1. Spirit Fanfics >
  2. Grávida de Uma Completa Estranha >
  3. 40 - Segunda Temporada

História Grávida de Uma Completa Estranha - Capítulo 79


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii Boa noite, pessoinhas.

Capítulo 79 - 40 - Segunda Temporada


Camila foi abrindo os olhos devagar ao sentir uma pequena mãozinha acariciar seu rosto, agarrou e beijou-a em seguida. Escutou uma risadinha gostosa e assim que os abriu por completo, viu Ally sentadinha na cama, fazendo carinho nela. Camila puxou a pequenina para seu colo, cheirou o cabelinho da filha e suspirou. Ally deitou a cabeça nos seios de sua mami, sentindo o carinho que ela fazia. A latina sabia que Allyson estava sentindo falta da mamain, e isso lhe partia o coração, Lauren e a bebê são tão apegadas e tão parecidas.

Nos minutos seguintes Laura depois de bater na porta adentrou no quarto, com Zoe e Rhavi nos braços e deitou os dois na cama, o pequeno com os lindos olhinhos esverdeados, olhava o quarto curioso, concentrado no bico de borracha que puxava entre os lábios, o saboreando. Já Zoe brincava com os pézinhos soltando alguns gritos animada. Laura assim como todos os outros sabiam que só aquelas crianças eram capazes de arrancar um sorriso mínimo que fosse de Camila, ela saiu deixando-os a sós.

E Camila acabou sorrindo mesmo, deitou Ally perto dos irmãos e fez o mesmo, abraçando os três, doía pensar nessa possibilidade, mas talvez dali para frente seriam apenas os quatro e o vazio imenso que formou-se em seu coração jamais seria ocupado, era de Lauren e será para todo o sempre.


                                         (...)

– Deus! — Ninel suspirou sentando no sofá. – Quando Berta me ligou eu não acreditei.

– Eu também não — Admitiu Belinda. – Isso é uma loucura, fiquei assustada quando deu no noticiário o acidente. — Sentou ao lado dela.

– Em pensar que é tudo por causa do miserável do Franco, e por minha culpa, por ter me envolvido com um bandido e posto a vida da minha rainha em perigo.

– Mas você não sabia e... — Parou ao sentir um forte enjoô. Belinda fechou os olhos respirando fundo.

– Que foi? Está tudo bem? — Ninel se preocupou tocando o braço dela.

– Não comi quase nada hoje, acordei muito enjoada.

– Tem que se alimentar bem, por você e seu filho — Bel assentiu ainda de olhos fechados. – Bertaaa!!

– Sim senhora. — Veio logo em seguida.

– Prepare alguma coisa para ela comer — A mulher assentiu. – Aproveita e leva para a Mila também.

– Claro, com licença.

– Bom, vou ligar para o meu empresário, não  tenho condições de continuar com a turnê, não vou conseguir estar totalmente entregue no palco com tudo isso acontecendo aqui — Levantou. – Se quiser descansar querida, use um dos quartos de hospedes, sinta-se em casa.

– Obrigada. — A olhou e sorriu fraco.

– Só fique bem. — Piscou já saindo. Bel suspirou acariciando a barriga.

– Hey bebê, hoje você está agitado hein... Nem deixou a mamãe comer direito.

Levantou a blusa e voltou a sorrir ao perceber que já se notava uma gravidez ali. Não era muita coisa, mas para ela significava muito, já se sentia anciosa para ver a barriga crescer, tanto Bel quanto Poncho, que todo dia ao amanhecer paparica e conversa com a barriga da esposa. Ele tem a total certeza de que vai ser um menino, já Belinda pensa ao contrário quer que seja uma garotinha. Alfonso torceu o bico contrariado, lembrou de quando Demi entrou na fase adolescente, sofria com ciúme da irmã. Comentou isso com a esposa que só fez rir com a irritação do marido.

                                            (...)

Shawn e Jacob conversavam bem entertidos sobre o que fazer com a empresa, já que ela dá lucro, claro, mas a verdade é que serviu de faixada esse tempo todo. Enquanto estavam se preparando, e sempre se mantinham bem informados de todos os movimentos da máfia criada por Franco. Tudo por fim teria um basta.

Dias se passaram, Lauren ainda continuava na mesma. Isso já estava preocupando o médico.

– E aí Laur — Disse Shawn ao se aproximar da cama. – Vim te dá uma ótima notícia, eu sei que de alguma maneira você deve estar me olvindo, então quero que saiba que já pegamos o Felix e Normani.

Assim que fala isso, nos minutos seguintes Shawn percebe o aparelho que monitora os batimentos cardíacos dá um bipe alto, o olhou assustado e quando olhou-a outra vez, percebeu o peito de Lauren subi de repente e ela abrir os olhos em seguida. Inalando o ar rapidamente, uma, duas, três vezes até normalizá-la.  Observou o teto por alguns segundos fixamente, até notar a presença de Shawn ali no quarto.

– Onde eu estou? — Tentou mexer o braço e acabou gemendo de dor.

– Lembra do que houve? — Lauren franziu a testa, parecia pensar um pouco para então confirmar.

– Estava dirigindo, e um carro bateu no meu de repente.

– Justamente, foi o Felix. Mas não se preocupe já o pegamos, ele e Normani.

– E o maldito do Austin? — Tencionou a mandíbula ao lembrar dele.

– Ainda não tivemos notícias, mas vamos encontrá-lo.

– Cadê a minha mulher Shawn? Onde está a Camila? — Ele suspirou. – O que aconteceu Shawn? Não me diz que...

– Hey calma — A interrompeu. – Camila está bem, tanto ela quanto meus sobrinhos, não precisa se preocupar, a não ser pelo fato que... — Meneou com a cabeça.

– Pelo fato de quê?

– Para todos os efeitos você está desaparecida, morta... — Sussurrou a última palavra, mas Lauren escutou.

– Morta? — O encarou.

– Sim, mas foi necessário Lauren. Se todos soubessem que você estava viva com toda certeza tentariam te matar outra vez. Preferimos preservar a sua vida, você sabe que ainda temos muito o que fazer.

– É... — Suspirou. – Sei sim, quero melhorar, acertar tudo logo e voltar para minha casa, minha esposa e minhas crianças. Mas primeiro temos contas a acertar.


Notas Finais


Postarei outro a seguir.😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...