1. Spirit Fanfics >
  2. Izuku Midoriya: Artes Antigas >
  3. Prologo

História Izuku Midoriya: Artes Antigas - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


oi galera tudo bom com vocês? espero que sim!
mas bem antes de vocês começarem a ler essa historia eu tenho alguns avisos importantes pra fazer!
talvez vocês tenham visto que a historia tem como categoria vários animes diferentes não é mesmo? então para começar eu digo: não entrem aqui achando que vão ver um universo com uma mistura de todos esses animes! o único motivo para ter todos esses animes é poque as artes foram inspiradas em poderes existentes nesses universos, na verdade a maioria desses animes eu nem cheguei a assistir e estou me baseando em fanfics que eram misturadas com os universos desses animes. outra coisa é que as artes foram inspiradas nos poderes desses universos, ou seja não serão iguais! então provavelmente eu vou falar que uma das artes tem um poder ou limitação que o original não tem ok? agora pra finalizar eu sou péssimo em criar nomes para personagens então vocês com toda a certeza vão ver personagens com nomes retirados de animes. dito isso vou parar de incomodar vocês e dizer:

BOA LEITURA!!
ESPERO QUE GOSTEM!!

ps: na minha opinião esse cap não ficou tão bom, mas vou tentar melhorar.

Capítulo 1 - Prologo


LEIA AS NOTAS INICIAIS!!

Já imaginou um mundo onde as pessoas tivessem super. Poderes? Bem, este é o mundo onde vivemos. Tudo começou na China numa cidade chamada Xangai, com o nascimento de um menino que emitia luz, esse foi o primeiro caso de um humano a nascer com individualidade, depois disso varias crianças começaram a nascer com individualidades, hoje cerca de 80% da população mundial possui uma individualidade. Nesse mundo, surgiram pessoas que usavam suas individualidades para o mal, os vilões, e, para lutar contra eles, uma profissão que antes só existia na imaginação se tornou real, surgiram os super. Heróis! Paladinos da justiça que lutavam para proteger os fracos. Eles eram pagos pelo governo e, como tal, precisavam de um treinamento adequado, pensando nisso surgiram os cursos e escolas de heróis, e a maior de todas elas é a U.A. hight school. Mas essa é historia que todos conhecem, eu estou aqui para contar outra historia.

Antes das individualidades já aviam pessoas com “super. Poderes”, eles eram os manalistas, alquimistas, ki-gins, metamorfos, e os caçadores essas pessoas eram capazes de usar as artes, porem, neste tempo, as artes eram escondidas das pessoas, na verdade, apenas os lideres de cada arte tinham sabiam da existência das cinco artes os outros usuários pensavam que sua arte era a única. Mas tudo isso mudou depois que individualidades surgiram. Foi descoberto que as pessoas que desenvolviam uma individualidade se tornavam incapazes de usar qualquer uma das outras artes, o motivo disso acontecer? Ate hoje é um mistério. Mas uma coisa era certa: as artes antigas precisavam se manter vivas! Com isso em mente os cinco lideres das cinco artes se reuniram.

 

Nós negligenciamos isso por tempo demais! ║disse Argos líder dos ki-gin.

Agora fale algo que não seja obvio Argos ║disse Zoe líder dos caçadores

Oque foi que você disse sua fedelha?!! ║ disse Argos socando a mesa com seu punho que estava negro e brilhante.

Exatamente oque você ouviu brutamontes ║disse segurando o cabo de uma de suas espadas e puxando para mostrar um pouco de sua lamina.

Chega vocês dois! Nós não temos tempo para isso! ║disse Lênin o líder dos metamorfos.

Tem razão, desculpe ║disse Zoe guardando sua espada.

Também peço desculpas ║falou Argos com seu braço retornando a tonalidade normal.

Muito bem... Vocês todos sabem como a situação é critica. 80% da população mundial já se tornou individualista ║disse Eduard líder dos alquimistas

Na minha opinião só há duas opções ║disse Yuno líder dos manalistas ║ opção um, genocídio, nós matamos todos os individualistas ou opção dois, nós esquecemos a leis antigas e nos revelamos ao mundo reunimos os “quirkless” existentes em uma nova nação, assim teríamos a garantia de que pelo menos as artes irão sobreviver.

Yuno... Você sabe muito bem que a primeira opção não pode ser cogitada! Isso fere todos os nossos princípios! ║disse Argos

A segunda, por outro lado, vai contra nossas leis ║disse Zoe ║ se uma pessoa tiver um conhecimento profundo de todas as artes, essa pessoa seria praticamente um deus, tal poder nas mãos de humanos...

Conhecemos as lendas Zoe... ║disse Lenin ║é um risco muito grande.

Mas acho que vale o risco. ║disse Yuno ║Se as artes desaparecerem, o mundo ficará desprotegido contra diversos males.

 

A decisão foi tomada naquela reunião, eles se aliariam para salvar as artes. Juntos os usuários das artes criaram todo um arquipélago artificial cercado por uma cordilheira de montanhas para esconde-los pelo menos por um tempo, e reuniram crianças, jovens, e adultos quirkless de todo o mundo. E é ai onde eu entro, meu nome é Izuku Midoriya e eu fui uma das crianças que eles convidaram.

Não tenho muitas lembranças de antes de vir ao arquipélago, afinal vim pra cá com quatro anos de idade, mas lembro de algumas coisas, lembro que tinha vários amigos no “continente”, lembro também que depois que descobri que não tinha uma individualidade todos se afastaram, lembro que eles começaram a me humilhar e a me bater, lembro também que ate mesmo minha mãe e meu pai começaram a me maltratar por eu não ter uma individualidade, mas oque está mais gravado em minha memoria é o dia em que eu vim para o arquipélago.

 

Naquele dia eu estava na rua vendendo balas, meus pais diziam que não avia porque eu estudar já que ninguém daria emprego a alguém quirkless, eu estava com roupas rasgadas e sujas tinha cinco anos e estava sem supervisão, ate que chegou um homem perto de mim ele usava roupas pretas por baixo de um sobretudo marrom ║oque está fazendo aqui garoto? Onde estão seus pais? ║ele perguntou, na época eu não sabia, mas ele já sabia as respostas para ambas as perguntas.

E-eu tô v-vendendo. O senhor quer comprar? ║falei a ele não respondi sua segunda pergunta, pois meus pais tinham dito que se eu falasse alguma coisa sobre eles eu iria apanhar.

[suspiro]║ele se abaixou para ficar da minha altura ║ escute garoto, me diga se estou certo, você é Izuku Midoriya, filho de Inko e Hisashi Midoriya, não é? ║olhei para ele surpreso e com medo, não dele, mas de meus pais caso eles ficassem sabendo que ele avia descoberto ║poderia me levar ate sua casa? Quero falar com seus pais. ║eu o levei ate minha casa, embora eu estivesse com medo da reação de meus pais ao descobrir que alguém sabia que eu era filho deles, se ele fosse um conhecido deles e eu não o levasse... poderia ser pior. Após algum tempo de caminhada chegamos ao apartamento onde eu morava, ele então bate na porta que logo é aberta revelando meu pai, ele era praticamente uma versão adulta minha, só que com cabelos pretos.

Oque deseja? ║falou ele calmamente, mas quando olhou para mim me encolhi na mesma hora, embora fosse novo sabia muito bem oque aquele olhar significava: “por que trouce esse cara aqui?” era oque ele queria dizer ║esse pirralho fez alguma coisa?

Não, mas eu venho falar sobre ele. Gostaria de conversar com você e sua esposa ║falou o homem com um tom de voz serio.

Ok... Entre irei chama-la ║ele olhou para mim com um olhar de nojo e ódio, claro que estava disfarçado devido a visita, mas eu já conhecia aquele olhar muito bem ║suba para o seu quarto moleque os adultos vão conversar!

Vou para o meu quarto o mais rápido que consegui, ao chegar lá vejo um quarto escuro, devido à luz queimada que eles se recusavam a trocar, com paredes azuis com manchas de cola e restos de pôsteres rasgados, rapidamente fui ate um canto da parede e me sentei próximo ao duto de ar, sabia que eles iriam conversar com aquele homem na cozinha e que eu poderia escutar a conversa deles através dos dutos, se eu prestasse atenção...

Então oque você quer falar com a gente? ║ouso a voz de minha mãe, meio baixa e distorcida.

Não tentem bancar os bons pais eu sei tudo oque vocês fizeram com seu filho ║falou o homem com um tom serio.

E oque tem? Ele é só um maldito quirkless inútil ║falou meu pai ║além disso, você não tem nada haver com isso.

Tenho mais haver do que imagina ║disse o homem ║eu gostaria de adota-lo ║ele diz e eu me surpreendo.

Não podemos fazer isso afinal ele ainda é nosso filho ║falou a minha mãe, na época eu sorri achei que ela me amava... Hoje sei que ela só queria lucrar...

Imaginei que pudessem dizer isso ║não sabia oque aquele homem fez, mas passou alguns segundos ate ouvir minha mãe falar.

Hahaha isso muda um pouco as coisas! Quando nós vamos assinar os papeis? ║ela perguntou.

Agora mesmo ║disse o homem, e então eles ficaram calados por dois ou três minutos e então voltaram a falar ║está feito... Vão chama-lo sim?

Você já o chamou. Esse malditinho deve estar ouvindo nossa conversa agora mesmo ║disse meu pai... ex-pai ║vem logo ô pivete!

Desci rapidamente para encontrar minha ex-familia e meu novo pai, acha que eu aceitei tudo muito rápido? Eu já tinha pensado em fugir muitas vezes, só não fiz isso porque, bom, meus pais não eram as únicas pessoas que não gostavam dos quirkless. Ao chegar lá embaixo eu falo ║e-eu v-ou morar com você agora?

Sim Izuku, vamos? ║ele falou com uma voz calma que me tranquilizou bastante, descemos do prédio e entramos num carro, ate hoje não sei como aquele carro chegou ali, tínhamos ido para minha casa a pé e o carro estava sem nenhum motorista! mas oque era realmente importante é que naquele avia começado minha nova vida!!


Notas Finais


serio eu não sei se esse cap ficou bom, me falem oque vocês acharam está bem?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...