1. Spirit Fanfics >
  2. Estou com você >
  3. Suspiros de prazer

História Estou com você - Capítulo 69


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura, espero que curtam esse hot maravilhoso! 🔥

Capítulo 69 - Suspiros de prazer


Fanfic / Fanfiction Estou com você - Capítulo 69 - Suspiros de prazer

O outro lado do Paraíso tava fazendo muito muito sucesso, é um desafio e tanto, principalmente um trabalho assim grande, de protagonista logo depois do que aconteceu, eu tava adorando, trabalhar me deixou bem mais animada. Mas ao mesmo tempo eu continuo pensando muito em tudo, no rumo que está indo a minha vida, o que eu ainda quero conquistar. Eu tinha consciência de que com minha idade eu não conseguiria engravidar facilmente, e pra piorar o acidente ainda contribuiu com esse fato, me doeu muito por que sei o quanto Thiago sonha em ser pai, e ele já é como pai para os meus filhos, mas eu queria passar toda essa experiência de novo com ele. Ao mesmo tempo que isso deixa a gente triste, ele é muito compreensivo. Thiago não deixou meu lado nem sequer um minuto, me apoiou, me consolou, me animou. Fez de tudo pra que a gente pudesse ver um lado bom de todas as coisas ruins que já aconteceram. Talvez se isso tivesse acontecido quando a gente já estivesse casados e muito esperançosos ia ser pior, talvez não superassemos essa decepção. Foi melhor descobrir tudo mais cedo. E meu Deus, que homem é esse? Thiago é incrível, depois de todo esse tempo ele continua me conquistando todos os dias. Ninguém é perfeito, nenhum de nós somos, mas somos muito parceiros em tudo que fazemos, se ele tá triste ou se eu estou triste a gente se ajuda. Nenhum homem jamais cuidou de mim do jeito que ele cuida. Então a gente decidiu deixar tudo de ruim que aconteceu no passado, e olhar pra frente, pro futuro. Algo bom precisa ser tirado de tudo isso. Hoje, eu sinto como se meu mundo fosse mais colorido, sinto como se eu estivesse vivendo uma pura poesia. Sinto como se todas as peças tivessem finalmente encaixando, e ele é a peça que faltava na minha vida. E essas coisas só nos deixam mais fortes, afinal, tudo acontece por uma razão. Talvez coisas melhores estão por vim, posso sentir isso.


A novela estava chegando ao fim, foi uma novela que agradou muito a todos, e eu tava completamente satisfeita com o resultado, absolutamente incrível. Thiago ia voltar hoje das gravações de São Paulo, eu ainda tinha cenas pra gravar mas tentaria ficar ao máximo com ele. Ele não tá se sentindo bem esses dias, com febre, dor de cabeça. E gravar deixa a gente assim mesmo, puxa muita energia mas depois é satisfatório. Pedi pra Padilha ir buscar ele no aeroporto, não queria que viesse sozinho. E que passasse no Projac no caminho de volta, a essa hora eu já teria acabado de gravar.

***

-Oi mana.
-Oi mana, Thiago chegou?
-Acabei de chegar no aeroporto, parece que o avião dele já chegou.
-Ai que bom. Já terminei aqui, vou arrumar minhas coisas e você passa por aqui com ele tá bom?
-Ta bom, olha, acabei de ver ele. Jajá chegou por aí.
-Ta bom, bjo..-desliguei

Durante dois meses eu vi Thiago uma vez quando ele veio gravar no Rio mas ficou só um dia e aproveitou pra ir me ver no Projac. Não dei tempo da gente fazer nada, nem sequer jantar juntos. Tava morrendo de saudades. Fiquei esperando Padilha me ligar.

-Ai ainda bem que te acheii!! -Paloma (Duarte) veio me abraçando.
-Ooi querida, que saudades de tu maninha.
-Oh meu amor, como você tá? Meu Deus você tá muito gostosa! Porra Gloria. -ela fala rindo.
-Olha quem fala!!! Poderosíssima você. Tô bem, tô esperando Thiago, tá chegando com Padilha, chegou hoje de viagem. Morrendo de saudades já.
-Hmmmmm, hoje temmmm!!!
-Quem sabe?! -caí na risada.
-Falando em Thiago, quando você vai no meu canal em? Tô tentando te arrastar já tem um tempão Gloria, você só me lava.
-Agora, quando você quiser. Com essa loucura da novela tinha nem como mana.
-Oh, e leva o Thiago, quero gravar com vocês dois.
-Ah já imagino o fogo no parquinho!
-Ainda bem que tu me conhece né?! Não, mas sério, vou te ligar tá bom? -ela fala me abraçando
-Liga sim, a gente vai.
-Ta bom maninha, tô indo já, Bruno tá me esperando. Te amo! Te aviso.
-Também te amo, avisa sim. -ela sai com a filha que também tava junto.

Paloma é uma das minhas amigas mais antigas, a gente sempre marca coisa juntas, mas esses tempos tava tão corrido que esqueci completamente que tinha marcado de gravar com ela. Padilha me liga avisando que tinha chegado e saí. Thiago tava me esperando do lado de fora do carro, encostado, as mãos nos bolsos e um sorriso no rosto.

-Eita coisa linda meu Deus! -ele fala enquanto eu me aproximava.
-Oi meu amor... -ele me puxa para um beijo enquanto suas mãos enrolavam pela minha cintura.
-Como você tá? Tá melhor? -falei passando a mão em seu rosto. -Tô achando você tão quentinho.
-É.. tô precisando descansar, meio fraco.
-Mas pelo menos já tá em casa, vou cuidar de você agora tá bom? -puxo ele para um selinho.
-Hmm já tô me sentindo até melhor já!
-Ai ainda bem que você chegou... Não aguentava mais.
-Vem, vamo pra casa..-ele beija minha testa e eu sorrio como boba apaixonada.

Eu não iria aguentar passar mais tempo longe dele, sentir o abraço dele, o beijo, só quem ama sabe a sensação que é quando se passa muito tempo longe e depois finalmente tá junto. Sentamos nós dois no banco de trás enquanto Padilha dirigia. Fomos abraçadinhos a viagem toda.

-Ai como vocês são apaixonados né? Não se cansam de serem tão lindos?
-Ah mana graças a Deus as gravações já estão acabando, vou ter mais um tempinho. Aproveitar pra ficar com vocês enquanto não tiver comitiva de imprensa. -olhei pra Thiago, tava com os olhinhos fechados, bem cansado. - E cuidar do meu amor...

Chegamos em casa e Wilma tinha feito um jantar maravilhoso, as crianças já tinham jantado mais cedo então a gente jantou só. Ficamos ali, comendo, asistindo alguns vídeos no Instagram e depois lavei a louça rapidinho. Ele me abraçava por trás enquanto eu lavava.

-E aí? Como tá as coisas por aqui?
-Ta tudo bem amor, encontrei com Paloma hoje, lembra, não lembra?
-Que Paloma? -ele arregala os olhos.
-Paloma Duarte amor..-falei rindo.
-Ahh, nossa, faz tempo que não vejo ela e o Bruno...
-Pois logo logo vai ver, na verdade com toda essa correria eu esqueci que tinha marcado de gravar pro canal dela e ela quer que você vá também. Acho que vai fazer algum quiz de casal não sei...
-Poxa que legal, vamo sim! -ele fala me virando pra ele.
-Senti sua falta! -levei meus braços em volta do seu pescoço.
-Eu mais ainda...-ele falou em um susurro que o levou até minha boca.

Começamos a nos beijar, um beijo afoito, enquanto ele invadia minha boca com a língua e mordia meu lábio. Meu corpo estremeceu, meus joelhos tremeram, senti uma onda de prazer me invadindo. Thiago desceu seus beijos até meu pescoço e depositou pequenos chupões que com certeza deixariam marcas. Senti sua mão agarrando minha garganta em uma força não exagerada, pelo contrário, prazerosa, apertando enquanto lambia a ponta da minha orelha. E devagar ele fez meu corpo se encher de arrepios. Eu sabia o quanto o tempo deixa uma vontade mais forte, mas era como se estivéssemos prestes a conhecer o corpo um do outro novamente. Ele insinuou subindo uma mão pelo meio das minhas pernas, pude sentir seu toque quente e macio, subiu minha saia e massageou com o polegar no ponto certo enquanto ainda me beijava. Suspirei de prazer, minhas pernas começaram a ficar fracas e o prazer mais forte. Nos envolvemos em um beijo que não parecia ter fim, ainda nos beijando subimos pro quarto, nos perdendo nos braços um do outro.

Thiago me segurava com força, podia ver o quão sedendo estava. E eu da mesma forma. Assim que entramos fechei a porta atrás de mim e o empurrei contra ela. Minhas mãos deslizaram por dentro de sua blusa até tira-la. Beijei seu pescoço e descia por seu abdômen ao mesmo tempo que minhas unhas trabalhavam o arranhando de leve. Desabotoei sua calça e o beijei por cima da cueca. Duro, grande, e só meu. Segurei firme em seguida colocando todo dentro da boca. Thiago subiu pela minha nuca com as mãos e segurou com força meu cabelo ajudando nos movimentos. E com as mãos entrelaçadas em meus cabelos ele me puxa pra cima delicadamente e me beija ao mesmo tempo em que desta vez me empurra pra porta. Não conseguia mais conter os meus gemidos assim que ele levantou me saia e preencheu minha bunda com um tapa e com outro e com outro em seguida beijando-a. Meu olhos se fecharam, e meus joelhos tremeram no momento em que o senti por inteiro dentro de mim com todo aquele volume. Ele juntava nossas intimidades no mesmo tempo em que apertava minha bunda, desfrutando do que não era só meu, mas dele também. Me virei e joguei no sofá ao lado, ele sentou, completamente ereto. Ainda estava de sutiã mas foi em um único movimento que o tirei. Separei minhas pernas apoiando a mão no acolchoado atrás dele e com a outra segurei-o firme levando-o até minha entrada. Segurei em seu rosto e o fiz olhar pra mim enquanto desci lentamente até o fundo.

-Ahhh... Me...u.. Deus! -ele jogou a cabeça pra trás enquanto seus olhos fecharam com força.

Comecei devagar até intensificar os movimentos, ele segurou com força nos meus quadris e me empurrava pra baixo cada vez mais fundo. Senti minha bunda arder com os novos tapas que ele me dava, apertava minha bunda ao mesmo tempo em que sua língua se saciava em minha boca. Segurei em seus ombros e cheguei ao prazer no momento em que ele tomou o poder e me penetrou forte de baixo pra cima, senti meu gozo descer ao mesmo tempo que me penetrou mais três vezes com força e gozou dentro de mim gemendo alto. Gritei de prazer enquanto meu corpo espontânea se arqueava e expelia prazer com ele ainda dentro de mim. Thiago respirava forte, o puxei para perto e deixei que deitasse em meu peito. Ele abraçou minhas costas e devagar nossas respirações foram se acalmando juntas. Nos beijamos com a mesma sede sem deixar de lado as mordidas e os pequenos chupões no pescoço. Ele colocou uma mecha do meu cabelo para trás da orelha e me olhou apaixonadamente. Eu amava esse momento depois de nos amarmos, não importava se brigávamos, esse era o momento em que a trégua era feita e só existia eu e ele. Mais nenhum problema. Sorri antes de lhe dar um selinho e me levantar pra pegar um travesseiro. Thiago deitou, e ficamos de conchinha enquanto ele fazia carinho em meu braço.

-Tô feliz que você tá aqui. -o tom de nossas vozes era baixo.
-Eu também, prometo ficar por perto agora, ficou mais calmo depois das gravações. Os outros projetos posso tá fazendo aqui, pertinho de você.
-Que bom que deixou seu cansaço de lado hoje... -sorrio
-Ah nem esquenta, pra você eu nunca vou está cansado o suficiente. Tô feliz que tô com você aqui de novo... -ele se aconchega beijando minha bochecha.
-Que bom amor, fico feliz que você tá feliz...

Ele levanta meu queixo e cola os lábios nos meus. Dormimos ali mesmo, nus, abraçados, confortáveis e completamente satisfeitos.


Notas Finais


Oi lindas, aqui é a @UchihaD 😍 sou uma admiradora desse casal MARA e amiga da maravilhosa vulgo autora! Me desculpem por não ter postado antes, mas tive uns contratempos. A escritora dessa fic maravilhosa está ausente no momento mas ela não decepcionou vocês, tem capítulos novinhos que vão ser postados por mim e que ela já deixou pronto. Aproveitem, por que pelo que eu já li, VEM BOMBA, e vem bomba messsmo!! Comentem muito pra deixar ela feliz! Espero que tenham gostado desse capítulo, aí vai a música pra vocês: https://youtu.be/ENY0mi0Uovk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...