História Entender é pior do que negar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Rap Monster
Tags Kookmonster, Kooknam, Namkook, Texting
Visualizações 57
Palavras 512
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Shonen-Ai, Slash
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


decepcionando pessoas novamente

Capítulo 1 - Que existiu e que talvez não exista mais


[2:56] Jeongguk:

Passaram-me alguns meses e o que o destino preparou pra você, Namjoon? Porque pra mim ele reservou tantas coisas que nem caberiam nessa mensagem. Desde meu sucesso profissional surpreendente à minha falta de sorte socialmente, e eu não sei como consigo deitar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilo com isso; talvez eu nem consiga mais. Ok, eu realmente não consigo mais. Desaprendi tanto depois que você se foi, porque a cama já não tem mais aquela quantidade absurda de cobertores assim como os armários estão sem suas roupas, seu cheiro sumiu na terceira lavagem da roupa de cama e quando eu contastei esse fato só quis chorar.

E não saber de você talvez seja o que mais me mata aos poucos, porque infelizmente ainda estamos estupidamente próximos mesmo que estejamos cada um em seu devio canto; era isso que você costumava chamar de ligação de almas, e eu até concordaria se a ideia de te ter não me parecesse vaga agora.

Porque eu te vejo por aí, Nam, eu te vejo em todo canto, eu compactuo de seus momentos angustiantes, eu ainda consigo sentir quando chora sozinho na madrugada, porque eu faço a mesma coisa; e não é só por nós dois, mas principalmente por nós mesmos, porque você não quer me sufocar com seus surtos e eu não quero te assustar com minhas mil faces inexpressivas.

Também não é sobre te amar, me dói dizer que a tempos não sinto meu coração bater tão forte por você, Nam; mas eu sinto sua falta como o inferno, e dói tanto saber que você ainda está aqui, que você afirma estar, mas que você sabe não ser verdadeiro, porque você se recusa a dizer que também não sabe nomear isso.

Eu me sinto o mais cafageste dos homens, e é pior por saber que não estou fazendo absolutamente nada errado, que tenho plena consciência de que não nos amamos de verdade, mas por que ainda sinto sua falta?

Você me machuca tanto, e me desculpe por te machucar também, eu só sou um jovem indeciso e carente que não sabe lidar com despedidas, até porque eu não te queria fora da minha vida, mas permanecer nesse mar de incertezas faz meu coração se apertar tanto.

E não acredite em minhas declarações, não acredite por favor que eu sou um homem bom que te ama de verdade e que pensa em você a todo momento; porque você sabe que não é assim que funciona, Nam, eu me sinto sujo por te usar, mesmo sabendo que o que sinto é forte demais para não ser amor, mas eu nego porque me assusta, me assusta mais do que qualquer coisa, e eu daria a vida para conseguir me entender. Mas eu sou um aglomerado de ilusão, eu cheiro a mentiras, eu minto o tempo todo, principalmente para mim.

Eu te amo, você sabe que no fundo talvez seja isso somado a minha carência de tudo que existe em você, mas peço que não acredite, mesmo que meu coração doa quando você virar as costas e me abandonar, como você já fez.


Notas Finais


like always


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...