História M A S O. Yk.NCT - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Doyoung, Haechan, Hansol, Jaehyun, Johnny, Jungwoo, Kun, Lucas, Mark, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Tags Doyoung, Jaehyun, Johnny, Jungwoo, Kun, Lucas, Nct127, Nctu, Suspense, Taeil, Taeyong, Winwin, Yukhei, Yuta
Visualizações 63
Palavras 849
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - T e r r o r.


Jungwoo continuava correndo sem saber seu rumo naquela floresta imensa e na escuridão, parecia que nunca iria chegar em lugar nenhum, nem uma luz iluminava seu caminho torturoso, seus pés recebiam cortes de galhos no chão, o fazendo parar de dor e ardencia. O mesmo se escondeu atrás de uma árvore já que não aguentava mais os ferimentos.

Ele tentava conter sua respiração ofegante, para que o chinês não o escutasse. Jungwoo sentia que iria morrer mesmo se tentasse se esconder ou fugir, era um caminho sem saída.

⎯  Não adianta correr.⎯  Jungwoo ouvia o ego da voz grossa de Lucas, entre aquela imensidão sem fim.⎯  Não se esconda de mim, amor. Por que foge das minhas mãos? Deixe que eu sinta seu sangue correr por minhas mãos, é minha maior fantasia, te ver morto...⎯  O mesmo sentiu aquelas mãos frias puxarem seus fios de cabelo com força para o outro lado da árvore que estava escondido, Lucas segurou a faca com força encarando os olhos do coreano que chorava e lutava por sua vida.

⎯  Xuxi, não faça isso, esse não é você, não deixe que essas paranóias dominem sua cabeça, acorde, você não é esse monstro, amor, por favor...⎯  Jungwoo chorava ao agarrar o peito do chinês que ficou estático ainda com a faca em sua mão.⎯  Eu te amo. Não faça isso.

⎯  Jungwoo... ⎯  Ele finalmente largou o objeto, abraçando Jungwoo que continuava chorando nos braços do mais novo.⎯  Me perdoe, eu não sei o que deu em mim. Minha insanidade piorou com o tempo que passei na cadeia.

⎯  Você ainda é a pessoa pela qual eu me apaixonei, mesmo que seja um assassino doentio, eu continuarei aqui por você.⎯  Jungwoo selou seus lábios, agachando no chão por causa de seus ferimentos, Lucas o pegou no colo, levando-o de volta para o galpão.

⎯  Descanse, amanhã de manhã conversamos.⎯  Lucas o deitou na cama de palha e se deitou ao seu lado.⎯  Você provavelmente tem muitas perguntas para me fazer e é melhor quando eu estiver disposto há conversar.

⎯  Lucas, você queria me matar até segundos atrás, nós precisamos conversar agora, não vou dormir sossegado com uma faca perto de mim. Por que, como, quando você fugiu? Por que queria me matar? O que aconteceu esse tempo que ficou na cadeia? Me fale tudo, eu preciso saber.

⎯  Meu deus, você não vai aquietar enquanto eu não falar né?⎯  Lucas perguntou olhando para o coreano que ficou sério.⎯  Vou considerar isso como um não. Bem, eu acho que você não assiste TV, já que passou no mundo todo sobre a morte de todos os prisioneiros e guardas da prisão onde eu estava, todos mortos por mim, o foragido que até então, ninguém sabe que fui eu, mas não levará muito tempo para descobrirem, até porque, sou o único que sobreviveu e está desaparecido.⎯  Lucas continuou. ⎯  E eu não sei porque eu queria te matar, pra falar a verdade, eu nem sei mais quem eu sou realmente, ficar tanto tempo planejando mortes e o dia que eu finalmente saísse, mexeu muito comigo, eu não me reconheço mais. Mas algo me fez parar, me fez lembrar, lembrar de você, sua voz, ela Mr tirou do tranze.

⎯  Xuxi... ⎯  Jungwoo pegou na mão do mesmo que sorriu, mas logo em seguida levou um tapa na bochecha.⎯  Você tem noção da merda que você fez?! Você matou um presídio inteiro para sair de lá, agora você é um homem morto, se te encontrarem, você já era.

⎯  Pelo menos eu estou aqui!

⎯  Só que pode morrer há qualquer momento e eu já estava me corroendo por saber que iria te perder, agora... Agora eu estou morrendo por dentro e a culpa é sua, Xuxi, você piorou ainda mais a situação.⎯  Jungwoo virou para o lado choramingando, Lucas se sentiu ruim pelo o que estava fazendo com o mesmo, o abraçou beijando sua nuca. ⎯  Eu não vou suportar te perder de novo, você poderia ter continuado preso, onde eu soubesse que estava bem.

⎯  Eu estava obcecado em fugir, que não me toquei do erro que iria cometer, me perdoe... ⎯  Então, o silêncio reinou, Jungwoo não o respondeu, ficou quieto apenas sentindo o toque do chinês em seu tórax, até sentir que ele havia adormecido. Mas o mais velho continou acordado, a noite toda, com medo, temendo que algo ruim pudesse acontecer.

---×---

Sicheng limpava a varanda de sua casa, enquanto observava o namorado brincar com a filha adotiva no quintal da casa, ele se sentia feliz pela sua nova vida com Nakamoto. Ambos haviam se mudado para o Japão e estavam vivendo longe de seus passados, seus antigos amigos, nunca souberam que Yuta estava vivo e vivendo esse tempo todo, ao lado do chinês, que o escondeu por bastante tempo. Agora, com 26 anos, ele continuava se escondendo com o cônjuge, pois ambos tinham medo de que alguém machucasse Yuta, principalmente, Lucas, que achavam que estava preso, mas agora que era foragido, o medo deles voltou para assombra-los.

E a "liberdade" de Yukhei, era uma passagem de morte, para Yuta. 


Notas Finais


Quem é bonito sempre aparece não é mesmo????? Ksksks

Lucas é bipolar e choca o total de 0 pessoas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...