História Hyung! Do You Like Me? (JooKyun - Monsta X) - Capítulo 4


Escrita por: e tatahxx

Postado
Categorias Monsta X
Personagens I'M, Joo Heon
Tags Jooheon Im Monsta X Gay
Visualizações 180
Palavras 973
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura.... desculpa qualquer erro...leiam as notificações...

Capítulo 4 - 04


Jooheon on

— Omma é você?_gritei ainda na entrada,escutei passos lentos vindo em minha direção mais não ouve resposta — Kihyun como entrou aqui?

— Oi pra você também,isso não interessa_falou caminhando em minha direção — precisamos conversar...

— Ok_disse entrando —Pra você ter invadido minha casa deve ser muito importante.

— Bom,eu preciso te avisa uma coisa_sentei no sofa,e ele sentou em meu lado — É sobre o novato,percebi que você tem uma queda por ele.

— Nossa tá tão na cara assim _ deixo um sorriso bobo escapar e sinto minhas bochechas queimarem.

— Tome cuidado Joo_ Ele me olhava tão sério que eu fiquei preocupado.

— Cuidado com o que?hyung o que você sabe?me conte_ senti uma certa falta de ar por ter falado tudo em um só fôlego.

— Calma respira,você saberá em breve..._ele se levantou e foi em direção a porta mais antes de sair se virou e me olhou — O jantar está pronto _ e saiu me largando com turbilhões de pensamentos.

Passei tanto tempo pensando que nem percebi quando minha omma chegou,tomei meu banho coloquei uma calça moletom e minha blusa de frio favorita que patê em minhas cochas.cheguei na cozinha omma tava arrumando para jantarmos, é estranho jantar com ela sou acostumado a comer sozinho,nos servimos e comemos,lavei as louças e as enchugei mas antes de me retirar perguntei a ela.

— Omma você deu sua chave para o Kiki?

— Ele me pediu para fazer uma cópia da chave_ falou indo em direção a sala.

— Mas porquê?ele te disse o motivo?— me encostei na parede.

— Falou que ia fazer um jantar para nós.

— Ok,boa noite_caminhei até meu quarto e me deitei peguei meu celular e entrei no meu Instagram,sabe quando bate aquela curiosidade de procurar aquele nome do pra olhar as suas fotos,foi isso que eu fiz demorei um pouco para lembrar seu nome mais deu certo.

A primeira coisa que vi foi o tanto de seguidores que ele tem,meu queixo até caiu um pouco ele postou um vídeo a 3 dias atrás eu entrei por curiosidade,ele mal começou a cantar e meu pelos já se arrepiaram com sua voz grossa mas ao mesmo tempo calma sexy,passei horas olhando suas fotos tão lindas eu fiquei com ciúmes por causa de uns comentários pervertidos,quando olhei a hora tava bem tarde resolvi dormir.

— Chang eu vou ao banheiro e já volto_ falei me levantando,entrei no mesmo e me olhei no espelho passei água em meu rosto e enchugei com o papel toalha,quando ia sair alguém abre a porta mas era só o Chang,ele entra e fecha a porta atrás de si a trancando.

— O que você está fazendo?_ ele começou a caminhar e minha direção a cada passo dele eu recuava até sentir a parede gelada,me forçou contra a parede ergueu meus braços até a autora de minha cabeça_ Para por favor.

Ele parecia não me ouvir,passou as mãos em minhas cochas as apertando,e foi subindo até o botão de minha calça o abrindo de vagar olhei para sua mão mas ele ergueu meu queixo.

— Olhe em meu olhos_ enfiou sua mão gelada agarrou meu membro já ereto me fazendo arrepiar, começou a fazer movimentos lentos ainda me olhando,gemi baixo quando passou o dedão em minha glande,tirou meu pau para fora e se ajoelhou ainda me olhando colocou meu membro em sua boca de uma só vez me escapou um gemido longo,ele fazia movimentos rápidos agarrei seus cabelos automaticamente e começei a foder sua boca em algumas horas ele se engasgava mais estava dando conta do recado,ele fechou um pouco mais sua boca pressionando meu pau e isso me faz sentir mais prazer eu nem gemia mais eu rosnava de tanta tesão quando estava prestes a gozar,escutamos um barulho enorme vindo da porta parei com as estocadas e olhei para a porta vendo um homem sua cabeça era um despertador "Mas que merda é essa?" começou a fazer barulhos irritantes.

Acordei com minha respiração acelerada e meu membro rígido e pra completar o despertador tocando feito um louco,como eu tava bem puto joguei contra a parede o desligando " Você fica melhor assim" levantei da cama e fui no banheiro depois de me alivia voltei a minha rotina de sempre, cheguei na faculdade e avistei o Wonho mais ele tava sozinho caminhei em sua direção.

— Oi_ falei sem muita animação.

— Que Oi mais seco.

— Ei você me empresta tua garrafa rápido_ falei para um garoto que estava não muito distante da gente, coloquei um pouco de água em minha boca e lhe entreguei a garrafa,olhei para o hyung — Oi_ falei com a água em minha boca deixando cair em minha frente — Tá satisfeito.

— Agora eu tô_ o wonney o abraçou por trás me conprimentando com um aceno,quando todos chegaram fomos aos nossos destinos,entrei na sala encontrando só o Chang,sentei e comecei a pensar em que dia era hoje até lembra que era sexta feira e que hoje só tinha educação física,pulei de alegria me esquecendo que tinha mas alguém aqui ele me olhou com aquela cara que significa "Você é retardado" me sentei de novo e balancei a cabeça " agora ele deve tá achando que eu bebi todinho e esqueci de balançar a cachinha".

— Ei,bebeu todinho e esqueceu de balançar a cachinha?_ perguntou rindo da minha cara " ele lê mentes agora é,pode isso?".

— Não é que eu lembrei que hoje tem educação física para todos então vou poder jogar com meus hyungs_ coçei minha nuca sem graça.

— Atá_ falou com o olhar baixo.

— Se quiser pode jogar com a gente aí o time vai ficar completo_ me olhou com os olhos brilhantes.

— Te amo hyung_ me abraçou,meu coração vacilou uma batida,fiquei sem mas reação no começo retribui o abraço enfiem meu rosto na curvatura de seu pescoço e senti seu perfume amadeirado.

Depois desse abraço decidi que Lim Changkyun vai ser meu e de mais ninguém.....


Notas Finais


Esses dias está sendo muito corrido pra mim,ai não tá dando tempo nem de escrever os capítulos então vou postar capilos semana sim e semana não ok?

Até o próximo capítulo tchauzinho bjs...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...