1. Spirit Fanfics >
  2. Escrito Nas Estrelas - Aguslina >
  3. 8 anos depois

História Escrito Nas Estrelas - Aguslina - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - 8 anos depois


......8 anos depois.....

P.O.V Carolina

8 anos se passaram e nada do Agustín me procurar ou saber como eu estou, ele disse que me amava, mas pelo o que eu estou vendo, a única coisa que ele queria era brincar comigo

Quando a Karol me disse que o Agustín tinha ele embora com os pais ele e a Malena, a minha Carolina, tinha morrido naquele mesmo dia

Flashback On

Estava me arrumando pra ir pro colégio, quando eu recebo uma mensagem da Karol, dizendo que queria falar urgente comigo, estranho, apenas disse ok e fui pro colégio

Cheguei no mesmo e vi a Karol vindo até me

- Ainda bem que você chegou Lina, eu preciso falar algo muito importante para você. - disse respirando fundo

- O que aconteceu Karol? - perguntei preocupada

- Tem haver com o Agustín

- Com o Gustin? Ai Karol fala logo você está me assustando

- Tudo bem, mas promete não desmaiar

- Do que você está falando? - perguntei sem entender

- O Agustín foi embora ontem pra Inglaterra com os pais, a Malena e os pais dela. - disse meia receosa

Como? O Agustín foi embora ontem? Mas por que? Por que ele fez isso comigo? Ontem ele me deu aquele maldito colar e me disse que me amava e depois simplesmente vai embora sem me dizer nada?

De repente eu sinto uma tontura e me apoio em um banquinho que tinha ali perto

- Meu Deus Carolina, o que aconteceu? - perguntou Karol preocupada

- Quem aquele imbecil pensa que é? - perguntei chorando. - Por que ele fez isso comigo? Por que?

- Lina calma, estão todos olhando

- Que olhem, eu não estou nem aí. - disse saindo correndo pra fora do colégio

Ouvi a Karol me gritando, mas não dei importância, a única coisa que eu quero nesse exato momento é ir para a minha casa

Flashback Off

Se o Agustín tivesse noção do ódio e da raiva que eu sinto dele, eu acho que nunca ele iria voltar por que se ele voltar, eu sou capaz de matar ele de tanto ódio que eu estou

E o meu mundo terminou de acabar quando eu descobri que aos 14 anos estava grávida de um filho dele, essa sem dúvidas foi a pior coisa que me aconteceu

Flashback On

Estava comendo o meu bolo de milho, sou apaixonada por bolo de milho quando de repente eu sinto um enjôo e corro pro banheiro e começo a vomitar

- Meu Deus filha, o que está acontecendo com você? - perguntou mamãe aparecendo no banheiro preocupada

- Eu acho que estou comendo bolo de milho demais. - disse escovando os dentes

- Lina, eu tenho certeza que isso não é bolo de milho. - disse mamãe me olhando de cima abaixo. - Você teve dois desmaio a semana passada, e esse já é o quarto enjôo na mesma semana. - disse contando com os dedos

- O que a senhora quer dizer com isso? - perguntei preocupada

- Carolina, você está grávida. - nessa hora o meu mundo caiu completamente. - Quem é o pai? - perguntou mamãe com as mãos na cintura

Eu apenas abaixei a cabeça e ela começou a rir de nervosismo

- Claro, como eu não pensei nisso antes. E o Agustín não é?

- Mamãe, eu já disse que eu não quero ouvir o nome dele

- Mas você vai ter um filho dele minha filha, você vai ter um pedacinho dele todos os dias da sua vida

- Não mamãe, isso não vai acontecer, por que eu não vou ter esse filho. - disse indo pro meu quarto

- Como é? - perguntou me seguindo. - Carolina Kopelioff eu te proíbo de tirar essa criança de dentro de você

- Mas mamãe....

- Nada de mais. - disse me abraçando. - Querida, por que vocês não se previniram?

- Eu não sei mamãe, na verdade foi coisa do momento e acabou acontecendo

- Meu amor, nós vamos criar esse bebê juntos e você vai aprender a pegar amor a ele. - disse mamãe tocando na minha barriga

- É o que eu realmente espero. - disse forçando um sorriso

Flashback Off

Ter um filho do Agustín não estava nos meus planos, por isso queria tirar essa criança, como eu não queria saber nada dela, eu nem quis que o médico me dissesse se era menino ou menina, eu queria esperar na hora do parto, e na hora do parto que veio a grande surpresa

Flashback On

Estava descendo as escadas da minha nova casa para ir até a cozinha pegar alguma coisa pra me comer, quando sinto uma dor imensa no pé da minha barriga e sinto algo derramar sobre minhas pernas, olho pras mesmas e vejo que é sangue, aí meu Deus, o que está acontecendo?

A dor começou a aumentar e eu comecei a gritar, até que vejo a minha mãe e o meu pai vindo até a me

- Querida, o que aconteceu? - perguntou mamãe olhando pras minhas pernas. - Oh meu Deus, o bebê já vai nascer, corre Ricardo chama uma ambulância rápido

- Ok. - disse papai correndo até o quarto

- Mamãe, está doendo muito. - disse chorando

- Calma querida, respira fundo isso. - disse mamãe me ajudando a descer as escadas

- Eu já liguei, eles já estão vindo com a ambulância

Mamãe e papai me ajudou a sentar no sofá e parece que a dor só fazia aumentar. 20 minutos depois a ambulância havia chegado e os médicos me colocaram dentro da mesma e foram direto pro hospital

Chegamos no hospital e eles me levaram para sala de parto e vejo dois médicos e três enfermeiras entrando no quarto

- Preparem tudo, rápido. - disse um dos médicos para as enfermeiras

- Calma querida eu estou aqui. - disse mamãe segurando minha mão

- Vamos lá, faça força, já. - disse o médico ficando entre as minhas pernas

- Ahhhhhhhhhhhhhhh. - fiz muita força

- Isso minha filha, vai dá certo vamos. - disse minha mãe apertando minha mão

- Ahhhhhhhhhhhhhhh. - gritei de dor

- Vamos, faça mais força, vai. - disse o médico

- Ahhhhhhhhhhhhhhh. - gritei novamente

- Doutor o que está acontecendo? Já era pro bebê ter nascido. - perguntou mamãe preocupada

- Vamos ter que fazer cesária, rápido prepare as coisas. - disse pras enfermeiras

- Mamãe, eu estou sem forças. - disse chorando

- Filha calma, vai dá tudo certo, eu te prometo que vai dá tudo certo

- Eu não quero cesariana. - disse com um pouco de dificuldade. - Eu quero ter esse bebê agora

- Mas minha filha....

- Doutor, eu te peço, tire essa criança de dentro de me agora.

- Está bem. - disse o médico sentando novamente. - Vamos, faça força agora

- Ahhhhhhhhhhhhhhh. - disse já querendo desmaiar

- Vamos, não desista, vamos

- Ahhhhhhhhhhhhhhh

- Doutor, eu já estou vendo a cabecinha. - disse uma das enfermeiras

- Vai dá certo vai dá certo, vamos. - disse o médico

- Ahhhhhhhhhhhhhhh. - gritei já caindo mole na cama

Uhemmmmmmmmmmm

O choro do bebê invadiu a sala de parto e todos começaram a gritar de alegria

- É uma menina querida, olha só que linda, ela é a cara do Agustín. - disse mamãe colocando a menina perto de me

- Cuida dela pra me mamãe. - disse já fechando os olhos

- Não filha não..

Sinto os médicos tentando me reanimar, mas de repente tudo ficou escuro

Flashback Off

Como vocês já sabem eu não morri, apenas desmaiei e os médicos infelizmente conseguiram me reanimar. Bom, vocês devem está se perguntando pela menina não? Como eu estou com muito ódio do Agustín e realmente ela é a cara do Agustín, eu dei a mesma para a Karol cuidar que agora está com 8 anos, já que a Karol sempre sonhou em ser mãe, através de me ela teve a oportunidade de realizar o seu sonho

Eu pedi pra Karol dizer pra menina que ela era a mãe dela, mas ao invés disso a Karol conta a verdade pra ela que eu sou sua mãe, e a Melissa, esse é o nome dela pois a Karol escolheu, agora essa pirralha vive no meu pé querendo ir pra todos os lugares que eu vou

Sinceramente, maldita hora que eu conheci o Agustín



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...