1. Spirit Fanfics >
  2. He Took me To the Sky >
  3. The prince

História He Took me To the Sky - Capítulo 3


Escrita por: e swnxy


Capítulo 3 - The prince


Fanfic / Fanfiction He Took me To the Sky - Capítulo 3 - The prince

Kim Namjoon

— O que aconteceu Yoongi? — Jungkook pergunta e Yoongi fecha ainda mais sua cara.

— O aluno novo aconteceu, ele é um babaca!

— Ele te fez alguma coisa?

— Ele praticamente me expulsou da biblioteca, porque queria fugir dos alunos que estavam o seguindo, e ele foi completamente rude!

— Você quer que eu mate ele? Eu comprei uma tesoura com ponta ontem! — Jungkook fica extremamente animado.

— Jungkook, por favor, sem matar ninguém. — Falo calmamente e sua expressão fecha.

— Chato. — Ele se emburra e cruza os braços.

— Eu não sou a favor da violência, mas acho que esse riquinho metido a besta precisa de um cuecão. — Yoongi fala e Jungkook rapidamente concorda.

— Yoongi, não é necessário, ok? Ele só deve estar meio confuso, afinal, ninguém foi bem receptivo com ele.

— Se ele tivesse sido um pouco mais simpático, ajudaria.

— Não vamos julgar ele antes de termos o conhecido direito, ainda não sabemos pelas coisas que ele passou, vamos dar uma chance.

— Fale por você, eu não quero ver ele na minha frente nunca mais. 

— Talvez o Namjoon esteja certo, Yoongs, vamos dar uma chance pro guri. — Jungkook fala e Yoongi revira os olhos.

— Eu só dou uma chance se ele pedir desculpa!

— Então, Jungkook e eu daremos uma chance para ele, você irá perder a chance de conhecer uma pessoa incrível. — Eu digo e Yoongi fica vermelho, o que acontece quando ele fica extremamente irritado.

— Eu odeio quando você consegue me convencer! — Ele bufa e eu sorrio, vitorioso por conseguir novamente convencer Yoongi.

— Se vocês não se importam, gostaria de falar com ele primeiro, para ter certeza de que ele já se acalmou. — Falo e os dois concordam.

Me levanto e aceno para eles, logo indo até a velha biblioteca. Vejo que a porta está fechada, então respiro fundo, criando coragem para a abrir, mas o aluno novo faz isto antes de mim.

— O que você quer aqui? — Ele diz, parecendo estar bem irritado. — Eu quero ficar sozinho!

— Ei amigo, calma, eu vim em missão de paz, não sou como aqueles outros adolescentes, eu apenas quero conversar com você. — Falo calmante e sua expressão suaviza.

O aluno novo dá espaço para que eu entre na biblioteca, então eu entro e ele puxa uma cadeira para mim.

— Se sente, por favor. 

O obedeço e ele dá um sorriso simpático, bem diferente da carranca que eu vi quando ele abriu a porta.

Ele pega uma cadeira que estava mais afastada e põe em frente a minha.

— Me desculpe por ter sido rude, eu estou realmente cansado de ser perseguido por estes selvagens.

— Oh, tudo bem, eles se empolgam quando vêem um rosto novo. — Digo e ele apenas assente. — Aliás, qual é o seu nome?

— Eu me chamo Kim Seokjin.  

— Então é você mesmo, príncipe Jin. — Falo e vejo Seokjin arregalar os olhos.

— O-o que? Você sabe quem eu sou?

— Eu fui enviado para ajudar você, entende? Seu pai achou que você precisaria de ajuda nesta cidade, então me mandou vir antes. 

— Aquele idiota! Ele acha mesmo que eu não sou capaz de criar o meu próprio reino sozinho, mas ele está errado!

— Não se exalte, Senhor Seokjin, eu apenas lhe darei algumas informações para facilitar as coisas para você.

— Que tipo de informações? — Ele se curva para frente, parecendo realmente interessado, então eu sorrio.

— Sabe, algumas presas fáceis, se é que me entende. — Pisco e ele concorda com a cabeça.

— Ah sim, compreendendo.

— Nesta escola, os garotos costumam ser um pouco mais difíceis, está cidade é bem religiosa.

— Oh, mas são exatamente destes garotos que eu gosto, Namjoon. 

— Você gosta de desafios?

— Óbvio, por que você acha que eu escolhi ter servos garotos? As garotas já caem aos meus pés sem esforço algum, já os garotos, são bem mais difíceis, mas é divertido os tornar totalmente submissos a mim.

— E como exatamente você faz isso?

— Eu uso meu charme, você não vê? Eu sou lindo, só preciso usar um pouco da minha lábia, dar alguns presentes, fazer o garoto se sentir especial, e depois, eu apenas o jogo no meu castelo para servir a mim.

— Qual é exatamente o seu plano, Alteza?

— Quero mostrar ao meu pai que eu posso ser muito mais do que apenas o filhinho mimado dele, que eu sou capaz de ser um líder melhor do que ele, quero ser adorado ou odiado por todos, me tornar um ser poderoso, como ele.

— Uau, você é realmente alguém promissor!

— Isto é óbvio. — Ele fala com um ar esnobe e eu finjo um sorriso. — Aliás, qual o nome daquele garoto que estava com você? Aquele alto com tênis amarelo? Acho que ele seria uma primeira boa presa.

Merda, Seokjin está falando de Jungkook! Eu não posso deixar Jin fazer nada à ele. 

Pensa, Namjoon. Como escapar dessa? 

E se eu falar que ele é meio que um assistente meu? Esse egocêntrico idiota acreditaria?

Que porra, eu não posso mesmo deixar ele fazer nada ao Jungkook, a razão de eu estar aqui é exatamente ele!

— Namjoon? 

— Ele é um dos guardas de seu pai, ele mandou Jungkook junto comigo, caso aja um conflito entre os lá de cima e a gente, sabe? Jungkook é aprendiz ainda, ele está indo muito bem, provavelmente você não chegou a conhecer ele antes, porém deve ter visto alguma vez. — Falo com a voz tão calma quanto antes, por mais que eu esteja extremamente nervoso, só funciona com a voz calma.

— Ah, agora está explicado, por isso eu achei que já tinha o visto antes. — Seokjin cruza as pernas em sua cadeira e se joga mais para trás. — Por favor, me dê alguma indicação, quero começar bem.

Respiro fundo e penso em alguém, por mais que eu não queria ajudar ele, eu tenho que ganhar sua confiança. E o mais importante, tenho que deixá-lo longe de Jungkook.

— Lee Jooheon da sua turma, ele é um encrenqueiro nato, conhecido por estar a beira de ser expulso desta escola, e ele se orgulha disso.

— Ótimo! Muito obrigado, Namjoon. — Ele se levanta e acena. — Irei começar agora mesmo.

Forço um sorriso e aceno de volta, esperando ele sair para passar a mão pelos meus cabelos e gritar.

— Ele tinha que vir logo aqui? Eu realmente não esperava ter que lidar com isso tão cedo!  


 Namjoon, por favor, tome todo o cuidado possível com o seu garoto, agora ele precisa muito de você, ainda mais com um deles à solta.

Sim, chefe, eu irei cuidar dele, não se preocupe.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...