou fazendo outro capitulo, em breve postarei, beijoss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...