História Love overcomes everything - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Grey's Anatomy
Tags Calzona, Campirez, Capmirez, Grey's Anatomy
Visualizações 179
Palavras 2.605
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 20 - Mi Amore


Fanfic / Fanfiction Love overcomes everything - Capítulo 20 - Mi Amore

Pov. Jessica C

 

Falar tudo aquilo para Sara me trouxe um alivio que eu não sentia há muito tempo, dizer que amava era tudo que eu mais queria, e saber que ela também me ama foi me trouxe paz, mas eu sabia que eu não há teria naquele momento, eu sabia que Sara não se entregaria pra mim, não assim tão fácil e tão cedo. Ela é uma mulher incrível e jamais ficaria comigo novamente antes de me separar do Christopher. Ela fez isso uma vez e eu a machuquei, e eu não quero machuca-la novamente então eu não deixaria o meu desejo me vencer, eu esperaria o tempo que for necessário para dela de volta.

Ainda estamos na estrada da sala da casa da morena, ela me deixou excitada com aqueles beijos, mais era só um jogo e eu sabia disso. E eu não iria entrar no jogo com ela, pois seria muito perigoso. Ela se afastou e eu continuei encostada na porta. Esperando minha respiração voltar ao normal. Eu resolvo corta o silencio que estava instalado ali

- Sara eu só preciso saber se você vai me dar uma chance, o resto não importa mais. Falo e vejo a me olhando com uma cara de interrogação

-Como não importa Jessica, você é uma mulher casada e eu não cometo o mesmo erro duas vezes já te falei isso. Ela me responde seca

-Você não vai precisar cometer o mesmo erro outra vez, eu espero me separar em breve. Arrumo minha roupa e meu cabelo e ela caminha em direção ao sofá da Sala.

- Você esta mesmo falando serio, ou eu vou acorda amanha cedo e percebe que tudo isso é uma mentira. Eu caminho até ela e me sento ao seu lado.

-Não isso não é uma mentira, eu te garanto que você não esat dormindo e que não é um sonho.  Eu prometo a você que estarei solteira em breve. Meu casamento já não é um casamento á muito tempo.

- Jess eu quero muito acreditar isso, quero mesmo te dar uma chance e seguir em frente. Eu amo você, mais tenho tanto medo de me machucar novamente, tenho medo de você desistir de tudo, e seus filhos seus pais, eu sei que isso não é normal pra eles, eu sei o quanto sua mãe ficou uma fera por você ter que interpretar uma lésbica na TV.

Ouvir Sara me dizer aquilo foi completamente doloroso lembra-se da reação dos meus pais quando souberam que eu interpretaria uma lésbica na TV. No começo foi horrível lutar contra os preconceitos do meu pai, depois de muito tempo minha mãe me apoiou e fez com que meu pai parasse de criticar o meu papel. Só de pensar no que eles variam se descobrissem que eu amo uma mulher na vida real me da uma sensação horrível.

- Sara eu não me importo, não mais. Deixem que falem. Deixe que me critique, me crucifiquem. Eu me aproximo dela e seguro suas mãos. – a única coisa que eu quero é você Sara, se você estiver comigo eu enfrentarei tudo isso de cabeça erguida. Meus filhos ainda são crianças para palpitarem na minha vida, e por outro lado Luke e Evie te adoram e tenho certeza que eles ficaram felizes se eu estiver feliz.

- Eu quero você Jess. Eu vou te dar uma chance. Eu vou estar do seu lado. Mais eu não vou tocar em você até que as coisas entre você e o Christopher se resolva. Eu não vou ser sua namorada até que você seja uma mulher solteira. Eu quero fazer tudo certo agora. Eu quero ter uma família com você, te fazer feliz, te ajudar com as crianças. Eu quero tudo que você puder imaginar mais isso só acontecera o dia que você assinar aquele maldito divorcia.  

Meus olhos se enchem de lagrimas ao escutar Sara falando aquilo. – Sara Elena Ramirez eu prometo que te farei a mulher mais feliz desse mundo. E eu vou ser totalmente sua em breve. Aproximo-me dela e a puxo para um abraço, um abraço tão bom que me faz nunca mais querer sair dos braços dela, eu a sinto soltar um suspiro de alivio. Então eu abraço mais forte que posso.  – Eu te amo. Escuto passo vindo em direção à sala, me assusto ao ver Kate Walsh vestindo apenas uma camiseta e uma lingerie preta, eu reconheci aquela camiseta era da sara a mesma que ela estava vestida ontem na praia. Eu solto dos braços dela e me afasto brutamente.

-Sara esta tudo bem aqui. Escuto a voz rouca de Kate se aproximando da Sara

- Claro que esta BB. Jessica e eu estávamos apenas conversando. Você pode voltar pra cama se quiser jaja subo. Sara fica me olhando e eu vejo Kate vindo em minha direção

- Ei Capshaw que saudades de você. Ela se aproxima e puxa pra um abraço. Eu demoro um pouco pra reagir. Estava meio fora de orbita com aquela cena, eu me declarei para Sara enquanto Kate estava dormindo na cama dela vestida com a roupa dela depois de fazer sei lá o que. Não quero nem imaginar o que aconteceu ali.

- Olá Kate. Eu já estava de saída. Só vim ter uma conversa com a Sara me desculpe atrapalhar a noite de vocês. Falo indo em direção à porta. Vejo que Sara me olha assustada e eu continuo caminhando.

- Ei Jess porque você não fica com a gente, eu estava tomando um banho acho que bebi demais essa noite. Kate fala e eu apenas olho pra Sara.

- Isso Jess você pode ficar se quiser. Eu e Kate íamos fazer pipoca e assistir alguns filmes.  Ela me olha e eu a encaro com uma das sobrancelhas erguida.

- Me desculpe mais eu não posso. Preciso ir pra casa, mais eu espero que vocês se divirtam muito. Falo irônica e Sara percebe.

-Bom você que sabe Kate querida você pode ir escolhendo os filmes enquanto eu me despeço da Jessica. Ela fala e Kate se despede de mim e sobe as escadas – Bom eu sei que você deve estar imaginando muitas coisas nessa cabeça maluca sua. Mais te garanto que não aconteceu nada nos entre duas. Ela fala e eu simplesmente a olho.

- Eu não estou imaginando nada. E outra você é uma mulher solteira, eu preciso mesmo ir agora. Ela se aproxima de mim e me puxa pra um abraço.

- Eu não sou solteira meu coração esta completamente preso a você. Eu te amo Jessica não se esqueça disso.  Ela deposita um beijo na minha bochecha.

- eu amo você Sara. Eu aberto o máximo que posso pra que eu possa sentir o cheiro dela em mim depois. E deixo um beijo no seu pescoço já que sou mais baixa que ela. Então eu saiu pela porta e vou em direção ao meu carro

 

Véspera de ano novo

Depois daquela noite na casa da Sara eu me sinto a mulher mais feliz do mundo, nós estamos muito bem nos falamos praticamente o dia o dia todo, e sempre nos falamos por antes de dormir por chamada de vídeo. Muitas vezes acabamos dormindo durante a ligação já que minha vida é uma correria com elas crianças, hoje o Chris chega de viagem e eu resolvo que irei conversa com ele sobre o divorcio depois da virada de ano, é claro que eu já queria ter feito isso mais eu sei que ele não irá aceito isso tão fácil e eu não posso estragar a festa dos nossos filhos por causa disso. Eu arrumo as crianças e vou conferir como esta à preparação do jardim meu quintal da de fundo uma praia privada todo ano minha família e amigos faz a comemoração aqui preparamos as queimas de fogos na praia, e decoramos o jardim pra que todo mundo aproveite a festa. Esse ano convidei Sara pra vir em casa já que Ryan se mudou pra NY e sua família mora em San Diego, eu sabia que a morena iria ficar em casa sozinha ou ir pra alguma boate encher a cara. Eu sei que não podemos agir como um casal, mais ela é uma das primeiras pessoas que eu quero abraçar durante a virada então seria mais justo ela passar a virada comigo e com meus filhos, pois logo seremos uma família.

Depois de falar com alguns amigos confirmando a presença de todos, resolvo ir para meu quarto ligar para Sara.

Ligação on

-Oi meu amor. Falo assim que ela atende ao telefone

-Oi pequena como você esta?

-estou muito bem e você?

- estou ótima BB, ela fala e eu reviro os olhos, pois me lembro dela chamando Kate assim.

- eu já pedi pra você não me chamar assim Sara.

- Me desculpa mi amore. Ela fala e meu coração derrete de tanto amor

- tudo bem dessa vez passa.

- o porquê você esta me ligando uma hora dessas, achei que estaria corrida com a festa.

- E eu estou meu amor, mais não poderia deixar de ouvir sua voz, estou com saudades, falo com a voz manhosa.

- Eu também estou morrendo de saudades amor. Mais iremos nos ver hoje à noite então estou feliz

- não vejo a hora amor. Estou tão feliz de ter você aqui em casa hoje, você poderá se aproximar das crianças e, além disso, eu quero que você seja o meu primeiro abraço de ano novo, ainda não sei como farei isso, mais te prometo que você será a primeira.

- Eu também quero muito que você seja o meu primeiro abraço mi amore.

- amo ouvir você me chamar assim. Falo e escuto alguém abrindo a porta do quanto e vejo Chris entrando com suas malas.

- Ei Jess não sabia que estava em casa, ele fala se aproximando.

- Bom Sara preciso ir agora, te vejo a noite. Beijo ate mais tarde. Desligo a ligação assim que a morena se despede

Ligação off

 

- Oi Christopher não sabia que você chegaria agora. Falo me levantando da cama

- meu voo foi adiantado então consegui chegar mais cedo. Vejo ele se aproximando pra me beijar mais eu desvio e sigo em direção da porta.

-que bom que chegou então, as crianças estavam com saudades, eles estão na sala de jogos. Falo abrindo a porta pra sair

- Ei amor só às crianças que estavam com saudade de mim, achei que iria ganhar um abraço da minha esposa linda assim que chegasse em casa, ele fala e eu paro e o encaro

- Bom eu acho que você achou errado, acho que chegou muito tarde pra isso. Eu tenho muita coisa para fazer Christopher depois nos falamos. Saiu do quarto e vou para cozinha ver como anda as coisas.

21 horas

Escuto a campainha tocar e corro pra porta todos os convidados já havia chegado, e só faltava a Sara. As crianças estavam todas correndo pela casa e os restos dos convidados estavam no jardim, eu abrir a porta e me deparei com a figura mais linda que já vi sara estava vestida com um vestido branco um pouco acima do joelho e com um decote maravilhoso e completamente exagerado nos seios, estava com um salto alto prata maravilhoso e com aquele cabelo curto penteado em um topete perfeito nos lábios um batom vermelho sangue, me deu uma vontade enorme de agarra-la ali mesmo. Mais precisava me controlar.

- você esta maravilhosa querida, me aproximo dela e puxo pra um abraço apertado, o cheiro de seu perfume invadiram minhas narinas e eu não queria solta-la.

- você também está incrível Jess. Ela continua me abraçando ate que escuto a voz das crianças atrás de mim

- tia sara que saudades, escuto Luke gritando e Evie correndo para abraçar a morena.

- oi meus pequeninos eu também estava morrendo de saudades de vocês, a morena fala abaixando pra ficar na altura das crianças para abraça-los.

- porque você nos abandonou tia sara, a voz de Evie ecoa pela sala e meu coração aberta, porque eu sabia que tudo isso era culpa minha, meus filhos amavam a morena, e ela sempre estava com eles, mais depois de tudo que aconteceu entre-nos duas nos afastamos e eu não sabia o quanto isso feriu os meus filhos, eles a amam tanto que meus olhos se encheram de lagrimas com aquela cena.

-Me perdoe meus amores, a tia estava com muitos trabalhos nos últimos tempos, mais eu prometo a voceis que nunca mais irei abandonar vocês, você me perdoa?

- claro que sim tia, mais você tem que prometer que nunca mais vai nos deixar e que não vai mais se esquecer da gente, nunca mais tia. Você promete de dedinho Luke fala e vejo o mesmo estendendo o dedinho em direção a Sara.

-Eu prometo a todos vocês que nunca mais irei esquecê-los. Ela fala olhando pra mim e cruza os dedinhos com as crianças nesse momento Poppy já estava perto da sara e cruza o dedo com todos.

- Ei tia você precisa fazer a promessa de dedinho com a mamãe também, ela chorou muito quando você foi embora. Poppy. fala e eu enxugo as lagrimas que estavam em meus olhos.  Sara se levanta e caminha em minha direção estica o dedinho.

- Eu prometo a você Jess que nunca mais vou te abandonar. Estico meu dedinho e cruzo com os delas, - Eu prometo.

 

- Ei o que vocês estão fazendo ai parados. Escuto a voz grave do Chris atrás de mim.  –Oi Sara não sabia que você viria me desculpe, ele se aproxima da morena e estende a mão para cumprimenta-la.

- Oi Christopher quanto tempo. Ela fala o cumprimentando.

- Bom vamos descer estão todos esperando vocês para servir o jantar. Ele fala e eu sigo pra pegar a Jo no meio dos brinquedos,

Seguimos todos para o eu sentei as crianças na mesa infantil que preparamos principalmente para eles, com muitas guloseimas e comidas que crianças adoram meus filhos não tinham costume de comer comidas chic, ele gostavam muito do simples e de legumes e verduras, então eles se alimentavam muito bem e não gostavam de comida de adultos como Luke diz. Sempre que fazemos algo preparamos uma mesa assim pra eles com comidas simples e que eles gostam.

Já era quase meia noite os pessoais estavam animados dançando e festejando, Sara estavam conversando com Justin e Sarah, e mais algumas pessoas eu estava com as crianças, queria fazer Jo dormir antes da queima de fogos, então estava com ela no carinho andando pelo jardim. Assim que ela dorme eu peço para que Christopher leve para o seu quarto só faltava poucos minutos para a virada, eu corri em direção a Sara pra que ela ficasse do meu lado pra que pudéssemos nos abraçar. Meu pai grita informando que faltava 15 segundos as crianças param de correr e se aproximam do portão de separa minha casa da praia, os vejo todos animados contanto os segundos, seguro discretamente na mão da morena, e assim que os fogos começam eu aproximo da morena a puxando pra um abraço apertado,

- Eu prometo você que esse não será completamente diferente, prometo que estarei do seu lado todos os momentos, prometo te amar incondicionalmente, e te fazer a mulher mais feliz de todo mundo promete que serei pra sempre sua. Eu amo você Meu amor.  Falo baixinho no seu ouvido e vejo a mesma enxugar as lagrima que caem de seus olhos

- Eu prometo te amar eternamente. Mi amore. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...