História Dollhouse - Capítulo 21


Escrita por: ~

Visualizações 53
Palavras 1.281
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente esse cap foi o mais "difícil" de escrever! Está muito tenso, e já dou um aviso... Há cenas de violência... Boa Leitura pessoal.

Capítulo 21 - A Pior Noite


              P.O.V Angelina

Já tinha anoitecido e eu estava arrumando algumas coisas do meu escritório para ir embora, porém vejo que Norman abre a porta da sala.

- Oi Angelina - Diz baixo.

- Oi - Respondo.

- Sabe eu acho que devo te pedir desculpas pelo o ocorrido hoje de manhã, foi bem idiota a minha atitude - Diz.

- Foi mesmo.

- E para me desculpar resolvi te chamar para, sei lá... Jantar? O que você acha? - Pergunta e eu sorrio.

- Sabe, eu não tenho nada para fazer hoje então… Vamos sim, preciso me distrair disso tudo - Falo.

- Então somos dois, deixa eu apenas pegar minha carteira, eu já volto - Diz saindo da sala.

                P.O.V Selena

Eu estava indo para boate, já sabia do ocorrido com o Shawn e a Melanie, provavelmente deve estar dando o maior tumulto lá na boate. Perto dela vejo Taylor e Miranda vindo em minha direção desesperadas.

- Amiga - Chama Taylor - Já sabe do barraco que está dando na boate? - Pergunta ela.

- Sei sim, Miranda tinha me contado por mensagem - Digo.

- Então vamos voltar lá - Diz Taylor me puxando

- Não, preciso fazer uma coisa antes - Falo olhando em volta de tudo para ver se acho algumas pessoas.

E por sorte avisto três garotos perto dalí.

- Venham - Digo para as duas e elas me seguem.

Vou até os garotos que estavam conversando entre eles e bebendo alguma mistura que não sei o que é.

- Ei - Chamo eles.

- E aí gatinha - Fala um loiro.

- Oi lindos - Falei sendo direta e simpática - Tão querendo fazer algo por dinheiro?.

- Ah se queremos - Diz um com expressão de malícia.

- Não isso, quero que façam um trabalho pra mim e em troca dou algo que vocês queiram - Digo.

- Beleza, o que precisamos fazer? - Pergunta um moreno, eu dou um sorriso malicioso e olho para as garotas.

               P.O.V Shawn

- Melanie? Você é a… - Ela me interrompe.

- A Cry Baby - Diz.

- Isso não pode estar acontecendo - Falo ficando um pouco tonto, não era possível que aquilo esteja acontecendo.

- Eu ia te con… - A interrompo.

- Então aquelas alí são quem? Suas amigas? - Pergunto.

Elas tiram a máscara, mostrando o rosto de Victoria e Ariana, isso estava ficando cada vez pior.

- Vocês? - Pergunto.

- Olha Shawn fica calmo - Fala Zayn.

- Você sabia disso? Vocês dois? - Pergunto, eles ficam em silêncio, e eu fico cada vez mais irritado - Eu tenho que sair daqui.

Falo e vejo Melanie me chamar e me seguir, saio da boate e apenas sigo em frente, Melanie me segue me chamando porém eu a ignoro até certo ponto, onde estava bem longe da boate.

- Shawn - Chama Melanie mais uma vez - Me escuta - Diz chorando.

- Escutar o que Melanie? Mais mentiras?, Melanie eu confiei em você, fiquei do seu lado o tempo todo e você faz isso?.

- Shawn eu sei eu ia te contar no momento certo, não queria que você ficasse sabendo desse jeito.

- Mas fiquei, devia ter confiado no Justin, você não passa de uma… de uma… Puta - Digo e ela começa a chorar mais ainda.

- Shawn não fala assim, eu nunca jamais queria ter te magoado, saiba que eu ia te contar sim e ia parar.

- É mas não me contou e nem parou - Digo - Todos aqueles momentos em que eu e aquela… Personagem passamos naquelas noites foi pura encenação.

- Não foi! Foi sincero, verdadeiro… Foi amor, foi por puro amor.

- Chega, chega de mentir… Acabou - Digo deixando escorrer muitas lágrimas.

- Não, Shawn eu juro deixa eu terminar de explicar.

- Não preciso de explicação, aquilo tudo já basta para eu ter entendido que não havia nada entre nós e que eu namorava uma… uma… Não consigo palavras para te definir Melanie! - Digo - Que merda - Falo passando a mão em meu rosto.

- Me desculpe… - Diz Melanie soluçando.

Ela tenta tocar em mim porém eu recuo - Não, não toca em mim - Digo também soluçando - Nunca mais fale comigo.

Digo saindo caminhando, ouço Melanie chorar e me chamar mas eu ignoro totalmente… Apenas saio andando, me enganei muito sobre ela. MERDA SHAWN COMO VOCÊ PODE SER TÃO BURRO…

                 P.O.V Mel

Vejo Shawn sair, eu não parava de chorar e pensar que tudo isso foi por minha culpa, eu deixei isso acontecer… Me ajoelho no meio da calçada e começo a chorar mais ainda, porém ouço uma voz atrás de mim.

- Ué por que uma menina tão linda está chorando no meio da rua? - Pergunta um garoto com mais dois atrás dele.

- Ah por nada- Digo enxugando as lágrimas - É que aconteceu uma coisa que não deveria ter acontecido… Mas enfim acho que devo ir embora.

- Não precisa, fique mais com a gente - Diz um dos garotos.

- O que? - Pergunto confusa, e os três me cercam.

De repente um deles derruba minha bolsa no chão.

- Olha vocês querem minha bolsa podem pegar, tenho apenas um pouco de dinheiro nela - Falo com muito medo, e eles riem.

Nisso um deles rasgam o tecido da minha blusa deixando um pouco do meu sutiã a mostra, tento me debater e gritar porém tampam minha boca e me agarram me levando para uma floresta a frente. Chegando numa parte dela um dos garotos tira o cinto e fala.

- Vamos brincar um pouco.

Eles me põem de quatro e me chicoteam fazendo meus gritos de dor serem abafados pela mão de um deles em minha boca, o loiro continua as chicotadas em mim, porém não conseguia chorar por ainda estar em choque com o que estava acontecendo.

Depois disso um deles começam a me dar vários socos seguidos em meu rosto, deixando marcas roxas e avermelhadas. Um deles rasgam meu sutiã deixando meus peitos a mostra e outro gasga a minha saia me deixando nua. Um loiro abaixou suas calças e introduziu seu membro em mim com muita força, eu tentava gritar e me debater porém a cada gesto que eu fazia eles me machucavam!.

Depois disso vejo os outros meninos tirarem suas calças o que me fazia eu ter mais pavor. Depois de um tempo eu realmente não me sentia mais alí, me senti como um copo descartável, um verdadeiro lixo, ví que não adiantava me debater pois não ia parar, quanto mais medo eu tinha mais prazer os três tinham… Paro de me debater, paro de gritar, apenas fico quieta sentindo uma lágrima escorrer pelo meu olho direito, nisso eu fechei meus olhos e deixei acontecer, afinal não tinha o que fazer, eu estava sendo estuprada.

             P.O.V Angelina

Depois do jantar caminhávamos por uma rua deserta e ficamos batendo papo sobre diversos assuntos, como é bom sair um pouco da rotina e ter uma companhia, me senti livre como não havia me sentido a muito tempo. Durante a caminhada vejo um pouco mais a frente uma menina caminhando sobre a calçada feito uma zumbi.

- Menina? - Chamei.

Quando a mesma vira pude ver que era a Melanie, porém suas roupas estavam rasgadas, ela estava suja e com muitos machucados.

- Melanie? - Pergunto espantada.

Vejo a garota desmaiar no chão, eu e Norman corremos até ela.

- Melanie? Fala comigo - Digo a pegando no colo mas a mesma não acorda.

- Chama a ambulância rápido - Digo.

- Pode deixar - Diz ele.

                          […]


Notas Finais


E é isso gente, espero que tenham gostado☺ Até o proximo cap...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...