História Duas penas - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias League Of Legends (LOL)
Tags League Of Legends, Magia, Xayah Rakan
Visualizações 59
Palavras 1.304
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello leitores ^^

Essa história foi bem confusa pra mim,porque não sabia exatamente o que escrever,então fiquei AAAAAAAAAA

Mas tá aí né,com um jeitinho dá pra postar algo. Espero que gostem ^^

(Terá simulação de sexo,ao se sentir desconfortável lendo isso, recomendo que aguarde sair o próximo capítulo)

Capítulo 2 - Seus olhos são como luzes no meio de tanta escuridão


Fanfic / Fanfiction Duas penas - Capítulo 2 - Seus olhos são como luzes no meio de tanta escuridão

Rakan levava sua amada para a casa deles. Ele sabia que o que ela mais queria naquele momento era dormir. Ele estava enganado. O que mais Xayah queria naquele momento era outro beijo,e um abraço caloroso,e o carinho de seu amigo. Rakan não havia de certo modo a pedido em namoro, mas ele pensava que não seria necessário.

Rakan levou Xayah para seu quarto, onde a deitou na cama e deu um beijo em sua testa. Quando ele estava se virando,ela segurou seu braço.

- Fica - Rakan se surpreendeu com o que Xayah disse,já que na maioria das vezes ela queria ele longe. Ele se deitou ao lado dela e fez carinho em seu rosto. Ela se aproximou e encostou seus lábios nos dele. Rakan mal podia imaginar o quão estava vermelho,mas retribuiu o beijo de forma calma,e a puxou pela cintura para perto. Alguns segundos depois,ela sentiu a mão de Rakan descer, É ela deu um tapa em sua mão.

- Pervertido - Ela fez cara feia e mostrou a língua.

- É meu ato de carinho,Não reclame - Ele apertou a bunda dela. 

- Rakan!!! - Ela ficou vermelha enquanto ele ria. 

- Tá com fome? - Rakan perguntou 

- Não muita - Xayah disse

- Quer comer alguma coisa? - 

- Tipo o que? -

- Chocolate - 

- Isso não é... - 

- Vamos comer chocolate!! - Ele saltitava enquanto puxava Xayah para a cozinha,enquanto ela reclamava. 

- Vou fazer o jantar,e não coma chocolate - Ela disse enquanto prendia o cabelo em um rabo de cavalo, e Rakan fez bico.

- Tudo bem - Ele encostou na mesa e ficou observando ela cozinhar. Minutos depois, ele a abraçou por trás e beijou sua bochecha.

- Rakan eu tô co... - Ela fora interrompida por um selinho 

- Troque o Rakan por amor - Os dois sorriram. 

- Amor, eu preciso cozinhar - 

- Só um segundinho - Ele a prendeu contra a parede e a beijou. Ela retribuiu o beijo,e colocou as mãos em seu rosto. Minutos depois,os dois sentiram cheiro de algo queimando,e Xayah correu para desligar o fogo.

- Culpa sua eu ter queimado a comida amor - Ela bufou 

- O que eu fiz? - 

- Ficou me beijando! - Ela respondeu enquanto organizava tudo que estava na pia. 

- Eu sei que você gosta princesa - Ele sorriu e beijou seu pescoço,fazendo-a arrepiar da cabeça aos pés. - Aliás, eu posso comer Xayah - Ele mordia seu pescoço enquanto apertava seu seio.

- Rakan!!! - Ela corou e entregou uma barra de chocolate à ele. - Toma, eu sei que você quer - Rakan pegou o chocolate alegre e o devorou,enquanto observava Xayah fazer um sanduíche e se sentar no sofá da sala,e se sentou ao seu lado.

- Tem certeza que não posso te comer? - Ele disse enquanto terminava de comer.

- Tenho - Ela terminou seu sanduíche e subiu para o quarto,e Rakan a seguiu. Quando ele iria entrar no quarto,a porta foi fechada em sua cara. - Vou trocar de roupa,espere - E Xayah vestiu seu pijama,em seguida abriu a porta - Agora sim,entre - 

- Finalmente - Ele entrou e se deitou na cama, e a observou deitar-se ao seu lado. No momento em que ela se deitou, ele a puxou pela cintura para colar em seu corpo,e seus lábios tocarem nos dela. Era um beijo apaixonante e ao mesmo tempo calmo. Depois de minutos, eles finalmente se separaram.

- Seus olhos parecem luzes no meio de tanta escuridão - Rakan sorriu e fez carinho no rosto da ruiva vastayesa. Ele achava cada traço na jovem perfeito,e ninguém mudaria sua forma de pensar. E seu sorriso era o mais lindo e deslumbrante que ela já havia visto. 

- Galanteador - Ela disse no meio de risadas, e lhe deu um selinho - Boa noite amor - Ela deitou a cabeça em seu peito,e caía no sono

- Boa noite princesa - Ele beijou sua testa e dormiu.


                         ...♡...


Xayah acordou na manhã seguinte com uma mão dentro de seu short. Ela olhou para Rakan com uma expressão brava,que estava sorrindo. Ela não resistia a aquele sorriso.

- Perdoe-me,não quis te acordar - Ele beijou sua testa e fez carinho em seu rosto,e sentiu os lábios de sua amada encostarem nos seus. Em alguns segundos,o beijo se tornou um beijo quente,como se os dois quisessem algo desesperadamente. Rakan colocava sua mão por dentro da blusa de Xayah,e apertava seus seios. Ela rapidamente retirou a camisa dele,que sumiu em cima da ruiva. Os dois continuavam o beijo intenso,enquanto coravam. Ele retirou a camisa de Xayah,Juntamente com seu short,e distribuiu beijos pelo seu corpo até chegar em sua calcinha.

- Tem certeza de que posso amor? - Rakan perguntou enquanto mordia levemente sua barriga. Cada toque dele em seu corpo a deixava mais exitada.

- S-sim,mas pegue leve - Ela gaguejava e ficava vermelha como um tomate. Nunca havia feito nada parecido em sua vida. Rakan deslizou a calcinha de Xayah,e lambe sua vagina,e soltou um gemido baixo. Aquilo a fez desejar ainda mais por sexo. Quando começou a sentir a boca do loiro chupar,ela gemeu e agarrou os cabelos do garoto. Ele colocava sua língua devagar,explorando o interior de sua vagina. Rakan ficava exitado ao ouvir sua namorada gemer. Xayah segurava o orgasmo ao máximo que podia,morder seus lábios inferiores abafava os gemidos. Ele apertava seus seios fortemente,com o objetivo de fazê-la ter um orgasmo,enquanto explorava fundo sua vagina com a língua. Ela queria que aquilo nunca acabasse. Xayah puxava o lençol da cama e mordia seu lábio inferior,abafando os gemidos. Ela sabia que se parasse de morder,sairiam altos demais. 

- R-Rakan e-eu...! - Ao dizer essas poucas palavras,ela não resistiu e teve um orgasmo. Ele sorriu e lambeu pela última vez sua vagina. Ele foi beijando e deixando chupões pelo corpo da ruiva. Rakan a beijou,e Xayah tirava o resto das peças de roupas dele. Ao retirar a última peça,ele pegou um preservativo na gaveta da mesinha ao lado da cama e o colocou. Ele se ajeitou em cima da garota e sussurrou em seu ouvido:

- Isso pode doer muito,não segure seus gemidos - E gentilmente penetrou Xayah,inicialmente inserindo pequena parte de seu pênis. Rakan mordia e deixava chupões por todo o pescoço da ruiva,que manteve sua boca fechada e segurou seus gemidos. Aos poucos,ele colocou mais intensidade e rapidez na penetração,e ela não se segurou. Começou a gemer sem parar de forma alta. Os gemidos de Xayah davam prazer à Rakan. Ela arranhava suas costas e pedia por mais força,apesar de já doer muito para a garota. Ele penetrava com força e rapidez,e a ruiva gemia cada vez mais alto. O loiro a beijou,e ela arranhava suas costas e agarrava o travesseiro. Sem dó,Rakan colocou todo o seu pênis dentro da vagina de Xayah,de forma que seu gemido saiu de forma alta demais. Ela continuava implorando para não parar,e ele obedecia,enfiando cada vez mais fundo. Ele ejaculou. Ele parou de penetrar e tirou seu pênis da vagina,e se deitou ao lado de Xayah. Os dois suavam e estavam ofegantes. Eles se olhavam nos olhos. 

- Eu te amo - Rakan a puxou pra perto,com os lábios quase encostando nos dela. 

- Eu amo mais - Ela sorriu, e o beijou. Os dois passaram muito tempo se beijando

- Precisamos ir atrás de assassinos novamente hoje meu bem,a magia de Iônia não voltará sozinha - Rakan acariciava o rosto de Xayah.

- Vamos tomar um banho,e vamos - Ela se levantou e puxou o garoto para o banheiro. Encheu a banheira de água quente e entrou junto à Rakan. Os dois estavam sentados dentro da banheira,com os lábios colados. A perda de virgindade dos dois foi um dia que nenhum dos dois esqueceris. Os dois se apaixonavam mais, a cada minuto que passava. O amor dentro dos dois nunca desapareceria. 



Notas Finais


Então, eu mostrei a classificação,avisei o que a fanfic conteria. Não me responsabilizo por traumas ou algo do tipo,deixei claro nas notas lá em cima, não venham me culpar hein? Espero que tenham gostado a pesar de ter sido só putaria,no capítulo seguinte não vou colocar isso ( talvez ) ^^'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...