1. Spirit Fanfics >
  2. Infinity >
  3. Capítulo 1

História Infinity - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Infinity - Capítulo 1 - Capítulo 1

P. O. V SCARLETT

Conheço Ashton desde o jardim de infância, criamos uma amizade e somos inseparáveis, ele é meu melhor amigo, atualmente temos 12 anos.

Ashton e eu estamos no parque sentados tomando sorvete e conversando sobre filmes e séries, isso é uma das coisas que mais gostamos de fazer.

— Vamos no balanço Scarlett, você me prometeu. — Disse Ashton me olhando e jogando o resto do sorvete fora. 

— Okay, vamos. — Falo e jogo o meu também. 

Estávamos ali nós dois brincando e rindo, não posso negar que gosto muito do Ashton e não é só como amigo, as vezes fico imaginando nós dois nos casando quando formos adultos, meu sonho é me casar com um vestido de princesa enquanto Ash me espera no altar, mas não sei se ele sente o mesmo por mim. Desperto-me dos pensamentos ao cair do balanço.

— Scar? Você tá bem? — Fala e ajuda-me a levantar.

— Estou sim, só ralei um pouco o joelho. — Falo cabisbaixa.

— Vamos, precisamos passar um remédio nisso. — Fala e segura a minha mão.

Saímos do parque e fomos até a casa de Ashton que fica uma rua depois do parque. Sento-me no sofá da casa de Ashton enquanto ele está procurando o kit de primeiro socorros.

— Achei. — Fala com o Kit em suas mãos, ele deixa a caixa na mesinha de centro em frente o sofá e retira um remédio e um band aid. — Vai doer um pouquinho — Diz antes de passar o remédio.

— Ai, Ash tá doendo. — Falo com os olhos marejados.

— Ei Scar, eu estou aqui e vai passar. — Fala e coloca uma mecha do meu cabelo atrás da minha orelha. — Você é tão linda. — Ele diz me fazendo corar e ficar de cabeça baixa e com borboletas na barriga.

— Obrigada Ash. — Falo e sinto ele se aproximar cada vez mais, ele levanta meu queixo para que eu olhe para ele e nosso olhos se encontram. Seu rosto se aproximar e seus lábios tocam os meus, fazendo-me sentir uma onda de sentimentos que nunca senti antes.

— Desculpa Scar. — Ashton fala logo após nosso lábios se afastarem.

— Tudo bem Ash, eu gostei disso. — Falo e sorrio sem jeito para ele.

— Que bom. — Fala e vejo um sorriso em seu rosto mostrando suas covinhas. Ashton me dá outro beijo e a campainha toca, nos afastamos, Ashton atende a porta e é minha mãe.

— Vamos filha? Já é tarde. —  Minha mãe fala.

— Vamos mãe, tchau Ash. — Falo, abraço Ashton e dou um beijo em sua bochecha.

                                              

[…] 

Entro no carro da minha mãe e fico a viagem pensando em Ashton, nem acredito que tive meu primeiro beijo e que foi com a pessoa que eu amo, a cena do nosso beijo fica passando na minha cabeça e não paro de sorrir.

Chegamos cinco minutos depois, encontrei meu pai sentado no sofá onde era raro está ali àquela hora já que está sempre trabalhando e eu e mamãe sentamos no sofá junto dele. 

— Precisamos conversar meu amor… — Mamãe me olha com uma cara triste e preocupada. 

— Sim mãe. — Falo meio assustada. 

— Querida o trabalho de seu pai… foi transferido para Londres e teremos que ir mês que vem. — Mamãe fala passando as mãos em meus cabelos os acariciando. — Olho para mamãe com meus olhos cheios de lágrimas não acreditando no que ouvi, será que mamãe está brincando comigo? Isso deve ser alguma brincadeira. 

— Mamãe, me fala que isso e mentira? — Falo e começo a chorar. — Não mamãe eu não quero, por favor.     

— Filha, bem que eu queria que nós pudéssemos ficar, mas nós vamos ter que ir sinto muito meu amor. — Papai fala acariciando meus cabelos. 

— Mas papai e o Ash? Nesse lugar não vou encontrar um amigo tão legal quanto ele. — Falo chorando. 

— Você é uma menina muito especial, tenho certeza que ira encontrar muitos amigos talvez até melhores que o Ashton. — Fala tentando me passar tranquilidade e tenho certeza que não vou encontrar alguém melhor que ele.

— Filha, tenho certeza que irar gostar do novo lugar, da nossa nova casa vai ser melhor para nós, agora para de chorar meu amor, não gosto de ver você assim. — Mamãe fala olhado em meus olhos e secando minhas lágrimas que caiam. 

— Papai, por favor, vamos ficar aqui? — Digo em lágrimas, só de saber que vou ficar longe do meu melhor amigo dói muito. — Por favor? 

— Sinto muito meu amor, mas nós vamos ter que ir, nós dependemos disso e... vou te trazer para ver Ashton sempre que puder filha, eu prometo. 

— Promete? — Logo nasce um sorriso em minha face por saber que vou voltar a ver meu melhor amigo novamente. — Você jura papai? 

— Claro minha filha. — Ele fala e isso me traz um certo alívio, isso me mostra que eu vou poder ver Ash novamente depois que for embora, mas ainda assim contínuo destruída por dentro.

[TRÊS SEMANAS DEPOIS] 

Essas últimas semanas foram as melhores eu e Ash aproveitamos bastante cada segundo, nunca nos divertimos tanto, ele irá fazer muita falta muita mesmo, estou totalmente de coração partido em ter que deixar Ashton, eu amo tanto ele.

Fizemos uma promessa em nunca nos separarmos e ela está sendo quebrada algo me diz que não verei Ash tão cedo. 

E infelizmente já é dia de ir embora, estou indo para o carro sinto alguém me abraçar por trás, quando vejo que é Ashton logo dou um sorriso. 

— Oi Scarlett, vim me despedir de você… — Ashton fala de cabeça baixa. 

— Oi Ashton, vou sentir muito sua falta. — Falo com lágrimas nos olhos, ele me abraça desesperadamente e me dá um selinho. 

— Eu também, vou sentir saudades suas, trouxe isso pra você. — Ele me entrega uma caixinha abro a mesma e vejo um colar com pingente em forma de um infinito. 

— É lindo Ash. — Falo e dou umbeijo em sua bochecha.

— Esse colar vai ser a prova que o nosso amor e amizade vai ser infinito, não importa onde você esteja eu sempre vou estar com você, independente de todas as barreiras e dificuldades da vida. Saiba que te amo e que ainda vamos nós ver, eu te prometo.  — Ashton fala com lágrimas nos olhos. 

— Nunca me esquecerei de você, Ash eu também te amo. — Falo e o abraço, eu realmente não quero ir. 

— Filha temos que ir. — Minha mãe fala e sinto um aperto no coração em saber que chegou a hora de ir. 

— Até breve Ash, nunca me esquecerei de você. — Falo o soltando do abraço e dando um beijo em sua bochecha e vou para o carro. 

Fico observando Ash da janela do carro, eu e ele estávamos chorando muito o carro se distanciava cada vez mais, me fazendo ficar mais triste ainda. 

Será que um dia ainda nos reencontraremos? Isso só o tempo dirá e espero que o destino possa conspirar à nosso favor.




Notas Finais


O que acharam meus amore? Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...