História Magia - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Joseph, Lucy, Magia, Victor
Visualizações 5
Palavras 382
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Victor correu assustado pela floresta, deixando seus rastros e pegadas para trás. Também o seu cheiro...

Capítulo 7 - Por Um Triz.


— A saída... Eu encontrei! — Mas o que o garoto mais novo viu adiante, o fez parar de correr na mesma hora.

Victor encontrou a saída, mas estava no alto de uma montanha, na beira de um penhasco. Do alto ele observou a paisagem abaixo, impressionado com a extensão da floresta e a densidade da névoa que a cobria; e também, dos gritos de dor que ecoavam até onde ele estava.

Seus amigos não saiam de sua cabeça, Victor sabia que Lucy e Joseph poderiam estar perdidos em algum lugar da floresta, pois assim como ele, os seus amigos também foram envolvidos por uma esfera de luz antes de serem separados. Victor ainda recordou-se dos gritos de seus amigos quando os ouviu e viu pela última vez.

— Será que eu estou no Inferno?

Não era possível. E onde estaria o fogo para consumir tudo? Onde estaria também todo aquele azar de infortúnios que os religiosos diziam que os condenados sofriam? Victor percorreu um longo caminho para chegar até ali, e dos inúmeros gemidos e gritos que ouviu, não viu nenhuma alma de condenado. Mas, viu os monstros... 

Seriam aquelas as reais formas dos demônios?

Atrás do garoto mais novo, um rosnado atiça novamente o seu medo. A fera que ele via era impulsiva e medonha, não se comparava com nada que ele conhecia, a fera tinha corcunda, garras e os pelos eriçados. Ela saltou fora da floresta até o início da montanha, sem parar de correr, berrando em sua direção. Victor se abaixou por instinto, quando a fera saltou para rasgar o seu peito, e se arrastando o garoto se afastou morrendo de medo. A fera ao cair escorregou na beira do precipício, e com as garras buscava apoio para subir outra vez, mas o corpo pesava e a gravidade puxou-lhe para o convite da queda mortal. Victor ainda olhou para baixo e viu a expressão de pura raiva do animal antes que o corpo do mesmo sumisse na névoa.

Para tirá-lo do choque, Victor ouviu o grito aterrorizado de Lucy, e não era apenas isso, a sua amiga implorava por socorro. Victor teria que achá-la antes que alguma coisa pior acontecesse a ela. Os monstros naquela floresta seguiam uma única regra; a lei da sobrevivência era matar ou morrer.


Notas Finais


Continua...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...