História Diferentes peças de um quebra cabeça Vkook - Capítulo 67


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, IKON, K.A.R.D, Mamamoo, Stellar, TWICE
Personagens B.I, B.M, BamBam, Bobby, Chanwoo, Dahyun, Donghyuk, Gayoung, Hwasa, Hyoeun, J.Seph, Jackson, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jihyo, Jinhwan, Jinyoung, Jisoo, Jiwoo, Jung Hoseok (J-Hope), Jungyeon, Junhoe, JunYool, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Minhee, Momo, Moonbyul, Nayeon, Park Jimin (Jimin), Rosé, Solar, Somin, Wheein, Youngjae, Yugyeom, Yunhyeong
Tags Vkook
Visualizações 267
Palavras 702
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 67 - Capítulo 66



Pov Taehyung

Continuamos nos beijando por um bom tempo. Como é capaz dois rapazes ficarem excitados apenas com um beijo? Quando estávamos prestes a começar a brincadeira, ouvimos batidas na porta. O Kook fez uma careta e saiu de cima de mim, se deitando ao meu lado.
_Está aberta!-eu disse.
Entraram três primos(as) do Jungkook.
_Kookiezinho, me desculpa por ter contado. Foi sem querer. Eu juro!
_Lisa, dessa vez não tem problema porque meu appa me aceitou assim, mas tente acabar com esse hábito seu. Ele é horrível!
_Eu sei... Me perdoa?
_Sim.
_Ebaa!-ela abraçou o Jungkook.
_Me desculpa também, Jungkook?
_Por...
_Não ter acreditado em vocês.
_E por...
_Ter dado em cima do seu namorado.
_Eu desculpo.
_Tae, me desculpa também? Eu não sabia que você já estava comprometido.
_Não tem problema.
_Mas vocês são o quê? Gays ou bi?-o JB perguntou.
_Bi.
_Ahh.
_Por que a pergunta?
_Por nada. Eu vou indo. Amanhã a gente se vê.
_Ok. Até!
_Meninos. Vocês realmente me perdoam? Por eu ter contado.
_Sim, Lisa. Mas se algum dia te contarmos algo REALMENTE muito sério, não espalhe.-eu disse.
_Ok. Eu vou tentar. Eu também vou indo. Não vamos mais atrapalhar vocês. Vem!-ela disse puxando a Dahyun  para fora do quarto. Eles apenas acenaram.
O Jungkook levantou e foi até a porta do quarto, a trancando.
_Onde estávamos?-ele perguntou voltando a subir em cima de mim na cama.
_Acho que aqui!-respondi o beijando. Um beijo quente, mas amoroso ao mesmo tempo. Foi uma sensação única. Eu me senti mais próximo dele do que as outras vezes. Eu senti um frio enorme na barriga. Meu coração passou a bater mais forte que o normal. Por que isso? Eu já não tinha me acostumado?
O Kook foi distribuindo beijos, mordidas e chupões pelo meu pescoço. Ele tirou minha blusa para facilitar o trabalho e lambeu meu abdome, me fazendo arrepiar muito.
Ele voltou a me beijar. Eu levantei sua camiseta e ele a tirou. Ele tirou minha calça e minha box e olhou para mim maliciosamente. Respondi com um sorriso.
Ele pegou meu membro e o abocanhou logo de uma vez, fazendo movimentos de vai e vem.
Reparei que ele enfiou a mão dentro de sua própria calça e começou a se masturbar. Foi aí que eu comecei a sentir a melhor sensação da minha vida.
Ele continuou até eu gozar em sua boca e veio até meu rosto me beijando. Troquei as posições e fiz a mesma coisa com ele. Enquanto eu fazia os movimentos de vai e vem com minha boca, eu senti exatamente essa sensação em mim, o que me fez eu usar minha mão para ajudar com isso.
Eu parei e ele deitou por cima de mim. Se encaixou em minhas pernas e me penetrou. Eu e ele gememos alto, mesmo tentando segurar. Eu senti exatamente o meu membro sendo enfiado em algo, mas... não havia nada. Ele ficou parado um pouco dentro de mim.
"Porque eu senti como se eu estivesse sendo o passivo, mas ao mesmo tempo senti eu te penetrando?" Ele perguntou
"Eu também senti. Esqueceu que o que eu sinto você sente?"
"É mesmo"
"Vamos parar de conversar e vai logo amor!"
Ele entendeu o recado e começou a me estocar. Percebi em sua expressão que ele realmente se sentia ativo e passivo ao
mesmo tempo. Eu também. Mas de verdade, como isso é possível? Como duas pessoas podem sentir a mesma coisa?
Ele me estocava cada vez mais e só parou quando nós dois já tínhamos chegado em nossos ápices. Ele se jogou ao meu lado na cama.
_Eu acho que essa foi a melhor transa que eu já tive em toda a minha vida!-ele disse.
_A minha também.
_Eu consegui sentir direitinho as duas posições. Mas isso é muito prazeroso!
_Eu sei.- abracei ele.
_Amor da minha vida?
_Seria eu?
_Claro, né!?
_O que foi?
_Você me ama o mesmo tanto que eu te amo?
_Provavelmente sim. Primeiro, eu não sei o quanto você me ama para poder comparar. Segundo, o que eu sinto você sente.
_Mas não seria apenas fisicamente?
_Eu não sei.
_Essa história está bastante mal contada.
_Sim. Precisamos descobrir o que está havendo conosco.


Notas Finais


O que acharam??????

Teorias?
Por favor teorias!
Muitas teorias!
Amo teorias!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...