História Get free - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Castiel, Lynn, Lysandre, Rosalya
Tags Amor Doce, Amor Doce University Life, Castiel, Drama, Harem, Hentai, Lysandre, Romance, Yaoi
Visualizações 51
Palavras 718
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - Castiel - Você é perfeita, Sophie Lynn.


Fanfic / Fanfiction Get free - Capítulo 13 - Castiel - Você é perfeita, Sophie Lynn.

 

Vê-la tragando a fumaça que sai da minha boca foi extremamente sexy e inesperado. Eu nunca fiz aquilo antes; na hora parecia a coisa certa. Sophie parecia surpresa também, mas consigo ver a luxúria em seus olhos.

- Você é perfeita, Sophie Lynn. - As palavras simplesmente escapam da minha boca, sem que eu perceba. E pela primeira vez vejo-a corar em minha frente. Nem mesmo quando perguntei a Sophie se ela estava usando calcinha, numa tentativa de deixá-la tímida, ela corou.

Em seguida, ela já está sorrindo com malícia novamente e sinto suas mãos delicadas acariciando meu abdômem. Meu pau endurece com seu toque; sinto-a esfregando sua boceta nele, enquanto me beija delicadamente. Sophie sai de cima de mim e fica entre minhas pernas; solto um gemido, entendendo sua intenção.

Ela lambe lentamente a cabeça do meu pau enquanto faz movimentos de vai e vem com as mãos. Eu poderia gozar só com essa imagem de seu rostinho delicado ao lado do meu membro enrijecido. Começa a me chupar e eu enfio meus dedos entre seus cabelos, pra olhar em seus olhos enquanto ela me engole.

- Caralho, Sophie... Umm... - Ela me enfia até a garganta e vejo seus olhos cheios de lágrimas. Me sinto na porra do paraíso com essa visão. Sua boca é quase tão gostosa e molhada quanto sua boceta.

Ela aumenta a velocidade dos movimentos, babando ainda mais no meu pau... 

- Linda, eu vou gozar... Humm.... Se você não quiser engolir... - Ela me ignora e continua me sugando com força, até que explodo em sua boca. Sophie engole tudo e se levanta; eu a puxo, enxugo o canto de seus olhos e a beijo. 

Ela se levanta e para nos pés da cama. Fico observando sua tatuagem na lateral da coxa, que vai até uma parte da cintura... É incrível... Caralho, eu poderia facilmente me apaixonar por essa garota. 

- Eu preciso de um banho, quer vir?

- Claro...

- Vou encher a banheira.

Ela me deixa sozinho; aproveito pra colocar a merda da minha cabeça de volta no lugar. Desde que encontrei Sophie no Snake Room, sempre me pego pensando nela, involuntariamente.

No colégio tinha uma queda por ela, com seu jeitinho tímido e delicado, mas era algo normal que se dissipou quando Lysandre e ela começaram a namorar. O problema é que a Lynn que eu encontrei no bar não tinha nada a ver com a garotinha tímida do passado. O caralho que tinha. A desgraçada se tornou um mulherão - e não me refiro somente ao corpo. O seu modo de agir e falar emanam liberdade, confiança...

- Ei! Não tá me ouvindo? O banho está pronto. - Coloca a cabeça pra fora do banheiro.

- Já vou, gata.

Me sento atrás de Sophie, que se encosta em meu peito. Espalho sabão líquido em um esponja e começo a passar por seu pecoço e ombros, descendo para seus braços. 

- Cass, não precisa...

- Shhh! - Passo a esponja  por suas pernas, lentamente, então ela se vira de frente pra mim e começa a me esfregar com cuidado. Fecho os olhos e a sinto deslizar por todo meu abdômen, braços e pernas. Sophie passa as mãos ensaboadas pelos meus cabelos, suavemente.

O gesto me atinge mais do que deveria... Nunca ninguém me tratou com esse cuidado e ternura antes. Puxo-a pra perto, encostando nossas testas.

- Senta de costas pra mim, Sophie. - Ela sorri e obedece. Começo a masturbá-la enquanto beijo seu pescoço e mordisco sua orelha. Sinto seu corpo se contorcendo e vou aumentando a intensidade dos movimentos, apertando seus mamilos com a outra mão. Seus gemidinhos finos são a minha perdição; aperto seu corpo macio contra o meu enquanto a masturbo. Ela crava suas unhas em minha coxa e tem um orgasmo gritando meu nome novamente.

Seu corpo relaxa, ofegante.

- Você me fodeu tão bem que eu quase disse "eu te amo". 

- De nada, gatinha. - Começo a rir, beijando seu rosto. - Agora vem, a gente precisa dormir.

-Uhum... - Nos enxugamos e vamos até a cama; puxo Sophie e a mantenho em meus braços até ela cair no sono. 

Que merda eu to fazendo, olhando igual um bobo pra essa garota linda dormindo? Eu também não tenho uma fodida ideia.
 


Notas Finais


por hoje chega euahaeue


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...