1. Spirit Fanfics >
  2. Imagines e Headcanons De Tokyo Revengers Fem!Reader >
  3. Inui Seishu

História Imagines e Headcanons De Tokyo Revengers Fem!Reader - Capítulo 37


Escrita por: Kirari_Sano

Capítulo 37 - Inui Seishu


Fanfic / Fanfiction Imagines e Headcanons De Tokyo Revengers Fem!Reader - Capítulo 37 - Inui Seishu

☬SALTO ALTO☬ 


☬Inui de salto alto☬ 


☬Personagens: Inui Seishu☬


☬Contém: Dom!Reader, Leitora!Alta!, Sub!Inui, fetiche por coisas grandes, elogio, feminização!☬ 


(。☬0☬。)(。☬0☬。)(。☬0☬。)(。☬0☬。)

Ao entrar em seu apartamento, você se depara com uma visão bem-vinda, Inui está na cozinha preparando o jantar.


"Oi, bebê." Você cumprimenta cansada.


Inui assustado com sua voz gira com um rosto chocado antes de abrir um sorriso gentil 


"Oi querida! Como foi o trabalho?"


Sorrindo com o entusiasmo dele, você começa a caminhar até o mesmo.


"Chato, senti sua falta".


Um leve rubor toma conta de suas bochechas e ele começa a sorrir ainda mais com suas palavras.  


Ele larga a faca que está usando e abre os braços para seu abraço de sempre.


"Senti sua falta também"


Andando ao redor do balcão da cozinha você de repente para na frente do inui


"Oh?" Neste momento, inui está com nada além de um avental rosa que você deu para ele no aniversário dele ano passado, e um par de saltos altos azuis.


"Anjo, o que você está vestindo?" Apenas a visão por si só tem uma onda de excitação para inundar seu sistema.


Inui olha para seu corpo movendo os pés.


"O quê? Eu sempre uso isso.”


"Não, isso." Você diz apontando para saltos altos.  


Quase tonta, você caminha até ele e suas mãos encontram seus quadris como uma segunda natureza.


"Querido, isso é para mim?" 


Inui desvia o olhar timidamente de sua pergunta e sussurra para você 


"Bem, eu sei que o trabalho não tem sido tão bom ultimamente, então pensei em surpreendê-la" Olhando em seus olhos inui quase parece um cervo tímido "Você gosta?"


Respirando fundo, seus polegares começam a esfregar contra o quadril dele


"Eu amo isso, bebê!"


Sorrindo com um leve brilho nos olhos, Inui se aproxima de você para descansar a cabeça em seu peito.


"Talvez eu até tenha que comprar mais saltos altos, você está incrível." Inui choraminga com as suas palavras.


Rindo gentilmente da reação dele, você levanta uma mão para brincar com o cabelo dele.


Ficar abraçado um ao outro é confortável para vocês dois, mas você pode dizer que há algo mais acontecendo dentro de Inui.


Estar com ele por tanto tempo você já conhece todas as suas falas, sendo uma delas a necessidade de te tocar ou apenas te abraçar.


Tomando fôlego, você se inclina para o ouvido dele, então, quando você fala, seus lábios roçam a pele avermelhada 


"Existe alguma outra razão para você usar isso para mim?"


Você pode sentir a respiração aguda contra você, mas depois de um tempo o silêncio ainda permanece do inui.


Com a mão no cabelo dele você gentilmente pega algumas mechas e o força a levantar a cabeça para te olhar nos olhos


"Me responde amor, você não perdeu suas maneiras, não é?"


Outro gemido e um sorriso se deparam com suas feições.  


Inui toma fôlego e fecha os olhos antes de murmurar sua resposta.


Suspirando com o mau comportamento dele, você segura o cabelo dele com mais força e diz em tom severo


"Fale!"


Agora alguns diriam que Inui parece ter medo de você, mas você sabe melhor do que ninguém, que o leve brilho em seus olhos diz que você o tem em suas mãos.


"Bem, eu acho que é só" Um leve suspiro vem de inui antes que ele respire fundo e quase se apresse em suas próximas palavras "É só que nós não fazemos sexo na cozinha há um tempo porque é muito difícil então pensei em usar salto alto para ajudar."


Você não pode evitar a risada que escapa de você, mas rapidamente a vergonha toma conta de você enquanto Inui desvia o olhar rapidamente e tenta se afastar de seus braços


"Oh bebê, me desculpe por rir, eu não deveria ter rido."


Sorrindo levemente para o pequeno resmungo de Inui, você não pode deixar de pensar em como ele é fofo: 


"Bebê, não é grande coisa, você não precisa ser tímido com esse tipo de coisa."


"Mas é embaraçoso." Inui diz enquanto ainda está a um braço de distância de você, o que lhe dá uma visão melhor do corpo dele.


Olhando para baixo, você pode ver as mãos de Inui cobrindo seu pau, que obviamente está cutucando seu avental


"Embaraçoso hein?"


Aproximando-se, você ainda consegue se erguer sobre ele, o que o torna ainda mais difícil com a diferença de tamanho, 


"Tire a mão da frente, Inui".


Usar seu nome o faz parar, está realmente acontecendo agora.  


Ouvindo seu pedido, Inui move as mãos e as coloca atrás das costas.


Com seu pênis agora totalmente duro e pulsando, você pode ver sua forma através do avental.  Rapidamente estendendo a mão, você pega o pau e as bolas dele em sua mão e aperta suavemente.


Inui cai para frente em você e descansa a cabeça em seu ombro gemendo em seu aperto implacável.


Pausando suas ações, você remove sua mão e a levanta para escovar o cabelo dele atrás da orelha


"Inui, eu quero que você deite no balcão com a bunda para cima e espere por mim, ok?"


Acenando rapidamente contra o seu ombro, você dá um beijo no topo da cabeça dele e sussurra um bom menino antes de se virar para sair para o seu quarto.


Afastando-se o mais rápido possível para não deixar seu garoto esperando, você vai direto para o baú ao lado da cama que guarda todos os brinquedos para seu garoto.


Vasculhando para pegar a alça, lubrificante e, claro, seu vibrador de 18 centímetros, porque Inui sempre teve fetiche por tamanho.


Apertando a alça ao redor de seu corpo e deixando o pau todo lubrificado, você tira suas roupas e caminha de volta para a cozinha para ver Inui deitado no balcão balançando os quadris e choramingando baixinho.


Andando atrás dele, você aperta sua bunda e diz gentilmente


"Olhe para você meu bom menino, tão perfeito para mim, hein?"


“S-sim.”


Abrindo bem a sua bunda, você gentilmente enfia um dedo em seu buraco.


"Porra-"


Você cantarola em apreciação aos gemidos de Inui.


Com o buraco dele todo molhado e pronto, você remove o seu dedo para a qual Inui geme antes de dar um gemido alto quando dessa vez três dedos são empurrados para baixo em seu buraco ganancioso.


"Shhhh, apenas relaxe"


Sem perder tempo em prepará-lo, você puxa os dedos e pega o pau preso a você e se alinha com o buraco dele.  


Com uma mão no seu pau e outra nas costas dele você empurra lentamente em Inui.  


Tudo o que pode ser ouvido de Inui são gritos altos e gemidos manhosos.


Uma vez totalmente embainhada, você começa a empurrar suavemente para frente e para trás.


"Oh~ me fode S/n, mais rápido, por favor!"


Mesmo que Inui não fosse o que comandava, você obedeceu a sua ordem e começou a empurrar ainda mais forte e mais rápido.


Com a altura adicionada, você percebe o quanto é mais fácil para você transar com ele no balcão.  


Com você sendo mais alta que o inui, foder sobre balcões ou superfícies era muitas vezes difícil.  


Com a ideia de Inui de usar salto, você não pode deixar de elogiá-lo por sua esperteza, 


"Você é tão inteligente Inui, vou comprar todos os saltos altos que você quiser."


Gemendo com suas palavras, repetidos 'Sim' podem ser ouvidos dele.


"Qualquer cor que você quiser, anjo."  Ofegante com suas palavras, você pode dizer que Inui está se aproximando agora.


Com cada impulso agora Inui está sendo empurrado mais para cima contra o balcão ao ponto de seus pés não encostarem no chão.


Inclinando-se sobre o corpo de Inui você descansa seus seios contra suas costas e com cada impulso você se certifica de que seus mamilos roçam contra ele.


"OH~ PORRA ESTOU PERTO-"


"Apenas um pouco mais bebê."


"Abaixando você pega seu pau que está pendurado entre as pernas e combina os golpes em seu pau com seus impulsos.


"Vamos meu menino esperto, goze para mim."


Com um gemido alto do seu nome, Inui goza sobre o balcão em jorros grossos.


Balançando suavemente seus quadris para ajudar a prolongar o orgasmo, você para quando um gemido vem dele.


Puxando-o você começa a pressionar beijos ao longo das costas de Inui e ele ri sonolento de seus beijos.


Pegando um pano molhado da pia e enchendo um copo de água, você volta para Inui e coloca o copo ao lado dele antes de limpar a lateral do balcão.


"Você é bom bebê?"


Inui lentamente vira a cabeça para olhar para você


"Hmm, sim~"


Sorrindo para ele você fala com uma voz suave


"Quer ir para a cama?"


"Sim."


Virando-se e inclinando-se ligeiramente para o inui subir em suas costas como uma coala, você começa a caminhar lentamente para o quarto.


No caminho você sente Inui se aconchegar em suas costas e sussurrar


"Podemos tirar os saltos altos?"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...