História Mágoas... - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Temari
Tags Naruhina, Sasuhina
Visualizações 530
Palavras 1.070
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá Minna, como prometido outra SasuHina, espero que gostem, essa é mais curta.
Desculpe-me pelos erros, desde já agradeço.

Capítulo 1 - Destino...


Fanfic / Fanfiction Mágoas... - Capítulo 1 - Destino...

         Mágoas...

Primeiro Capitulo...

Destino...

A guerra havia nos deixado uma grande sequela, não apenas em nossos corpos, mas também em nossos coraçoes, a tristeza, o peso, a raiva, tudo aquilo ficará preso, e muito mais sentimentos existiriam no meu peito por muito tempo.

Mas Naruto tratou de cuidar disso, me fez ficar na aldeia, fez com que eu aceitasse o braço da quinta Hokage e me convenceu a dar uma chance a Sakura, tudo para que eu fosse feliz, o tempo todo se sacrificando.

Eu o admirava... Mas ao ouvir aquelas palavras de Kakashi toda a admiração acabou, custava a acreditar, aquele loiro cabeça oca não era assim, olhei para Sakura, essa parecia distante, na verdade, desde que ela terminou comigo ela anda bem distante, sim ela terminou comigo, irónico neh.

Naruto covardemente havia fugido, sim, tudo já estava pronto, faltava apenas alguns dias para seu casamento, ele chegou em Hinata, terminou sem nenhuma explicação e partiu em um treimaneto.

Antes que fosse apenas isso, se já não bastasse largar ela quase no autar, Hyuga Hiashi o líder do clã e pai de Hinata descobriu que ela já não era mais pura, Naruto é um cafajeste.

Depois desse infeliz acontecimento, Hiashi ofereceu sua filha em casamento, para ser mais exato, mandou cartas para cada um dos Kages, oferecendo ela e especificando o porque.

Sim, ele escreveu nas cartas que ela já não era mais pura, eu não o chamaria de pai, é um monstro, o Hokage havia recebido a carta tambem.

E após um mês sem nenhuma resposta, ele decidiu que a casaria com algum velho nogento do clã deles, então Kakashi pediu ao Kazekage que pensasse sobre isso.

Ele é o Kage mais novo, seria o melhor para Hinata, mas eles entraram em um acordo, Kakashi daria um jeito por ela, pensaria em algo que a salvasse de ser mandada embora da aldeia, e então eu entro na história.

Kakashi queria que eu me casasse com ela, aquilo era locura de mais... nunca nem ao menos conversamos, não a conhecia e não a amava, não queria me prender a alguém que eu sabia que iria amar outro para o resto da vida.

- Hokage...

- Sei o que esta pensando, mas preciso que pense bem, vai estar salvando ela de um sofrimento pro resto da vida - Eu suspirei.

- Mas não seria melhor se ela ficasse longe da aldeia... de Naruto - Kakashi me olhou sério.

- O Kazekage não será a melhor escolha para ela, o Conselho de Suna não a queria por causa da questão de pureza - Eu respirei fundo - Eles iriam apenas piorar sua situaçao.

- Então por que não impedir Hiashi, ela irá sofrer de qualquer formá - Falei sério, já sabendo a resposta.

- Não posso interferir em assuntos dos clãs, quero apenas poupar ela de mais sofrimento - Passei a mão pelo cabelo, minha cabeça começava a doer.

- Irei pensar...

Falei e sai de lá, Kakashi acentiu, por mais que odiasse a ideia, ao menos precisava fingir que havia pensado, suspirei, ela estava sofrendo com tudo aquilo, precisava realmente pensar, caminhei por Konoha, um ar pesado me envolvia.

Eu não era a melhor opção Hinata é delicada, precisa de alguém carinhoso, e convenhamos, eu não era e nunca seria carinhoso, talvez pela minha frieza Sakura tenha aos poucos parado de gostar de mim.

Olhei pra frente, e lá estava ela, sentada no balanço no parquinho, suspirei, ela parecia distante, meu passos me levaram contra vontade, ela pareceu não sentir minha aproximação.

Sentada ali, com aquela olhar distante, ela me parecia tão, sensível, a boneca de porcelana raxada, abri a boca e não veio nada em mente, não sabia o que falar, na verdade não sabia nem porque estava ali.

- Não me diga que ele também enviou uma carta a você? - Senti meu ar fugir. - não precisa ficar com pena, ou se sentir mal por causa do Uzumaki - ela me olhou com dor- afinal soube que o Kazekage aceitou se casar comigo, mesmo sabendo que...

- Eu não recebi uma carta, e eu não sou de sentir pena, sinceramente, nem me intrressava saber de sua vida - Ela me olhou surpresa - Kakashi me chamou em sua sala, para fazer uma missão, juntos, e pediu que lhe avisasse.

Não sabia o porque dá mentira, mas ver ela me olhando daquele jeito, e aquelas palavras, suspirei, ela deu um pequeno sorriso, aquilo doeu de uma forma estranha.

- Me desculpe...

- Sairemos em uma hora, esteja nos portões, odeio atrasos - Me virei e sai andando.

Apertei o punho, seguindo para o prédio do Hokage, teria que dar jeito naquilo, suspirei, onde avia me metido, talvez ela estivesse certa, eu me sentia mal por Naruto, olhei para trás, ela ainda estava lá parada me olhando, olhei pra frente.

[...]

Deixei a água quente cair pelo meu corpo, tentando esquecer, deixando que a água levasse minhas lágrimas e mágoas junto, aquele era o único momento que eu me permitia deixar tudo escapar.

Após alguns minutos saí, me arrumei, arrumei as coisas para a missão, suspirei, talvez aquela missão me fizesse bem, me olhei no espelho, as olheiras, o rosto pálido, um pouco mais magra, precisava distrair a mente um pouco.

Sai do quarto, em passos lentos e hesitantes fui até o escritorio de meu pai, parei em frente deste, meu coração batia rápido, desde quando ele mandou as cartas não avia mais falado com ele.

- Outo-san - Falei ao entrar na sala dele, ele me olhou sério, baixei a cabeça.

- Diga...

- Estou saindo em uma missão - Falei e ouvi um "hum"...

Após perceber que ele não ligaria, me afastei e sai da sala, fui para meu quarto e a acabei de me arrumar, peguei minhas coisas e sai em direção aos portões.

Chegando Sasuke estava lá, ele me olhou serio, suspirei, torcendo para conseguir aguentar aquele olhar frio e seu mau humor, parei na sua frente, ele estendeu um pergaminho.

- Teremos que entregar isso em Suna - Falou e jogou uma máscara e uma bolsa. - vamos, no caminho você troca.

Olhei na bolsa, era uma roupa da anbu, olhei a mascara, dois leos azuis, sorri, era lindo, eram na parte dos olhos, olhei ra frente, Sasuke ja estava longe, abri a boca surpresa comecei a correr com um sorriso.

- Vamos logo Hyuuga...

- Hai...


Notas Finais


Então? Devo continuar? Espero vocês nos comentários, desde já agradeço.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...