1. Spirit Fanfics >
  2. Estilistaça >
  3. O primeiro dia no trabalho (o cliente)

História Estilistaça - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura... como prometido esse capítulo está com muitas supresas e emoção.

Capítulo 4 - O primeiro dia no trabalho (o cliente)


Tinha algo nele que me fazia querer ficar, eu não sei explicar... aí eu pensei ``porquê não?´´

eu - tudo bem, vou ficar mais um pouco! - - disse enquanto sentava,

Marco - boa, aceita mais uma bebida? - disse ele com um largo sorriso;

eu - pode ser,  - - disse com uma cara de paisagem,

Marco - ok, fala-me um pouco mas sobre você - - ele disse fazendo sinal ao garçom,

eu - bem, eu não tenho muito a dizer - - disse,

Marcos - não queres dizer, tudo bem eu adivinho, 

eu - duvido,

Marco - tens 23 anos, moraste com teus pais durante toda a vida, filha única, não és do tipo que namora, mudaste pra cá para trabalhar, acertei?, - - ele disse olhando nos meus olhos,

eu - não,  tenho 22 anos!,

Marco - e o resto acertei? 

eu - talvez, - - eu disse com um sorriso sedutor,

garçom - desculpe a demora, - - disse o garçom colocando a bebida na mesa,

eu - que tal falares sobre te, ou melhor deixa-me tentar adivinhar,- - disse dando um gole na bebida,

Marco - ok, força, -- disse ele,

eu - és só mais um play boy, muito atraente que ilude as mulheres e depois parte o coração delas, - -  eu disse olhando - o de cabeça aos pés,

Marco - oh, então me achas bonito, bom saber, - - disse ele de uma forma convencida,

eu - cala a boca - - eu disse sorrindo,

nós conversavamos enquanto bebiamos, eu me sentia tão bem perto dele, o que é estranho porque eu conheci-o a minutos atrás;

eu - adorei passar o tempo com você, mas já está a ficar muito tarde e eu tenho que ir, -- disse,

Marco - eu não estou pronto para te deixar ainda - - ele disse se aproximando lentamente,

eu - mas eu tenho que ir,  - -  disse sorrindo,

Marco - ok, então eu te levo pra casa, - - ele disse,

eu - isso não vai acontecer, - - disse levantando,

Marco - posso ao menos te acompanhar até a saída? - - perguntou,

eu - tá, vamos;

um momento depois...

eu - bem acho que é isso, boa noite, - - disse olhando pra ele,

Marco - só mais uma coisa, - - ele disse mordendo o lábio inferior,

ele meteu-me na parede e começou a beijar o meu pescoço,

eu - Marco, acho que nós não deveriamos...,

ele desviou as suas mãos por debaixo da minha roupa, [eu senti um forte arrepio], soltei sem querer um gemido, após ouvir isso, ele deu-me um beijo lento e apaixonado,

Marco - quer que eu pare? - - ele perguntou entre o beijo,

eu - não, não quero, - - eu respondi;

_ depois o beijo começou a ficar cada vez mais rápido_

fazer sexo no meio da rua ia ser uma expriência muito louca, mas eu não podia fazer isso, ainda mas com alguém que eu mal conhecia;

eu - acho que vamos ter que marcar isso para um outro dia, - - disse afastando ele,

Marco - mas pra isso vou precisar do seu número, - -ele disse,

sem pensar duas vezes, peguei o telefone dele e digitei o meu número;

eu - então até mais - - disse enquanto me afastava dele,

e assim fui para casa pensando no que aconteceu se deveria acontecer, eu não queria me iludir, mas se eu podesse faria tudo de novo,

cheguei em casa e fui logo dormir; estava muito cansada nem deu tempo de tirar a roupa e a maquilhagem.

Na manhã seguinte, acordei com o barulho irritante do despertador, levantei-me e esfreguei os olhos para livrar da visão turva, peguei no telemóvel para ver as mensagens, suprendentemente encontrei uma do Marco, 

               Marco: bom dia, como estás?

o meu coracão começou a bater só de pensar em voltar a vê-lo, decidi não responder-lhe,

fui para a casa de banho me arrumar para o meu primeiro dia no trabalho, vesti uma roupa formal e fiz uma maquilhagem básica, olhei no espelho. acabei de chegar e sinto me uma pessoa completamente nova.

Antes de sair recebi uma mensagem da Júlia;

          Júlia: bom dia, e boa sorte no teu primeiro dia no trabalho,:)

              eu: valeu amiga, te amo:)

Saí de casa entusiasmada e nervosa com o meu primeiro dia;

cheguei mesmo a tempo, e a _Total Fashion é bem maior e muito mais bonito do que nas fotos_, arranjei-me e entrei pronta para dar o meu melhor, dei uma volta e era tudo tão elegante, fui falar com a recepcionista;

                       eu - bom dia, 

                     recepcionista - bom dia, como posso ajuda-lá?

                 eu - meu nome é Sara, sou a nova estágiaria,

                recepcionista - ah sim, só um momento por favor,

ela fez uma ligacão rápida, depois virou pra mim,

  recepcionista - pegas o elevador e sobe até ao quinto andar, depois vira á esquerda, a minha colega está tua espera, e seja bem-vinda á Total Fashion. - - ela disse apontando para o elevador,

                eu - obrigada;

fiz exatamente a mesma coisa que ela disse, a fechar a porta uma mulher comprimentou-me com um sorriso amigavél no rosto,

Paula - és a Sara não é, sou a paula prazer, - - ela disse a estender-me a mão,

eu - sim sou eu, prazer, - - eu disse apertando-a a mão,

observei várias pessoas sentadas em frente aos seus computadores,

 Paula -  essa é sala aonde trabalhamos, e essa é a sua mesa, ela disse indicando para a mesa,

eu -  certo, este sítio é mesmo grande, - -eu disse olhando em volta,

Paula - ainda não viste nada, vem vou te mostrar tudo, - - ela disse sorrindo,

Ela me mostrou todas a salas, escritórios tudo, 

Paula - bem é isso, acho que não esqueci de nada, agora vou te apresentar o pessoal,- 

eu - ok.

ela caminhou até o meio do escritório e chamou a atenção de todos,

 Paula - preciso que todos prestem atenção, essa é  Sara ela é nossa nova estágiaria;

alguns concordaram com a cabeça e voltaram a fazer oque estavam a  fazer e otros vieram falar comigo;

                 Vera - olá sara, eu sou a vera,

                   Diego - e eu sou o diego, 

                  Laray - sou Laray, prazer,

               eu  -  é um prazer conhhecer todos vocês,

Paula - agora podem voltar á trabalho, Sara vamos a sala de reunião,- ela disse a caminhar,

  eu - ok, vamos fazer oque exatamente? - - disse caminhando ao lado dela,

paula - vamos ter com um cliente, um dos modelos mais popular do momento, -- ela disse,

eu - isso parece importante, quem é ele ? -- perguntei,

paula - Marco wilson, e ele está bem alí - - ela disse apontando para um jovem,

Quando ela disse o nome e apontou para o jovem, eu tinha impressão que eu o conhecia de algum lugar, mas não sabia da onde e foi ai que ví que era ele,

Paula - sr.Wilson, eu sou a Paula e essa é a sara, -- ela disse 

Marco - bom dia, senhori... Sara? - - ele disse com um olhar de espanto

eu - Marco?


Notas Finais


E então gostaram? Deixem no comentários a vossa opinião, e aguarde pelo próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...