História For You - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Anime, Jiraiya, Jiratsu, Jiratsuna, Kakashi, Mangá, Naruhina, Naruto, Sakura, Sasuke, Shizune, Tsunade
Visualizações 215
Palavras 2.020
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esse cap tem surpresinha !!!!

Capítulo 6 - Sentimentos revelados


Fanfic / Fanfiction For You - Capítulo 6 - Sentimentos revelados

Tsunade acordou com um pouco de ressaca, por causa da noite anterior. A Hokage tinha lembranças borradas em sua mente, mas se lembrava bem de Jiraiya cuidando dela e a ajudando chegar na sua cabana.

Tsunade toda vez que estava com Jiraiya se sentia estranha. Deve ser pelo fato de a Hokage possuir sentimentos fortes por Jiraiya, mas também havia medo nela, ela não queria sofrer de novo como sofreu com a morte do seu antigo amor... Dan. Por isso Tsunade achou melhor esconder esse sentimento que sentia por Jiraiya. Será que ela iria conseguir esconder ?

"Dan, sei que prometi que nunca iria amar outro alguém além de você, mas... Não sei se vou conseguir manter minha promessa."

Tsunade se levantou e lavou seu rosto antes de ir para o seu novo escritório. A Hokage teve um dia bem estressante. Konohamaru enchia o saco de Tsunade, pedindo para a Godaime permiti-lo participar da guerra. Tsunade como sempre, deu uma surra no garoto, fazendo Konohamaru não a incomodar mais.

- Vejo que tem um novo escritório. - Disse Jiraiya entrando de surpresa no local, fazendo Tsunade dar um pulinho de susto.

- Ji-Jiraiya ! Porquê não esta usando sua capa ? E se alguém te ver... ?

- Eu estive pensando e... - Falou Jiraiya interrompendo Tsunade. - Cheguei a conclusão que já deu da hora de me esconder. Naruto pelo que ouço dele, aprendeu a controlar a Kyuubi e se tornou um grande ninja, sem precisar de mim.

- Então isso quer dizer...

- Que vou procurar por Naruto e me revelar pra ele.

Tsunade ficou feliz por dentro. Queria abraçar Jiraiya mas manteu a postura. Apenas ficou com um sorriso no rosto.

- Fico feliz que chegou a essa conclusão. - Disse Tsunade se levantando e saindo do escritório.

- Onde vai ? - Perguntou Jiraiya.

- Tenho uma reunião agora.

- É sobre a guerra ? Ouvi alguns ninjas comentarem sobre isso.

Tsunade olhou para o Sannin.

- É sim. Quero que você me encontre no hospital a tarde, para a cirurgia. E traga o seu braço.

- Certo.

Tsuande saiu e Jiraiya foi dar uma volta por Konoha, á procura de Naruto. Alguns aldeões ficaram de queixo caído ao ver o Sannin vivo e andando pela vila, alguns o comprimentaram e outros ainda estavam chocados ao ver Jiraiya.

Jiraiya não encontrava Naruto em lugar algum, foi então que viu Iruka comendo no Ramen Ichiruka e decidiu perguntar para o antigo sensei de Naruto.

- Olá, Iruka. - Comprimentou Jiraiya.

Iruka ao ver o Sannin se engasgou com o Ramen.

- JIRAIYA-SAMA ?! - Gritou Iruka tossindo horrores.

- Opaaa, calma ! Vai devagar. - Riu-se Jiraiya dando tapinhas nas costas de Iruka.

- Eu não posso acreditar que esta vivo !

- Se você ainda não acredita, então imagina eu como me sinto em relação á isso. - Jiraiya se sentou ao lado de Iruka. O sensei ainda estava em dúvidas se aquele era realmente Jiraiya ou um espírito do tal.

- Como sobreviveu ? - Perguntou Iruka logo após que parou de tossir.

- Shima invocou o "Sapo Cabeça" para me resgatar antes que eu afundasse no oceano. Foi graças á ela que estou vivo. - Contou Jiraiya. - Mas vamos direto ao assunto. Você viu o Naruto ?

- Infezlimente não. Ele sumiu de repente. Com certeza está se escondendo dos fãs.

- Ah sim, fiquei sabendo que Naruto se tornou o herói de Konoha. Fico feliz por ele.

- Todos nós estamos. Naruto finalmente foi reconhecido por todos que o julgavam. Você tinha que ter visto a luta dele, Jiraiya-sama...

Iruka contou tudo desde o começo para Jiraiya, que prestava total atenção no sensei. Iruka contou sobre Pain, a evolução de Naruto e também comentou sobre como Naruto havia ficado depressivo quando soube da "morte" de Jiraiya.

- Como ele reagiu ? - Perguntou Jiraiya um pouco culpado.

- Ele ficou realmente mal. Eu até tinha o convidado para comer Ramen, mas ele recusou. Mais tarde naquela noite encontrei ele sentando num banco com dois picolés nas mãos e chorando... - Contou Iruka. Jiraiya sentiu uma dor no peito ao ouvir aquela parte da história. 

- Não acredito que fiz o pirralho passar por todo isso. Sempre tentei trata-lo como um filho, mas eu só fazia ele me odiar. - Lamentou Jiraiya.

- Te odiar ? - Iruka deu uma risada. - Jiraiya-sama, você não faz a mínima idéia do que Naruto me disse naquela noite. - Iruka se lembrou do momento que teve com Naruto naquela noite. Jiraiya focou sua concentração em Iruka, querendo saber o resto da história. - Jiraiya-sama... Naruto me disse que desejava que você continuasse cuidando dele. Ele via em você um pai que ele nunca teve, e mesmo ele não demonstrando isso, ele sempre te olhava como um pai. - Revelou Iruka. Jiraiya sentiu seus olhos lacrimejarem. - Naruto realmente te adimirava muito, e te achava um grande ninja. Ele tem orgulho de você, Jiraiya-sama.

Jiraiya não suportando mais, deixou as lágrimas caírem de seus olhos. O Sannin também tinha um grande laço com Naruto.

- Esta bem, Jiraiya-sama ? - Perguntou Iruka colocando sua mão no ombro de Jiraiya.

- Estou, é que eu nunca imaginei que Naruto pudesse me ver como um pai. - Respondeu Jiraiya limpando as lágrimas de seu rosto. - Eu quero muito vê-lo, Iruka. Quero voltar a protege-lo.

- E você vai. Tenho certeza que em breve irá encontrar Naruto.

Jiraiya concordou com a cabeça. Iruka se despediu de Jiraiya e voltou para a academia ninja para dar aulas, e Jiraiya mandou uma mensagem para Fukasaku para trazer seu braço, que estava em conserva para não apodrecer.

Tsunade saiu de sua reunião muito preocupada. Saber que Uchiha Madara estava por trás de tudo aquilo fazia com que Tsunade ficasse com os cabelos em pé. Uchiha Madara foi um ninja muito poderoso e o único que pode dete-lo foi o avô da Godaime, Senju Hashirama, O primeiro Hokage.

Tsunade chegou no hospital para começar a cirurgia de Jiraiya. O Sannin estava deitado na maca enquanto Tsunade passava um líquido no ombro esquerdo de Jiraiya, onde o braço foi arrancado.

- Irei alerta-lo que, vai doer um pouco. Acha que pode dar conta ? - Perguntou Tsunade arrancando uma risada do Sannin.

- Qual é ?! Eu sou Jiraiya, o ninja destemido. Um Sannin Lendário. Um grande ninja de Konoha, e um charmoso... AAAIII ! - Jiraiya deu um grito de dor quando Tsunade encaixou o braço de Jiriaya em seu ombro usando sua força bruta. Com certeza Tsunade havia feito aquilo de propósito.

- Desculpa, o que você estava dizendo ? - Perguntou Tsunade num tom de irônia.

- Você não tem jeito mesmo. 

"Eu avisei que não iria deixar você dar uma de maneirão." Tsunade soltou um risinho e voltou sua concentração na cirurgia. A médica-ninja fez um jutsu que havia praticado para o procedimento de Jiraiya e uma luz verde brilhava nas mãos de Tsunade.

Jiraiya sentia um pouco de dor, mas não demonstrava. Logo ele relaxava quando sentia as mãos delicadas de Tsunade tocarem seu ombro. A Hokage fazia tudo com total cuidado. Longas duas horas se passaram e Tsunade deu um suspiro de alívio ao terminar a cirurgia.

- Acabei, pode se levantar, mas com cuidado. - Falou Tsunade pegando os panos de sangue e guardando-os num pote.

- Eu nem sei como lhe agradecer. - Disse Jiraiya.

- Você estando bem já é um agradecimento. - Tsunade pegou uma caixa de pílulas. - Tome essas pílulas duas vezes ao dia. Você deve estar sentindo o seu braço dormente mas isso é normal, daqui á algumas horas você vai poder mover ele. - Explicou Tsunade.

Jiraiya guardou as pílulas no bolso de sua calça e vestiu sua blusa.

- Tsunade, sobre a guerra...

- O que têm a guerra ? - Perguntou Tsunade terminando de arrumar a mesa de cirurgia.

- Eu quero participar. Quero ajudar em algum batalhão...

- Você não vai pra guerra ! - Falou Tsunade quase de imediato.

- O quê ?! Porquê não ? 

- Eu sou a Hokage, e quando digo não, é NÃO! - Exclamou Tsunade.

- Mas eu quero ajudar... ! - Retrucou Jiraiya.

- Mas você não vai !

- Porquê ?!

- PORQUÊ EU DISSE QUE NÃO !

- ISSO NÃO É RESPOSTA ! - Gritou Jiraiya, o Sannin também já estava perdendo a paciência. - EU QUERO QUE VOCÊ ME DIGA O PORQUÊ DE VOCÊ NÃO QUERER QUE EU VÁ !

- PORQUÊ EU NÃO QUERO TE PERDER DE NOVO, SEU BAKA ! - Urrou Tsunade batendo na mesa a quebrando no meio. Jiraiya ficou mudo ao ouvir a resposta de Tsunade. Ele não sabia o que fazer. Tsunade estava de costas para o Sannin com os punhos serrados e lágrimas nos olhos. - Eu não quero te perder de novo. - Repetiu Tsunade num sussurro.

Jiraiya andou em passos vagarosos até a Hokage, até estar a poucos centímetros dela. Tsunade ao sentir a aproximação do corpo do Sannin se virou de frente para ele o encarando.

Jiraiya passou seus dedos delicadamente no rosto de Tsunade limpando suas lágrimas, e a Hokage fechou os olhos ao sentir seu toque. 

Num impulso e sem pensar duas vezes, Tsunade beijou Jiraiya, pegando o Sannin de surpresa. Jiraiya ficou com os olhos arregalados ao sentir os lábios de Tsunade nos seus, era difícil de acreditar que era a própria Hokage o beijando.

Jiraiya correspondeu o beijo de Tsunade, e aprofundou mais sua boca na dela. O Sannin apertou a cintura de Tsunade fazendo-a arfar em seus lábios.

A Hokage passou seus braços em volta do pescoço de Jiraiya o trazendo mais para perto de sí. O Sannin conduziu Tsunade até a maca e a sentou sem parar de beija-la. A Godaime abriu suas pernas para que Jiraiya ficasse entre elas e o Sannin apertou a coxa da Hokage. Tsunade apertou forte suas pernas no quadril de Jiraiya o trazendo para mais perto. Jiraiya beijava o pescoço de Tsunade a fazendo dar vários suspiros.

Tsunade estava ficando exitada. Tinha até esquecido de como era beijar e trocar carícias. A última vez que fez isso foi quando era adolescente e estava namorando com Dan. "Dan !", pensou Tsunade. A Godaime empurrou Jiraiya o afastando dela. Os dois estavam ofegantes e querendo mais daquilo, mas Tsunade saiu correndo do local.

- Tsunade, espere ! - Chamou Jiraiya

- Desculpa ! Isso nunca devia ter acontecido !

- Tsunade !

A Hokage nem ouviu Jiraiya, ja tinha ido embora do lugar.

Jiraiya sentou na maca e passou seus dedos em seus lábios, sentindo ainda o gosto de Tsunade. "Ela me beijou ! Foi ela, não eu que começou. Foi ela."

Tsunade correu até sua cabana ignorando Shizune e se trancou no quarto. A Hokage se jogou na cama e caiu no choro. Ela se sentia culpada por ter traído Dan. Ela fez uma promessa e a quebrou.

- Dan, me perdoe. Me perdoe. Me perdoe. Me perdoe... - Dizia Tsunade pro além, como se Dan estivesse ali.

No dia seguinte, Tsunade fazia de tudo para evitar Jiriaya, enquanto o Sannin fazia de tudo para encontra-la. Tsunade até usou o jutsu de Transformação para despistar Jiraiya algumas vezes.

No escritório, Tsunade se escondeu em baixo da mesa quando ouviu batidas na porta, pelo toque sabia que era Jiraiya.

Shizune ajudava Tsunade a se esconder de Jiraiya, mas Shizune desconfiava que algo havia acontecido com os dois.

Tsunade não queria contar nada para Shizune, pois ela era sobrinha de Dan, e se Shizune soubesse do beijo iria achar que Tsunade não se importava mais com Dan.

Quando a noite caiu Tsunade voltou pra sua cabana. Shizune não havia voltado ainda, então a Hokage iria aproveitar um tempo pra ficar sozinha.

Tsunade entrou em seu quarto e algo a prendeu na parede e tapou sua boca, abafando o grito de Tsunade. A Hokage ficou nervosa ao ver que era Jiraiya que estava ali.

- Temos que conversar.


Notas Finais


Minha fanfic é tipo novela, sempre acaba na melhor parte Heheheheh


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...