1. Spirit Fanfics >
  2. Isso é só um diário >
  3. 15-05-2021

História Isso é só um diário - Capítulo 1


Escrita por: Kat_ashi

Capítulo 1 - 15-05-2021


Fanfic / Fanfiction Isso é só um diário - Capítulo 1 - 15-05-2021

15/05/2021 ~ Sábado 

Como eu disse, isso não é uma história. É literalmente a minha vida.

Eu vou começar com uma breve apresentação, caso por algum motivo alguém resolva ler isso. Pode me chamar de Kat mesmo, não sou tão doida ao ponto de colocar meu nome em um site de fanfiction, vai que alguém que eu conheça descubra né? Vai saber. Eu tenho 18 anos, me identifico como gênero feminino, meus pronomes são ela/dela e eu me formei no ensino médio durante a pandemia.

Pois é, a vida toda aguentando quase todo ano quase as mesmas 30 pessoas pra no final não poder ir até a frente de todo mundo usando um vestido todo lindo ao som de "Survivor" foi no mínimo deprimente. Eu fico mal toda vez que penso nisso. Eu sou fútil? Talvez, mas quem se importa? Eu só queria mostrar que eu consegui sobreviver ao ensino médio.

Mas não foi só a minha formatura que a pandemia me tirou. Não, ela aproveitou a deixa e tirou a minha chance de entrar em uma universidade. Não diretamente obvio, mas eu nunca fui uma pessoa que consegue estudar, sempre fui a mediana. Nunca no fundo do poço mas também nunca me destaquei com notas. A única coisa que eu realmente fiz bem durante minha época de estudante foi educação física e esportes em geral. Já fiz natação, basquete, handebol e fiz volei até a pandemia aparecer e eu ter que parar. Perdi o foco né? Faculdade vamos lá.

Eu nunca consegui estudar em casa, e pra alguém que passou a vida toda estudando só em presencial começar um EAD no último ano foi de foder. Pra começar que a escola demorou quase um mês pra começarem a fazer alguma coisa online, e quando começou os professores só corrigiam as atividades.......... que é claro que eu não fiz, né? Qual é. Depois de um bom tempo nessa de faz atividade em casa e professor corrige online, finalmente começou aulas remotas. Acorda as 7:27, liga a aula volta a dormir, acorda na troca de aula, sai da sala, entra na outra e dorme. Essa era minha rotina da manhã praticamente. Enfim, no fim das contas estudei porra nenhuma.

Minha mãe sempre foi a aluna prodígio da sala.  E isso me fodeu de tantas formas....

Ela queria que eu fosse bem na escola, e eu compreendo a preocupação, e até que conseguia lidar bem, até ano passado. Claro que ela ia pegar mais no meu pé pra eu estudar, eu não tiro a razão dela. Mas ela e meu pai me pressionavam tanto que quanto mais me perguntavam como ia o EAD menos vontade eu tinha de ficar acordada e escutar o professor. Meus pais são separados inclusive.

Enfim, eu não estudei e os vestibulares estavam cada vez mais perto. Hmm que delícia né? No fim das contas fui pro ENEM sabendo fazer conta de multiplicação, divisão e regra de três. E ainda fui melhor em exatas que humanas. Como? Não sei.

Eu fui mal pra um caralho. Tipo, muito mesmo. Minha mão não me deu esporro amém. Mas eu não ia entrar em absolutamente nenhuma faculdade com aquelas notas. Eu fiz inscrição em outra faculdade usando as notas do ensino médio, e fiquei com uma nota geral até que boa, mas obvio que ia ter gente melhor que eu.

Mas enfim, o tempo passou e o resultado da faculdade saiu. Eu fiquei na fila de espera. Já é alguma coisa, pelo menos. Estou esperando as próximas chamadas pra ver se eu passei ou não.

Mas nem tudo está perdido. Eu e um amigue estamos desenterrando uma ideia antiga que a gente teve de abrir um café. Sim, bem do nada. A gente sempre quis fazer alguma coisa assim, então sei lá, a oportunidade meio que surgiu. Ele gosta mais da matemática e eu gosto de cozinhar. Útil + agradável.

Mas é só uma ideia ainda, nada que a gente tenha conversado com nossos pais. Pelo menos eu ainda não tive coragem de chegar na minha mãe e falar que não quero fazer faculdade.

Vamos ver o que me espera né?

 

Mas acho que chega de falar disso que eu to me sentindo mal já kkkkcu

Vou falar de algo um pouco mais divertido pra ver se eu me sinto melhor. RPG.

Eu to jogando um RPG com uns amigos e ta sendo tão divertido. Minha personagem é um anjo que nasceu falho. Não tem poderes e até pouquíssimo tempo nem sabia voar. Ela tem 17 anos e tem 1,45 de altura. O nome dela é Lilith e foi abandonada na floresta com seis anos pelos pais que não queriam uma filha "falha", então ela só foi largada. Ela sobreviveu sozinha até encontrar uma fadinha chamada Ivy (personagem de uma amiga proxima minha). Elas viveram juntas por um bom tempo e são praticamente irmãs. A Lilith namora o Luan, um elfo de 1,80 e poucos que quer ser médico, igual o pai (que foi embora quando o Luan tinha uns 11 anos, eu acho, pra estudar e não voltou)

A gente joga a história principal quarta e sexta e nos outros dias quando o pessoal quer da de fazer uns "fillers" que a gente chama de Filé porque alguém digitou errado uma vez e pegou kkk. Os filés são um negocio que a gente faz só pra dar uma relaxada de todo o estresse e etc.

Inclusive um dos principais motivos de deu ter criado essa "fic" aqui foi justamente pra eu contar o que acontece no RPG e sobre o que eu penso antes de dormir ou durante o banho kkk

Eu não sei qual vai ser o tamanho médio das "paginas" (sim eu vou chamar assim porque capitulos fica estranho) porque eu to escrevendo só o que me vem em mente, então provavelmente esta cheio de erros de digitação kkk mas é isso que torna tudo mais... real, eu acho.

Enfim, acho que por agora eu acabei. Mais tarde talvez eu escreva de novo....

 

~Kat

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...