1. Spirit Fanfics >
  2. Imperfect sobrenatural >
  3. Capitulo XVII

História Imperfect sobrenatural - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Surpresa! Vim trazer mais um capitulo pra vocês, bom quero dizer que a fanfic esta chegando em sua reta final e muitas surpresas estão chegando por aí....

Capítulo 18 - Capitulo XVII


Fanfic / Fanfiction Imperfect sobrenatural - Capítulo 18 - Capitulo XVII

Nós dois:







@#_#@Lysandre:

Um dia antes do acidente: 

__ Lyli! - achamo mais a mesma me ignota conversando com seus amigos.
Eu vi Amber dizendo alguma coisa a ela mais a mesma apenas depois de seu sorriso veio a expressão de desapontada, eu sei que ela viu Amber junto comigo mais eu logo em seguida a cortei dizendo que tinha Lyli comigo e eu a amava a garota ficou com raiva de mim.
E talvez isso tenha deixado a mesma simplesmente me ignorando por conta da outra. A cobra deve ter dito algo bem sério pra que minha pequena não fale comigo nem por um segundo se quer e ainda mais olhar em minha cara, estavamos em uma festa entre os antigos alunos da escola e estavamos nos divertindo bastante era de manhã pois a atarde e a noite ela seria disponibilizada para outros dois eventos lia estava usando um vestido azul rodado acima do joelho que dava um lindo contraste em sua pele alva e ela realmente estava linda já eu usava um terno e uma gravata azul devidamente pra combinar com sua roupa.
Ela conversava de maneira afastada com Nathaniel enquanto eu simpelsmente ficava com Castiel e Ken, mas meu olhar era perdidamente para Lyli e ver ela se afastar assim de mim era a coisa que mais me deixou triste naquele momento, nós sempre estivemos bem e foi apenas ela esta pisar os pés aqui que sua personalidade mudou de uma hora pra outra e su a rigides se fez presente e sabia muito bem que ela não estava bem e que algo tinha feito mal à ela.
Minha namorada sempre fora muito fofa e compreensiva mais já se faz uma semana que ela vem agindo de maneira estranha e não quer realmente me contar o porque aquilo que estava acontecendo consigo mesma. Por mais que eu a amasse ainda sim ela tinha sempre aquele ar de mistério em sim o ar que deixa tudo mais duvidoso e com a pontada de receio que eu estava sentindo naquele momento, minha pequena era astuta e sabia manipular e disfarçar sentimentos que quisesse guardar apenas pra si ela era realmente extraordinária acho que foi esse o motive de eu ter me apaixonado por ela assim que nos conhecemos e eu conseguo de forma sorrateira ganhar o coração da minha e doce Lylia.

Não conseguia entender o que estava rolando mais algo realmente não estava se encaixando, Lyli nunca foi de ficar tanto tempo sem revelar nada pra mim e isso era o mais intrigante. Assim que a nossa festa acabou eu a levei pro nosso apartamento e no caminho todo foi diferente da volta ena não sorria ou estava entusiasmada como antes.
Ela abriu a porta do lugar e me deixou entrar e assim seguiu para o quarto, enquanto a deixava fazer suas coisas eu me pus a preparar algo pra comermos já que ela não havia comido quase nada eu não tinha terinado completamente mais foi o suficiente pra eu me surpreender com um abraço por trás e um beijo ao lado do ombro ela ser baixinha.

__ Eu te amo! - ela diz manhosa me olhando de lado e ena encarei com um pequeno sorriso.
Enquanto a comida cozinhava eu me virei pra ela quando foi me deixado um espaço para o ato e assim eu a abracei e beijei o topo de sua cabeça.

__ Eu também de amo Lyli mais precisamos conversar. - seu corpo ligeiramente se intensificou e ela me olhou receosa.
Minha pequena odiava quando eu dizia isso mais no fim sempre era pra resolver nosso relacionamento de maneira pacífica e sem brigas que poderiam ocasionar sentimentos e palavras que machucassem a nós dois, ela confirma com um leve balançar de cabeça e eu sorrio pra tentar acalma-la.
Pedi apenas mais um minuto pra que eu pudesse desligar nosso macarrão pronto e a levei pra sala no sentido de deixa-la mais confortável, ela se sentou e eu fiz o mesmo só que no chão e segurei suas mãos.

__ Vamos amor me diz o que anda te deixando inquieta e calada ao mesmo tempo?!

__ Não é nada amo! 

__ Lyli não mente pra mim eu sei quando faz isso, na festa você me ignorou e passou um par de tempo escutando a cobra da Amber em seus ouvidos falando asneiras que eu sei.

__ A-Ah amor... Não foi nada eu juro ela só queria me provocar nada além disso.

__ Tem algo mais além sim você nunca foi de esconder as coisas dessa forma ainda mais de mim, tem realmente algo te incomodando mais você até agora não me contou o que é mais eu vou respeitar seu espaço e não vou tocar nesse assunto e deixarei que você mesmo me diga.

__ Obrigada amor! - ela sorri de forma calma e se joga em meus braços me beijando por todo rosto - Muito obrigada mesmo por me entender até melhor do que eu. 

__ Lyli sou seu namorado porque eu não faria isso por você meu doce?! - seguro em seu rosto fazendo carinho com meus polegares sobre seu rosto ainda vendo seus lábios contornados pelo sorriso.
Ainda um pouco hesitante selei nossos lábios e ela parecia transmitir saudade com o ato de forma necessitada, assim que paramos o beijo eu a olhei meio confuso.

__ Vamos Lys só um pouquinho?

__ Mais e a nossa comida?

__ Depois comemos eu quero fazer isso primeiro e tomar um banho com você. - ela pede manhosa e eu realmente não sabia dizer não pra minha pequena.
Me dando por vencido e ela com um sorriso satisfeito sobre os lábios por ter conseguido o que queria se levantou e me ajudou logo em seguida assim me levando pro nosso quarto.

Meu doce me beijou novamente contendo a mesma saudade de antes e a necessidade de fazer o que queriamos, parecia ser um tipo de despedida mais eu não queria pensar nisso agora. Queria desfrutar de cada segundo e pedacinho de si.
Com todo cuidado do mundo ela foi tirando minhas roupas aos poucos e eu deixaria ela comandar isso pra saber até onde poderia ir e como ela sempre me surpreendia iria bastante longe tenho certeza.
Já sem minhas roupas fui deitado ma cama e lá ela me mostrou que sabia muito bem usar sua boquinha linda pra me levar aos céus, usando apenas suas peças intimas que valorizavam seu corpo de forma certa ela se levantou me deixando ainda inerte de prazer e começou a se despir em minha frente tirando as ultimas coisas que a tampavam enfeitarem o chão ela engatinhou até em cima da cama e se sentou em meu como me fazendo ficar sentado também e assim me fez me afundar dentro de si a sentindo apertada por dentro seus movimentos eram lentos e seus beijos em meu pescoço me deixavam ainda cheio de prazer e cedentos por mais.
Assim que desfrutamos o suficiente um do outro a levei para o banheiro e lá tomamos nosso banho e por fim nos vestimos e fomos comer o macarrão que tive que aquecer novamente.
Lyli não escondia o quanto ficou feliz do que rolou a pouco tempo naquele quarto mais parecia cansada. Terminamos de arrumar a casa lando e secando a louça por fim e nos deitamos na cama de lençóis trocados e assim ela se aconchego sobre meu corpo e eu fiz carinho em seus cabelos assim a mesma sonolenta começou a fechar seus olhos pesarosos logo dormindo e eu não demorei muito para fazer o mesmo.






Continua♡♡♡



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...