História Eu...Porque... EU - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Grandine, Gray Fullbuster, Igneel, Jellal Fernandes, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel
Tags Drama, Gray, Lucy, Mirajane, Nalu, Nami, Natsu
Visualizações 81
Palavras 1.412
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


oi pessoal desculpem a demora... bem vou explicar eu trabalho durante a semana e chego só a noite fora o cansaço... eu tava sem ideias de como seguir a historia ate chegar em uma determinada parte que eu já tenho a ideia... emfim uma luz apareceu e tive ideias então aqui esta o capitulo boa leitura.

Capítulo 29 - Vamos a escola...


Gray e Juvia logo começam a andar lentamente em direção à saída de mãos dadas.

- eu queria te agradecer... – Juvia fala sorrindo.

-me agradecer... – Gray a olha com um olhar confuso.

-antes de conhecer você... – Juvia fala em um tom mais triste.

- quer me contar algo... – Gray segura sua mão um pouco mais forte tentando acalmar Juvia.

-nunca fui uma garota muito popular... Sempre tive medo, nunca reagi quando faziam algo contra mim... .- Juvia começa a falar. - com isso comecei a me machucar, mas você apareceu... Com aquela promessa tão boba... – Juvia sorri para Gray. - começamos a nos aproximar, aquele medo que antes eu tinha foi sumindo... E com o tempo me apaixonei... – Juvia sorri fazendo Gray ficar vermelho.

-você foi uma das melhores coisas que aconteceram comigo... – Gray a puxa pra um beijo, que logo é retribuído o beijo se prolonga por alguns minutos ate ambos se separarem. - te amo... – no mesmo momento Juvia fica vermelha sem conseguir falar nada.

-que casal lindo... – um jovem com uma garrafa de bebida, andava lentamente em direção a ambos.

Gray olha para trás e acaba reconhecendo o garoto. – Bickslow... – Gray suspira encarando o mesmo.

- não resolvemos nossos problemas ainda... – Bickslow solta à garrafa no chão e começa a rir, enquanto encara Gray.

-Juvia... – Gray a olha a mesma, que parecia estar um pouco assustada. – posso te pedir uma coisa... – Gray a olha enquanto dava um leve sorriso.

-o que... – Juvia fala baixinho.

-procure por ajuda... – Gray a olha nos olhos, logo olha de relance Bickslow colocando a mão nos bolso onde parecia esconder algo.

-POR QUE NÃO NOS DIVERTIMOS GRAY... – Bickslow fica olhando Gray.

-CORRA AGORA JUVIA... – Gray se coloca na frente dela,  Bickslow começa a correr em direção aos dois, tirando uma faca de seu bolso.

Juvia começa a correr sem olhar para trás, enquanto gritava por ajuda. Bickslow tenta acertar Gray que acaba sendo atingido de raspão no braço.

- você ta louco – Gray fala segurando o braço que escorria um pouco de sangue.

-agora você não esta me parecendo tão corajoso. – Bickslow começa a rir e tenta acertar Gray, que desvia dando alguns passos para trás.

-“ele realmente quer me acertar ou ate pior, mas ele esta bêbado... não deve ser muito difícil acerta-lo.” – Gray começa a se afastar rapidamente de Bickslow.

-vai fugir... – Bickslow avança de novo, mas Gray desvia e o acerta um soco o fazendo perder o equilíbrio e cair no chão soltando a faca.

Gray começa a correr e pega a faca que estava no chão.

-qual seu problema... – Gray olha Bickslow no chão. –você esta bêbado podia ter feito algo muito ruim... – Gray se senta no chão. – ao olhar para os lados vê Juvia, voltando com Laxus e Gajeel.

-Laxus, Gajeel... – Gray os olha com um olhar confuso, Juvia começa a correr e o abraça.

-você esta bem... – Gajeel observa o sangue escorrendo no braço de Gray.

-se ele não estivesse bêbado, não sei o que teria acontecido... E como diabos vocês estão aqui – Gray suspira jogando a faca no chão.

-estávamos treinando... – Laxus fala pensativo. - quando voltávamos vimos Juvia pedindo ajuda e viemos... – Laxus comenta encarando Gray.

- o que fazemos com o idiota bêbado... Sem contar que ele te atacou com uma faca – Gajeel fala olhando o mesmo que parecia ter dormido no chão.

-deixe- o... – Gray fala se levantando, pegando na mão de Juvia. – obrigado pela ajuda... – Gray fala se curvando educadamente.

-acabamos que não fizemos nada. - Laxus comenta, enquanto se afastava lentamente de Gray e Juvia. – estou indo então... Ate segunda. - Laxus acena e começa a andar em direção oposta a Gray, Juvia e Gajeel.

-o que ele tem... – Gray fala baixo olhando para Gajeel.

-você devia saber capitão... – Gajeel fala em tom triste.

-o que quer dizer... – Gray pergunta encarando Gajeel.

-vamos perder de novo... – Gajeel se vira de costas para Gray, começando a andar. –ate segunda capitão. – Gajeel continua a caminhar sem olhar para trás.

Gray e Juvia começam a andar para fora do local.

-fiquei com medo... – Juvia fala baixinho.

-desculpe não queria te preocupar... – Gray abraça forte.

-não me deixe... –Juvia começa a soltar algumas lagrimas. –não quero voltar a ser o que era... – Juvia continua abraçada em Gray.

-não se preocupe nada vai acontecer. - Gray sorri, alguns minutos se passam e dois começam andar.

-vou te levar em casa. – Gray sorri para Juvia que apenas concorda com a cabeça.

-apesar de tudo ainda foi a melhor que noite que já tive... – Juvia fala baixinho soltando um leve sorriso.

Os dois caminham por alguns minutos, ate chegarem à frente de um portão.

-eu moro aqui... – Juvia fala olhando para o local.

-por incrível que pareça eu não moro muito longe daqui. – Gray sorri. - enfim por hoje eu te deixo aqui. - Gray a encara nos olhos.

-obrigada... – Juvia o beija por alguns segundos, logo se afasta. – ate segunda. – Juvia fala, enquanto entrava correndo pelo portão.

-“eu realmente estou com ela...”. – Gray fica pensativo, enquanto soltava um sorriso bobo no rosto e andava em direção a sua casa.

O fim de semana se passa normalmente, com Natsu e Mira vendo alguns filmes e se divertindo. A manha de segunda feira logo chega, com Natsu abrindo os olhos e vendo a luz entrar pelas frestas da cortina.

-“será que essa semana ira melhorar...”. - Natsu vai em direção ao banheiro, jogando agua em seu rosto.

-você esta bem... –Mira aparece na porta encarando Natsu.

- só pensando... – Natsu a olha e da um leve sorriso.

-não se preocupe tanto... – Mira se aproxima o abraçando pelas costas. – juntos daremos um jeito. – Mira sorri de forma gentil, deixando Natsu mais calmo.

- preciso ir falar com a Layla... – Natsu comenta em um tom triste.

-o que você tem. - Mira fala preocupada.

-bem às vezes não consigo mover meus braços ou dedos... - Natsu fala pensativo. – Layla disse que podia ter alguma sequela. – Natsu fala e sente Mira aperta-lo com mais força. – não se preocupe... Não dever nada serio. – Natsu se vira a abraçando de frente.

-só não me esconda mais nada... – Mira o encara nos olhos, Natsu apenas confirma com a cabeça.

Os dois começam a se arrumar para ir à escola, alguns minutos se passam e ambos descem as escadas e vão em direção a cozinha para comer. Após comerem e se despedirem de Igneel e Grandine, ambos saem de mãos dadas pela porta.

-você ainda vai manter o segurança. - Grandine fala tomando um copo de suco.

-ele não esta os atrapalhando... Apenas os observando de longe esperando. – Igneel toma seu café enquanto lia alguns papeis.

-ultimamente você anda lendo muito. O que tem nesses relatórios. – Grandine pergunta curiosa.

-tudo que nosso filho fez em dois anos... E o que esta fazendo agora. – Igneel fala sem tirar os olhos das folhas.

-será mesmo que ele faria algo... - Grandine fala baixo em um tom triste.

-não sei... Mesmo assim quero tentar evitar. - Igneel fala serio.

Natsu e Mira andam por alguns minutos ate chegarem em frente ao portão do colégio.

-lá vamos nos... – Natsu suspira e percebe Mira segurando sua mão um pouco mais forte, mostrando quando a mesma estava nervosa. – Mira estou aqui com você não se preocupe... – Natsu da um sorriso calmo e Mira da um leve sorriso.

-vamos então... – Mira fala baixo dando pouco passos a frente, no momento em que adentra ao portão vários olhares começam a vir em sua direção, fazendo a mesma  tentar se esconder atrás de Natsu.

-Mira... Mira... – Natsu a chamava, mas a mesma parecia cada vez mais se encolher.

-Natsu, Mira. – Gray se aproximava atrás de ambos com Juvia ao seu lado. – Mira você esta bem... – Gray a olha vendo a mesma com uma cara triste, encolhida atrás de Natsu. – Mira apenas confirma com a cabeça, mas Juvia logo se aproxima da amiga.

-Mira... Estamos aqui com você eu, Natsu e Gray... Você não esta sozinha. – Juvia fala de forma calma, vendo à amiga se acalmar aos poucos. – vamos juntos para a sala. – Juvia sorri e vê Mira confirmar com a cabeça.

-de certa forma da pra entender como ela esta se sentindo... – Gray fala baixinho para Natsu ouvir.

-eu sei... – Natsu comenta. – obrigado pela ajuda de novo... – Natsu agradece e os quatro começam a ir em direção a sala, mas Natsu percebe um curativo no braço de Gray mesmo assim não fala nada.


Notas Finais


proximo capitulo lucy volta... e mais algumas tretinhas vao acontecer... emfim comentem favoritem e ate o proximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...