1. Spirit Fanfics >
  2. Don't you forget about me >
  3. Terminando com Tae

História Don't you forget about me - Capítulo 18


Escrita por:


Capítulo 18 - Terminando com Tae


Fanfic / Fanfiction Don't you forget about me - Capítulo 18 - Terminando com Tae

Domingo á noite eu e Yoongi assistimos o seriado juntos, e terminamos de ver. 


— Nunca falamos sobre as teorias do que pode acontecer na próxima temporada, você acha que o xerife Hopper está vivo?


— Sim, Yoongi. Pra mim ele foi pego pelos russos.


— Também acho.


— Temos que dormir, amanhã temos aula e temos que acordar cedo.


— Verdade. Mas antes de dormir... Guerra de cócegas.


Estou sentada próxima ao Yoongi, ele vem até mim e começa a fazer cócegas em minha barriga. Não aguento e começo a rir, chegando a me deitar no sofá. Yoongi se deita por cima de mim, continuando a fazer cócegas. Ele para, notando o quanto estamos próximos, nossos olhares se cruzam, e ficamos olhando um para o outro por algum tempo. Minhas mãos estão na cintura dele, enquanto as mãos dele estão o apoiando no sofá.


— Yoongi, melhor sair de cima de mim.


Sinto meu coração bater muito forte, parecendo que ia sair pela boca, por Yoongi estar tão próximo a mim. Ele aproxima o rosto do meu, será que ele vai me beixar? Por algum motivo, eu espero o beijo que não vem, pois Nam chega bem nesse momento.


— Atrapalho alguma coisa? Desculpem, só desci para beber um copo de água.


Yoongi fica em silêncio, sai de cima de mim, e se ajeita no sofá. Me ajeito e também me sento no sofá. Percebo que Yoongi iria me beijar, mas ele percebeu que é errado, afinal estou com o Tae. Porém percebo que não adianta mais fugir dos meus sentimentos. Estou me apaixonando novamente por ele. Se Yoongi me beijasse eu iria corresponde-lo. Estou encrencada, essa paixão está voltando com mais força e mais maduro. 


— Boa noite Yoongi, até amanhã.


— Boa noite, até.


Subo as escadas, antes de chegar no fim dela, eu paro e olho para ele. O mesmo está parado, concentrado, olhando para a televisão desligada. Será que ele está pensando no que poderia acontecer? Impossível, ele não está tão mudado assim. Duvido que ele esteja se apaixonando por mim. Termino de subir, entro no meu quarto e me arrumo para dormir.


(...)


Na sala de aula, estou sentada ao lado de Tae, ele percebe meu silêncio, nem se quer o olho perdida em meus devaneios.


(...)


— Minha gatinha, está tudo bem com você? Está tão quieta.


— Estou bem. Tae, me espera no final da aula, preciso falar com você. 


— Não pode ser outro dia?


— É que... isso está me pertubando.


— Tudo bem. Quer que eu te leve pra casa?


— Não sei... Melhor eu voltar com o Nam.


— Tá bom.


(...)


Fim da aula chegou.


— Ruivinho, me espera no corredor, vou falar com o Nam.


— Tá bom.


Vou até o Nam, falar com ele, ele estranha, dá pra notar pela sua expressão, mas não diz nada.


— Vou falar com o Tae rapidinho, me espera no carro, logo vou.


— Tudo bem.


Nam se afasta, caminhando pelo meio dos alunos no corredor. Vou em direção oposta, indo até o Tae. Caminhamos em silêncio até o ginásio de esportes da universidade. Sentamos lado a lado na arquibancada, alguns centímetros longe um do outro. Não sei como falar para o Tae o que preciso dizer. Mas preciso ser sincera com ele.


— Tae, te chamei aqui porque quero te dizer algo.


— Está se apaixonando por ele novamente, não é?


— Sim, mil desculpas. Eu não queria te magoar, mas antes que aconteça algo entre mim e o Yoongi, melhor terminar. Olha, você  é uma das melhores pessoas que conheci, e eu gostei muito de estar com você, por isso é tão difícil te deixar. Mas não posso mentir pra mim mesma, é errado pois estaria mentindo pra você também. Também prometi a você sempre ser sincera. Se estiver tudo bem pra você, quero continuar sendo sua amiga.


— Alice... Obrigado por ser sincera. Tudo bem, eu entendo. Podemos ser amigos, mas agora no início será um pouco difícil pra mim. Eu realmente estava gostando de você. Tudo bem se nos separar por alguns dias? Até eu me sentir a vontade com você novamente?


— Tudo bem. Desculpa mesmo, eu tentei evitar de me apaixonar novamente por ele, mas não consegui.


— Ei, ei, tá tudo bem. Já disse que entendo. Você já era apaixonada por ele antes, e se ele voltou a ser como era, é normal você se apaixonar novamente. Já esperava por isso, só não esperava gostar tanto de você. Vai levar só um tempinho pra mim voltar a sentir amizade por você. Mas quero realmente continuar sendo seu amigo.


— Vou te dar o tempo que precisa. Obrigada por entender, vou indo, o Nam está me esperando. Posso te dar um beijo no rosto?


— Pode.


Assim que me aproximo de Tae, ele fecha os olhos, e eu deposito um beijo num dos lados do seu rosto. Saio dali sem olhar pra trás, estou triste por ter terminado com ele. Não quero ver o semblante triste dele, para me deixar mais triste ainda. 


(...)


No carro com o Nam, permaneço em silêncio, enquanto ele dirige.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...