História Depois daquele baile. - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Andromeda Tonks, Arthur Weasley, Bellatrix Lestrange, Cho Chang, Córmaco Mclaggen, Draco Malfoy, Fleur Delacour, Franco Longbottom, Fred Weasley, Fred Weasley Ii, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Lilá Brown, Lílian Evans, Lord Voldemort, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Nymphadora Tonks, Percy Weasley, Pomona Sprout, Remo Lupin, Rita Skeeter, Ronald Weasley, Rúbeo Hagrid, Severo Snape, Sirius Black, Theodore Nott
Tags Snamione
Visualizações 202
Palavras 1.316
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Magia

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esse é o último capítulo. Aproveitem . 😁😁😁😁😁

Capítulo 15 - Somos um só.


Fanfic / Fanfiction Depois daquele baile. - Capítulo 15 - Somos um só.

Hermione sorria boba para sua imagem no espelho, não podia acreditar como Severo resolverá tudo tão rápido. Se passará apenas quinze dias desde o pedido até aquele momento. Estava em um dos quartos dá mansão Prince. Nem acreditava, sua sogra tinha uma mansão.  Elieen havia chegado a uma semana para conhecer sua futura nora.  Elas se entenderam de imediato, afinal tinham muito em comum, especialmente o amor incondicional por Severo. 

Ainda sorria , contemplado seu vestido perolado bordado em pedrarias, o vestido fora presente de sua sogra e era um luxo só. Hermione ficara constrangida em aceitar mas Elieen  não iria admitir recusa. 

Elieen lhe contou um pouco  de sua vida  nos dias que se seguiram. Ela era filha única de uma família puro sangue e fora banida por seu pai ao se casar com um trouxa. Sua vida deixou de ser luxuosa e passou a ser simples; Ao menos até  seu marido  descobrir a verdade sobre ela ser uma bruxa. Quando isso aconteceu ele se transformou em um verdadeiro monstro . A espancado e mais tarde  a Severo também.  Um dia sua mãe a visitou e ela acabou contando como ia sua triste história de amor.  Duas semanas depois seu marido morreu em um acidente de carro e seus pais vieram lhe buscar de volta para casa deles. Como Severo já estava em seu primeiro ano em Hogwarts ela aceitou 

 Quando seus  pais morreram ela herdou toda a fortuna da família. Ela nunca mais usou o sobrenome Snape. E desde então ela vivia sua vida um dia de cada vez e era feliz assim , mas nunca mais amara de novo. Hermione sentia uma grande admiração por sua sogra, nesse momento alguém bateu na porta. 

          - Posso entrar? Uma ruiva arredondada passava pela porta. 

                      - Gina! 

                      - Nossa Mione você tá tão linda! Então em dona espertinha, fisgou o morcegão não é? 

                      - Gina! Você sabe que eu o amo! Me casaria mesmo ele não tendo um tostão furado ! 

                     - Eu sei amiga, eu sei. Nossa que vestido espetacular! 

                     - Presente da minha sogra!

                     - Você é mesmo uma sortuda. Vi sua sogra, nossa ela é linda! 

                    - todos já chegaram?

                    - Sim. Todos estão nos jardins inclusive seu noivo. Nesse momento Luna adentrou o quarto. 

                   - Nossa você tá fantástica. Mas cuidado com os zônzobulos. Tá cheio deles por aqui . Mandaram avisar que você deve descer daqui a dez minutos. E você dona barriguda seu  marido tá lhe procurando. As três amigas se abraçaram e logo Luna e Gina sairam deixando Hermione sozinha. 

                  - Você realmente esta linda Hermione. 

                 - Rony! Nossa que susto! Hermione sorria para o amigo. 

                 - Então você vai se casar com o Snape? O mesmo Snape que nos desprezava? O professor cruel  que nos tratava feito lixo? Esse Snape vai ser seu marido? É segundo soube o pai do seu  filho? 

                - Você por acaso conhece outro Snape? Perguntou seria, ela não  estava gostando do rumo daquela conversa. 

                 - Como pode Hermione? Foi por causa dele  que você me deixou? Foi por causa desses ranhoso que você não  quis ficar  comigo  preferiu se infurnar naquele hospital pra ficar  com ele? 

                 - Por um acaso você bebeu? 

                 - Não  ! Eu não  estou  bêbado! Hermione  você não  vê  que está enfeitiçada? Como certeza ele lhe deu algo  para que você  se apaixonasse por um comensal da morte só pode. 

O tapa que Hermione deferiu deixou a marca de seus dedos no rosto do ruivo que a olhou  assustado. 

                - Você Ronald Wesley é um galinha.  Que vive  se esfregando em tudo que é mulher. Se casou com a Líla, mas vive  traindo ela por aí. Eu amo  Severo Snape, ele não  precisa de poção nem de magia nenhuma para me ter. Ele  é  um homem gentil, carinhoso e me ama. Ja  você não passa de um ser perdido que não  tem ideia do que realmente quer. Saia daqui, antes  que eu esqueça que você era meu  amigo. 

                 - Hermione...

                 - saia daqui agora! E nunca mais abra  essa  boca  pra falar mau do meu noivo   Ronald, ou eu vou enfeitiçar você! 

Rony se virou para sair e deu de cara com uma linda mulher de cabelos negros que trajava um belo  vestido cinza. 

                   - Você ouviu minha nora rapaz. Saia  já ! 

                   -Elieen! 

                   - Vamos querida não chore! Vai  estragar a maquiagem. 

                  - Ele  era meu amigo! Como pode dizer  essas coisas horríveis pra mim? 

                 - Eu ouvi querida. Isso se chama despeito, ele se acha bom demais pra você o ter trocado por meu filho. 

Hermione olhou diretamente nos olhos de sua  sogra. 

                - Eu não troquei ninguém pelo Severo! Ele sempre foi o único que eu amo e não haverá outro como ele. 

                - Você é a nora que pedi a Merlin.  Linda, inteligente e apaixonada por meu  filho. Agora vamos que esta na hora. 

O pai  de Hermione a esperava no  final da escadaria para conduzir a bela noiva ao altar  localizado no Jardim lindamente decorado. 

Severo estava prestes a roer as unhas de tanto nervoso. 

                     - Ela não vem! Ela desistiu! Como certeza viu a tempo  o quanto é  prejudicial casar comigo. 

                     - Tenha calma homem ! Ela vem sim. Noivas se  atrasam, é  de praxe. 

                    - Mas já passam cinco minutos das dezoito horas .

                    - Gina se atrasou mais de meia hora. O que são cinco minutos? Harry já estava cansado das neuroses de Severo. 

                    - Veja Severo lá vem ela. Alvo Dumbledore sorria feliz.  

A música começou a tocar, era um coral lindíssimo ensaiado pelo próprio professor Flitwck.

A noiva caminhava nervosamente enquanto fitava  o Homem charmoso e elegante que a esperava no  altar. Nem em seus  sonhos mais loucos ela se imaginou ali, assim , prestes a casar com ele.

               - Cuide bem da minha filha. O senhor Granger entregou Hermione a Severo. 

               - Eu cuidarei sim. De braços dados eles caminharam para o altar  no qual  o sacerdote bruxo os aguardava , e logo iniciou a cerimónia. 

                - Neste dia, estamo aqui reunidos para celebrar a união dessas duas pessoas, em nosso mundo o casamento é indissolúvel. Tendo isso em mente desejam continuar? 

               - Sim! Responderam ambos ao mesmo tempo. 

- Dessa forma pelo poder investido a mim unirei não apenas suas vidas como suas almas para todo o sempre, podem pronunciar os votos que desejam fazer um ao outro . Nesse momento eles se viraram um de frente para o outro. 

                - Eu Severo Prince Snape juro perante todos os presentes que unirei minha vida a sua Hermione Jean Granger por todos os dias  de nossas vidas. Nesse momento um feixe prateado saiu da varinha do sacerdote. - E  se por algun motivo eu quebrar os votos de amor, respeito e fidelidade feitos a você que eu receba a punição merecida que todos sabem é a morte. Uma luz dourada saiu da varinha sacerdotal e se juntou a prateadas já existente. 

               - Eu Hermione Jean Granger, doravante Snape. Juro a você Severo Prince Snape, meu amor, fidelidade e respeito por  toda a minha vida. E se eu de alguma forma quebrar meus votos que eu seja punida com a morte. Novamente as luzes  dourada e prateadas se fizeram ver sobre a mão deles transformando-se em seguida em duas belas alianças que se encaixaram no dedo dos noivos. 

              - Uma vez unidos jamais separados. Pode beijar sua esposa. Ao ouvir essas palavras lágrimas rolaram pelo rosto delicado de Hermione. Ela nunca se sentira tão feliz. Apos o beijo vieram os aplausos ,  assovios e felicitações. Durante a noite eles dançaram e curtiram  a festa ,já na saída  Hermione jogou o buquê que para seu deleite e desespero de seu  marido foi pego por sua sogra. Eles seguiram para sua lua de mel que seria na ilha particular de Elieen eles estavam finalmente Unidos.para sempre eles seriam um so ser. 





                  FIM❤





 





Notas Finais


Bem meus amores obrigada por acompanhar espero que tenham gostando. Amanhã o Epílogo com o nascimento do bebê e o batizado do herdeiro Potter 😁😁😁😁😁😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...