1. Spirit Fanfics >
  2. Follow you - Sulay >
  3. Capítulo 3.

História Follow you - Sulay - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


obrigada pelos 12 favoritos AAA eu to muito muito feliz ❤

Capítulo 3 - Capítulo 3.


3.

- É o que? - Baekhyun me pergunta gritando

- Você deu alguma coisa a ele? - Minseok pergunta a Kyungsso

- Eu não - Kyungsso responde - Tá louco? aqui é um parque de diversões, provável que só venda suco

- Você fumou? - Minseok me pergunta

- Você está me estranhando? - respondo

- Estou sim - Minseok responde - Quem é esse cara? como assim você tá apaixonado por ele?

- O nome dele é Yixing - digo - E eu simplesmente tô

- Vamos embora - Baekhyun me puxa - Deve ser um efeito colateral por não estar estudando

- Efeito colateral que afetou meu coração - falo

- Tá, senta aí - Baekhyun fala para Minseok e Kyungsso se sentar - Me explica tudo

- Eu estava aqui nesse banco - aponto para onde Minseok e Kyungsso estão sentados - E eu por motivo desconhecido acabei passando mal, ele acabou percebendo e veio me aparar

- Ok, uma boa ação - Baekhyun comenta - Mas isso foi motivo para está apaixonado?

- Continuando - digo - Ele me perguntou se eu estava bem e eu apenas disse para buscar água, ele foi e em todo momento foi prestativo, não apenas prestativo como carinhoso e jeito. Ele é lindo, seu sorriso é tão radiante, suas covinhas são tão sexy

- Eu vi algo parecido num livro de romance barato que minha mãe compra na livraria - Kyungsso ri

- Você pegou pelo menos o número dele? - Baekhyun me pergunta

- Não, a gente tava conversando e do nada ele precisou ir - falo abaixando a cabeça - Apenas sei seu nome

- Impossível - Kyungsso ri - Se apaixonar por uma pessoa apenas conversando com ela por sei lá, 5 minutos?

- Pelo menos eu sei que ele trabalha aqui, ele é segurança - digo

- Mas geralmente seguranças não vem de empresas terceirizadas? - Minseok pergunta

- Verdade - Baekhyun consta

- É, acho que eu nunca mais vou encontrar ele na vida - falo

- Vamos dá um jeito, ok? - Baekhyun me anima - Mas vamos embora que já está ficando tarde

Enquanto caminhava de volta para casa, me perguntei se não estava ficando louco. Afinal, não havia muitas explicações para isso, eu não tiro seu sorriso da cabeça, não tiro a forma como ele se preocupou comigo. Talvez seria por que ninguém nunca falou comigo dessa forma? Ou talvez  por que ninguém nunca se aproximou tanto assim de mim?

- Pra onde você tá indo? - Baekhyun me pergunta

- Pra minha casa ué - digo

- Já estamos na sua casa - Minseok fala

- Já? - questiono observando a rua - Ah é

Meus amigos riem de mim, e depois de um tempo conversando eles vão embora, fico um pouco do lado observando a rua. Estava tudo uma confusão na minha cabeça, os estudos, a formatura, universidade e estágio, e agora o Yixing. Me sinto um pouco cansado, como se tivesse necessitando um pouco de fugir da realidade

- Junmyeon? - minha mãe me chama da janela - Chegou agora?

- Sim mãe - digo sorrindo - Já estou entrando

Estava começando a chover, então entro para dentro.

- Que cheirinho bom é esse? - pergunto entrando na cozinha

- Estou tentando fazer uma torta - Minha mãe responde

- Parece está boa - o cheiro estava realmente bom

- Espero que esteja mesmo - Minha mãe ri - E como foi no parque de diversões?

- Foi bom - digo me sentando na mesa - Mãe, como você conheceu o papai?

- Seu pai? - ela me pergunta - Conheci ele quando viajei para macau, ele era tão elegante. Não demorou muito para me encantar por ele.

- E como você soube que era amor? - questiono

- Ah meu filho - ela exclama - Eu não soube, eu apenas senti. Para falar a verdade é difícil saber realmente, você sente como se ele fosse a pessoa que faz total sentido a sua existência

- Você sente falta do papai? - pergunto

- Não - minha mãe diz - Casamentos com o tempo acaba

- Me desculpe por perguntar - Minha mãe e meu pai foram casados por 15 anos, infelizmente eles se divorciaram

- Tudo bem - ela sorri - agora vá tomar um banho para que provar a torta

- Já estou indo - digo saindo da cozinha

No banho penso sobre o divórcio da minha mãe, foi difícil. Ver meu pai indo embora foi doloroso, minha mãe por dias chorou trancada dentro do quarto, e eu me senti inútil por não ter como ajudar, com o tempo ela foi melhorando e aceitando o término, e eu apenas tentava ignorar o fato que meu pai resolveu me abandonar

Após o banho, volto para cozinha onde minha mãe tirava do forno a torta

- A aparência é agradável - elogio

- Veremos se o sabor também - ela corta uma fatia, colocando em um prato e me entregando - Coma e me diga o que achou

Com o garfo, tiro um pequeno pedaço e provo

- Hmmm, está excelente - realmente era uma das melhores tortas que provei

- Preciso contar para sua vó que a receita deu certo - Minha mãe sorri e sai da sala

Termino de comer a torta e vou para meu quarto, abro o computador no intuito de fazer uma pesquisa. E dessa vez não será nada sobre estudos

- Eu te encontrarei, Yixing - Digo digitando seu nome na barra de pesquisa


Notas Finais


espero que o jun consiga encontrar algo sobre o yixing na internet


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...