História Heartless Dealer - Capítulo 1


Escrita por:

Visualizações 29
Palavras 483
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEI!!
Do wattpad vim parar aqui com uma historia novinha para vocês que amam coisas que envolve trafico. Espero que aproveitem

Capítulo 1 - Prologo


Canadá - Yorkville

  20:47 

                    Point Justin Bieber

   - Mais uma Bryan, não gostei dessa puta. Digo olhando pra ela com desgosto, enquanto ela se veste quieta - Vaza porra, já te enchi de dinheiro - Digo pegando minha cartela de charuto, insatisfeito por nenhuma vadia me satisfazer hoje. Bryan chega com uma negra do cabelo cacheado, a qual me olha maliciosamente. Apenas abaixo minha cueca e a chamo com meu dedo indicador, sem nenhum olhar malicioso. Ela tirou seu vestido Karma do corpo vindo para perto de mim, eu a observo insatisfeito por sua demora para chegar até mim 

-Anda logo porra- Digo já muito puto, ela vem até mim mais rápido já segurando em meu braço musculoso. Abaixei a cabeça dela ate ela se ajoelhar. Meu celular toca, e eu apenas ignoro completamente o som irritante. A ligação cai na caixa postal, e mais um vez o celular toca novamente. Bufo irritado com a situação e pego meu celular, vendo o nome "Charlotte" na tela. Largo a cartela de charuto na cama. Apenas me irritando mais quando atendo o telefone e ela grita com alguns de seus empregados

 - O que foi porra?- Digo já sem paciência para falar com ninguém

 - Bieber, mas que porra? Não vem trabalhar mais não? O Pietro roubou mais uma de nossas cargas que estavam indo pra Nova York. O filha da puta não vai desistir até falir a gente. 

 - Quando isso aconteceu? - Empurro a vadia e começo a vestir minha calça já pensando em como torturar o filha da puta do Pietro.

 - A 15 minutos atrás, alguns de nosso homens morreram patrão.- Ela diz e começa a grita com mais alguém do outro lado da linha.

  

- Para de gritar porra, escandalosa do caralho! Apenas me espere, estou a caminho - Jogo notas na cama para a vadia, e desligo o telefone. Logo indo em direção a porta me viro novamente e olho para a puta que esta vestindo seu sutiã. - Saia daqui, e não mexe em porra nenhuma - Me viro novamente e saiu do quarto, indo em direção ao corredor que dá ao hall de entrada. Logo que pego a chave de  minha Ferrari escuto barulhos na porta. Ja irritado por ser mais alguém pedindo algo para mim, abro a porta com brutalidade

 - O que foi caralho? - Paro de falar quando vejo em minha frente Elisa, ou como podem dizer "minha querida mãe"

 - Oi querido, podemos conversar? - diz com lagrimas nos olhos.

 - Não, sai da porra da frente que estou atrasado - Passo  por ela logo entrando em minha Ferrari, enquanto ela me encara com um olhar de tristeza. A observo e penso em sair do carro. Mas depois de lembrar tudo que ela fez comigo eu apenas solto o freio de mão e acelero. Logo perdendo ela de vista conforme me afastava dela.


Notas Finais


Espero que gostem e acompanhem. Se render postarei muitos caps!

=PrincessBlackss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...