1. Spirit Fanfics >
  2. Ghost Love >
  3. Ghost Love

História Ghost Love - Capítulo 322


Escrita por:


Capítulo 322 - Ghost Love


Fanfic / Fanfiction Ghost Love - Capítulo 322 - Ghost Love

Acho que foi o destino, que fez aquela fantasma vir até mim, ela me deu a maior oportunidade da minha vida, e me mostrar o que eu estava perdendo.


...


Danny abriu seu armário para organizar suas coisas, ao abrir um aperto em seu coração ele sentiu ao olhar para dentro, ele se lembrou que pediu a Desiree para apagar tudo sobre ele e Paulina juntos exceto o que estava em seu armário na escola, realmente foi tudo o que sobrou, ali na parede do armário colado com fita bem ao centro estava uma das primeiras fotos que ele Paulina tiraram juntos, a única que sobrou, a última lembrança física de seu amor fantasma, porque agora esse amor era apenas isso, Invisível e impossível, ele ficou um tempo olhando, relembrando tudo o que passaram juntos, era óbvio que ele amava a Sam, mas não podia negar como sentia saudade, antes tantas promessas de um amor eterno, hoje nem vestígios restaram.

-Danny anda logo ou vamos nos atrasar, a aula já está começando.

-Ah claro... Vamos.

Ele pegou suas coisas e organizou, trancou o armário e se foi com Tucker e Sam para a sala, a foto ficou ali mesmo onde estava, ele não tinha certeza se ia a tirar dali, destruí-la estava fora de questão já que ele pediu a Desiree que mantesse, era agora sua eterna lembrança.

Ao chegarem na sala eles quase tem um infarto quando vêem que as classes haviam se unido novamente, agora Dash, Kwan e alguns atletas assim como Paulina, Star e algumas garotas estavam agora na mesma sala deles.

-Isso só pode ser um pesadelo.

-Danny, to sentindo uma dor no peito, acho que vou morrer agora.

-Você não é o único Tucker.

-Para os seus lugares todos. Diz o senhor Lancer entrando na sala, Danny, Sam e Tucker pegaram seus lugares um pouco mais na frente e distantes dos grupinhos.

-Não acredito que agora eu to na sala do Fenton perdedor e da namoradinha dele, mais que saco.

-Relaxa Dash, pensa pelo lado bom, vamos poder zuar eles o dia inteiro agora.

-Boa Kwan, hahaha, talvez não seja tão ruim assim.

-Bom dias meus caros pupilos, aqui estamos todos nós no primeiro dia de aula, quero ver muita animação, tenho certeza que estão todos renovados e prontos para mais um ano escolar muito agitado e extremamente animado.

-Sai dessa...

No decorrer da aula Danny as vezes dava pequenas olhadas rapidas em Paulina, ela estava linda demais, extremamente chamativa, Danny não conseguia evitar de olhar e lembrar todos os incríveis momentos que passou com ela, inclusive os sexos selvagens e intensos que eles faziam, e pensar que agora ela nem se quer se lembra de nem um segundo de nada daquilo.

-Star você viu por ae o garoto fantasma?

-Que nada amiga ele continua sumido.

-Puxa que saudade dele, quem me dera poder namorar aquele garoto meu Deus!! Eu ia acabar com ele na cama, hahaha.

-Que isso Paulina, hahaha.

Danny ouvia tudo em silêncio enquanto sorria de leve, Sam estava distraída desenhando morcegos no caderno, Tucker estava um pouco perdido tentando entender alguns cálculos da tarefa que havia sido passada, mas Danny continuava tentando ouvir a conversa das garotas.

-Puxa amiga, eu ia vir com aquela blusinha do garoto fantasma que eu te falei, mas fiquei com dó de usar aqui, acho melhor em ocasiões especiais ou fora daqui né porque se não tem muito olho gordo invejoso.

-Mandou bem Star, logo eu vou ter a minha.

Dash estava dormindo na cadeira enquanto Kwan fazia bolinhas de papel e ficava jogando nos alunos sentados mais a frente, enquanto Star e Paulina conversavam elas retocavam sua maquiagem com batom e lápis de olho.

-Sério amiga o que você faria se namorasse o garoto fantasma? Tirando o sexo.

-Ah eu ia fazer tudo o que ele quisesse, tenho certeza que ele me levaria a jantares românticos ou piqueniques, que ia me ver todos os dias, ser extremamente fiel, me daria flores e seria muito romântico, a gente ia ser o casal mais lindo do mundo!! Hahaha.

-Puxa vida... Mesmo sem memórias ela parece me conhecer muito bem... É como se tivesse sobrado algo lá no fundo.

-E você faria o que?

-Acho que eu seria 100% submissa a ele, faria o que ele quissese, de todos os jeitos, só de ter ele pra mim já seria um grande troféu.

-Uau mais que frieza Star.

-Hahaha, eu não sei, mas eu curtiria muito.

-Eu poderia ter tirado vantagem disso, hahaha. Pensa Danny consigo mesmo.

No intervalo todos os alunos são dispensados, não teria mais aula naquele dia, o motivo era que um enorme asteroide estava vindo em direçãoa terra, estava em todos os jornais, os professores tentaram explicar isso para os alunos da melhor forma possível para não haver pânico, todos estavam indo para suas casas agora.

-Meu Deus, será que vamos sobreviver Paulina?

-O garoto fantasma vai nos salvar, eu confio nele, eu tenho fé nele, ele vai salvar a todos nós. Diz Paulina a Star pegando suas coisas no armário, Danny ao lado em seu armário ouviu tudo.

-Rápido Danny vamos logo.

-Já estou indo Sam.

Danny, Tucker e Sam andaram rapidamente para casa, as ruas estavam com um certo caos, todos estavam desesperados conversando e comentando, Danny queria chegar logo em casa para se informar melhor.

Chegando ao bairro eles se despediram e cada um foi para a sua casa, antes de ir Sam agarrou Danny e o beijou lentamente.

-Danny, não faz nenhuma besteira tabom? Eu sei o que você quer fazer.

-Sam... Eu não vou deixar o mundo acabar.

-Só... Volte pra mim...

Após outro beijo ele correu para casa, Jazz já estava lá com Jack e Maddie na sala.

-Ah Danny chegou bem na hora, olha isso, está em todos os noticiários.

Na tv estava o repórter Lance Thunder falando sobre o grande asteróide que estava vindo para terra, ele parecia ser originário dos anéis de Saturno, era extremamente grande quase do tamanho do planeta, se colidisse com a terra ela seria totalmente destruída e seria o fim da raça humana, a NASA já estava tentando tomar medidas para lançar uma bomba poderosa contra o asteróide para tentar destruí-lo e dissipar seus escombros antes de virem a terra, só havia mais 2 dias até o impacto, tudo estava sendo feito as pressas financiado por todos os governos do mundo.

-Meu Deus!! O mundo vai acabar!?

-Calma Jazz, fica calma, vai dar tudo certo, eles vão conseguir lançar essa bomba e fim de papo.

-Tem razão Maddie, vai dar tudo certo, temos que pensar positivo.

-Ah não...

-É melhor falarmos com o Vlad sobre isso, será que ele e o garoto fantasma não podem ajudar?

Na casa de Paulina ela já havia visto na tv várias materias falando da vinda do asteroide em detalhes.

-Por favor garoto fantasma, salve a gente, eu sei que você consegue, nos salve meu amor, meu amor fantasma.

Danny estava agora em seu quarto olhando para o céu na janela extremamente pensativo e preucupado, a simulação da destruição da terra computadorizada que havia passado no noticiário era realmente precisa e assutadora, o que fazer agora?

Na prefeitura Vlad sozinho em sua sala se transforma e intangível sai pelo teto a toda velocidade em direção ao céus.

-Acho que é hora de por a segunda fase do plano em ação. Diz o observador sozinho no espaço observando a terra de cima.

Nas ruas em todos os cantos do mundo as pessoas começavam a ficar desesperadas, estava começando a ficar difícil manter a ordem.

-Se eles não conseguirem para-lo, eu o farei, de algum jeito eu o farei. Diz Danny a si mesmo sozinho em seu quarto.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...