1. Spirit Fanfics >
  2. Ela é o Diabo - Camren From Brasil >
  3. "Ignorada"

História Ela é o Diabo - Camren From Brasil - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


-As meninas boas vão para o céu... E más vão aonde querem!

Capítulo 1 - "Ignorada"


Fanfic / Fanfiction Ela é o Diabo - Camren From Brasil - Capítulo 1 - "Ignorada"

Capítulo 1

"Ela é muito caos para a tua calmaria"

-Rasafe

Por um estalar delicado de meus dedos, o Marlboro já no fim, cai ao chão. Eu solto a fumaça pelo nariz. O espelho reflete uma Eu sensualmente séria. Os meus olhos castanhos intrigados, centrados no céu, mas não na meia lua crescente cercada pelo abismo noturno - eles estam indo através dela - indo para longe, na garota de olhos verdes, a estrangeira que veio para o Brasil. A garota que não olhou em meus olhos. A garota que me ignorou friamente. 

Entre um cigarro e outro, eu recordava. Fazia muito tempo que alguém não olhava para mim.

Eu nunca tive problemas em conseguir o que quero. Nunca de fato importei-me com os garotos, pois eu podia manipulá-los facilmente. Não sou o tipo de garota que serve como exemplo em uma conversa moralista - de um modo positivo.  

Para os meus amigos: O próprio diabo - Ela faz o errado parecer certo.

Era para ser apenas outro dia normal, onde eu iria para o colégio e zombaria com o pessoal. Não me importando das várias lições acumuladas. No entanto, quando Lauren Jauregui surgiu no corredor da Augostine, o dia deixou de ser como os demais.

\\\\\\-Flashback-//////

Enquanto eu caminhava com Diná e Lucas para a sala de aula, senti que estava sendo observada. Mas isso era normal. Quem não olharia, afinal de contas? De repente, ergui o olhar sob a máscara de cílios. O olhar fatal de Camila Cabello. Era um garoto de estatura média que me olhava descaradamente. Suspirei. Odiava tentativas de flertes. 

O meu grupo parou no meio do corredor, ao lado das máquinas de vendas automáticas. O ritual de sempre.  

Abrindo uma lata de coca-cola, enquanto sorria de uma piada boba na qual Lucas havia contado, deslizei os olhos numa vistoria trivial pelo corredor. Fora inevitável não surpreender-se. A figura desconhecida prendeu minha atenção instantaneamente. 

A garota estava vindo pelo corredor de entrada. Eu nunca a vi por aqui antes. 

A maioria dos alunos estavam virando a cabeça, olhando para ela com veneração. O ponto de interrogação estampado em cada uma das expressões. Estavam curiosos sobre ela. Eu também estava.

Descolada. Com seus cabelos longos da cor da noite, caídos sobre os seus ombros. Olhos verdes serenos. Um rosto bem desenhado. Vestindo uma jaqueta Prada de couro vermelha. Parece ser uma garota rebelde, embora eu duvide disso.

Ela desfila calmamente. Não se importa com toda a atenção, pois assim como eu, ela parece está habituada a ser o foco. E como não estaria? 

Ela não é fácil de esquecer, pois tem uma beleza ofensiva.

E toda aquela calmaria me deixou intrigada.

."Oi"

-Eu sou Camila Cabello...

-Desculpe. -O sotaque dela é forte e soa esquisito. Eu vejo-a forçar um sorriso fingindo sem olhar em meus olhos ou para qualquer outra pessoa. -Não me interessa 

De maneira proposital, eu senti que ela o fez, passou por mim. Passando desprezando-me, e o pior, na frente de meus amigos que ficaram estupefatos com a cena. E logo na frente, Lucy Vives; a rival número um. Que não pôde deixar de esboçar um sorriso satisfatório. Eu sei o que ela pensa: Camila Cabello fora ignorada pela primeira vez

A garota não olhou para ninguém. Ela entrou diretamente sem olhar. Ela nem ao menos me lançou um sorriso. Nem ao menos esboçou um rascunho. Ou notou minha presença. Todos  olham. Todos. Não ela. Ela não olhou. 

Eu nunca esqueceria isso. 

Eu havia acabado de entrar na sala, e todos estavam procurando seus lugares. Ela já estava sentada na terceira fileira. Lá no fundo. Alguns garotos estavam olhando para mim, outros me cumprimentavam a medida que eu cambaleava para o lugar de sempre: Entre Diná e Lucas. Desabei desacreditada na mesa. Meu olhos procuraram por aquela garota. Chocada

Eu era popular e ela era nova. Ela tinha que vir falar comigo, pelo menos por associação a popularidade. Eu estava encarando ela, assim como alguns garotos. Um desespero interno surgiu dentro de mim para que ela me olhasse. Eu estava sentada bem de frente para ela. Não me ignore, garota. 

De repente, ela me olhou. Eu sorri de forma simpática para ela, mas ela desviou o olhar rapidamente.  frustração, era tudo o que eu havia sentido naquela manhã de segunda-feira

O nome dela é Lauren Jauregui. Eu sei disso pela chamada do Sr. Camargo. Ela veio para Brasil por conta dos negócios de seu pai. Um magnata importante. Posteriormente ela morava em Miami - Flórida. Eu sei disso, porque depois que o sinal tocou e aula teve fim, a escola inteira não falava de outra coisa - a estrangeira chamou muita atenção para si, apesar de que, ela parecia fazer pouco caso disso. 

Entre um beck e outro, eu descarto ela dos meus pensamentos. Quem se importa? Que se foda essa garota. Eu odeio pessoas soberbas. 

Embrazada, eu fecho a trava da janela. Logo depois me jogando na cama. O sono logo vem. 


Notas Finais


,,Se você gostou do primeiro capítulo, não deixe de comentar a história... ↩❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...