História Eu o Quero pra Mim. - Capítulo 37


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Eijirou Kirishima, Izuku Midoriya (Deku), Katsuki Bakugou, Momo Yaoyorozu, Ochako Uraraka (Uravity), Shouto Todoroki, Tenya Iida
Tags Bakugo X Deku, Bakugo X Kirishima, Hitoshi X Tetsutetsu, Todoroki X Deku, Uraraka X Momo
Visualizações 273
Palavras 1.833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente como eu to meio q demorando pra postar o capítulos decidi usar esse para iniciar alguma das coisas qe vam rolar na história.. eu agradeço a quem manda idéias pra história.. pq as vzs bolar td sozinho é difícil hehe :P
Se algum de vcs tiver uma idéia ou sugestão pf mandem uma mensagem ta bem ^--^
Ah e esse cap vai ter "trepa trepa"
Pq é isso q o povo gosta né gente
Kkkhkhk bom espero q gostem
E desculpe qualquer erro

Capítulo 37 - Ciúme e Banheiro!?


Fanfic / Fanfiction Eu o Quero pra Mim. - Capítulo 37 - Ciúme e Banheiro!?

*Midoriya*

Acordo desesperado de meu pequeno cochilo, quando o professor Aizawa grita que teremos trabalho em grupo..

-Serão diversos trabalhos variados que vocês iram fazer com suas duplas..(Diz ele se levantando de sua mesa)

Fiquei um pouco animado pois quero fazer com o Todoroki, faz um tempo que não vou em sua casa.. estou com saudades..

Me viro rapidamente para o Todoroki que senta atrás de mim. O mesmo está com o cotovelo na mesa e apoiando o rosto com a mão enquanto observa o professor, quando me viro somente seus olhos bicolores se mechem para me encarar, em seus lábios logo se forma um pequeno sorriso..

-Todoroki, quer ser minha dupla??(Digo baixo porém animado)

Sua boca se abre calmamente para pronunciar algo, mas logo é interrompido. 

-Eu vou escolher as Duplas!!(Grita o Professor Aizawa)

NÃÃÃOOO!!!!

-Acho que fica para a próxima..(Diz o Bicolor ainda com seu pequeno sorriso no rosto)

-D..Droga..(Digo baixinho)

-Todoroki!!(Chama o professor)

Todoroki se levanta e encara o professor, esperando que o mesmo continue..

-Você vai fazer dupla com o Iida..(Diz o mais velho com seu olhar entediado)

-HAII!!!(Grita Iida antes de se levantar e chamar Todoroki para se sentar perto dele..)

Todoroki apenas pega sua mochila, e se senta perto de Iida ficando de costas para mim.. Confesso que aquilo me irritou um pouco.. eu não sei bem o que foi, mas algo ali me irritou.. Talvez tudo!!

-Uraraka e Momo!!(Grita o Professor)

-YEEAYY(Gritam as dua em conjunto)

Elas parecem mais próxima desde o acampamento, o que sera que houve..

meus pensamentos são interrompidos pelos diversos gritos do Sensei enquanto forma os grupos..

...

Depois de alguns minutos falando vários nomes, ele olha para mim e da uma olhada pela sala toda logo em sseguida.

-Hmm.. É uma pena Midoriya, mas você tera de fazer o trabalho sozinho.. o número de alunos na sala é ímpar..(Diz o Sensei antes de se sentar novamente)

Só pode tá de brincadeira..

Olho em volta e vejo todos discutindo o que fariam em seus trabalhos e em que casa fariam etc..

-Todoroki-Kun, se quiser podemos fazer em minha casa(Diz Iida sentado na fileira ao lado)

-Não se preocupe, a minha é mais perto.. se quiser pode dormir la, assim podemos continuar o Trabalho depois de tomarmos café da manhã..(Diz o Bicolor, calmo como uma brisa)

"Tsc"... era pra ser eu ali... eu que ia fazer o trabalho com o Todoroki..

-Está bem, vou avisar meu pais..(Diz o quatro olhos)

Espero que eles não deixem..

-Eles deixaram!!(Gritou ele contente)

"Aff.." Tudo bem, Tudo bem.. respira Izuku.. É só um trabalho idiota, não tem nada de mais.. 

...

*INTERVALO*

*Todoroki*

Estamos Midoriya, Iida, Uraraka e Yaoyorozu todos sentados em volta de uma mesa grande no refeitório. Izuku parece mais apegado a mim que o normal, o menor está aguarrado a meu braço esquerdo enquanto converso com Iida que esta do outro lado da mesa. Uraraka e Yaoyorozu estam conversando entre si de mãos dadas, elas parecem bem próximas..

Posso ver claramente as sombrancelhas do esverdeado minimamente cerrando seus olhos, enquanto ele encara silenciosamente o Iida. Não entendi bem o por quê disso, depois eu pergunto..

-Hey Todoroki, Levarei meu Vídeo game para jogarmos quando terminarmos o trabalho..(Diz Iida quase em um grito)

-É uma ótima idéia..(Digo calmamente com um sorriso fino no rosto)

Após minha resposta, senti Izuku apertar mais meu braço, pensei em dizer algo mas sou interrompido quando o mesmo se levantou rapidamente, e sentou-se em meu colo..

A ação me pegou meio de surpresa, mas apenas passei meus braços em volta de seu corpo, e o abracei gentilmente. olhei de canto e pude ver suas orelhas e bochechas vermelhas como sangue, provavelmente por vergonha do ato recente..   ele parece nervoso, pois fica se remexendo em meu colo, isso está me deixando meio excitado..

Iida parece ficar um pouco constrangido a continuar a conversa, provavelmente por causa do esverdeado que lhe encarava, porém o mesmo continuou a falar assim mesmo. 

-Vou até o banheiro..(Diz Midoriya com um tom de voz baixo, quase como um sussurro)

O menor se levanta apressado e vai rumo ao banheiro. 

O que houve com ele.. sera que é o que estou pensando, nunca imaginei o Izuku tendo isso...     Ciúmes..

Isso me irrita um pouco, nunca lhe dei motivos para sentir ciúme. 

Como faço para mostra-lo que só tenho espaço para ele em meu coração..

-Ja volto..(Digo me levantando)

Caminho até o banheiro, e o encontro vazio.. tendo somente Izuku em um dos últimos mictórios. Me aproximo silenciosamente do menor e paro atrás dele.

Ele está parado segurando seu membro como se estivesse fazendo xixi, mas nada saia.. pude ver ao olhar em seus olhos que o mesmo está totalmente perdido em pensamentos..

-Precisa de ajuda?..(Digo suavemente em seu ouvido, enquanto passo um de meus braços em volta de seu tronco e acaricio um de seus mamilos por cima da camisa que ele está usando)

-To..Todoro..

Sua voz sessa quando pego em seu membro com a outra mão.

Posso ouvir um pequeno gemido prender em sua garganta quando começo lentamente a mover minha mão em um vae e vem. Ponho meu rosto no vão de seu pescoço. Seu cheiro é tão bom.. logo o mesmo começa a mover timidamente o quadril, esfregando sua bunda em meu membro por cima da calça.

Mas paro imediatamente quando sinto seu membro se enrijecer..

Ele se vira para mim com uma expressão triste como se não estivesse entendendo.

-Me desculpe Izuku..(Digo antes de pegalo pelo pulso e o arrastar para dentro de uma das cabines que haviam ali)

-O..O qu..

Interrompo sua fala o virando de costas para mim, e o pondo contra a porta da cabine.

-Vo..Você me deixa louco..(Sussurro em seu ouvido)

-To..Todoroki, o que você vai..

-Não se mova..(Digo o interrompendo)

Pego em sua cintura gentilmente e a movo, fazendo com que ele fique com o  traseiro levemente empinado. 

Solto um longo suspiro enquanto me abaixo calmamente, e encaro sua bunda por cima da calça. Como seu cinto ja estava desfivelado, não precisei fazer muito esforço para abaixar suas calças até o joelho..

Ouço um gemido manhoso quando aperto forte suas nadegas ainda por cima da cueca que retiro logo em seguida. 

Acaricio calmamente aquele local sagrado, e então com a duas mãos separo as nadegas, deixando sua pequena e rosada entrada totalmente exposta.. sem pensar duas vezes afundo meu rosto ali enquanto respiro profundamente. 

Arranco outro gemido dele quando passo minha língua lentamente por cima de sua entrada.

-A..Ah.. To..Todorok..ki..

-Me perdoe por isso..(Digo me levantando)

Ele me olha sem entender, mas logo o faço ficar de costas para mim novamente enquanto o abraço por trás. 

Dou alguns beijos em seu pescoço enquanto retiro calmamente minhas calça e cueca..

Encaixo a ponta de meu membro em sua entrada ja lubrificada com saliva, e dou um beijo em sua bochecha antes de tampar fortemente sua boca.

-Aguente amor...(Digo passando meus braços em volta de seu corpo)

Dito isso, me sentei com força na tampa do vaso sanitário trazendo Izuku junto comigo, assim fazendo meu membro adentrar seu interior com força.

Pude ver seus olhos arregalarem antes do mesmo gritar, por sorte sua boca estava tampada..

Uma lágrima logo começa a escorrer de seu olho.. ver aquilo fez em me sentir mal, mas não temos muito tempo..

Aguardei um tempo até que ele parasse de tremer e gemer de dor. Logo o esverdeado começou a rebolar timidamente em meu colo, isso foi minha deixa para me levantar e o por contra a porta da cabine novamente. 

Sua entrada se contraia fortemente contra meu membro, provavelmente ainda está doendo um pouco.. vou tentar relaxa-lo..

Passo minha mão por seu abdômen, e subo até seus mamilo.. arranco alguns gemidos manhosos quando os acaricio. Dou mais alguns beijos em seu pescoço e então desço minha mão lentamente até seu membro que ja pulsava e gotejava..

Passo meus dedos carinhosamente em volta daquele excitante pedaço de carne, e começo a masturba-lo lentamente..

-To..Todoroki.. mais.. mais rápido. .(Diz ele enquanto move seu quadril contra meu corpo)

Fiz como ele pediu e aumentei a velocidade tanto das estocadas quanto de minha mão..  

Depois de alguns segundos a velocidade era tanta que nossos gemidos mal conseguiam acompanhar..

agradeço a deus que ninguém entrou no banheiro.. 

Quando izuku começa a murmurar entre gemidos percebo que ele ja está próximo do ápice.

-Vamos.. ah..(Sussurro em seu ouvido enquanto apoio meu queixo em seu ombro)

Aumento mais e mais a velocidade, o barulho de nosso amor ecoa pelo banheiro inteiro, até que finalmente sessa, quando me desfaço dentro de Izuku e ele em minha mão..

Ficamos na mesma posição por mais alguns minutos, até que o esverdeado se vira para mim com uma carinha chorosa..

-To..Todoroki, M..Meu bumbum ta doendo, e...    como vamos nos limpar!?(Diz ele parecendo desesperado)

-Calm..

-Se eles nos pegarem, vão falar pra minha mãezinha que eu faço coisas erradas no banheiro da escola!! Ela vai ter um "Tréco"(Ele continua me interrompendo)

Interrompo sua paranóia segurando seu queixo gentilmente e lhe dando um beijo calmo e rápido. Izuku automaticamente fica quieto e me encara com as bochechas levementes coradas.

-Apenas se acalme, vou dar um jeito..(Digo subindo minhas calças)

Abro lentamente a porta da cabine  e vou até umas das pias do banheiro, me limpo o mais rápido que consigo, e termino de me vestir logo em seguida. 

Izuku apenas observa de dentro da cabine, pois seu caso é um pouco mais "Complicado"

Caminho em passos rapidos até a porta do banheiro e observo se tinha alguém vindo. Por sorte o corredor está vazio.. acho que estamos perdendo a quarta aula..

Fecho a porta do banheiro e corro até Izuku..

-Venha, não tem ninguém vindo..(Digo abrindo a porta da cabine)

-M..Mas e se..

Interrompo sua fala o pegando no colo e o pondo sentado em cima de uma das pias..

-To..Todoroki!! O que está fazendo!?(Grita ele com o rosto vermelho)

Fiz o mesmo se apoiar em minhas costas deixando sua bunda empinada, e liguei a torneira.

-N..Não Todoroki!! Isso é muito..

Seu corpo inteiro treme quando faço uma concha com a mão, e jogo agua gelada no vão de seu traseiro..

-Isso é tão embaraçoso!!!!(Diz ele cobrindo com as mãos o rosto que naquele momento era mais vermelho que qualquer outra coisa no mundo)

Depois de alguns minutos esfregando com os dedos, aquela área finalmente está limpa.

Desço o menor de cima da pia, e o mesmo mal olha em meu rosto. Ele está a ponto de chorar de vergonha..

-O que foi meu amor?(Digo me aproximando dele)

Ele nada responde..

-Diz pra mim o que houve(Insisto apertando sua bochecha)

-V..Você me tratou igual bebê..(Diz ele com uma expressão que era um misto de raiva, vergonha e mais raiva talvez..)

Não consegui conter o riso, e acabei levando um soco..

-A..Ai.. (Digo entre risos)

-Idiota..(Diz ele ainda parecendo irritado)

-Me desculpe amor, mas você é meu bebê..(Digo o abraçando)

Ao escutar aquilo ele abaixa a cabeça sem dizer nada.. mas consegui ver um pequeno sorriso se formar em seus lábios.

-Pronto para voltar para a sala?(Digo beijando sua bochecha)

-S..Sim..

*QUEBRA DE TEMPO*

O resto das aulas correram bem, mas era de partir o coração ver Izuku se remexendo na cadeira, provavelmente por conta das pequenas dores em certas regiões..

Quando enfim soa o sinal que encerra as aulas Iida vem até nós informando que nos acompanharia, pois iria dormir em minha casa. Eu tinha até esquecido..

Nessa hora me lembrei do por que de eu ter ido até o banheiro atrás de Izuku. Foi por causa de seu ciúme..   como ele reagirá a isso..





Notas Finais


E com isso descobrimos que pra namorar o todoroki é preciso estar pronto pra trepar em qualquer lugar..
Espero q tenham gostado
Bjsss♡♡♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...