1. Spirit Fanfics >
  2. Letters - Jikook (ABO) reescrevendo >
  3. Pequena explosão; colegas de sala.

História Letters - Jikook (ABO) reescrevendo - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oioi, voltei, sentiram minha falta? Pois bem, espero que gostem do capítulo e por favor não sejam leitores fantasmas pois gosto muito quando vocês comentam, bjs🥀💕

Capítulo 3 - Pequena explosão; colegas de sala.



Jeon JungKook

Ah Jeon, está tudo tão ruim está noite. Não sei se devo, mas se eu contar isso pro meu melhor amigo ele vai querer me tirar de casa pelos cabelos.


Embora a minha convivência aqui seja péssima eu não posso deixar minha omma. Cheguei do estúdio de balé hoje e a encontrei no sofá com uma marca; ele a agrediu de novo. Não conte a ninguém por favor, eu preciso compartilhar isso com alguém, sei que não vai me ajudar em nada, mas mesmo assim me sinto melhor falando disso a você; sua lembrança me acalma.

Vou te contar mais um segredo; eu já me fantasiei contigo, não foi nada erótico antes que ache que sou um pervertido, foi apenas um piquinique, e de certa forma, aquela foi a melhor noite de sono da minha vida só por me imaginar ao seu lado.

Ass: P.J

Ps: irei ler sua carta agora, obrigado por responder.



Ele confiou em mim ao ponto de me contar seu – possível – pior segredo, ou ele é louco, ou me ama. Prefiro apostar na segunda opção, ele não demonstra nenhum ato psicótico ou psicodélico; isso é bom.


Fui andando analisando a carta e inalando o aroma, muitos podiam jurar que eu era louco por estar cheirando aquele papel mas eu realmente não me importo. O cheiro dele estava mais evidente na carta, como se ele estivesse banhado aquele papel com seu perfume me fazendo revirar os olhos a cada vez que o aroma se espalhava pelas minhas narinas.


hey! JungKook, achei que cheirava calcinhas, não papéis – ouvi a voz do Namjoon vindo de trás de mim e logo me deparei com o garoto e seu maldito sorriso lascivo mostrando suas covinhas – temos que ir pro 3b, a sala do 3a correu um pequeno acidente na aula de química na turma da tarde ontem, dividiram nossas turmas entre o B e o C, por sorte; eu, você e o azedo estamos no terceiro B. 


– o que aquele povo da tarde expludio lá dessa vez?


– não sei, não deixaram ninguém entrar, mas não está cheirando nada bem – ele falou pondo a mão em meu ombro e logo seguimos em direção ao B – mas me diz, isso é outra carta do ômega? O que ele escreveu desta vez?


– ah, nada de mais, apenas uma fantasia que teve comigo – omiti a verdade, além do mais ele confiou este segredo a mim; não vou trair sua confiança. Observei seus lábios se transformarem novamente naquele sorriso safado – não é nada malicioso hyung, é apenas uma fantasia onde estamos fazendo um piquinique, fofo.


– credo. Vocês são muito melosos e nem estão juntos, se isso um dia acontecer concerteza vai ser a coisa mais clichê do mundo – ri de sua fala. Seríamos mesmo? Sim, concerteza, eu não iria desgrudar um segundo do ômega, eu possívelmente iria me perder em seu cheiro cítrico, e viajar perdido em seu olhar. Mesmo sem nunca ter o visto ele deve ser belo, mas isso não importa, ele já está me conquistando e eu nem sei a aparência dele; o que este ômega está fazendo comigo? 


Assim que adentramos a sala pude ver o Min conversando animadamente com um garoto de sorriso quadrado e um garoto pequeno de nariz de botão; fofo.


– Yoongi-ah! Quem são eles? – Namjoon perguntou ao ômega que nos olhou ainda com um semblante divertido – espera, você está sorrindo? Está se divertindo?


– sim Namjoon, mas você está acabando com a minha alegria.


Park Jimin


Ele estava aqui, meu deus ele estava aqui. O que eu faço? O que eu faço? Consegui me safar do Min graças ao Kim que estava em uma conversa divertida com ele e isso me ajudou muito ao escapar de várias perguntas sobre o papel que eu carregava: ômega curioso.


– nossa Yoongi-ah! Não seja mal com a gente, te conhecemos a mais tempo que eles. – a voz aveludada do Alfa fez uma carícia em minha audição. Suprimi um ronronar e escondi minhas bochechas coradas.


– sim, eu os conheço a mais tempo, mas eles são mais legais – o ômega disse dando de ombros indo até Taehyung o abraçando me fazendo franzir o nariz em uma careta.


– o que eles têm que a gente não? – o Kim ditou pondo a mão na cintura.


– o Tae tem seu charme natural e o Jiminie....bom ele é uma gracinha de tão fofo! – ditou sorrindo pra mim deixando minhas bochechas mais rubras.


– eles são está nos trocando Namjoon, olha só. Só porque se apaixonou por um beta e encantado por os dotes deste ômega!


– não tenho culpa se sou encantador – o beta disse me fazendo rir – o Jiminie também não tem culpa de ser perfeito.


"não sou perfeito Taehyung, agora é melhor eu ir pro meu lugar" – mexi minhas mãos vendo os garotos me olharem sem entender e eu logo me levantei indo para o meu lugar.


– só porque você não fala Jimin não significa que você não seja perfeito, estou cansando de te dizer isso – o beta disse e eu apenas dei de ombros seguindo meu caminho.


– ele é mudo? – ouvi a voz do Jeon e parei de me afastar apenas para ouvir o que eles iriam dizer.


– sim. Mas a melhor pessoa que eu conheço – ouvi Taehyung dizer me fazendo sorrir.


– ele parece mesmo ser maravilhoso, é muito bonito – o alfa respondeu e eu e minha loba ficamos felizes com aquele comentário – já que o Yoongi não vai desgrudar de vocês tão cedo, agora vocês terão que aturar a gente também não, agora é melhor fazermos o mesmo que o Park e ir sentar.


Não demorou muito e todos já estavam sentados; Namjoon ao meu lado esquerdo, Yoongi ao direito com Taehyung sentado atrás de si fazendo uma carícia nos fios do ômega me fazendo franzir a testa enciumado e JungKook atrás de mim.


– está com ciúmes do hyung Jiminie? – ouvi a voz do Jeon atrás de mim e logo encarei suas orbes escuras e me perdi em seu olhar profundo por alguns segundos; nunca estive tão perto de si ao ponto de seu cheiro me enlouquecer. Pego meu caderno já que o garoto não entendia linguagens de sinais e escrevo um "talvez" ouvindo a risada do garoto – se serve de consolo, vou fazer o mesmo com você, só pra mostrar pro Yoongi- hyung que não preciso mais dele.


Eu cortei que nem louco ao ouvir tais palavras serem proferidas da boca do Alfa, aquilo era verdade? Ele iria me tratar de mesma forma que Taehyung trata Yoongi?


– você é fofo mochi. Parece um bolinho bem pequenininho assim – ele diz fazendo um sinal de pequeno com as mãos levando seu indicador até seu polegar me fazendo formar um bico emburrado nos lábios.


"Não sou pequeno. Você que cresceu de mais"


Escrevi e logo aquele sorriso estava presente, ah aquele sorriso, me deixa; louco. Perdido. Encantado. Perdidamente apaixonado. Só aquele sorriso.


.

.

.


Já era fim de aula e meu dia hoje foi simplesmente incrível. Eu conheci mais do Jeon, ele riu comigo e parece que a minha deficiência não atrapalhou nem um pouco! Eu realmente me sinto tão bem perto dele, me sinto amado. Pode parecer totalmente clichê – e foi – mas ele deu o casaco dele pra mim pois estava frio. Ele. Deu. O. Casaco. Dele. Pra. Mim. 


O cheiro dele ainda está em minhas roupas, isso me faz me sentir tão bem, minha loba está feliz sabendo que o alfa não se importa com nossa deficiência, ela está alegre uivando em alegria, e bom, eu estou dançando de alegria.


– Jimin! – ouvi a voz do Yoongi ao longe e me virei me deparando com o ômega ofegante a minha frente – você é o ômega das cartas!


















Notas Finais


Perdão pelo capítulo ruim. Espero que tenham gostado, até a próxima 🥀💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...