1. Spirit Fanfics >
  2. Innocent - Tomarry >
  3. Innocence 5

História Innocent - Tomarry - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Innocence 5


Fanfic / Fanfiction Innocent - Tomarry - Capítulo 5 - Innocence 5

Innocent 

C R I E D W O L V E S

Innocence 








Passaram-se exatas duas semanas até que o bicho-papão finalmente fosse pego e preso novamente no armário, depois de duas semanas de recesso, os alunos finalmente voltaram as aulas normais, e para alegria de Fabian e Gideon ninguém desconfiou dos dois e menos ainda de Fleamont.


Quem desconfiaria de alguém tão inteligente com um rostinho bonito? Ninguém. Nem mesmo Harry desconfiou que o irmão teria ido junto ao gêmeos Prewett.


Fleamont estava sentado em sua cama com um livro em mãos, mesmo encarando as páginas do livro, Fleamont não estava realmente lendo.


Harry notando que o irmão estava perdido em pensamentos, se levantou de sua cama e se sentou ao lado de Fleamont que nota sua presença.



─ Está tudo bem, Harry? ─ Fleamont questiona olhando o irmão 


─ Sim, mas você não parece bem... ─ Harry diz baixo olhando Fleamont


─ Está tudo bem sim, não há nada com o que se preocupar ─ Fleamont diz calmo


─ Não minta 'pra mim Mont ─ Harry pede


─ Só... Tem algo que não sai da minha cabeça... ─ Fleamont disse de forma vaga


─ Seja especifico, Fleamont ─ Harry pediu ao irmão


─ Aquele garoto, Tom Riddle, senti algo estranho vindo dele ─ Fleamont mordeu seu lábio inferior antes de voltar a falar ─ senti como se a aura mágica dele não fosse realmente dele


─ Como assim? ─ Harry questiona confuso


─ Eu ainda não sei direito... ─ Fleamont suspira deixando seu livro de lado


─ Podemos pesquisar, talvez tenha algo na biblioteca que possa ajudar ─ Harry sugeriu



─ Tudo bem... Mas eu tenho a impressão de que não vamos achar nada ─ Fleamont disse levantando de sua cama junto a Harry



Os gêmeos Potter saíram do dormitório e desceram para o Salão Comunal da Grifinória onde encontraram os primos planejando alguma coisa.



─ Vamos a biblioteca, querem ir? ─ Fleamont questiona aos ruivos


─ Não, obrigado ─ Eles disseram juntos


Os gêmeos Potter apenas deram de ombros antes de saírem do salão comunal e irem para a biblioteca do castelo



⊱┈──╌❊╌──┈⊰⊱┈──╌❊╌──┈⊰



Tom estava sentando em sua cama com vários livros a sua volta, ele estava tentando aprender tudo que podia sobre o seu mundo.


Ele queria ser o melhor bruxo, por isso não se limitou na hora de pegar os livro, haviam livros de artes das trevas, feitiços, poções, e vários outros livros.


Abraxas não sabia como Tom conseguia ler tantos livros de uma só vez, parecia surreal aos olhos azuis acinzentados do loiro.



─ Como consegue ler tanto? ─ Malfoy questionou


─ Estou tentando aprender tudo o que eu já devia saber ─ Tom respondeu sem tirar os olhos dos livros


─ Eu posso te ajudar com isso, eu sei tudo sobre a cultura bruxa puro sangue ─ Abraxas sorriu com orgulho


─ Acha que pode tirar todas as minhas dúvidas? ─ Tom questionou finalmente olhando para Malfoy


─ Claro que eu posso, e além de sanar suas dúvidas, posso te ensinar a verdadeira cultura bruxa, não as coisas Trouxas que eles tentam nos fazer aceitar. ─ Abraxas responde de maneira arrogante



Tom fechou o livro que estava lendo e encarou o Malfoy esperando que ele finalmente lhe contasse tudo sobre a cultura bruxa.


⊱┈──╌❊╌──┈⊰⊱┈──╌❊╌──┈⊰



─ Achou alguma coisa Hazz? ─ Fleamont questiona ao irmão


─ Absolutamente nada, Mont ─ Harry responde fechando o livro


─ Talvez não tenha nada mesmo... ─ Fleamont disse suspirando


─ Talvez tenha em algum livro de Artes das Trevas... Ou algo sobre nascidos trouxa e mestiços ─ Harry disse tentado animar o irmão


─ Ele é Nascido Trouxa? ─ Fleamont questionou olhando o irmão


─ Eu não sei, ele não fala sobre si mesmo, apenas perguntava sobre mim ─ Harry disse fazendo o irmão o olhar estranho


─ Bom... Não custa tentar ─ Fleamont diz se referindo a livros sobre mestiços e nascidos trouxa


Os dois garotos saíram a procura de qualquer livro que falasse sobre nascidos trouxa e mestiços mas não havia nada em toda a biblioteca.



─ Não tem um livro se quer ─ Fleamont suspira se jogando na cadeira da biblioteca


─ Bom... Talvez eu possa perguntar a ele sobre seu núcleo mágico ─ Harry disse olhando o irmão


─ E como perguntaria isso a ele?


─ Eu não sei... Nós temos algumas aulas junto a Slytherin, talvez se eu me sentar com ele, eu possa perguntar.


─ Bom... É o que temos não é? ─ Fleamont se levantou ─ Vamos, já é quase hora do almoço



Harry e Fleamont caminharam juntos ate a saída da grande biblioteca do castelo.



─ Não irão levar nenhum livro, meninos? ─ A bibliotecaria questionou


─ Não vamos, Sra. Hoolt ─ Harry disse gentilmente ─ Não achamos o que queriam, e olhe que nós procuramos muito


─ Se me disserem o que procuram talvez eu possa lhes ajudar ─ A mulher sorriu docemente para os herdeiros Potter


─ Qualquer coisa sobre Mestiços ou Nascidos Trouxa. ─ Fleamont disse fazendo a mulher os olhar estranho


─ Bom... Na seção 35 tem, se eu não me engano, três livros, dois sobre mestiços e nascidos trouxas e um sobre trouxas ─ A mulher disse fazendo um gesto com sua varinha e fazendo os três livros aparecerem


─ Podemos levá-los? ─ Harry questiona a olhando


─ Claro, apenas o devolvam inteiro ─ Ela sorriu



Fleamont pegou os três livros e os dois garotos saíram da biblioteca.



─ Nós procuramos na seção 35 ─ Harry disse ─ E não tinha nenhum desses livros lá


─ Acha que a Sra. Hoolt estava mentindo para nós? ─ Fleamont pergunta fazendo o irmão dar de ombro


─ Eu não faço ideia... Talvez sim ou talvez precisemos de óculos novos ─ Harry riu baixo com seu irmão o acompanhando em seguida



⊱┈──╌❊╌──┈⊰⊱┈──╌❊╌──┈⊰



Tom estava pensando em tudo que Abraxas havia lhe contado, Havia falado sobre as tradições bruxas, costumes, feriados e várias outras coisas.



─ Isso é realmente muito interessante ─ Tom disse


─ Bom... Parece que alguns bruxos preferem transformar nossas tradições em tradições Trouxa ─ Abraxas disse irritado


─ Sinto o mesmo que você pelos Trouxas, Malfoy. Todos são a escordia do mundo... ─ Responde Riddle com nojo


─ Se um dia eu me tornar Ministro da Magia, eu expulsaria todo Nascido Trouxa do mundo magico, e proibiria qualquer contato com Trouxas ─ Malfoy disse olhando o colega de quarto ─ Nós seríamos como os Estados Unidos, eles são uma verdadeira comunidade bruxa


─ Eu faria o mesmo, e expurgaria o mundo dos Trouxas ─ Tom disse em um tom sombrio que fez Abraxas se arrepiar, mas não de um jeito bom  


─ Você é sombrio, Riddle ─ Abraxas disse olhando Tom



Tom olhou para Abraxas e riu baixo, ele sabia disso, sabia que era diferente das outras pessoas, tanto bruxos quanto Trouxas.



Os dois garotos se assustaram ao ouvirem o sino anunciando que já era hora do almoço.



─ Vamos? ─ Abraxas se levantou se sua cama



Tom apenas assentiu e se levantou saindo do quarto ao lado de Abraxas. Os dois garotos saíram do Salão Comunal da Sonserina e seguiram para o Grande Salão onde indiretamente os olhos de Tom seguiram para a mesa Vermelha e Dourada da Grifinoria.


Harry estava sentado ao lado do irmão e assim que viu Tom ele sorriu e acenou para o Slytherin.


Tom sem saber exatamente o que fazer apenas sorriu minimamente e foi se sentar na mesa verde e prata da Sonserina.



Harry estava aproveitando bastante para atacar qualquer tipo de doce, algo que o moreno adorava eram doces e Tom percebeu isso.



─ Abraxas... Pode fazer algo por mim? Eu posso lhe pagar ─ Tom disse baixo para o loiro


─ Claro... O que precisa?. 


─ Chocolate ─ Ele disse


─ Bom, se eu pedir agora eu tenho certeza que chega ainda hoje ─ O loiro disse enquanto comia um maçã verde


─ Quando queres por isso?


─ Não se preocupe... É apenas um favor para um amigo ─ O loiro sorriu


─ Amigo?


─ Sim, somos amigos... Não somos?


─ Eu não sei... Nunca tive um amigo ─ Tom disse calmo


─ Agora tem... E eu acho que o Potter baixinho também quer ser seu amigo


Tom sentiu suas bochechas corarem, ele nunca havia se sentindo envergonhado antes, mas pela primeira vez estava se sentindo envergonhado pelas palavras do loiro. 



─ Acha mesmo? Acha que ele gostaria de ser meu amigo? ─ Tom questionou olhando para Harry 


─ Bom... Sonserinos não são conhecidos por serem amigos dos leões e visse-versa, mas... Harry não parece se importar que você seja um Sonserino, e você não se importa com que ele seja um Grifinório ─ Abraxas sorriu ─ Acho que ele já lhe considera um amigo 



Sem perceber Tom sorriu enquanto olhava para Harry que estava rindo de algo que os gêmeos ruivos haviam dito. 



─ Você está apaixonado por ele ─ Abraxas disse subitamente fazendo Tom engasgar com o ar 


─ Como? Está com febre, Malfoy? 


─ Foi apenas um palpite, Riddle ─ O loiro riu


Tom bufou e se serviu de várias das coisas deliciosas sobre a mesa.



⊱┈──╌❊╌──┈⊰⊱┈──╌❊╌──┈⊰



Assim que Harry terminou de comer ele bocejou e deitou sua cabeça no ombro de seu irmão que estava tomando sorvete de chocolate.



─ Mont... Sinto saudades do papai e da mamãe... ─ Harry disse baixo


─ Para falar verdade eu também sinto muita falta deles ─ Fleamont suspirou


─ Podíamos pedir para eles virem aqui não é? ─ Harry sugeriu


─ O papai anda ocupado no Ministério, Hazz, ele não tem tempo para vir nos visitar... Além de que em poucos meses vamos para casa ─ Fleamont sorriu para Harry



Um biquinho se formou nos lábios de Harry, ele não queria esperar quatro meses para ver seus pais.



─ Vamos mandar uma carta para eles, mas não espere que eles venham esta bem?



Harry sorriu e assentiu olhando o irmão que voltou a tomar seu sorvete.


Enquanto Harry esperava Fleamont terminar seu sorvete ele viu Tom saindo o que fez Harry se levantar e correr para fora do Grande Salão.




─ Tom! ─ Harry chamou o garoto de olhos negros que se virou para ele


─ Olá Harry...


─ Não nos falamos muito desde que fugimos de nossos Salões Comunais ─ Harry disse baixo


─ Sim...


─ Bom... Amanhã teremos algumas aulas juntos... Você... Quer se sentar comigo? ─ Harry questionou timidamente


─ Oh... Seria agradável... ─ Tom respondeu fazendo Harry abrir um grande sorriso


─ Harry! ─ Fleamont o chamou


─ Até mais, Tom ─ Harry sorriu antes de correr até o irmão mais velho, deixando um Riddle surpreso e envergonhado para trás.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...